A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

China O outro lado da globalização: desafios, aspectos econômicos e físicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "China O outro lado da globalização: desafios, aspectos econômicos e físicos."— Transcrição da apresentação:

1 China O outro lado da globalização: desafios, aspectos econômicos e físicos

2 Introdução Na visão predominante em Washington, o século XXI será definido pelas relações entre os EUA e a China. Na visão predominante em Washington, o século XXI será definido pelas relações entre os EUA e a China. Os dois países são opostos complementares. Fazem parte de um único sistema de circulação de capitais e mercadorias, produção e consumo, que sustenta o edifício da globalização. Os dois países são opostos complementares. Fazem parte de um único sistema de circulação de capitais e mercadorias, produção e consumo, que sustenta o edifício da globalização. Contudo, devemos destacar que, apesar de grandes potências, apresentam interesse próprios e muitas vezes divergentes na arena mundial. Contudo, devemos destacar que, apesar de grandes potências, apresentam interesse próprios e muitas vezes divergentes na arena mundial.

3 O avanço do Dragão Vermelho Os chineses descrevem a sua emergência como potência global pela expressão ascensão pacífica. Os chineses descrevem a sua emergência como potência global pela expressão ascensão pacífica. Interesses semelhantes aos americanos em relação a estabilidade no teatro estratégico da Ásia/Pacífico. Interesses semelhantes aos americanos em relação a estabilidade no teatro estratégico da Ásia/Pacífico. As empresas chinesas, escoltadas pelo Estado, saíram para fazer compras: os alvos são as reservas minerais em todo o mundo. As empresas chinesas, escoltadas pelo Estado, saíram para fazer compras: os alvos são as reservas minerais em todo o mundo. Na África, os neocolonialistas chineses disputam influência com os EUA e as antigas potências européias.

4 Exportar para onde? O sucesso da China resulta do modelo de crescimento deplataforma de exportação. O sucesso da China resulta do modelo de crescimento deplataforma de exportação. As cidades litorâneas foram transformadas em zonas especiais (ZEEs) onde o trabalho barato organizado pelas burocracias comunistas, permitiu taxas de investimento em infra-estrutura, aquisição de equipamentos e geração de empregos sem precedentes na história. As cidades litorâneas foram transformadas em zonas especiais (ZEEs) onde o trabalho barato organizado pelas burocracias comunistas, permitiu taxas de investimento em infra-estrutura, aquisição de equipamentos e geração de empregos sem precedentes na história. Com um crescimento médio de 10% ao ano da economia, os produtos chineses invadiram todo o planeta. Com um crescimento médio de 10% ao ano da economia, os produtos chineses invadiram todo o planeta.

5 Estados Unidos da China Estados Unidos da China Há um oceano entre os dois países, mas é como se fossem irmãos siameses, crias do ventre da globalização. Há um oceano entre os dois países, mas é como se fossem irmãos siameses, crias do ventre da globalização. Os dois países formam um sistema de produção, comércio e financiamento que explodiu de crescimento na últimas três décadas. Os dois países formam um sistema de produção, comércio e financiamento que explodiu de crescimento na últimas três décadas. Grande questão: a implosão do crescimento norte- americano, pode levar a China a derrapar também? Grande questão: a implosão do crescimento norte- americano, pode levar a China a derrapar também? Dados mostram que existe uma fortíssima relação entre o crescimento chinês e a maior bolha de consumo da história dos EUA.

6 Tentativa de resposta a crise A liderança comunista já percebeu a importância de reorientar o modelo, ancorando mais o crescimento da economia na expansão do consumo e investimento internos. A liderança comunista já percebeu a importância de reorientar o modelo, ancorando mais o crescimento da economia na expansão do consumo e investimento internos. O problema não é apenas a dependência excessiva do consumismo americano, mas também um problema político de reação contra a super-exploração da mão-de-obra chinesa, por parte dos países desenvolvidos em defesa dos empregos. O problema não é apenas a dependência excessiva do consumismo americano, mas também um problema político de reação contra a super-exploração da mão-de-obra chinesa, por parte dos países desenvolvidos em defesa dos empregos.

7 Exemplo prático Fuvest

8 Alternativa correta E

9 Barato quanto? Um operário em uma fábrica de eletrônicos nos EUA ganha 20 vezes mais que um trabalhador chinês que faça hora extra todos os dias e também trabalhe aos sábados e domingos. Um operário em uma fábrica de eletrônicos nos EUA ganha 20 vezes mais que um trabalhador chinês que faça hora extra todos os dias e também trabalhe aos sábados e domingos. Trabalhador americano Trabalhador chinês US$ Salário US$ horas Trabalho diário 10 horas 5 dias Por semana 7 dias

10 Curiosidades A participação da China no comércio mundial aumentou oito vezes desde os anos 80. A participação da China no comércio mundial aumentou oito vezes desde os anos 80. O Japão, segunda economia do planeta, teve ganhos comerciais que equivalem a apenas 20% do desempenho da China. O Japão, segunda economia do planeta, teve ganhos comerciais que equivalem a apenas 20% do desempenho da China. A Índia, duas décadas após a abertura de sua economia dobrou sua participação no comércio internacional. A Índia, duas décadas após a abertura de sua economia dobrou sua participação no comércio internacional. As exportações respondem por 40% do PIB chinês e 21% das exportações destinam-se aos EUA. No primeiro semestre de 2008, já se observou uma forte queda das exportações para os EUA.

11 No nível estratégico, as relações entre nossos dois países, ambos potências nucleares, ambos membros do conselho de segurança da ONU, e talvez logo as duas maiores economias do mundo, contribuirão para definir a política, o desenvolvimento e a história desse século.(...) Robert B. Zoellick, representante comercial dos EUA na China.

12 Reviravoltas da política chinesa A China vem surpreendendo o mundo há várias décadas. São freqüentes e profundas as mudanças em sua política interna e externa e às vezes até incompreensíveis para os ocidentais. A China vem surpreendendo o mundo há várias décadas. São freqüentes e profundas as mudanças em sua política interna e externa e às vezes até incompreensíveis para os ocidentais. A revolução Chinesa de 1949, liderada por Mao Tsé Tung, que atuava no país desde 1925, instalou um regime socialista no país. A revolução Chinesa de 1949, liderada por Mao Tsé Tung, que atuava no país desde 1925, instalou um regime socialista no país. Adoção de um modelo soviético de socialismo, foi abandonado em 1955, o que levou a uma tensão com a URSS. Adoção de um modelo soviético de socialismo, foi abandonado em 1955, o que levou a uma tensão com a URSS.

13

14

15 Reviravoltas da política chinesa II Fracasso da política do Grande salto para frente, tentativa de industrialização rápida de uma população camponesa ( ). Fracasso da política do Grande salto para frente, tentativa de industrialização rápida de uma população camponesa ( ). Revolução cultural, que perseguiu os opositores do regime, e tinha o objetivo de voltar as origens da revolução (a partir de 1966). Revolução cultural, que perseguiu os opositores do regime, e tinha o objetivo de voltar as origens da revolução (a partir de 1966). Massacre da Praça da Paz Celestial em 1989, onde pessoas protestavam contra a centralização e repressão do Partido Comunista Chinês. Massacre da Praça da Paz Celestial em 1989, onde pessoas protestavam contra a centralização e repressão do Partido Comunista Chinês.

16

17

18

19

20 Economia socialista de mercado Após a morte de Mao, em 1976, a ala reformista assumiu o poder e iniciou uma política de reformas. O modelo se baseia na abundância de mão-de-obra mal remunerada, na distribuição de subsídios estatais e na atração de investimentos estrangeiros. Após a morte de Mao, em 1976, a ala reformista assumiu o poder e iniciou uma política de reformas. O modelo se baseia na abundância de mão-de-obra mal remunerada, na distribuição de subsídios estatais e na atração de investimentos estrangeiros. Com a criação das Zonas Econômicas Especiais, verdadeiros enclaves capitalistas dentro de uma China socialista, o regime iniciou a abertura econômica. Com a criação das Zonas Econômicas Especiais, verdadeiros enclaves capitalistas dentro de uma China socialista, o regime iniciou a abertura econômica. Importante destacar que existiu uma abertura econômica, jamais podemos falar de uma abertura política.

21 Não importa se o gato é branco ou preto. O importante é que pegue os ratos. Não importa se o gato é branco ou preto. O importante é que pegue os ratos. Deng Xiaping, líder chinês

22

23 Curiosidades Deng Xiaoping lança o programa conhecido como as Quatro Modernizações, abrangendo a indústria, agricultura, ciências e tecnologia e forças armadas. Deng Xiaoping lança o programa conhecido como as Quatro Modernizações, abrangendo a indústria, agricultura, ciências e tecnologia e forças armadas. Em breve a China deverá ultrapassar a Alemanha como a terceira economia do mundo. Em breve a China deverá ultrapassar a Alemanha como a terceira economia do mundo. O país consome três vezes mais energia do que todos os países da América do Sul e Central somados. O país consome três vezes mais energia do que todos os países da América do Sul e Central somados. Mao Tsé Tung era marcado pela pureza ideológica, Deng que chegou a ser perseguido, prezava mais os objetivos.

24

25 Alternativa correta D

26 Quatro gerações de líderes chineses ??? ???

27 Território chinês Apresenta km², ocupa o terceiro lugar em termos de território. Apresenta km², ocupa o terceiro lugar em termos de território. Localiza-se na Ásia Oriental, apresentando territórios na faixa intertropical e temperada. Localiza-se na Ásia Oriental, apresentando territórios na faixa intertropical e temperada. O sul do seu território é atravessado pelo trópico de Câncer.

28 Divisão do território Chinês Em função do seu grande território e visando facilitar a administração e o ensino escolar, dividimos o território chinês em cinco grandes regiões. Em função do seu grande território e visando facilitar a administração e o ensino escolar, dividimos o território chinês em cinco grandes regiões. Importante destacar as diferenças físicas, humanas e econômicas desse imenso gigante. Importante destacar as diferenças físicas, humanas e econômicas desse imenso gigante.

29

30 Sinkiang Área de planalto árido e vazio demográfico. Área de planalto árido e vazio demográfico. Destaque econômico para a exploração de petróleo. Destaque econômico para a exploração de petróleo. Presença da indústria estratégica chinesa: nuclear, aeronáutica e espacial. Presença da indústria estratégica chinesa: nuclear, aeronáutica e espacial. A China é o terceiro país com capacidade de lançar um homem ao espaço.

31

32 Mongólia Interior Área também de planalto árido e vazio demográfico. Área também de planalto árido e vazio demográfico. Domínio do Deserto de Gobi. Domínio do Deserto de Gobi. Destaque econômico para a triticultura irrigada. Destaque econômico para a triticultura irrigada. O deserto de Gobi representa um excelente local para a busca de fósseis.

33

34

35 Tibet Região formada por altos planaltos, denominada deteto do mundo. Região formada por altos planaltos, denominada deteto do mundo. População não-chinesa. População não-chinesa. Predomínio do pastoreio nômade. Predomínio do pastoreio nômade. O Tibet foi um território independente de 1912 a 1950 O Tibet foi um território independente de 1912 a 1950 O Tibet apresentava um regime teocrático, com a autoridade do Dalai-lama, líder máximo do budismo tibetano

36 Curiosidades Tenzin Gyatso, o 14º Dalai-lama vive no exílio desde 1959.Ele corre o mundo divulgando a causa de independência do Tibet. Tenzin Gyatso, o 14º Dalai-lama vive no exílio desde 1959.Ele corre o mundo divulgando a causa de independência do Tibet. O discurso do Dalai-lama atenuou-se nos últimos anos: agora, fala mais em autonomia do que na separação da China. O governo chinês porém, continua a considerá-lo um separatista. O discurso do Dalai-lama atenuou-se nos últimos anos: agora, fala mais em autonomia do que na separação da China. O governo chinês porém, continua a considerá-lo um separatista. A China incentivou a migração de chineses han para a região. A China incentivou a migração de chineses han para a região. Em março de 2008, frente a proximidade das Olimpíadas, manifestações foram violentamente reprimidas no Tibet. Em março de 2008, frente a proximidade das Olimpíadas, manifestações foram violentamente reprimidas no Tibet.

37

38

39

40

41 China do Leste Considerada a verdadeira China. Considerada a verdadeira China. Área de formigueiro humano, com grandes concentrações no litoral e nas margens dos grandes rios. Área de formigueiro humano, com grandes concentrações no litoral e nas margens dos grandes rios. Presenças das ZEEs e cultivo ancestral de arroz. Presenças das ZEEs e cultivo ancestral de arroz. Fica evidente a péssima distribuição populacional da China, concentrada principalmente na porção oriental.

42

43 Manchúria Domínio de clima temperado e do solo de Loess. Domínio de clima temperado e do solo de Loess. Destaque econômico: reservas de minerais metálicos. Destaque econômico: reservas de minerais metálicos. Presença da indústria mecânica, siderúrgica e metalúrgica. Presença da indústria mecânica, siderúrgica e metalúrgica. Área de formigueiro humano. Área de formigueiro humano. O processo de industrialização foi iniciado pelo Japão, quando ocupava a região.

44

45 Ocupação Humana Apesar da presença de diversos grupos, a população se destaca pela homogeneidade. Apesar da presença de diversos grupos, a população se destaca pela homogeneidade. Ocupação irregular do território com concentrações nos vales férteis do sul e leste. Ocupação irregular do território com concentrações nos vales férteis do sul e leste. De cada 6 pessoas no planeta uma é chinesa. De cada 6 pessoas no planeta uma é chinesa. A maior parte dos quase 1,3 bilhão de chineses é da etnia Han.

46

47 Relevo Apresenta uma variação muito grande de altitudes, composição de rochas e morfologia. Apresenta uma variação muito grande de altitudes, composição de rochas e morfologia. Podemos destacar três grandes conjuntos: Montanhas, planícies e planaltos. Podemos destacar três grandes conjuntos: Montanhas, planícies e planaltos. A existência de cadeias montanhosas ao sul, representa um dos motivos da existência de climas secos em parte do território.

48 Clima e vegetação Em função do imenso território, encontramos uma grande diversidade de climas e conseqüentemente de paisagens vegetais. Podemos dividir os aspectos climáticos em três grandes porções: Em função do imenso território, encontramos uma grande diversidade de climas e conseqüentemente de paisagens vegetais. Podemos dividir os aspectos climáticos em três grandes porções: China do Sul: inverno suave, verão quente e chuvoso;destacando-se floresta pluviais. China do Sul: inverno suave, verão quente e chuvoso;destacando-se floresta pluviais. China do Norte: inverno frio e seco, verão ameno e chuvoso; destacando-se florestas temperadas e estepes. China do Norte: inverno frio e seco, verão ameno e chuvoso; destacando-se florestas temperadas e estepes. China do Oeste: inverno rigoroso e seco, verão quente e seco;destacando-se formações xerófitas. China do Oeste: inverno rigoroso e seco, verão quente e seco;destacando-se formações xerófitas.

49

50


Carregar ppt "China O outro lado da globalização: desafios, aspectos econômicos e físicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google