A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ALEITAMENTO MATERNO UMA PRIORIDADE NACIONAL Foto: Contented infant, de Thomaz Bergman, Suécia Instituto de Saúde CIP/SES-SP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ALEITAMENTO MATERNO UMA PRIORIDADE NACIONAL Foto: Contented infant, de Thomaz Bergman, Suécia Instituto de Saúde CIP/SES-SP."— Transcrição da apresentação:

1 ALEITAMENTO MATERNO UMA PRIORIDADE NACIONAL Foto: Contented infant, de Thomaz Bergman, Suécia Instituto de Saúde CIP/SES-SP

2 RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE E DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE ( 54ª AMS / MAIO DE 2001) ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO ATÉ OS 6 MESES E CONTINUADO ATÉ OS 2 ANOS DE IDADE OU MAIS

3 DE ALEITAMENTO MATERNO TERMOS E DEFINIÇÕES DE ALEITAMENTO MATERNO Aleitamento Materno Exclusivo Aleitamento Materno Exclusivo Crianças que recebem somente leite materno, sem água, nem chá, nem suco; Aleitamento Materno Predominante Aleitamento Materno Predominante Crianças que recebem leite materno de forma predominante, e também água, chá ou suco; Aleitamento Materno Aleitamento Materno Crianças que recebem leite materno Alimentação Complementar Oportuna Alimentação Complementar Oportuna ( a partir dos 6 meses completos) ( a partir dos 6 meses completos) Crianças que recebem leite materno e alimentos sólidos

4 1- Garantir aumento de pelo menos 30 % nas taxas de amamentação exclusiva nos primeiros 6 meses de vida em relação aos valores da década de Credenciar 50% dos hospitais com mais de 1000 partos /ano com o título de Amigo da Criança 3- Acabar com a distribuição gratuita de sucedâneos do Leite Materno nos serviços de saúde COMPROMISSOS ASSUMIDOS PELO BRASIL NA REUNIÃO MUNDIAL DE CÚPULA EM FAVOR DA INFÂNCIA – Nova Iorque, 1990

5 dados referentes ao Brasil dados referentes ao Brasil urbano idade da criança em dias percentual PNSN 1989 CAPITAIS e DF, 1999 PREVALÊNCIA DO ALEITAMENTO MATERNO CONFORME IDADE DA CRIANÇA. Pesquisas 1989 (nacional), 1999 (DF e capitais). Fonte: Ministério da Saúde

6 ENDEF (Monteiro, 1998) PNDS PNSN PPAM-CDF Evolução da Duração Mediana de Aleitamento Materno (em meses) no Brasil urbano Fonte: Ministério da Saúde

7

8 13,8 11,0 8,4 8,0 7,5 9,9 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 NorteCentro - Oeste NordesteSudeste Sul Brasil Duração mediana (em meses) de Aleitamento Materno Brasil e regiões. Pesquisa DF e capitais,1999 (Fonte: Ministério da Saúde)

9 39,1 26,3 24,0 19,5 13,1 23, SulNordesteNorteCentro - Oeste SudesteBrasil Duração Mediana (em dias) de Aleitamento Materno Exclusivo no Brasil e regiões. Pesquisa DF e capitais,1999 (Fonte: Ministério da Saúde)

10

11 1.Falta de informação adequada da comunidade acerca da importância do aleitamento materno e dos riscos da alimentação artificial 2.Falta de conhecimento dos profissionais de saúde sobre o manejo da lactação 3.Rotinas de maternidades que dificultam a prática da amamentação 4.Baixa disponibilidade de leite humano pasteurizado 5.Marketing agressivo e distribuição gratuita de leites artificiais a maternidades 6.Descumprimento das leis que protegem a mulher que trabalha fora do lar

12 AÇÕES PARA IMPLEMENTAR ROTINAS FACILITADORAS DA AMAMENTAÇÃO NOS SERVIÇOS DE SAÚDE (Fonte: Ministério da Saúde) Hospital Amigo da Criança Unidade Básica Amiga da Amamentação Rede nacional de BLH Método canguru

13 OUTRAS AÇÕES DE PROMOÇÃO DO ALEITAMENTO MATERNO (Fonte: Ministério da Saúde) Bombeiro da vida Carteiro amigo Semana Mundial de Amamentação Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos, mamadeiras, bicos e chupetas

14 INICIATIVA HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA NO BRASIL Maternity, de Picasso

15

16 Hospitais Amigos da Criança no Estado de São Paulo, novembro 2002 Guilherme Álvaro, SantosAmador Aguiar, Osasco Silvério Fontes, SantosMunicipal, Itapira São Francisco, TupãSanta Casa, Peruíbe Santa Casa, TupãSanta Casa, Ubatuba Paulo Sacramento, JundiaíMunicipal, S.J. Campos São Vicente de Paulo, Jundiaí Santa Casa, Limeira Leonor Mendes de Barros, São Paulo Mater, Ribeirão Preto Interlagos, São Paulo São Francisco, Jacareí Geral, Itapecerica da Serra V. N. Cachoeirinha, São Paulo

17 PRINCIPAIS DIFICULDADES NO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO E MANUTENÇÃO DA IHAC NO BRASIL (Fonte: Ministério da Saúde, 1999/2000)

18 Incentivo ao HAC no Brasil Fonte: Ministério da Saúde ( PT/MS 572, Junho de 2000) HOSPITAL R$90,00 R$110,00 R$110,00 CESÁREAR$230,00R$250,00 PROCEDIMENTO PARTONORMAL HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA + 22,2% + 8,7% TIPO DE HOSPITAL MUDANÇA NOS VALORES DOS SERVIÇOS HOSPITALARES


Carregar ppt "ALEITAMENTO MATERNO UMA PRIORIDADE NACIONAL Foto: Contented infant, de Thomaz Bergman, Suécia Instituto de Saúde CIP/SES-SP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google