A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conexões de Rede Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conexões de Rede Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]"— Transcrição da apresentação:

1 Conexões de Rede Formador: David Casimiro

2 Conexões de Rede Objectivo(s) Conteúdos Instalar redes locais
Definição de modelo de rede Tipos de rede e de ligação Configuração do adaptador de rede por tipo de rede Instalação de Hubs e sua ligação aos computadores Formador: David Casimiro

3 Comunicação Emissor-Receptor
Formador: David Casimiro

4 Comunicação Emissor-Receptor
Formador: David Casimiro

5 Comunicação Emissor-Receptor
Encoder – Processo de conversão dos nossos pensamentos em linguagem Decoder – Processo inverso ao Encoder Formador: David Casimiro

6 Comunicação Emissor-Receptor
Encoder – Processo de conversão dos recursos visíveis ao utilizador (ex: imagem, texto) em bits suportados pelo meio físico Decoder – Processo inverso ao Encoder Formador: David Casimiro

7 Comunicação Emissor-Receptor
Location address – Local para o endereço Recipient (destination)– destinatário (destino) Sender (source) Remetente (fonte) Salutation (start of message indicator) - Saudação (indicador do inicio da mensagem) Recipient identifier (destination) – Identificador do destinatário (do destino) Content of Letter (encapsulated data) – Conteúdo da carta (dados encapsulados) Sender (source) identifier – Indicador do Remetente (da fonte) Formador: David Casimiro

8 Comunicação Emissor-Receptor Timing
Timing – É preciso estabelecer quem fala e quem escuta numa conversa. Formador: David Casimiro

9 Timing Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
Timing – Quem escuta está atento apenas durante um certo período de tempo. Formador: David Casimiro

10 Timing Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
Timing – Quem escuta está atento apenas durante um certo período de tempo. Formador: David Casimiro

11 Tipo de Comunicação Formador: David Casimiro

12 Tipo de Comunicação Unicast – Comunicação de Um-para-Um Formador: David Casimiro

13 Tipo de Comunicação Multicast – Comunicação de Um-para-Vários (Usado para estabelecer comunicação com grupos específicos dentro de um mesmo meio) Formador: David Casimiro

14 Tipo de Comunicação Broadcast – Comunicação de Um-para-Todos Formador: David Casimiro

15 Tipo de Comunicação Formador: David Casimiro

16 Identifique os Dispositivos quanto ao tipo de Comunicação
Tipo de comunicação – Unicast; Multicast; Broadcast. Formador: David Casimiro

17 Protocolo Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
Within One Room – Dentro de uma Sala Language: Japanese – Linguagem: Japonês Within One Local Network – Dentro de uma Rede Local Language: Ethernet “Linguagem” Ethernet Formador: David Casimiro

18 Protocolo Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
Protocolo de Comunicação – Conjunto de regras (Timing; Message Size; etc.) que são estabelecidas num meio para que se possa estabelecer uma comunicação entre emissor e receptor. Timing Tempo de execução (Ex: Tempo designado para receber/enviar a mensagem) Message Size Tamanho da Mensagem Message Pattern - Padrão da Mensagem (Ex. para a carta: Poema Vs Prosa / Ex. na mensagem/trama Ethernet: xx.. para indicar o seu inicio. Encoding Como é codificada a mensagem (Ex: bits ; ondas de luz no caso da fibra óptica) Encapsulation Encapsulamento (Ex. para a carta: Envelope / Ex. em LANs: Trama Ethernet Message Format - Formato da Mensagem Formador: David Casimiro

19 Protocolo usado nas LANs
Protocolo Ethernet – É o protocolo usado nas LANs de hoje, estabelecendo um conjunto de regras que permite o bom funcionamento da rede. Proprietary Vendor – Fabricante/Vendedor Protocols – Protocolos Limited Number of Standards (1980s e 1990s) – Número limitado de Standards Formador: David Casimiro

20 Topologias Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
As Topologias mais usadas são a estrela/estrela estendida e hierárquica. Formador: David Casimiro

21 Rede Classificação de Grandeza
LAN (Local Area Network), é o nome que se dá a uma rede de carácter local, tipicamente um escritório ou uma empresa. São usualmente redes de domínio privado. MAN (Metropolitan Area Network). Resulta da interligação de várias LAN, cobrindo uma área geográfica de média dimensão, tipicamente um campus ou uma cidade/região, podem ser redes de domínio privado ou público. Pode estar inclusivamente ligada a uma rede WAN; WAN (Wide Area Network), e como o nome indica é uma rede de telecomunicações que está dispersa por uma grande área geográfica. A WAN distingue-se duma LAN pelo seu porte e estrutura de telecomunicações. As WAN normalmente são de carácter público, geridas por um operador de telecomunicações. Formador: David Casimiro

22 Topologia e dispositivos de uma LAN
Router – Separa a “nossa” rede de outras redes (Ex.: Internet). No mundo “humano” seria a porta entre duas salas ou então a porta da rua que neste caso seria a Internet. Switch – Separa circuitos/conexões dentro da mesma rede, não tendo uma comunicação entre duas “salas”/subredes ser “ouvida” por uma terceira. Hub - Repetidor/Amplificador de sinal e é usado para estender a conexão a vários computadores/hosts/terminais. Mail Server – Servidor de correio Electrónico. Web Server – Servidor Web. File Server - Servidor de ficheiros. Admin Office – Escritório da Administração. Classroom Sala de aula. Formador: David Casimiro

23 Curiosidade – Serviços de uma WAN
Cisco HDLC; PPP; Frame Relay – Tecnologias WAN dedicadas à conexão entre dois dispositivos de rede (Custo Elevado). ISDN ou Linha RDIS – Utilização de três linhas telefónicas, em que duas delas funcionam em modo digital (Custo Médio; Custo sobre o tempo da chamada; velocidade média) Modem DSL – Funciona através da linha telefónica utilizando uma Modulação compacta (formato do sinal eléctrico), transmitindo assim grandes quantidades de dados. (Custo Médio e sobre a quantidade de dados) Cable Modem – Funciona através de linhas de TV e Cabo (Custo Médio; Custo fixo; Velocidade Rápida) Formador: David Casimiro

24 Atenções na Instalação
Formador: David Casimiro

25 Atenuação do Sinal na Rede
Formador: David Casimiro

26 Repetidor (Hub) HUB – Funciona como um amplificador do sinal. usa-se sempre que a distância de funcionamento do cabo não seja suficiente, ou para conectar vários dispositivos. Formador: David Casimiro

27 Repetidor (Hub) HUB – Funciona como um amplificador do sinal. usa-se sempre que a distância de funcionamento do cabo não seja suficiente, ou para conectar vários dispositivos Formador: David Casimiro

28 Repetidor (Hub) HUB – Funciona como um amplificador do sinal. usa-se sempre que a distância de funcionamento do cabo não seja suficiente, ou para conectar vários dispositivos Formador: David Casimiro

29 Aparecimento das LAN Formador: David Casimiro

30 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

31 Cablagem Formador: David Casimiro

32 Cablagem Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
Braided Shield – Blindagem em malha de ferro. Formador: David Casimiro

33 Cablagem Formador: David Casimiro

34 Cablagem Formador: David Casimiro

35 Cablagem Formador: David Casimiro

36 Conectores Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
RJ – Registered Jack Os padrões EIA/TIA especificam o uso de um conector RJ-45. O conector mostra oito fios coloridos. Quatro desses fios transportam a voltagem e são denominados "TIP" (T1 a T4). Os outro quatro fios são aterrados e são conhecidos como "RING" (R1 a R4). Formador: David Casimiro

37 Conectores Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
Para que a eletricidade possa fluir entre a tomada e o conector, a ordem dos fios deve seguir o código de cores T568A ou T568B encontrado nos padrões EIA/TIA-568-B Nota: Observar as inscrições no cabo e seguir o padrão especificado. Formador: David Casimiro

38 Conectores Formador: David Casimiro

39 Conectores Formador: David Casimiro

40 Conectores Formador: David Casimiro

41 Medidor de Ruído e da Eficiência do Cabo
Formador: David Casimiro

42 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

43 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

44 Problema Formador: David Casimiro

45 Problema Formador: David Casimiro

46 Conectores Formador: David Casimiro

47 Conectores Formador: David Casimiro

48 Conectores Formador: David Casimiro

49 Fibra Óptica - Dispositivos de Manutenção
Formador: David Casimiro

50 Cabos – Largura de Banda
Formador: David Casimiro

51 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

52 Meios Físicos e suas Características
Formador: David Casimiro

53 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

54 Distâncias entre dispositivos (UTP)
Nota: Embora a distância de funcionamento do cabo UTP seja de 185 metros é aconselhável usar apenas 100 metros entre dispositivos. Formador: David Casimiro

55 Serviços de uma Rede Client – É quem pede o serviço. Server – É quem fornece o serviço. Browser (Ex.: Internet Explorer, Firefox) – Navegador na Internet. Client (Ex.: Microsoft Outlook); Caixa de correio electrónico. Server (Ex.:GMAIL) Servidor de correio Electrónico. File Access Client - Acesso a ficheiros ao cliente (quem pede o serviço) Web Server – Servidor de Páginas Web. File Server – Servidor do sistema de ficheiros. Formador: David Casimiro

56 Serviços de uma Rede Formador: David Casimiro

57 Dispositivos de Rede - Computador
Formador: David Casimiro

58 Placas de Rede Formador: David Casimiro

59 Wireless Formador: David Casimiro

60 Modelo Teórico (OSI) Modelo OSI – É apenas um modelo Teórico que nunca chegou a ser implementado, mas serviu como referência a outros modelos. Assim o modelo estabelece uma simplicidade maior para fins de ensino/aprendizagem, na explicação da transmissão de dados entre dois pontos da rede. Formador: David Casimiro

61 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

62 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

63 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

64 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

65 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
O Sistema de segmentação da mensagem em pacotes é uma função da camada de transporte Formador: David Casimiro

66 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

67 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

68 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

69 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

70 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]
TCP/IP – Este modelo é baseado no modelo OSI. Em relação à estrutura de camadas, a diferença é de que aqui, as camadas de “Aplicação”, “Apresentação” e “Sessão” estão reunidas na camada de “Aplicação” e a de “Ligação de Dados” e “Física” reunidas na camada de “Acesso à Rede”. A grande diferença é ainda que o TCP/IP implementa um conjunto de protocolos ao longo da sua estrutura de camadas, tendo cada protocolo uma responsabilidade e função na Rede. Formador: David Casimiro

71 Encapsulamento Formador: David Casimiro

72 Cabo Directo - Straight
Nota: Observar as indicações no cabo e aplicar o modelo apropriado. Formador: David Casimiro

73 Cabo Directo – Quando Utilizar?
Computador/Router – Hub Computador/Router – Switch Formador: David Casimiro

74 Cabo Cruzado - Crossover
Formador: David Casimiro

75 Cabo Cruzado – Quando Utilizar?
Computador/Router – Computador/Router Hub – Hub Switch – Switch Hub - Switch Formador: David Casimiro

76 Ruído – Falha de Fiação Formador: David Casimiro

77 Ruído – Problemas no Alcance do sinal
Formador: David Casimiro

78 Ruído – Aberto/Curto Formador: David Casimiro

79 Ruído – Energia Electromagnética
Formador: David Casimiro

80 Ruído – Soma de Potências
Formador: David Casimiro

81 Ruído – Dispositivos de medição
Formador: David Casimiro

82 Unidades de Armazenamento de Dados
Formador: David Casimiro

83 Unidades de Transmissão de Dados
Formador: David Casimiro

84 Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]

85 Ligar à Internet (IP) Formador: David Casimiro

86 Atribuição do IP Formador: David Casimiro

87 Endereço Lógico na Rede (IP)
Formador: David Casimiro

88 Endereço Lógico na Rede (IP)
Formador: David Casimiro

89 Endereço Lógico na Rede (IP)
Formador: David Casimiro

90 Bibliografia “Redes de Computadores” [Andrew S. Tanenbaum].
Conteúdos CISCO. Formador: David Casimiro


Carregar ppt "Conexões de Rede Formador: David Casimiro [david.casimiro.mexp@gmail.com]"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google