A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Barreiras ao Desenvolvimento e, em particular, ao Transporte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Barreiras ao Desenvolvimento e, em particular, ao Transporte."— Transcrição da apresentação:

1 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Barreiras ao Desenvolvimento e, em particular, ao Transporte e Movimentação de Cargas Excedentes no Brasil

2 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 1° China: hab. 2° Índia: hab. 3° Estados Unidos: hab. 4° Indonésia: hab. 5° Brasil: hab. 1° China: hab. 2° Índia: hab. 3° Estados Unidos: hab. 4° Indonésia: hab. 5° Brasil: hab. 5° Brasil: km². 1° Rússia: km². 2° Canadá: km². 3° China: km². 4° Estados Unidos: km². 5° Brasil: km².

3 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Apesar dessas condições de 1979 a 2003, devido a uma série de fatores, o país atravessou sucessivas crises econômicas e pouco cresceu.

4 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS De 2003 para cá, surfando no fantástico crescimento da economia mundial capitaneado pelos EUA e China, iniciou um ciclo de razoável crescimento econômico

5 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Inflação sob controle Juros em queda Taxa de desemprego de 6% Previsão de crescimento do PIB em 2012 de 4%

6 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 2º maior produtor mundial de minério de ferro

7 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 5º maior mercado mundial de caminhões

8 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 5º maior mercado mundial de automóveis

9 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Celeiro do mundo: maior exportador mundial de soja, açúcar, carne bovina, carne de frango, café, suco de laranja, tabaco e álcool

10 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Um mercado de 100 milhões de consumidores ávidos por carros, motos, energia, comunicação, turismo, alimentos...

11 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 6ª maior economia do Mundo

12 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 67º no ranking mundial de infraestrutura de transporte

13 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Apenas 12% das rodovias pavimentadas km País Malha Rodoviária Malha Pavimentada % de Pavimentação EUA ,47% China ,00% Brasil ,24% Fonte: Revista Exame

14 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Quase 50% da malha com problemas de manutenção Ano Extensão Total Pesquisada ÓtimoBomRegularRuimPéssimo ,50 %17,50 %45,00 %16,90 %7,10 % ,70 %26,50 %33,40 %17,40 %8,00 % ,60 %30,00 %30,50 %18,10 %8,80 % Fonte: Pesquisa CNT de Rodovias 2009/2010/2011

15 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 88,3% das rodovias federais são de pista simples

16 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS 42% das rodovias não tem acostamento Fonte: pesquisa CNT 2011

17 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Apesar de quase 90% da população e da produção industrial se localizar próxima dos mais de 8 mil quilômetros de costa

18 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Somente 15% dos transportes são feitos por cabotagem

19 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Resultado: um grave desequilíbrio entre demanda e oferta de infraestrutura de transporte Apagão Logístico

20 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Com graves consequências:

21 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Aumento da quantidade e gravidade dos acidentes

22 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Aumento dos congestionamentos nas cidades e nas estradas

23 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Aumento da restrição aos caminhões Das 26 capitais brasileiras 22 proibem o tráfego de caminhões

24 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Rápida deterioração da infraestrutura

25 11.6% 8.7% Fontes: Brasil: instituto ILOS EUA: CSCMP's 20t h Annual State of Logistics Report (Rosalyn Wilson) – Somente custos domésticos Administrativo ArmazenagemEstoqueTransporte % dos custos logísticos em relação ao PIB BrasilEUA Aumento dos custos logísticos

26 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Esse é, portanto, o cenário atual do Brasil: um país que cresce há pelo menos 7 anos consecutivos... 0

27 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Que tem um mercado interno de mais de 100 milhões de consumidores

28 International Crane & Transport Latin America Conference Que tem no horizonte dos próximos quatro anos a realização de dois grandes eventos esportivos

29 International Crane & Transport Latin America Conference Que tem o desafio de explorar as gigantescas reservas de petróleo e gás do pré-sal...

30 International Crane & Transport Latin America Conference De construir milhões de moradia e resolver o problema do saneamento básico

31 International Crane & Transport Latin America Conference De fazer elevados e inadiáveis investimentos em infraestrutura logística (rodovias, ferrovias, portos e aeroportos)

32 International Crane & Transport Latin America Conference Investimentos, que segundo levantamento da Sobratema, até 2016, somam R$ 1,48 trilhão. Um total de mais de 12 mil grandes obras, a maioria já em andamento. As áreas de petróleo e gás, de infrastrutura de transporte e de energia são as que atraem os maiores aportes.

33 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Este, portanto, é o cenário positivo. Mas, quais são os problemas, os entraves, as barreiras?

34 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS São vários. A ordem depende do setor Carga tributária: 40% do PIB Juros elevados Câmbio Infraestrutura logística e de transportes Preço da energia Falta da mão de obra qualificada Burocracia

35 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Aqui vamos nos concentrar nas barreiras ao desenvolvimentos dos transportes especiais: Falta de Infraestrutura logística Falta da mão de obra qualificada Burocracia

36 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS O principal problema com a infraestrutura logística é a falta de investimento em ampliação e modernização da malha rodoviária e falta de manutenção De 2001 a 2011 foram insvestidos R$ 166 bilhões, ou menos de 1% do PIB ao ano. O país precisaria ter investido pelo menos 3% do PIB somente para evitar a deterioração da infraestrutura existente

37 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Além da falta de recursos públicos para os investimentos necessários, falta projetos e fiscalização adequados. Sobra burocracia e corrupção

38 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS De acordo com o Senador Clésio Andrade, atualmente o Brasil leva dez anos para duplicar uma rodovia de 500 Km: O trâmite de licenças ambientais e editais de concorrência leva seis anos, além de mais quatro para a execução das obras

39 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Uma das saídas encontradas para resolver o problema do financiamento dos investimentos em infraestrutura foi a concessão... Foram concessionados até o momento: 16 mil km de rodovias 28 mil km de ferrovias 3 aeoroportos Portos e terminais marítimos: em curso

40 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS A concessão dos principais eixos rodoviários do país, estabilizou a situação nas regiões sul e sudeste, porém com aumento considerável dos custos do frete rodoviário.

41 No caso dos transportes especiais, verificou-se uma descentralização dos investimentos e das obras

42 Com as cargas produzidas em São Paulo e no sudeste tendo agora que ser transportadas para as regiões Norte e Nordeste International Crane & Transport Latin America Conference

43 E o aparecimentos de novos fluxos e novas rotas de transporte E o aparecimentos de novos fluxos e novas rotas de transporte International Crane & Transport Latin America Conference

44 FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Com expressivo aumento das dificuldades e dos custos devido a falta de investimentos nos demais corredores, principalmente, na manutenção de pontes e viadutos.

45 Resultando na limitação da capacidade portante de pontes e viadutos BR Divisa MG / BA - Pontes limitadas em 45 t

46 BR-153 -Trecho Divisa SP/MG até Divisa MG/GO - Pontes limitadas em 25 t

47 BR Ligação Vitória / Salvador - Pontes limitadas em 45 t

48 Além de uma série de outros problemas e restrições que resultam no aumento do tempo de viagem e dos custos como:

49 Grande maioria das rodovias de pista simples

50 Aumento do tempo e do custo do transporte Com baixos raios de curvatura

51 Com pontes estreitas e sem acostamento Necessidade de veículos especiais, aumento do tempo e do custo do transporte

52 Com gabarito verical defasado e insuficiente Trazendo riscos à integridade da carga e aumento do percurso por falta de áreas de escape

53 Tendo que, muitas vezes, remover estruturas. Com aumento de custos e perda de tempo

54

55 Com danos ao patrimônio público e à carga

56 Com custos de remoção / elevação de pórticos

57 Custos com remoção / elevação de rede elétrica

58 Com elevação de rede de trólebus

59 Custos e perda de tempo para remoção de cabines de pedágio Com a falta de área para passagem de cargas junto às praças de pedágio

60 Com a falta de sinalização Aumento dos custos e perda de tempo para viabilização da rota

61 Com a falta de locais para estacionamento Elevação de custos e prejuizos por roubo aos veículos e insegurança dos operadores

62 Com geometria da via inadequada Custos com acidentes e danos ao veículos e à carga

63 E a Burocracia... Como é que ela interfere e atrapalha o transporte de cargas especiais International Crane & Transport Latin America Conference

64 Por falta de Informação; Regras claras; Compliance; Colaboração. International Crane & Transport Latin America Conference

65 Sem o que fica muito mais complicado: o planejamento a roteirização do transporte a especificação do veículo a precificação de taxas e tarifas o requerimento e obtenção da AET a programação da travessia a operação do transporte International Crane & Transport Latin America Conference

66 FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Legislação Problemas

67 RS PR SP Apenas o DNIT (rodovias federais) e o DER dos estados de SP, PR e RS têm legislação própria para transporte de cargas especiais Isso é bom ou ruim?

68 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Nenhum órgão disponibiliza informação sobre gabaritos e restrições na rodovia Roteirização

69 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Falta de padronização e de critérios para exigência de Estudo de Viabilidade Roteirização DNIT: PBT > 213t DER-SP: PBT > 213t DER-PR: PBT > 175t DER-RS: PBT > 175t BR-116 (Regis Bittencourt): PBT > 85t BR-116 (Dutra): PBT > 150t

70 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Com a rápida deterioração das pontes e viadutos e do pavimento, praticamente todas as rotas vão precisar de viabilização estrutural e geométrica Roteirização Pontes com escoramento

71 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Os pesos máximos permitidos são praticamente uniformes entre os diversos órgãos, o que é uma vantagem. Especificação do veículo Mas falta conhecimento e critérios mais bem definidos para a especificação do equipamento de transporte

72 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS A mesma regra se aplica para os conjuntos de eixos hidráulicos Especificação do veículo

73 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Não há uma padronização entre os diversos órgãos e, em muitos casos, os valores são exorbitantes Precificação de taxas e tarifas R$ ,88 para bloqueio de pista na Imigrantes

74 Taxas de expediente para emissão de AET variam de órgão para órgão DNITDER-SPDER-MGDER-RJDAER-RSDER-PRCET-SP R$ 16,54R$ 164,30R$ 120,00R$ 102,93R$ 58,36R$ 54,69R$ 0,00 International Crane & Transport Latin America Conference

75 Taxas de Utilização da Via International Crane & Transport Latin America Conference TAPTUV - DNITTUV - RSTUV - PR R$ ,00 R$ 5.684,85 R$ 7.091,27 R$ 6.639,98 Tabela comparativa entre as tarifas nos diversos estados, tendo como referência: PBT de 445t e Distância de transporte: 60 Km

76 International Crane & Transport Latin America Conference Falta de critérios e razoabilidade nas tarifas de Escolta policial PRFPR-SPPR-RSPR-PRPR-SC R$ 916,00R$ 164,00R$ 4.061,44R$ 916,00R$2.000,00 Tabela comparativa entre as tarifas nos diversos estados, tendo como referência: Velocidade: 20 Km/h e Distância de transporte: 400 Km

77 Falta de critérios e razoabilidade nas tarifas de acompanhamento de concessionárias de rodovias International Crane & Transport Latin America Conference Faltam critérios Tarifas exorbitantes Falta de padronização de procedimentos Sobreposição de equipes

78 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Falta informação. Falta informatização. Excesso de consultas. Demora e desrespeito aos prazos Requerimento e obtenção de AET Exceto o do DF, nenhum outro DER emite AET via internet Em SP concessionárias têm 5 dias de prazo para responder sobre viabilidade do transporte

79 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Demora no atendimento Prazos não definidos Desrespeito aos limites legais Falta de padronização de procedimentos Programação da travessia A concessionária novadutra demora até uma semana para programar o transporte

80 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Faltam policiais Sobra burocracia Falta padronização de procedimentos Sobra corrupção Operação do transporte Não há padronização da fiscalização: se a carreta rodar 1000 km vai sofrer 10 fiscalizações e, em cada uma, descobrir que tem algum problema no equipamento ou na Autorização Especial de Trânsito

81 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Praticamente não há fiscalização de peso o que dá margem a uma concorrência desleal entre as empresas Fiscalização A fiscalização privilegia aspectos formais e documentais ao invés de aspectos de segurança relacionados à amarração da cargas e estado de consevação do veículo

82 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Como o país enfrenta essa situação: Governo: buscando novas formas de financiamento, já que no últimos anos não conseguiu investir mais que 1,0% do PIB e precisaria investir 4 a 5 vezes mais Setor produtivo: aumentando a pressão política sobre os governos, promovendo estudos e investindo em infraestrutura de transporte Setor logístico: investindo na ampliação da frota em gestão e novas tecnologias

83 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Como as empresas devem enfrentar essa situação:

84 FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Investindo mais em planejamento Investindo mais em planejamento Executando melhor os projetos Executando melhor os projetos Investimento em tecnologia Investimento em tecnologia Capacitando sua mão-de-obra Capacitando sua mão-de-obra Compliance: trabalhando com profundo conhecimento e respeito à legislação/fiscalização Compliance: trabalhando com profundo conhecimento e respeito à legislação/fiscalização Buscando maior envolvimento entre fabricantes de equipamentos, transportadores, embarcadores e órgãos de governo Buscando maior envolvimento entre fabricantes de equipamentos, transportadores, embarcadores e órgãos de governo Cobrando e educando os órgãos competentes Cobrando e educando os órgãos competentes International Crane & Transport Latin America Conference

85 FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Quais são as ações do SINDIPESA no enfrentamento desses problemas?

86 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Junto às associadas provendo informação, treinamento, ajudando na interpretação dos requisitos legais e no relacionamento com os diversos órgãos de governo. Ação do Sindipesa

87 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Junto aos governos ajudando na atualização e revisão da legislação, informando e educando sobre as necessidades do setor, em termos da infraestrutura e serviços necessários. Ação do Sindipesa

88 International Crane & Transport Latin America Conference Exemplo: mudança da legislação de escolta permitindo a substituição do batedor da PRF pelo batedor credenciado Ação do Sindipesa

89 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Criando comitês técnicos para debater os problemas e propor soluções. Acabam de ser criados dois novos comitês: o de segurança nas operações com guindastes e o de Operações de Transportes Especiais Ação do Sindipesa

90 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Além disso mantendo profícuo contato e troca de informações com diversas entidades envolvidas com esses temas a nível nacional e internacional, com destaque para a SC&RA, da qual respondemos pelo escritório para a América do Sul

91 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS O coroamento dessas ações aconteceu no ano passado durante o evento World Crane and Transport Summit, em Amsterdam, quando assinamos com mais 5 associações The World Crane & Transport Alliance com dentre outros objetivos promover a troca de informações e esforços a nível mundial para simplificação e padronização de procedimentos. Ação do Sindipesa

92 International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Aproveitamos para prestar de público nossos agradecimentos ao vice- presidente executivo da SC&RA, Mr. Joel Dandrea, um dos grandes responsáveis pela viabilização dessa aliança e, sem dúvida, pela abertura que tem dado ao Sindipesa em seu processo de internacionalização. Ação do Sindipesa

93 International Crane & Transport Latin America Conference Muito obrigado! JOÃO BATISTA PINHEIRO DOMINICI SINDIPESA Vice-Presidente Executivo Tel: (11) Cel: (11)


Carregar ppt "International Crane & Transport Latin America Conference FÁBRICA DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS Barreiras ao Desenvolvimento e, em particular, ao Transporte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google