A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE Alex Sandro Benetti Dias Fatec PROJETOS PROJETOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE Alex Sandro Benetti Dias Fatec PROJETOS PROJETOS."— Transcrição da apresentação:

1 ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE Alex Sandro Benetti Dias Fatec PROJETOS PROJETOS

2 1. Introdução a Gerenciamento de Projetos Processo de Gerenciamento de Projetos - 9 Áreas de Conhecimento Inicialização Planejamento Execução Controle Encerramento Gestão de Riscos Capítulo 11 - PMBOK© Capítulo 11 - PMBOK© Gestão de Custos Capítulo 7 - PMBOK© Capítulo 7 - PMBOK© Gestão Comunicações Capítulo 10 - PMBOK© Capítulo 10 - PMBOK© Recursos Humanos Capítulo 9 - PMBOK© Capítulo 9 - PMBOK© Aquisições Capítulo 12 - PMBOK© Capítulo 12 - PMBOK© Gestão do Tempo Capítulo 6 - PMBOK© Capítulo 6 - PMBOK© Gestão da Qualidade Capítulo 8 - PMBOK© Capítulo 8 - PMBOK© Gestão do Escopo Capítulo 5 - PMBOK© Capítulo 5 - PMBOK© 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

3 Empresa Globalização Concorrência Exigência de melhoria de resultados Pequenos projetos Grandes problemas Curto ciclo de vida de produtos Novas tecnologias Questões ambientais Questões regulatórias Questões políticas 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

4 Project Management Office – PMO 1. Introdução a Gerenciamento de Projetos Gerente do Projeto – GP ou PM Maturidade em Gerenciamento de Projetos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

5 O que é um projeto ? 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos ? ? ? ? ?

6 O que é um projeto ? Projeto é um empreendimento –obtenção de um objetivo –início e fim definidos –conduzido por pessoas e –com limitações de prazo e custo –com parâmetros de qualidade. 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

7 Um projeto é um esforço temporário para criação de um produto único. Temporário significa que cada projeto tem um começo e fim bem definidos. Único significa que o produto ou serviço produzido é de alguma forma diferente de todos os produtos e serviços semelhantes. Pela definição do PMI: O que é um projeto ? 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

8 Projetos Esforços temporários com começo e fim bem determinados Criam um produto, serviço ou resultado único Feitos para um propósito exclusivo Evoluem progressivamente a partir de um conceito até a conclusão A seleção e a escolha de um projeto varia de uma empresa para outra Escritório de projetos (PMO) padronizam o gerenciamento de projetos em uma organização

9 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Elaboração Progressiva Não deve ser confundida com aumento de escopo

10 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Trabalho Operacional São operações contínuas e repetitivas Um projeto deve atingir seu objetivo e,em seguida, ser encerrado Um trabalho operacional deve manter o negócio continuamente Ambos são Realizados por pessoas Têm recursos limitados Devem ser planejados, executados e controlados

11 Lançamento de um novo produto; Mudanças organizacionais; Desenvolvimento de um sistema de informação; Construção de um prédio; Campanhas políticas; Elaboração e apresentação de um espetáculo artístico. Exemplos de projetos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

12 O que é necessário para ter gerenciamento de projetos efetivo? São chaves básicas para a obtenção de projetos no prazo, dentro do orçamento e de acordo com o escopo comprometido: metodologias, usando ferramentas padronizadas e com pessoal preparado 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

13 Tripla Restrição Escopo Prazo Custo Risco Qualidade Satisfação do Cliente

14 De acordo com o PMBOK * Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas. * nas atividades do projeto a fim de atender os requisitos do projeto. É executado através da aplicação e integração dos processos de gerenciamento de Projetos de iniciação, planejamento, execução, controle e finalização. 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos O que é um Gerenciamento de Projeto ?

15 É executado através da aplicação e integração dos processos de gerenciamento de Projetos de: iniciação,iniciação, planejamento,planejamento, execução,execução, controlecontrole finalização.finalização. 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos O que é um Gerenciamento de Projeto ?

16 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Áreas de Especialização

17 O que é o PMBOK? Project Management Body of Knowledge É a soma dos conhecimentos relativos à profissão de Gerenciamento de Projetos Inclui práticas tradicionais, comprovadas e amplamente aplicadas, assim como práticas inovadoras e avançadas de uso mais específico 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

18 Project Management Body of Knowledge Sua aplicação é abrangente, não se limitando a um determinado tipo de projeto Cabe ao responsável pelo projeto determinar o que será aplicado no seu projeto Estabelece um vocabulário comum na profissão de Gerenciamento de Projetos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

19 Usuários do PMBOK Altos executivos Gerentes de Programas e Diretores de Gerentes de Projetos Gerentes de Projetos e membros do time do projeto Membros dos Escritórios de Projetos Clientes e outras pessoas relacionadas Gerentes funcionais com pessoas alocadas em projetos Educadores de Gerenciamento de Projetos Consultores e outros especialistas Responsáveis por treinamentos em GP Pesquisadores analisando Gerenciamento de Projetos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

20 Inclui as seguintes atividades: –Identificar requisitos –Estabelecer objetivos claros e alcançáveis –Obter equilíbrio entre as solicitações de escopo, qualidade, custo e prazo –Adaptar as especificações, planos e abordagens para atender as diferentes expectativas dos diferentes stakeholders O que é um Gerenciamento de Projeto ? 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

21 Programa e Gerenciamento de Programas Um grupo de projetos coordenados e direcionados para uma causa comum

22 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Subprojetos Os projetos podem ser divididos em componentes mais facilmente gerenciáveis chamados Subprojetos

23 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Escritório de Projetos (PMO) Unidade organizacional que centraliza e coordena o gerenciamento de projetos sob seu domínio

24 Ciclo de Vida dos Projetos Um projeto pode ser dividido em fases para facilitar o gerenciamento Algumas organizações definem um conjunto de fases que são utilizados em todos os seus projetos O conjuntos destas fases são chamadas de ciclo de vida do projeto 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

25 Fases e Ciclo de Vida do Projeto

26 Execução Planejamento/Controle Idéia Concepção Viabilidade Esforço Tempo Finalização Iniciação 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

27 Fases e Ciclo de Vida do Projeto

28 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Características das Fases do Projeto

29 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Produtos Finais das Fases do Projeto

30 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Relação entre o Ciclo de Vida do Projeto e o Ciclo de Vida do Produto

31 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos As Partes Interessadas no Projeto

32 Quem são os Stakeholders? Os principais stakeholders de um projeto são: –Gerente do Projeto –Cliente / Usuário –A organização –Membros do Projeto –Membros do Time do Gerenciamento do Projeto –Patrocinador –Influenciadores –Escritório do Projeto 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

33 As Partes Interessadas no Projeto

34 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organizações Baseadas em Projetos Suas operações consistem basicamente de projetos Receita obtida principalmente da realização de projetos para terceiros sob contrato Organizações que possuem sistemas de gerenciamento instalados para facilitar o gerenciamento de projetos Organizações Não Baseadas em Projetos Geralmente não têm sistemas de gerenciamento projetados para dar suporte às necessidades dos projetos de modo eficiente e eficaz Podem haver departamentos ou subunidades que operam com sistemas em condições para dar o suporte básico necessário

35 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Culturas e Estilos Organizacionais Aspectos sociais, econômicos e ambientais têm influência direta nos projetos Padrões são orientações a serem seguidas, mas não são impostas ou exigidas Regulamentações são impostas em forma de leis por entidades governamentais

36 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Estrutura Organizacional

37 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

38 Organização Funcional

39 Diretoria Informática Recursos Humanos MarketingOperações 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organização Funcional

40 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organização por Projeto

41 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organização Matricial Fraca

42 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organização Matricial Balanceada

43 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organização Matricial Forte

44 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Organização Mista

45 Gerente Projeto X Diretoria Informática Recursos Humanos MarketingOperações Gerente Projeto Y 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

46 Processos de Gerenciamento de Projetos

47 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos Processos de Gerenciamento de Projetos

48 Grupo do Processo de Iniciação É neste grupo de processo em que se define e autoriza o projeto ou a fase do projeto Os processos incluídos neste grupo são: –Desenvolvimento do Project Charter É o processo que primeiramente autoriza o projeto É o processo necessário para documentar as necessidades do negócio e o novo produto ou serviço que irá satisfazer esta necessidade 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

49 Grupo do Processo de Iniciação –Desenvolvimento da Declaração de Escopo Preliminar do Projeto É uma definição em alto nível do projeto É o processo direciona e documenta o projeto, os requisitos dos produtos, métodos de aceitação e um alto nível de controle do escopo 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

50 Grupo do Processo de Planejamento É o grupo de processo para se planejar o projeto e direcioná-lo para um projeto de sucesso Inclui os seguintes processos: –Desenvolvimento do Plano do Projeto É a fonte básica de como o projeto será planejado, executado, controlado e concluido –Planejamento do Escopo Documenta como o escopo do projeto será definido, verificado e controlado 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

51 Grupo do Processo de Planejamento –Definição do Escopo É o desenvolvimento da declaração do escopo detalhada do projeto que servirá de base para futuras decisões do projeto –Criação do WBS Faz a subdivisão dos grandes produtos do projeto em componentes menores, melhor gerenciáveis –Definição de Atividades Identificar as atividades necessárias para se produzir os produtos do projeto 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

52 Grupo do Processo de Planejamento –Definição da Seqüência das Atividades Identificar e documentar as dependências entre as atividades –Estimativa de recursos para as atividades Deve-se estimar o tipo e quantidade de recurso necessário para cada atividade –Estimativa de duração das atividades Deve-se estimar a quantidades de períodos de trabalho necessário para execução de cada atividade 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

53 Grupo do Processo de Planejamento –Desenvolvimento do Cronograma Cria-se o cronograma analisando a duração, recursos, dependências e outras restrições –Estimativa de Custo Faz-se uma estimativa aproximada dos custos dos recursos necessários para execução do projeto –Orçamento do Custo Define-se as estimativas de custo para cada atividade ou pacote de trabalho definindo-se a base de referência 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

54 Grupo do Processo de Planejamento –Planejamento da Qualidade Identifica-se os padrões de qualidade relevantes ao projeto e como satisfazê-los –Planejamento dos Recursos Humanos Identifica-se e documenta as funções, responsabilidades e relacionamentos, além de criar-se o plano de gerenciamento dos recursos –Planejamento de Comunicação Determinar-se a informação e comunicação necessárias aos stakeholders 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

55 Grupo do Processo de Planejamento –Plano de Gerenciamento de Riscos Decide-se como abordar, planejar e executar as atividades de gerenciamento de riscos –Identificação dos Riscos Identificar quais riscos podem afetar o projeto e documentar suas características –Análise Qualitativa dos Riscos Prioriza-se os riscos para posterior análise ou ação, levantando e combinando a probabilidade e impacto do risco 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

56 Grupo do Processo de Planejamento –Análise Quantitativa dos Riscos Analisar numericamente os efeitos dos riscos no resultado do projeto –Plano de Resposta aos Riscos Desenvolver ações e opções para obter oportunidades e reduzir ameaças aos objetivos do projeto –Plano de Compras e Aquisições Determinar o que comprar, quando e como 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

57 Grupo do Processo de Planejamento –Plano de Contratação Documentar produtos, serviços e resultados requeridos e identificar possíveis fornecedores 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

58 Grupo do Processo de Execução É o grupo de processo para se completar o trabalho definido no Plano do Projeto para atender os requisitos Inclui os seguintes processos: –Direcionar e Gerenciar a Execução do Projeto Direcionar as Interfaces técnicas e organizacionais existentes no projeto para execução do trabalho –Garantia da Qualidade Aplicar as atividades de qualidade sistemáticas planejadas para garantir que o projeto aplica os processos necessários para atingir os requisitos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

59 Grupo do Processo de Execução –Obtenção do time do Projeto É a obtenção dos recurso humanos necessário para execução das atividades –Desenvolver o time do Projeto Melhorar as competências e interações do time do projeto para obter o desempenho esperado do projeto –Distribuição da Informação Tornar a informação disponível aos stakeholders no momento apropriado 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

60 Grupo do Processo de Execução –Resposta dos Fornecedores Requeridas Obter informações, cotações, propostas ou ofertas –Seleção dos Fornecedores Verificar as ofertas selecionando entre os fornecedores potenciais, selecionando e escrevendo um contrato com o fornecedor 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

61 Grupo do Processo de Controle É o grupo de processo para se controlar o desenvolvimento do projeto para identificar de forma antecipada os problemas e tomar as ações corretivas necessárias Inclui os seguintes processos: –Monitorar e controlar o trabalho do projeto Coletar, medir e disseminar a informação do desempenho do projeto e levantar medidas e tendências para efetuar melhorias de processos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

62 Grupo do Processo de Controle –Controle Integrado de Mudanças Controlar os fatores que criam mudanças para garantir que estas mudanças sejam benéficas ao projeto.Toda mudança que ocorrer deve ser gerenciada e aprovada –Verificação de Escopo Formalizar a aceitação completa dos produtos do projeto –Controle do Escopo Controlar as mudanças no escopo do projeto 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

63 Grupo do Processo de Controle –Controle do Cronograma Controlar as mudanças no cronograma do projeto –Controle de Custo Influenciar os fatores que criam variações e controlar mudanças no orçamento do projeto –Controle da Qualidade Monitorar os resultados do projeto e sua aderência aos padrões de qualidade e identificar formas de eliminar causas de desempenho insatisfatório 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

64 Grupo do Processo de Controle –Gerenciar o Time do Projeto Rastrear o desempenhos dos membros do projeto, prover feed-back, resolver problemas e coordenar mudanças necessárias –Relatar Desempenho Coletar e distribuir informações do desempenho do projeto. Inclui relatório de status, medição de progresso e previsões. –Gerenciar Stakeholders Gerenciar a comunicação para satisfazer requisitos e resolver problemas com os stakeholders 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

65 Grupo do Processo de Controle –Controlar e Monitorar os riscos Rastrear os riscos identificados, monitorar riscos residuais, identificar novos riscos, executar plano de respostas a riscos e avaliar sua efetividade –Administração de Contratos Gerenciar o Contrato e o relacionamento entre compradores e fornecedores, verificar e documentar o desempenho do fornecedor 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

66 Grupo do Processo de Encerramento É o grupo de processo para formalmente concluir todas as atividades do projeto, disponibilizar os produtos ou fechar um projeto cancelado Inclui os seguintes processos: –Encerrar o Projeto Finalizar todas a atividades do projeto para formalmente fechar o projeto ou a fase do projeto. 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

67 Grupo do Processo de Encerramento –Fechamento do Contrato Completar e encerrar cada contrato, incluindo a solução de pendências 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

68 Processo de Gerenciamento de Projetos 0. Introdução a Gerenciamento de Projetos

69

70

71 Gerenciamento de Escopo Project Scope Management Plan Gestão do Escopo Capítulo 5 - PMBOK© Capítulo 5 - PMBOK© 2. Gerenciamento de Escopo

72 Conceituação O QUE É ESCOPO... O trabalho requerido, e somente o trabalho requerido O que está e o que não está incluído no projeto Gerenciamento de Escopo

73 Conceituação O Termo Escopo, pode se referir a: Escopo do Produto Escopo do Produto: Características e funções que descrevem um produto, serviço ou resultado Escopo do projeto: Escopo do projeto: Trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado 2. Gerenciamento de Escopo

74 Conceituação ESCOPOS ENVOLVEM Um conjunto de atividades a realizar ( e as que não se pretende realizar) Delimitam as fronteiras (condições de contorno) do projeto Define o que será entregue (deliverables) 2. Gerenciamento de Escopo

75 Conceituação SITUAÇÃO Todo programa ou projeto envolve elaboração progressiva Escopos são melhor definidos ao longo da execução A incerteza faz com que ocorram mudanças de escopo durante a execução, tanto deliberadamente como acidentalmente 2. Gerenciamento de Escopo

76 Objetivo Garantir o cumprimento do compromisso original Influenciar pró-ativamente a alteração para que ela seja benéfica Controlar as alterações de escopo, assegurando a aceitação dos stakeholders 2. Gerenciamento de Escopo

77 A Importância do Gerenciamento de Escopo Alterações de escopo podem: 1.Melhorar / piorar resultados (custos) 2.Provocar atrasos / adiantar cronogramas 3.Afetar a qualidade do produto final 4.Dificultar / facilitar as aquisições 5.Afetar o desempenho da equipe 6.Atingir o interesse de novos / antigos stakeholders 2. Gerenciamento de Escopo

78 Objetivos nebulosos Escopos mutantes Gestão insuficiente ou amadora Planejamento inadequado Perda de controle Problemas típicos em um projeto 2. Gerenciamento de Escopo

79 A Importância do Gerenciamento de Escopo Em Suma: Gerenciamento de Escopo visa: Planejar, definir, verificar e controlar mudanças 2. Gerenciamento de Escopo

80 Planejamento do Escopo Como o escopo será: Definido Documentado Verificado Gerenciado Controlado Plano de Gerenciamento do Escopo do Projeto 2. Gerenciamento de Escopo

81 Desde o início do projeto deve ser criada uma declaração de escopo (scope statement) para servir como referência. Definição de Escopo 2. Gerenciamento de Escopo

82 2É prudente também definir o que está fora de escopo Definição de Escopo 2. Gerenciamento de Escopo

83 2Documento base para futuras decisões 2Entendimento do escopo pelos stakeholders 2Pode ser revisado/refinado durante o projeto 2Inclui: Objetivos do projeto Justificativa do projeto Deliverables do projeto Produto do Projeto Declaração do Escopo 2. Gerenciamento de Escopo

84 Reparte ou decompõe o programa em quinhões lógicos, criando interfaces pacíficas entre os executores. Apresenta grau de detalhamento suficiente para permitir um bom planejamento e coordenação das atividades. EAP ou WBS (Work Breakdown Structure) 2. Gerenciamento de Escopo

85 Usualmente organizado em árvore, em que cada ramo representa: área geográfica, natureza da atividade ou executores. Os fatores acima podem ser representados em cada um dos níveis. Deve ser consistente com o sistema de custeio. EAP ou WBS (Work Breakdown Structure) 2. Gerenciamento de Escopo


Carregar ppt "ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE Alex Sandro Benetti Dias Fatec PROJETOS PROJETOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google