A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANÁLISE LITERÁRIA ANJOS E DEMÔNIOSCRIAÇÃO. O FILME TÍTULO: Criação DIRETOR: Jon Amiel PRODUÇÃO: Britânica GÊNERO: Drama ANO: 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANÁLISE LITERÁRIA ANJOS E DEMÔNIOSCRIAÇÃO. O FILME TÍTULO: Criação DIRETOR: Jon Amiel PRODUÇÃO: Britânica GÊNERO: Drama ANO: 2009."— Transcrição da apresentação:

1 ANÁLISE LITERÁRIA ANJOS E DEMÔNIOSCRIAÇÃO

2 O FILME TÍTULO: Criação DIRETOR: Jon Amiel PRODUÇÃO: Britânica GÊNERO: Drama ANO: 2009

3 ENREDO Charles Darwin tem em torno de 40 anos e leva uma vida pacata em uma vila inglesa. Darwin é devotado à sua família, mas ao mesmo tempo é bastante distante deles. A causa principal é o vazio existente com sua esposa Emma. Darwin apenas se sente bem quando escapa para seu escritório, onde discute o dia com sua filha Annie, de apenas 10 anos. Só que há um problema: Emma está morta, há muitos anos. Darwin conversa, ou acredita conversar, com seu fantasma. É o jeito que ele encontra para amenizar a dor que sente e o conflito que possui, ao perceber que a existência de Deus não se encaixa no mundo real.

4 DARWIN O tão conhecido naturalista nasceu na Inglaterra em 1809 e foi o responsável, juntamente com Alfred Wallace, pela publicação da Teoria da Evolução. Em seu livro de 1859, "A Origem das Espécies" (do original, em inglês, ele introduziu a ideia de evolução a partir de um ancestral comum, por meio de seleção natural. Esta se tornou a explicação científica dominante para a diversidade de espécies na natureza. Em reconhecimento à importância do seu trabalho, Darwin foi enterrado na Abadia de Westminster, próximo a Charles Lyell, William Herschel. Foi uma das cinco pessoas não ligadas à família real inglesa a ter um funeral de Estado no século XIX.

5 PERSONAGENS - Darwin (protagonista); - Emma (Esposa); - Annie (filha morta); - Reverend John Innes; - Thomas Huxley (biólogo); - Joseph Dalton Hooker (amigo)

6 A ORIGEM DAS ESPÉCIES A Origem das Espécies (1859), nesse livro, Darwin apresenta evidências abundantes da evolução das espécies, mostrando que a diversidade biológica é o resultado de um processo de descendência com modificação, onde os organismos vivos se adaptam gradualmente através da seleção natural e as espécies se ramificam sucessivamente a partir de formas ancestrais, como os galhos de uma grande árvore: a árvore da vida. A proposta de Darwin que as espécies se originam por processos inteiramente naturais contradiz a crença religiosa na criação divina tal como é apresentada na Bíblia, no livro de Génesis. As discussões que o livro desencadeou se disseminaram rapidamente entre o público, criando o primeiro debate científico internacional da história.

7 CONTEXTO HISTÓRICO Segunda |Metade do século XIX: - Revolução Industrial; - Avanço da Ciência (Cientificismo, Positivismo e Determinismo); - Declínio da Religiosidade (confronto ciências vs. Religião).

8 TEMÁTICA Conflito existencial (o homem dividido); Ciência vs. Religião (razão vs. Fé); A busca pelo conhecimento (onde está o Bem e onde está o Mal?

9 A OBRA TÍTULO: Angels & Demons (Anjos e Demônios) AUTO: Dan Brown GÊNERO: Romance Policial Publicação: 2000

10 PERSONAGENS Robert Langdon: é um professor de simbologia de Harvard CERN (seu nome é, possivelmente, uma homenagem a John Langdon, designer americano, que criou os ambigramas que aparecem no livro. Vittoria Vetra: é a filha adotiva de Leonardo Vetra. Foi abandonada por seus pais biológicos num orfanato católico quando criança, onde mais tarde conheceu seu futuro pai adotivo. Maxmilian Kohler: é o diretor do CERN, conhecido como "Der König" que significa "O Rei" em alemão. Kohler é paraplégico e se locomove através de sua cadeira de rodas totalmente equipada com apetrechos de alta tecnologia. Carmelengo Carlo Ventresca: o camerlengo em atividade quando ocorre a crise no Vaticano. Ventresca tinha um grande amor por sua mãe, Maria, a quem chamava de Bendita.

11 ILLUMINATI Os Illuminati eram uma fraternidade de cientistas que reuniam-se secretamente para discutir temas como astronomia, biologia, genética e outros que a Igreja não aprovava. Tamanha era a repressão católica que foram forçados e reunir-se secretamente e ocultar a identidade dos membros e a localização de seu esconderijo. Através dos séculos ficaram conhecidos como uma seita satânica que jurou vingar-se do Vaticano e de todos que um dia subjugaram o poder da ciência. No entanto, foram considerados extintos pela maioria dos historiadores e nem mesmo a Igreja não mais os teme.

12 ENREDO Um assassinato dentro do maior centro científico do mundo: CERN. Um cientista marcado a fogo com a marca sagrada de uma antiga sociedade secreta: Illuminati. O roubo de uma substância capaz de devastar tudo em um raio de 1Km: Antimatéria. Às vésperas do Conclave que elegeria o novo Papa, o mito ressurge com sua marca ambigramática sagrada e desaparece com a mais nova – e secreta – tecnologia desenvolvida por um cientista do CERN e sua filha.

13 PERSONAGENS Robert Langdon: É um professor de simbologia de Harvard chamado por Maximilian Kohler para investigar a misteriosa morte de um cientista do CERN. Seu nome é, possivelmente, uma homenagem a John Langdon, designer americano, que criou os ambigramas que aparecem no livro. Vittoria Vetra: É a filha adotiva de Leonardo Vetra. Foi abandonada por seus pais biológicos num orfanato católico quando criança, onde mais tarde conheceu seu futuro pai adotivo. Maxmilian Kohler: É o diretor do CERN, conhecido como "Der König" que significa "O Rei" em alemão. Kohler é paraplégico e se locomove através de sua cadeira de rodas totalmente equipada com apetrechos de alta tecnologia. Carmelengo Carlo Ventresca: É o camerlengo em atividade quando ocorre a crise no Vaticano. Ventresca tinha um grande amor por sua mãe, Maria, a quem chamava de Bendita.

14 O CARMELENGO O Camerlengo da Igreja Católica O título camerlengo, na Igreja Católica, refere-se a um Cardeal do Colégio dos Cardeais. O Camerlengo da Igreja Católica é o administrador da propriedade e receita da Santa Sé; suas responsabilidades incluem a administração fiscal do Patrimônio de São Pedro. Seu brasão é ornamentado com duas chaves, sendo uma prateada outra dourada, a dourada demonstra a parte divina da igreja a prateada a parte humana; sobrepostas por um ombrellino, um guarda-chuva de listras alternantes vermelhas e brancas, que também é o brasão da Sede Vacante (tempo entre a morte de um papa e a eleição de outro).

15 TEMÁTICA - O Miticismo (religiosidade, obscuridade, misticismo); - A fé e a questão moral (política ou apolítica); - Ciência vs. Religião (eterno confronto); - Anjos ou Demônios (o bem ou o mal).

16 INTERDISCURSIVIDADE O poderio da igreja (a força pelo medo, pelo terror); A negação da cultura, sabedoria e conhecimento (privilégio apenas do clero); Racionalização vs. Subjetivação (Ciência vs. Religião). A busca do conhecimento (Bem vs. Mal).


Carregar ppt "ANÁLISE LITERÁRIA ANJOS E DEMÔNIOSCRIAÇÃO. O FILME TÍTULO: Criação DIRETOR: Jon Amiel PRODUÇÃO: Britânica GÊNERO: Drama ANO: 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google