A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FERTILIZAÇÃO FECUNDAÇÃO, FERTILIZAÇÃO E CONCEPÇÃO É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM ESPERMATOZÓIDE PARA O INTERIOR DE UM OVULO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FERTILIZAÇÃO FECUNDAÇÃO, FERTILIZAÇÃO E CONCEPÇÃO É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM ESPERMATOZÓIDE PARA O INTERIOR DE UM OVULO."— Transcrição da apresentação:

1 FERTILIZAÇÃO FECUNDAÇÃO, FERTILIZAÇÃO E CONCEPÇÃO É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM ESPERMATOZÓIDE PARA O INTERIOR DE UM OVULO COM A FUSÃO DE SEUS NÚCLEOS EM UMA OVULO COM A FUSÃO DE SEUS NÚCLEOS EM UMA ÚNICA CELULA – OVO OU ZIGOTO

2 A FECUNDAÇÃO OCORRE : NA TUBA UTERINA NA TUBA UTERINA TERÇO MÉDIO TERÇO MÉDIO POUCAS HORAS POUCAS HORASVIABILIDADE: 24 HORAS APÓS A ELIMINAÇÃO DO OVULO. ESPERMATOZÓIDE- 48 HS APÓS PENETRAÇÃO NAS VIAS GENITAIS FEMININA.

3 CONDIÇÕES QUE FAVORECEM O ESPERMATOZÓIDE PENETRAR NAS TROMPAS EM POUCAS HORAS: CONTRAÇÕES MUSCULARES DO UTERO E DA TUBA UTERINA CONTRAÇÕES MUSCULARES DO UTERO E DA TUBA UTERINA AÇÃO CILIAR DA MUCOSA DAS VIAS GENITAIS FEMININA AÇÃO CILIAR DA MUCOSA DAS VIAS GENITAIS FEMININA CORRENTE DE LIQUIDO NAS TUBAS. CORRENTE DE LIQUIDO NAS TUBAS.

4 FERILIZAÇÃO PROVE A NOVA CELULA, COM NÚMERO CARACTERÍSTICO DE CROMOSSOMO. PROVE A NOVA CELULA, COM NÚMERO CARACTERÍSTICO DE CROMOSSOMO. ESTABELECE O SEXO DO NOVO SER ATRAVÉS DO CROMOSSOMO SEXUAL MASCULINO ESTABELECE O SEXO DO NOVO SER ATRAVÉS DO CROMOSSOMO SEXUAL MASCULINO DETERMINA OS TRAÇOS E CARACTERÍSTICA INERENTES ATRAVÉS DOS CROMOSSOMOS LEVADOS PELOS GAMETAS. DETERMINA OS TRAÇOS E CARACTERÍSTICA INERENTES ATRAVÉS DOS CROMOSSOMOS LEVADOS PELOS GAMETAS.

5 INICIAM AS DIVISÕES MITÓTICAS CONTINUAS QUE COMEÇA~LOGO APÓS A FUSÃO DOS PRÓ – NUCLEOS MASCULINO E FEMININO. INICIAM AS DIVISÕES MITÓTICAS CONTINUAS QUE COMEÇA~LOGO APÓS A FUSÃO DOS PRÓ – NUCLEOS MASCULINO E FEMININO.

6 CLIVAGEM SUCESSIVAS DIVISÕES CELULARES MITÓTICAS QUE OCORREM NO ZIGOTO. OVO – BLASTOMERO – MÓRULA – BLASTOCISTO. NÃO OCORRE CRESCIMETO SIGNIFICATIVO DO EMBRIÃO. NÃO OCORRE CRESCIMETO SIGNIFICATIVO DO EMBRIÃO.

7 - BLASTÓCITOS - TROFOBLASTO: CAMADA SUPERFICIAL DE CELULAS RESPONSÁVEIS PELA NUTRIÇÃO E TEM A CAPACIDADE DE CAUSAR CITÓLISE DE CELULAS ENDOMETRIAIS,POSSIBILITANDO SUA IMPLANTAÇÃO- FORMARÃO A PLACENTA.

8 EMBRIOBLASTOS : RESPONSAVEL EM FORMAR O FUTURO EMBRIÃO EMBRIOBLASTOS : RESPONSAVEL EM FORMAR O FUTURO EMBRIÃO O ZIGOTO VAI SE DIVIDINDO E PROGREDINDO PELAS TROMPAS EM DIREÇÃO AO UTERO, LEVANDO DE 3 A 4 DIAS, FLUTUANDO POR MAIS DE 2 A 3 DIAS ATÉ SUA IMPLANTAÇÃO.

9 IMPLANTAÇÃO OCORRE ENTORNO DO 7º DIA APÓS A FECUNDAÇÃO, OCORRENDO FECUNDAÇÃO, OCORRENDO GERALMENTE NA PORÇÃO SUPERIOR DO UTERO.

10 ANEXOS EMBRIONÁRIOS PLACENTA PLACENTA DECIDUA DECIDUA MEMBRANAS FETAIS MEMBRANAS FETAIS LÍQUIDO AMNIÓTICO LÍQUIDO AMNIÓTICO CORDÃO UMBILICAL CORDÃO UMBILICAL

11 PLACENTE INDISPENSÁVEL A VIDA DO FETO PROPORCIONANDO: PROTEÇÃO PROTEÇÃO OXIGÊNIO OXIGÊNIO NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO REMOÇÃO DE GÁS CARBOMICO REMOÇÃO DE GÁS CARBOMICO

12 DECÍDUA -E O ENDOMÉTRIO ALTERADO DO ÚTERO GRAVÍDICO COM CELULAS E GLANDULAS HJPERTRÓFICAS E SECRETORAS.NÃO É UM PRODUTO DO OVO, MAS TEM FUNÇÃO DE : PROTEÇÃO DO EMBRIÃO PROTEÇÃO DO EMBRIÃO NUTRIÇÃO DO EMBRIÃO NUTRIÇÃO DO EMBRIÃO

13 CONSISTE EM 3 PORÇÕES: DECÍDUA PARIETAL: MEMBRANA HIPERTROFIADA QUE REVESTE O UTERO INTEIRO. DECÍDUA PARIETAL: MEMBRANA HIPERTROFIADA QUE REVESTE O UTERO INTEIRO. DECÍDUA BASAL: PORÇÃO DIRETAMENTE ABAIXO DO EMBRIÃO, ENVOLVIDA NA FORMAÇÃO DA PLACENTA DECÍDUA BASAL: PORÇÃO DIRETAMENTE ABAIXO DO EMBRIÃO, ENVOLVIDA NA FORMAÇÃO DA PLACENTA

14 DECÍDUA CAPSULAR: ENVOLVE FORMANDO UMA CAPSULA ENVOLTÓRIA NO EMBRIÃO. DECÍDUA CAPSULAR: ENVOLVE FORMANDO UMA CAPSULA ENVOLTÓRIA NO EMBRIÃO. A MEDIDA QUE O FETO SE DESENVOLVE, A DECÍDUA CAPSULAR ALCANÇA A PARFIETAL FUNDINDO – SE NO 4º MÊS DE GESTAÇÃO.

15 MEMBRANA FETAIS SÃO DUAS QUE ENVOLVE COMPLETAMENTE O FETO, CONSTITUINDO A BOLSA AMNIÓTICA. AMNIO:É MAIS INTERNA, APARECE NA 2º SEMANA DE GESTAÇÃO. AMNIO:É MAIS INTERNA, APARECE NA 2º SEMANA DE GESTAÇÃO. CÓRIO:É A MEMBRANA MAIS EXTERNA, AUMENTA A ÁREA DE ADERÊNCIA E TROCA. CÓRIO:É A MEMBRANA MAIS EXTERNA, AUMENTA A ÁREA DE ADERÊNCIA E TROCA.

16 LÍQUIDO AMNIÓTICO A PRTIR DA 2º SEMANA DE GESTAÇÃO APRESENTA UM LÍQUIDO OPACO QUE AUMENTA EM QUANTIDADE E ALTERA SUA COMPOSIÇÃO ACOMPANHADO O CRESCIMENTO FETAL A PARTIR DO 4º MÊS DE GESTAÇÃO. A PRTIR DA 2º SEMANA DE GESTAÇÃO APRESENTA UM LÍQUIDO OPACO QUE AUMENTA EM QUANTIDADE E ALTERA SUA COMPOSIÇÃO ACOMPANHADO O CRESCIMENTO FETAL A PARTIR DO 4º MÊS DE GESTAÇÃO.

17 ORIGEM: ORIGEM: NO INICIO DERIVA DO PLASMA NO INICIO DERIVA DO PLASMA MATERNO MATERNO PELE FETAL PELE FETAL CORDÃO UMBILICAL CORDÃO UMBILICAL

18 CONSTITUIÇÃO: CONSTITUIÇÃO: NO INÍCIO DA GRAVIDEZ SIMILAR AO PLASMA NO INÍCIO DA GRAVIDEZ SIMILAR AO PLASMA ELETRÓLITOS - ENZIMAS ELETRÓLITOS - ENZIMAS GLICOSE - HORMONIOS GLICOSE - HORMONIOS LIPÍDEOS LIPÍDEOS PROTEÍNAS PROTEÍNAS

19 98% - AGUA 98% - AGUA 12% - SÓLIDO – CELULAS DESCAMADAS, MATERIAL SEBÁCEO, LANUGEM, VERNIX CASEOSO. 12% - SÓLIDO – CELULAS DESCAMADAS, MATERIAL SEBÁCEO, LANUGEM, VERNIX CASEOSO. VOLÚME : 11º - 15º SEMANA 25ML SEMANA. VOLÚME : 11º - 15º SEMANA 25ML SEMANA. 15º - 28º SEMANA – 50ML SEMANA 15º - 28º SEMANA – 50ML SEMANA

20 METADE DO 3º TRIMESTRE – 400ML TOTAL 38º ML ATÉ O NASCIMENTO – 850 ML

21 FUNÇÃO: FUNÇÃO: 1. METABOLISMO FETAL 2. AUXILIA NA ELIMINAÇÃO DE SECREÇÕES DOS RINS E DO TRATO RESPIRATÓRIO 3. PERMITE QUE O FETO SE MOVA COM FACILIDADE NO ÚTERO

22 4. PROTEÇÃO CONTRA PRESSÃO EXTERNA 5. MANTEM TEMPERATURA UNIFORME 6. EXERCE PAPEL IMPORTANTE PARA DILATAÇÃO DO COLO.

23 ALGUMAS ALTERAÇÕES: COLORAÇÃO TRANSPARENTE – IMATURIDADE FETAL TRANSPARENTE – IMATURIDADE FETAL AMARELO: IMATURIDADE FETAL AMARELO: IMATURIDADE FETAL ESVERDEADO: SOFRIMENTO FETAL – MECÔNIO ESVERDEADO: SOFRIMENTO FETAL – MECÔNIO ACHOCOLATADO: ÓBITO FETAL. ACHOCOLATADO: ÓBITO FETAL.

24 PLACENTA FORMA : ARREDONDADA FORMA : ARREDONDADA DIAMETRO: 20 CM DIAMETRO: 20 CM ESPESSURA: 3 CM ESPESSURA: 3 CM PESO: 500g NO FINAL DA GESTAÇÃO PESO: 500g NO FINAL DA GESTAÇÃO

25 FUNÇÃO: FUNÇÃO:BARREIRAMETABOLISMO TRANSPORTE DE SUBSTÂNCIA SINTESE E SECREÇÃO ENDÓCRINA

26 APRESENTA DUAS FACES: PLACA CORIÔNICA- FACE FETAL PLACA CORIÔNICA- FACE FETAL PLACA BASAL – FACE MATERNA PLACA BASAL – FACE MATERNA PLACENTA CONTEM CIRCULAÇÃO FETAL E MATERNA. PLACENTA CONTEM CIRCULAÇÃO FETAL E MATERNA. O SANGUE FLUI DA PLACENTA PARA O FETO ATRAVÉS DA VEIA UMBILICAL E RETORNA DO FETO PARA PLACENTA ATRAVÉS DE DUAS ARTÉRIAS UMBILICAIS. O SANGUE FLUI DA PLACENTA PARA O FETO ATRAVÉS DA VEIA UMBILICAL E RETORNA DO FETO PARA PLACENTA ATRAVÉS DE DUAS ARTÉRIAS UMBILICAIS.

27 CORDÃO UMBILICAL CANAL DE LIGAÇÃO DE TROCAS ENTRE O FETO E A MÃE ATRAVÉS DA PLACENTA. FORMA: CORDÃO ESPIRILADO MEDIDAS: 30 – 100 CM DE COMPRIMENTO; 1- 2CM DIAMÊTRO ASPECTO: ÚMIDO E BRANCO CONSTITUIÇÃO: 3 VASOS – 2 ARTÉRIAS E 1 VEIA.

28 ALTERAÇÃO NO COMPRIMENTO: CORDÃO CURTO – DESCOLAMENTO PREMATURO DE PLACENTA, OCASIONANDO SOFRIMENTO FETAL CORDÃO CURTO – DESCOLAMENTO PREMATURO DE PLACENTA, OCASIONANDO SOFRIMENTO FETAL CORDÃO LONGO – CIRCULAR DE CORDÃO RISCO DE SOFRIMENTO FETAL OU HIPÓXIA FETAL PELO PROLAPSO PELA VAGINA LEVANDO A COMPRESSÃO DO MESMO NO PARTO. CORDÃO LONGO – CIRCULAR DE CORDÃO RISCO DE SOFRIMENTO FETAL OU HIPÓXIA FETAL PELO PROLAPSO PELA VAGINA LEVANDO A COMPRESSÃO DO MESMO NO PARTO. CORDÃO ESTREITO: MÃE FUMANTE. CORDÃO ESTREITO: MÃE FUMANTE.


Carregar ppt "FERTILIZAÇÃO FECUNDAÇÃO, FERTILIZAÇÃO E CONCEPÇÃO É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM É CONSIDERADO A PASSAGEM DE UM ESPERMATOZÓIDE PARA O INTERIOR DE UM OVULO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google