A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE Métricas de Software Prof.ª Adriana dos Santos Caparróz Carvalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE Métricas de Software Prof.ª Adriana dos Santos Caparróz Carvalho."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE Métricas de Software Prof.ª Adriana dos Santos Caparróz Carvalho

2 Atividades de Arcabouço Lembram das famosas atividades de arcabouço? Comunicação Planejamento Modelagem Construção Implantação Onde se enquadram: Métricas? Testes? Reengenharia? Iniciação do projeto Levantamento de requisitos Estimativas Cronogramação Monitoração Análise Projeto Codificação Teste Entrega Manutenção Feedback Métricas Testes Reengenharia

3 Métricas Para que usamos? Para entender melhor os atributos dos modelos que criamos Para avaliar a qualidade dos produtos submetidos à engenharia Mas o que é qualidade? É a satisfação de requisitos funcionais e de desempenho explicitamente declarados, normas de desenvolvimento explicitamente documentadas e características implícitas que são esperadas em todo o software desenvolvido profissionalmente. Qualidade de software é uma mistura complexa de fatores que variam com cada aplicação diferente e com os clientes que as encomendam.

4 Métricas Para ser útil no contexto do mundo real, uma métrica de software precisa ser simples e calculável, persuasiva, consistente e objetiva. Deve ser independente da linguagem de programação e fornecer efetiva realimentação para o engenheiro de software. As métricas são próprias da atividade de arcabouço Planejamento? Utilizamos medidas nas outras atividades de arcabouço? Pra que? Como?

5 Métricas Métricas para o modelo de análise Focalizam a função, os dados e o comportamento. Funcionalidade entregue Tamanho do sistema (informação disponível) Qualidade da especificação (análise de uma especificação de requisitos) Métricas de projeto Consideram tópicos da arquitetura, Estrutura do modelo de projeto e a efetividade dos módulos ou componentes dentro da arquitetura (métricas caixa-preta) Projeto no nível de componentes e Fornecem indicação da qualidade do módulo, estabelecendo medidas indiretas de coesão, acoplamento e complexidade (métricas caixa- branca) Projeto de interface Facilidade com a qual uma IGU pode ser usada.

6 Métricas Métricas para sistemas OO Focalizam medições que podem ser aplicadas à classe e às características do projeto que tornam a classe singular: Localização, encapsulamento, ocultamento da informação, herança e técnicas de abstração de objetos Métricas no nível do código fonte (Halstead) Usando o número de operadores e operandos presentes no código, uma variedade de métricas é desenvolvida para avaliar a qualidade do programa Tamanho total do programa, Volume potencial mínimo de um algoritmo, Volume real (número de bits necessário para especificar um programa) Nível do programa (complexidade do software), Esforço de desenvolvimento, Tempo de desenvolvimento...

7 Métricas Métricas para testes As métricas focam o processo de testes e não as características técnicas dos testes propriamente ditos Em geral, os testadores devem se apoiar nas métricas de análise, projeto e código, para guiá-los no projeto e execução de casos de teste. Métricas baseadas em função Podem ser usadas como previsão para o esforço global de teste. Métricas de projeto arquitetural Podem fornecer informação sobre a facilidade ou dificuldade associada ao teste de integração (por exemplo)


Carregar ppt "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE Métricas de Software Prof.ª Adriana dos Santos Caparróz Carvalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google