A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BRASIL: DA REPÚBLICA POPULISTA AO INÍCIO DO SÉCULO XXI DEMOCRACIA. DITADURA.ABERTURA POLÍTICA.DIRETAS JÁ.ELEIÇÕES.PRESIDENTES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BRASIL: DA REPÚBLICA POPULISTA AO INÍCIO DO SÉCULO XXI DEMOCRACIA. DITADURA.ABERTURA POLÍTICA.DIRETAS JÁ.ELEIÇÕES.PRESIDENTES."— Transcrição da apresentação:

1 BRASIL: DA REPÚBLICA POPULISTA AO INÍCIO DO SÉCULO XXI DEMOCRACIA. DITADURA.ABERTURA POLÍTICA.DIRETAS JÁ.ELEIÇÕES.PRESIDENTES.

2 ESSA POLÍTICA DE VARGAS LHE GARANTIU 15 ANOS NO PODER APOIADO POR MILITARES TAMBÉM, MAS APÓS A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, NO BRASIL ERA INVIÁVEL A CONTINUAÇÃO DE UMA DITADURA POPULISTA.VARGAS FOI DEPOSTO EM 29 DE OUTUBRO DE E EM 2 DE DEZEMBRO REALIZARAM ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE E DEPUTADOS,SENADORES. A VITÓRIA PARA PRESIDENTE FICOU PARA O GENERAL EURICO GASPAR DUTRA, APOIADO PELO PRÓPRIO VARGAS E SEU PARTIDO PTB UNIDO AO PSD, AMBOS PARTIDOS DE VARGAS. DUTRA SEGUIU UMA POLÍTICA PRÓ-EUA, ROMPEU RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS COM A URSS E IMPORTOU MUITOS BENS DOS EUA, DEVIDO A DIMINUIÇÃO DAS TARIFAS ALFANDEGÁRIAS QUE ELE DECRETOU. AO FINAL DE SEU GOVERNO A INFLAÇÃO ERA GIGANTE. AS RESERVAS QUE O BRASIL ACUMULARÁ DURANTE A GUERRA FORAM QUASE QUE TOTALMENTE ESGOTADAS COM A S COMPRAS DE BENS SUPÉRFLULOS. DUTRA DEIXOU CLARO A POSIÇÃO DO BRASIL NA GUERRA FRIA AO LADO DOS EUA E COLOCOU O PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL NA ILEGALIDADE. GOVERNO DUTRA ( ): UNIÃO COM OS MILITARES PARA A GARANTIA DO PODER.

3 NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 1950, GETÚLIO VENCEU COM (49% )DOS VOTOS MAIS UMA VEZ, DERROTANDO EDUARDO GOMES DA UDN (30%) E CRISTIANO MACHADO PSD (21%). A VITÓRIA DE GETÚLIO DEIXOU O PRINCIPAL PARTIDO DE OPOSIÇÃO À UDN EXTREMAMENTE FURIOSA. EM 1953 VARGAS DECRETA A CRIAÇÃO DA PETROBRÁS, A ELETROBRÁS, E GRANDES OUTROS INVESTIMENTOS INDUSTRIAIS PARA A NACIONALIZAÇÃO DA ECONOMIA. CONTRARIANDO TUDO QUE A UDN DEFENDIA. APOIADOS NA UDN E EM SEU, CARLOS LACERDA QUE FREQUENTEMENTE USAVA SEU JORNAL PARA ATACAR O GOVERNO DE VARGAS, OS EMPRESÁRIOS E ANTINACIONAIS DEFENDENDO OS INTERESSES DE CAPITAL ESTRANGEIRO, PRINCIPALMENTE DOS EUA, SE MOVIMENTAVAM CONTRA AS MEDIDAS DE GETÚLIO VARGAS. O MINISTRO DO TRABALHO JOÃO GOULART PROPÔS UM AUMENTO DE 100% NO SÁLARIO DOS TRABALHADORES, AS FORÇAS ARMADAS EXIGIRAM IMEDIATAMENTE À SAÍDA DO CARGO DE GOULART, ALEGANDO QUE ELE ESTAVA FAVORECENDO DE FORMA ABSURDA OS TRABALHADORES, VARGAS ACEITOU. MAS NO DIA 1º DE MAIO DE 1954, VARGAS ANÚNCIA O AUMENTO DE 100% PARA OS TRABALHADORES. AUMENTANDO AINDA MAIS A INSATISFAÇÃO DA UDN E DE MEGA EMPRESÁRIOS E PRINCIPALMENTE DOS ESTADOS UNIDOS. GETÚLIO VOLTA!

4 O crime da Rua Toneleros : EM AGOSTO DE 1954, OS JORNAIS NOTICIARAM UM ATENTADO CONTRA A VIDA DE CARLOS LACERDA. NA ÉPOCA LACERDA VIVIA ESCOLTADO POR OFICIAIS DA AERONÁUTICA, SIMPATIZANTES DA UDN. O PISTOLEIRO ESPEROU CARLOS LACERDA CHEGAR EM CASA NO BAIRRO DE COPACABANA NA RUA TONELEIROS, MAS O ASSASSINO ERROU O TIRO E ACERTOU O MAJOR RUBEM FLORENTINO VAZ QUE VEIO A MORRER. INVESTIGAÇÕES COMEÇARAM PARA SE DESCOBRIR QUEM TERIA ARMADO O ATENTADO CONTRA CARLOS LACERDA, A AERONÁUTICA INVESTIGOU POR CONTRA PRÓPRIA, ATÉ QUE SE CHEGOU A GREGÓRIO FORTUNATO, AMIGO DE INFÂNCIA DE GETÚLIO E CHEFE DA GUARDA PESSOAL DE VARGAS, PORÉM O PRÓPRIO VARGAS DE NADA SABIA, MAS O ESCÂNDALO JÁ ESTAVA ARMADO. LACERDA USANDO SEU JORNAL TRIBUNA DA IMPRENSA, ACUSOU SEVERAMENTE VARGAS DE TER MANDADO MATAR ELE, AGORA QUASE TODOS OS SETORES DA SOCIEDADE ESTAVAM CONTRA VARGAS E OS INDUSTRIAIS APROVEITARAM E EXGIAM E RENÚNCIA DE GÉTULIO. ELE SE RECUSAVA A DEIXAR A PRESIDÊNCIA. OS GENERAIS DISSERAM QUE OU ELE RENÚNCIARIA OU SERIA DERRUBADO. VARGAS PEDIU UM TEMPO PARA PENSAR. RETIROU-SE AO QUARTO, ESCREVEU UMA CARTA NA QUAL EXPÔS QUAL ERA SEU MOTIVO DE SUICÍDIO, PEGOU O VELHO REVÓLVER COLT-32 E ATIORU NO CORAÇÃO. ERA O DIA 24 DE AGOSTO DE SUA MORTE FOI A ÚLTIMA CARTADA POLÍTICA, NA QUAL A UDN NÃO IRIA SUPORTAR.

5 DEFINE-SE POR POPULISMO O CONCEITO PELO QUAL O ESTADO SE COLOCA COMO REPRESENTANTE DE TODAS AS CLASSES SOCIAIS. FOI O QUE OCORREU NO GOVERNO DE VARGAS, SEU PODER PORÉM DEPENDIA DO EQUILÍBRIO DE DIVERSOS SETORES DA SOCIEDADE, REPRESENTANDOS POR BANQUEIROS, MILITARES, BUROCRATAS, E PRINCIPALMENTE OS TRABALHADORES. GETÚLIO VARGAS DURANTE SEU GOVERNO ( ) SE COLOCOU COMO ÁRBITRO DE TODOS ESSES SETORES SOCIAIS, DESSE MODO O ESTADO POPULISTA ESTIMULOU A INDUSTRIALIZAÇÃO, GARANTIU MELHORIAS AOS TRABALHADORES, CONSEGUINDO VARGAS O APELIDO DE PAI DOS POBRES. ESSA POLÍTICA CONTINUOU ATÉ AO GOVERNO DE JOÃO GOULART. MANIFESTAÇÕES DO DIA 1º DE MAIO AO INVÉS DE LUTAS DE CLASSES SOCIAIS, A ADORAÇÃO A QUEM LHES CONCEDEU DIREITO PERANTE A CONSTITUIÇÃO.

6 TRECHO DA CARTA NA QUAL GETÚLIO VARGAS EXPÔS AS CAUSAS DE SUA MORTE: (...) NÃO ME ACUSAM, INSULTAM, NÃO ME COMBATEM, CALUNIAM, E NÃO ME DÃO O DIREITO DE DEFESA. PRECISAM SUFOCAR A MINHA VOZ E IMPEDIR A MINHA AÇÃO, PARA QUE EU NÃO CONTINUE A DEFENDER, COMO SEMPRE OS HUMILDES.(....) DEPOIS DE DECÊCNIOS DE DOMÍNIO E ESPOLIAÇÃO DOS GRUPOS ECONÔMICOS E FINANCEIROS INTERNACIONAIS, FIZ-ME CHEFE DE UMA REVOLUÇÃO E VENCI. INICIEI O TRABALHO DE LIBERTAÇÃO E INSTAUREI O REGIME DE LIBERDADE SOCIAL. (...) QUIS CRIAR A LIBERDADDE NACIONAL NA POTENCIALIZAÇÃO DAS NOSSAS RIQUEZAS ATRAVÉS DA PETROBRÁS, E MAL COMEÇA ESTA A FUNCIONAR, A ONDA DE AGITAÇÃO DE AVOLUMA.(...) NÃO QUEREM QUE O TRABALHADOR SEJA LIVRE. NÃO QUEREM QUE O POVO SEJA INDEPENDENTE. (...) NADA MAIS POSSO DAR A NÃO SER MEU SANGUE.(...) EU OFEREÇO EM HOLOCAUSTO A MINHA VIDA.(...) MEU SACRIFÍCIO VOS MANTERÁ UNIDOS E MEU NOME SERÁ VOSSA BANDEIRA. (...) AO ÓDIO RESPONDO COM O PERDÃO. (...) NADA RECEIO. SERENAMENTE DOU O PRIMEIRO PASSO NO CAMINHO DA ETERNIDADE E SAIO DA VIDA PARA ENTRAR NA HISTÓRIA. GETÚLIO VARGAS, 24 DE AGOSTO DE GETÚLIO VARGAS, 24 DE AGOSTO DE ÚLTIMA HORA O POVO LEU A CARTA NO JORNAL ÚLTIMA HORA, E ENTENDEU. A CASA DE CARLOS LACERDA FOI APEDREJADA, SEDES DA UDN E DE JORNAIS ANTIGETULISTAS FORAM ATACADOS POR CENTENAS DE PESSOAS, A EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS NO RIO DE JANEIRO TEVE QUE SER CERCADA POR SOLDADOS PARA QUE O POVO NÃO INVADISSE. LACERDA TEVE QUE SAIR DO BRASIL POR ALGUM TEMPO. UM VERDADEIRO OCEANO DE GENTE FOI AO ENTERRO DE VARGAS, HOMENAGIANDO O HERÓI DE 1930, O PRESIDENTE DO ESTADO NOVO, O CRIADOR DAS LEIS TRABALHISTAS.

7 UDN APÓS O SUICÍDIO DE VARGAS, O PAÍS VIVEU GRANDE TENSÃO POLÍTICO-MILITAR, O VICE-PRESIDENTE CAFÉ FILHO ASSUMIU, QUE APÓS 16 MESES DEIXOU O CARGO ALEGANDO PROBLEMAS DE SAÚDE, SENDO SUBSTITUÍDO POR CARLOS LUZ, PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, QUE LOGO FOI DEPOSTO PELO GENERAL LOTT, MINISTRO DA GUERRA AO SABER DE UM COMPLÔ PARA IMPEDIR A POSSE DO NOVO PRESIDENTE, JUSCELINO KUBITSCHEK E DE JOÃO GOULART, VICE-PRESIDENTE. AMBOS ELEITOS PELO PTB-PSD, MAIS UMA VEZ A UDN PERDIA.

8 Jânio Quadros, um mato-grossense Já nas eleições de 1960, um candidato contraditório que se apoiou na inflação, no aumento das dívidas externas para fazer seu discurso austero e eficaz, que prometia acabar com a corrupção através de um método fácil, a vassoura, ganhava a cada dia mais simpatizantes. Era ele, Jânio Quadros, um mato-grossense, que ganhou a vida como professor em São Paulo, e que agora estava a um passo da presidência.Realizaram-se as eleições em 3 de outubro de 1960, e Jânio ganhou. Era ele o candidato da UDN, até que fim o partido da oposição chegou ao poder. Mas, logo ele mostrou para que vinha, começou a se importar com assuntos desproporcionais à importância de seu cargo, como por exemplo, a proibição de briga de galo, do bíquini, de corridas de cavalo aos finais de semanas, entre outros. A burguesia e a alta sociedade, já não viam com bons olhos, tais aitudes de Jânio, logo ele foi perdendo a popularidade e o apoio de seu partido, a UDN. Sua política de não-alinhamento aos países, capitalistas, também, deixou a UDN, furiosa. Se não bastasse, toda a impopularidade, gerada nos primeiros sete meses, Jânio condecora Ernesto Che Guevara, com a medalha Ordem do Cruzeiro do Sul em agosto de Tal aitude foi notícia em todo o mundo, e os EUA ficaram furiosos com Jânio, a alta burguesia via nele um revolucionário, Jânio de nada mudava. Herói da Revolução Cubana.

9 Jânio em 25 de agosto de 1961, após ouvir em rede nacional, a fala de Carlos Lacerda, líder da UDN e governador do estado da Guanabara, que o próprio Jânio estava tramando um golpe para se transformar em presidente vitalício, ditador, ele renunciou,. Jânio esperava um apoio popular muito grande, para que ele pudesse voltar e assim com mais autoridade, destruir seus inimigos políticos.Porém, não deu certo, nem o Congresso o apoiava mais, e seu pedido foi aceito. Forças terríveis me impedem de continuar...

10 Um novo clima de tensão política se alastrou pelo país, pois se já não confiavam em Jânio, quanto mais em sei vice João Goulart, que estava em visita a China Comunista. Os políticos conservadores e os grandes empresários pensavam em uma forma para que se Jango assumisse, deveria estar com menos poderes. Como solução, a volta de Jango da China e a sua assumida à presidência, o Congresso criou o cargo de primeiro-ministro, assim Jango assumia, mas quem governaria seria o ministro guiado pelos interesses da alta burguesia.Mas a crise era também vísivel, as altas inflações, a pressão do FMI e dos EUA, as constantes rivalidades entre sem terras e fazendeiros, fizeram com que criassem as Ligas Camponesas. Jango tinha idéia dos graves problemas sociais, e achava que uma reforma na estrutura do país e no campo traria igualdade. Todavia, sabia que o Congresso Nacional era extremamente conservado em quanto a uma reforma agrária. Nessa altura, os grandes empresários brasileiros, contavam com apoio visível dos EUA, numa tentativa de desestabilizar o governo de Jango que era muito popular com o povo. Em 13 de março de 1964, o presidente fez um gigantesco comício anunciando as reformas de base e pedindo ao povo que pressionasse o Congresso para que isso realmente acontecesse. Os grandes industriais e a alta burguesia, viam nisso um levante comunista, Jango era para eles um revolucionário, e já a 19 de março organizou-se uma passeata em São Paulo exigindo a deposição de Jango da presidência era a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, composta basicamente a marcha de empresários, fazendeiros, viúvas ricas, e executivos. Nessa altura os militares, estavam atentos.

11 Transição para a Democracia: As constantes disputas dentro do governo militar, levaram a uma divisão de políticos, que o PDS, juntamente com o PMDB, apoiou o nome de Tancredo Neves a presidência e o vice seria José Sarney. Realizaram-se a eleição no colégio eleitoral e a vitória foi fácil contra Maluf. Um dia antes da posse Tancredo é hospitalizado e morre, assumi Sarney e convoca uma assembléia para a elaboração de uma nova constituição é a de 1988 A constituição é aprovada e suas principais conquistas são: *garantia de voto aos analfabetos, *garantia de direito de greve, *voto direto,secreto e universal, *voto obrigatório para pessoas maiores de 18 anos e facultativo para menores de 16; O governo de Sarney é marcado pela alta da inflação e pela criação de Planos (Cruzados, Bresser, Verão) para o controle dos preços e da moeda. Em 1989, realizaram-se eleições completamente livres para a presidência da República e um jovem político, de família da alta classe de Alagoas, pregava a caça a corrupção e aos marajás, era Fernando Collor de Melo, que venceu no segundo turno o candidato Lula.

12 Collor assumi em 1991, e logo consegue conter a inflação e restabelecer a confiança dos investidores na economia. Um político dinâmico, jovem e inovador era como o povo o via, porém já em meados de 1992, a inflação novamente subia e os problemas sociais aumentavam. Foi em maio de 1992 que Pedro Collor, irmão do presidente fez denúncias de um esquema de corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, tráfico de influência entre outros, faziam parte da vida de Collor e de seu braço direito, Paulo César Farias (PC - Farias). Ao fundo sua esposa Rosane Collor, que depois do impeachment se divorciaram. Collor em discurso de posse.

13 Instaurou-se uma CPI e vários setores da sociedade pediam o seus afastamento e a 29 de setembro de 1992 a Câmara votou pela abertura de um processo chamado impeachment. A 29 de dezembro de 1992, Collor renúncia para preservar seus direitos políticos, o Senado não aceita e no mesmo dia ele é julgado pelo STF e seus direitos políticos são cassados por 8 anos. Todo o Brasil se movimentava em favor da cassação do mandato do presidente, manifestações em todo o Brasil contra Collor eram freqüentes. Crise Collorida ! PC - Farias

14 PC Farias chegou a ser preso e depois liberto, em 1996 é encontrado morto em sua mansão juntamente com a namorada Susana Marcolino. A versão da polícia é que ela a matou e depois se suicidou. Sabia demais ?

15 Fernando Collor se despede de seus colegas no Palácio do Planalto e parte para a casa da Dinda, onde posteriormente iria passar uma temporada nos EUA em seu exílio político. impeachment Nunca um presidente na América do Sul, tinha perdido o mandato por impeachment, nesta ocasião o Brasil deu um bom exemplo a todo o mundo!

16 O término do mandato coube ao vice-presidente Itamar Franco, que com experiência política soube restabelecer a economia através de seu Ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, que adotou uma moeda forte, compatível com o dólar, o nosso Real. Nas eleições de 1994, o ministro FHC candidatou-se a presidência da república pelo PSDB, contra o principal candidato da oposição Luís Inácio Lula da Silva PT. A vitória de FHC, foi fácil devido ao sua popularidade trazida com o Real. FHC em foto oficial.

17 A vitória de FHC se deu principalmente por causa do bem sucedido plano Real e da união com seu tradicional aliado nacional o DEM (antigo PFL) com o PSDB. Na foto FHC na posse em 1995, junto com sua esposa Ruth Cardoso e suas netas, tendo ao fundo seus filho. Começava a era FHC ( )

18 Seu governo foi marcado por: Privatizações de empresas estatais; Fortalecimento do Mercosul: consolidando o Brasil no cenário mundial e americano; Aprovação da Lei de Responsabilidade fiscal, fixando limites de gastos com servidores públicos; Controle da inflação; Educação: em 1994, o percentual de crianças no ensino fundamental era de 89%, em 2002 foi de 97%. Analfabetismo: em 1994 havia 18,3% de analfabetos, caindo para 12,8% em PSDB Mas ao final de seu segundo mandato, a sociedade, sobretudo a ala sindical almejava por mais reformas significativas, por parte do governo; o que ajudou o candidato da oposição, Lula (PT) a vencer José Serra (PSDB), no segundo turno de Quando ministro da saúde no governo de FHC, Serra se destacou na administração dos recursos da saúde pública, e no programa de barateamento de remédios de laboratórios estrangeiros no combate a Aids, considerado o maior programa no combate a Aids do mundo.

19 Primeiro mandato de Lula: ( ) Foi marcado pelo aumento das exportações; Redução modesta do desemprego; Valorização do Real; Escândalos de corrupção por parte de pessoas ligadas diretamente ao governo(mensalão, valério duto, dinheiro na cueca, dossiê contra José Serra (PSDB), entre outros. Porém sem provas suficiente para a justiça, e na confiança na economia por parte dos brasileiro, possibilitou-se a reeleição de Lula ( ), contra o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. Lula PT. Alckmin PSDB Alckmin PSDB

20 Eleições presidenciais 2010: mas, aí já é outra história, quem vai ganhar!


Carregar ppt "BRASIL: DA REPÚBLICA POPULISTA AO INÍCIO DO SÉCULO XXI DEMOCRACIA. DITADURA.ABERTURA POLÍTICA.DIRETAS JÁ.ELEIÇÕES.PRESIDENTES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google