A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DOENÇAS DO SISTEMA DIGESTIVO E CARDIOVASCULAR nome:Paulo nº33 e Jeberson nº 19 Jeberson nº 19 Série:8ºano C Profº Luzia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DOENÇAS DO SISTEMA DIGESTIVO E CARDIOVASCULAR nome:Paulo nº33 e Jeberson nº 19 Jeberson nº 19 Série:8ºano C Profº Luzia."— Transcrição da apresentação:

1 DOENÇAS DO SISTEMA DIGESTIVO E CARDIOVASCULAR nome:Paulo nº33 e Jeberson nº 19 Jeberson nº 19 Série:8ºano C Profº Luzia

2 As doenças mais comuns Aterosclerose: presença de certos depósitos na parede das artérias, incluindo substâncias gordas, como o colesterol e outros elementos que são transportados pela corrente sanguínea. A aterosclerose afeta artérias de grande e médio calibre, sendo a causa dos Acidentes Vasculares Cerebrais e da Doença das Artérias Coronárias. É uma doença lenta e progressiva e pode iniciar-se ainda durante a infância. Contudo, regra geral, não causa qualquer sintomatologia até aos 50/70 anos, embora possa atingir adultos jovens (30/40 anos), principalmente se forem fumadores intensivos; Cardiopatia Isquémica: termo utilizado para descrever as doenças cardíacas provocadas por depósitos ateroscleróticos que conduzem à redução do Iúmen das artérias coronárias. O estreitamento pode causar Angina de Peito ou Enfarte de Miocárdio, se em vez de redução do Iúmen arterial se verificar obstrução total do vaso; Doença Arterial Coronária: situação clínica em que existe estreitamento do calibre das artérias coronárias, provocando uma redução do fluxo sanguíneo no músculo cardíaco.

3 DOENÇAS CARDIOVASCULAR Doenças cardiovasculares são doenças que afetam o sistema circulatório ou seja o coração. (cárdio = coração * vasculares = vasos sanguíneos, incluindo artérias, veias e vasos capilares).sistema circulatóriocoração vasos sanguíneosartérias veiasvasos capilares

4 TRATAMENTO Tratamento O tratamento é feito com medicação que vai diminuir o esforço e aumentar a força do músculo cardíaco e consequentemente baixar a pressão arterial. O médico pode prescrever diuréticos, beta-bloqueasnte, inibidores ECA e digitálicos

5 TABELA DE DOENÇAS

6 Quais são as formas de prevenção das doenças cardiovasculares? Deixe de fumar; Controle regularmente a sua pressão arterial, o seu nível de açúcar e gorduras no sangue; Tenha uma alimentação mais saudável, privilegiando o consumo de legumes, vegetais, fruta e cereais; Pratique exercício físico moderado com regularidade; A partir de uma determinada idade (50 anos para as mulheres e 40 anos para os homens) é aconselhável a realização de exames periódicos de saúde; A prevenção deve começar mais cedo para os indivíduos com história familiar de doença cardiovascular precoce ou morte súbita.

7 Males do cigarro no corpo

8 DOENÇA DO SISTEMA DIGESTIVO

9 Apendicite Apendicite é uma inflamação do apêndice ileocecal, em forma crônica ou aguda. Esta última manifesta-se por dores agudas na fossa ilíaca direita, mais exatamente no chamado ponto de McBurney

10 sintomas Dor difusa contínua no abdome, junto do umbigo, movendo-se por vezes para o quadrante inferior direito (fossa ilíaca direita) após algumas horas (no ponto de MacBurney). Por vezes é muito moderada em intensidade.Dor umbigoponto de MacBurney Sensibilidade ao toque no ventre, por vezes com alguma defesa dos músculos. (sinal de Blumberg) Náusea e vômito.Náuseavômito Febre baixa.¨Febre Falta de apetite

11 cirurgia

12 Corte da apendicite

13 CIRROSE HEPÁTICA E REGENERAÇÃO O tipo mais comum de cirrose, a cirrose hepática, afeta o fígado e surge devido ao processo crônico e progressivo de inflamações (hepatites), fibrose e por fim ocorre a formação de múltiplos nódulos, que caracterizam a cirrose. A cirrose é considerada uma doença terminal do fígado para onde convergem diversas doenças diferentes, levando a complicações decorrentes da destruição de suas células, da alteração da sua estrutura e do processo inflamatório crônico. A capacidade regenerativa do fígado é conhecida e até faz parte da mitologia grega. É possível retirar cirurgicamente mais de dois terços de um fígado normal e a porção restante tende a crescer até praticamente o tamanho normal, com um processo de multiplicação celular que se inicia logo nas primeiras 200 horas, através de mecanismo ainda não bem esclarecido (o mesmo acontece com o transplante hepático intervivos, em que o receptor recebe uma porção do fígado do doador e depois ambos crescem). No entanto, a cirrose é o resultado de um processo crônico de destruição e regeneração com formação de fibrose. Nessa fase da hepatopatia, a capacidade regenerativa do fígado é mínima.fígadohepatitesmitologia gregamultiplicação celulartransplante hepático intervivoshepatopatia

14 CAUSAS Apesar da crença popular de que a cirrose hepática é uma doença de alcoólatras, todas as doenças que levam a inflamação crônica do fígado (hepatopatia crônica) podem desenvolver essa patologia:alcoólatrashepatopatia crônica Hepatite autoimune Lesão hepática induzida por drogas ou toxinas Lesão hepática induzida pelo álcool Hepatites virais B, C e DBCD Doenças metabólicas –Deficiência de alfa-1-antitripsinaDeficiência de alfa-1-antitripsina –Doença de WilsonDoença de Wilson –HemocromatoseHemocromatose Distúrbios vasculares –Insuficiência cardíaca direita crônicaInsuficiência cardíaca –Síndrome de Budd-ChiariSíndrome de Budd-Chiari Cirrose biliar –Cirrose biliar primáriaCirrose biliar primária –Cirrose biliar secundária a obstrução crônicaCirrose biliar secundária –Colangite esclerosante primáriaColangite esclerosante primária Atresia biliar Insuficiência congênita de ductos intra-hepáticos (Síndrome de Alagille)Síndrome de Alagille Cirrose criptogênica (causa desconhecida

15 FIGADO NORMAL


Carregar ppt "DOENÇAS DO SISTEMA DIGESTIVO E CARDIOVASCULAR nome:Paulo nº33 e Jeberson nº 19 Jeberson nº 19 Série:8ºano C Profº Luzia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google