A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1457- Nasce Henrique VII 1485- Nasce Catarina de Aragão 1486- Nasce Arthur,Principe de Gales 1491- Nasce Henrique VIII 1501- Catarina de Aragão(15 anos)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1457- Nasce Henrique VII 1485- Nasce Catarina de Aragão 1486- Nasce Arthur,Principe de Gales 1491- Nasce Henrique VIII 1501- Catarina de Aragão(15 anos)"— Transcrição da apresentação:

1

2 1457- Nasce Henrique VII Nasce Catarina de Aragão Nasce Arthur,Principe de Gales Nasce Henrique VIII Catarina de Aragão(15 anos) casa-se com Arthur(14 anos), Príncipe de Gales Possivel ano de nascimento de Ana Bolena Morre Arthur(15 anos), Principe de Gales de Abril - Morre Henrique VII( 52 anos) -Henrique VIII( 17 anos ) ascende ao trono de junho – Catarina de Aragão(24 anos) casa-se com Henrique VIII(17 anos) Nasce Mary I Ana Bolena torna-se Condessa de Pembroke de Janeiro - Ana Bolena(32 anos) casa-se com Henrique VIII(42 anos) de maio- Thomas Cranmer, Arcebispo da Cantuária declara ilegitimo casamento de Catarina de Aragão e Henrique VIII.

3 de maio- Cranmer declara Henrique VIII e Ana Bolena casados º de junho- Ana Bolena é coroada de julho- Henrique VIII é excomungado de setembro- Nasce Elizabeth I de setembro- Possivel data de nascimento de Robert Duddley de setembro- Elizabeth I é batizada em Greenwich de junho- Bispo John Fisher é executado de julho- Thomas More é executado de Janeiro- Morre Catarina de Aragão( 50 anos ) de janeiro- Ana Bolena aborta um filho de maio- George Bolena, irmao de Ana Bolena é executado de maio- Ana Bolena(35 anos) é executada.Elizabeth I na época com 2 anos e 8 meses de maio- Henrique VIII fica noivo de Jane Seymour de maio- Henrique VIII casa-se com Jane Seymour º de julho- Mary Tudor e Elizabeth I são declaradas ilegitimas.

4 1543- Mary Tudor(27 anos) e Elizabeth I ( 10 anos) são reintegradas na sucessão Catharine Parr casa-se com Henrique VIII de julho- Mary Tudor é proclamada Rainha da Inglaterra de outubro- Mary Tudor é coroada de março- Elizabeth I na torre de maio- Elizabeth é libertada da torre e vai para Woodstock de julho- Mary I se casa com Felipe II da Espanha Elizabeth vai para Hatfield Mary I declara guerra à França em apoio a Felipe II da Espanha Morre Mary I (42 anos); Elizabeth sucede ao trono de janeiro- Elizabeth I(26 anos) é coroada Rainha da Inglaterra e da Irlanda - 8 de maio- São aprovadas leis de supremacia e uniformidade de Elizabeth I dando execuçao ao estabelecimento religioso elisabetano Elizabeth I (29 anos)gravemente doente de variola de março- Morre Elizabeth I, aos 70 anos.

5 York Lancaster Guerra das duas Rosas

6 Dinastia Tudor

7 Rei da Inglaterra ( ) nascido no Castelo de Pembroke, Pembrokeshire, no País de Gales, que teve o mérito de terminar as Guerras das Rosas entre as casas de Lancaster (vermelha ) e York (branca) e, conseqüentemente, fundada a Dinastia de Tudor e tornando-se primeiro Rei de Inglaterra da Casa de Tudor. Era filho póstumo de Edmundo Tudor, Conde de Richmond, de quem herdou o título ( ), e de Margarida Beaufort, trineta de de Inglaterra. Henrique VII

8 De descendência dos Lancaster, cresceu no exílio, na Bretanha, e durante o reinado do popular Eduardo IV, com a sua morte repentina (1483) o Duque de Gloucester assumiu o trono como Ricardo III, o que gerou forte oposição e ele tornou-se líder da oposição ao novo rei. Dois anos depois, o seu exército derrotou e levou a morte Ricardo III na Batalha de Bosworth Field. A sua aclamação como rei sem oposição, a sua subida ao poder e o seu casamento (1486) com Elizabeth de York, a herdeira da família inimiga, colocaram um fim à Guerra das Rosas. Estabilizado no poder, cuidou de manter a nobreza sob controle, o que garantiu grande parte do sucesso do seu reinado. Dedicou-se à reconstrução do reino, devastado pela guerra civil, desistindo de arriscados confrontos ou aventuras externas.

9 Reestruturou os impostos e suas técnicas de cobrança, aumentou a carga fiscal da nobreza, e investiu na construção de uma frota comercial para desenvolver o comércio marítimo. Procurou restaurar as relações diplomáticas com a França, e Escócia.Estabeleceu laços reais com a Espanha dos Reis Católicos. Morreu em Richmond, Surrey, Inglaterra, e foi sepultado na Abadia de Westminster, em Londres. Seus mais importantes filhos com Isabel de York foram: Margareth Tudor ( ), que casou-se com Jaime IV, Rei da Escócia e, depois, com Archibald Douglas, Conde de Angus e com Henrique Stuart, Lord Methven; Henrique VIII, Rei de Inglaterra ( ) e Maria Tudor( ), que casou-se com Luis XII, Rei da França e, depois, com Charles Brandon, Duque de Suffolk.

10 A família de Elizabeth de York e Henrique VII

11 Urna mortuária de Elizabeth de York e Rei Henrique VII, na abadia de Westminster

12 Nasce Henrique VIII 1491

13 Catarina de Aragão 1ª esposa do Rei Henrique VIII

14

15 Apesar de não haver lei, na Inglaterra dos Tudor, contra ascensão de uma mulher ao trono, como existia na França, era algo considerado indesejável. Não somente porque era considerada incapaz, mas também pelos problemas trazidos pelo casamento à soberania do reino.O Rei Henrique VIII nunca teve um filho com Catarina de Aragão, e o desejava.Além disso apaixonou-se por Ana Bolena e queria desposá-la.Para tanto teria que anular o casamento com Catarina de Aragão, o que não foi um processo simples.Alegava que Catarina na época com 15 anos, já havia sido casada com seu irmão Arthur, com 14 anos de idade.Para Henrique VIII foi um trabalho colossal.O poder de anular casamento cabia somente ao papa.Infelizmente para Henrique VIII, Catarina de Aragão tinha conexões fortíssimas com a Igreja. Ela era tia do grande Imperador Carlos V, e o papa não poderia ofender o Imperador anulando o casamento. À medida que o tempo foi passando ficou claro para Henrique VIII, que se ele quisesse se casar novamente teria que encontrar um outro caminho para anular o casamento sem a assistência do Papa.

16 Henrique VIII e seus conselheiros encontraram a solução para anular o casamento com Catarina de Aragão: romper totalmente com a Igreja Católica e estabelecer uma Igreja independente na Inglaterra.Isto daria a Henrique VIII poder absoluto sobre problemas eclesiásticos.Este passo revolucionário foi possível porque já havia na Europa, uma nova corrente do cristianismo chamada protestantismo.A doutrina implantada divergia do catolicismo, questionando inclusive o poder papal.Por séculos, monges e freiras tiveram papel relevante na vida inglesa e isso chegou ao fim. Enquanto monastérios foram fechados e os seus componentes forçados a migraram e se integrarem às cidades, foi estipulada pensão para sua reestruturação. Agora, Henrique VIII como Chefe supremo da Igreja, poderia anular o seu casamento. Em janeiro de 1533 ele casou-se com Ana Bolena, que já encontrava-se grávida.Em julho daquele ano, já em estado avançado de gestação, foi coroada.Ela e Catarina foram as únicas esposas coroadas formalmente.Henrique VIII e Ana,acreditavam que o filho seria um homem, porém nasceu Elisabeth.Isto foi desastroso, especialmente para Henrique VIII, que se sentiu humilhado, e não abençoado por Deus.

17 Houve uma pequena celebração pelo nascimento de Elizabeth,porém seu batismo, aos 3 dias de vida foi magnifico, em Greenwich. A partir do nascimento de Elizabeth, Henrique VIII começou a se afastar de Ana Bolena.Sua atenção voltou-se para outras mulheres que o assediavam.Elizabeth cresceu no Palácio de Hatfield, cuidada por Margareth, Lady Bryan. Toda esta circunstância em torno de Elizabeth trouxe mágoa à Maria I. Sem duvida, se Ana tivesse gerado um filho, seu destino teria sido diferente. Porem como isso não aconteceu, Henrique desinteressou-se por ela e com a morte de Catarina, provavelmente por câncer,ele se viu livre para descartar Ana e casar-se novamente, livre de petições da Igreja. Ana foi acusada de adulterio, bruxaria e incesto, sendo aprisionada na Torre de Londres, sendo julgada culpada e condenada a morte por decapitação. Elizabeth tinha então 3 anos de idade.Ana foi decapitada na Torre Verde em 19 de maio de 1536.

18 Após a tragica execuçao de sua mae, a vida de EliZabeth nunca mais foi a mesma e sua vida mudou consideravelmente, com a anulaçao do casamento de sua mae, tendo sido então considerada bastarda.Ela perdeu o titulo de princesa e tornou-se Lady Elizabeth.Elizabeth era uma criança brilhante. Henrique VIII casou-se novamente com Jane Seymour. Jane Seymour morreu logo depois de dar a luz ao principe Eduardo VI.O Rei ficou arrasado e deu a ela um enterro com pompa e circunstância na capela de São Jorge, castelo de Windsor.Como Elizabeth, Eduardo cresceu sem mãe desde tenra idade.As duas crianças tornaram-se íntimas.Apesar de Elizabeth ter um bom relacionamento com sua meia irmã Maria, elas nunca foram intimamente ligadas.Elas eram de diferentes religiões, Elisabeth uma Protestante, Maria uma Católica; de diferentes idades, Maria era 17 anos mais velha; de diferentes conexões familiares e personalidades.Eduardo e Elizabeth, entretanto, tinham quase a mesma idade, a mesma religião e dividiam e mesma paixão pelo conhecimento.Ambos receberam uma educação primorosa.

19 Desde cedo receberam aulas de latin, grego, espanhol, francês, assim como uma clássica educação humanística:História, filosofia e matemática.Quando Elizabeth tinha 4 anos Lady Bryan foi trocada por uma outra governanta chamada Katherine Champernowne. Katherine era doce, maternal, bem educada e veio para amá-la profundamente, tornando-se figura importante na vida de Elizabeth, que a chamava de KAT.Posteriormente Katherine casou-se com John Ashley, primo de Elizabeth.A seguir foi substituida por Blanche Parry, e Thomas Parry.Blanche permaneceu como sua amiga íntima e confidente até a sua morte.Ela também ensinou a Elizabeth algumas línguas nativas.Henique VIII casa-se agora com sua quarta esposa,Anne de Cleves, cujo casamento logo foi desfeito assim que descobriu que um não agradava ao outro, tendo pouca influência na vida de Elizabeth. Entretanto, sua quinta esposa, Katherine Howard,teve muito impacto em sua vida.Katherine era prima de Elizabeth pelo lado materno e, mostrou grande interrese em sua enteada permanecendo a seu lado e dedicando-se a ela.Na sua primeira aparição em publico,Elizabeth ocupou a posição de honra em frente a ela. Este momento teve grande significância para Elizabeth que vivia nas sombras da vida palaciana.

20 Mas este estado de felicidade durou pouco tempo.Logo descobriu-se que Katherine cometeu adultério e, assim como sua mãe foi confinada na Torre de Londres, condenada a morte e executada na Torre Verde. Este deve ter sido um episodio muito doloroso e confuso para Elisabeth que apresentava-se com 8 anos. A extensão deste impacto não pode ser mensurada, mas Robert Dudley, seu amigo de infância e confidente,relatou que ela disse para ele que ela nunca se casaria. Mas a vida de Elisabeth tornou-se ia tranquila com o sexto casamento de seu pai com Katherine Parr. Katherine demonstrou-se maternal para todas as crianças da família real.Incentivou sua reaproximação com seu pai e Mary.Durante este período, conflitou-se profundamente com seu pai e foi banida do palácio.Neste época, o Rei Henrique apresentava-se doente com uma úlcera de perna agravada pela obesidade que dificultava sua mobilidade.Moreu em 28 de janeiro de 1547.

21 Elizabeth permaneceu com seu irmão, Edward, no Palácio real de Enfield (Londres). Ela e seu irmão sofreram muito a perda do pai e uniram-se na dor.Ambos temiam por seu futuro, com a morte desde magnífico rei. Ambos estavam órfãos. Elizabeth tinha 13 anos e Edward era rei da Inglaterra com 9 anos. A rainha logo casou-se com Lord Admiral, Thomas Seymour, irmão de Edward Seymour, tio do rei e protetor da Inglatera. Elisabeth,com seus serviçais foi viver com a rainha e seu novo marido.Este demonstrou um interrese cada vez maior em sua enteada, que agora tinha 14 anos. Ele era carismatico e charmoso e provavelmente, Elizabeth apaixonou-se por ele. Mas qualquer que tenham sido seus sentimentos por ele, Seymour tomou vantagem desta situação e começou a visita-la em seu quarto todas as manhãs, ás vezes acompanhado da rainha. O aconteceu exatamente entre Elizabeth e Seymour permanece como um mistério. Assim que a rainha morreu Seymour pediu a mão de Elizabeth em casamento, que recusou. Seymour enciumado, tramou a queda do Rei do poder para assumi-lo. Porém foi julgado por traição.

22 Aos 15 anos Elizabeth sentia-se ameaçada, ficando adoentada durante alguns meses.Acusada de estar grávida, foi rechaçada pelo irmão e proibida de frequentar a corte. Após algum tempo, recapturou sua imagem vestindo-se como verdadeira protestante, sem jóias ou qualquer ornamento. Após a morte do irmão Thomas, Edward Seymour tornou-se protetor de John Dudley, Ouvidor de Warwick, que logo tornou-se o Duque de Northumberland. Ele era pai de Robert Dudley. O maior amigo e confidente de Elizabeth.A herdeira do trono inglês era Maria I, fervorosa católica que colocaria fim às reformas implantadas na igreja.Para evitar sucessão católica, Northumberland planejou preservar o protestantismo e sua própria influência.Se Maria e Elizabeth fossem excluídas da sucessão, a coroa passaria à dinastia Stuart, através da irmã mais velha Margareth, ou na linha de Suffolk e Grey, e os Stuart poderiam reinvidicar a linha de sucessão.Assim a coroa cairia diretamente sobre Francis, Duque de Suffolk.Maria e Elizabeth tornar-se-iam bastardas. Francis passaria a sucessão do trono para sua filha, Lady Jane Grey.Northumberland casou seu filho mais novo, Guildford Dudley, com Jane, pela influência dos Dudleys. Três dias após a morte de Edward (6/7/1553), Lady Jane Grey foi proclamada Rainha. A trama falhou e Maria foi proclamada Rainha em 19 de julho. Após 5 dias, Northumberland foi preso e executado.

23 Depois de defender com sucesso seu trono,Maria foi coroada. A Elizabeth foi dado o privilegio de acompanha-la.A ascensão de Maria trouxe um período melhor para Elizabeth; entretanto, as irreconciliaveis diferenças entre as duas mulheres logo causaram problemas. Maria suspeitava que sua meia irmã relutava em aceita-la como herdeira do trono e somente no final de sua vida, já doente que ela aceitou Elizabeth como herdeira do trono.Agora que ela era a Rainha, Maria se pôs a restaurar o Catolicismo na Inglaterra.Ela ainda negociou um casamento com o Principe Filipe, filho do Imperador Carlos,casando com ele, na abadia de Winchester em O casamento foi imensamente impopular na Inglaterra pois a Espanha era neste momento poderosa na Europa e, os Ingleses temeram pela sua soberania.

24 Em oposição a este casamento planejado, Thomas Wyatt, planejou uma rebelião contra ele na tentativa de induzir a Rainha a renunciar a este casamento. Porem os planos foram mal organizados e eles foram capturados e surgiu a duvida se Elizabeth tencionava casar-se com Edward Courtenay, Ouvidor de Devon,para garantir uma sucessão nativa ao trono. Assim, Elizabeth novamente, se viu num complô politico. Elizabeth foi colocada sob suspeita de traição e levada a julgamento e aprisionada na Torre de Londres. A ideia de ir para o local onde sua mãe foi condenada a apavorou e desesperadamente, declarou sua inocência.Em 18 de março, num domingo. De 1554 ela foi levada de barco para o Forte Real.Junto a ela foi feita prisioneira suas companhias incluindo Kat AShley..

25 Elisabeth se viu em grande perigo e sua execução foi pressionada pelo marido espanhol de Maria.Apesar de pressionada, Maria e, com a declaração de inocencia de Wyatt na hora de sua execução, Elizabeth foi poupada. Ele entretanto não foi libertada porem transferida Woodstock, proximo a Oxfordshire.No seu trajeto foi calorosamente acolhida por seus concidadãos que demonstravam carinho para estes tempos dificeis.Manteve-se nesta prisão virtual por 1 ano.Vigiada constantemente pelos homens de Sir Henry Bedingfield's.Impedida de ver Kat Ashley, só recebia visitas sob supervisão da guarda.

26 Após casar-se com Filipe, Mary acreditou estar gravida o que agradou deveras seus seguidores e alarmou os protestantes.Se Mary tivesse dado a luz a uma criança saudavel,a change de restaurar o Protestantismo na Inglaterra falharia. Estas noticias tambem alarmaram Elisabeth.Parecia que sua chance de tornar-se rainha caira por terra e ela considerou uma fuga para a França temerosa de tornar-se novamente prisioneira No entanto, os meses passaram- se e ficou claro que Mary não estava gravida.Mary tornava-se cada vez mais infeliz e impopular. A politica de queimar Protestantes e o envolvimento na guerra com a França na qual Calais foi perdida,o ultimo reduto de terra na França.Com o protesto do marido, Mary aceitou Elisabeth como herdeira do trono.Depois de Elisabeth, e passando sobre a linha de Suffolk, o trono era reinvidicado por Mary, Rainha da Escocia, neta da irmã de Henrique VII, Margaret. Mary havia se casado recentemente com o herdeiro do trono frances, Francois. Assim, mesmo sendo Elisabeth uma Protestante,era interrese de Filipe assegurar sua sucessão ao trono em detrimento da França. Elizabeth passava sua infancia na casa de Hatfield quando Mary morreu no dia 17 de novembro de 1558.Ele se encontrava sob um carvalho comendo uma maça quando o emissario do trono comunicou o fato. Elizabeth tinha então 25 anos e tornava-se Rainha da Inglaterra. Pela primeira vez em sua vida, seu destino estava em suas mãos e, sussurou em Latin: esta é a vontade de Deus e me rejubilo sob seu olhar.

27 A rainha Elizabeth eram uma grande seguidora da moda. Enquanto, na intimidade ela preferria vestir-se com simples vestidos, quando em publico, vestia-se para impressionar.Roupas era um importante simbolo do status social na corte Elisabetana e, Elisabeth vestia-se melhor que qualquer um na corte.As damas de companhia deveriam vestir-se para complementar o visual de Elisabeth.A rainha tinha vestidos de todas as cores mas branco e preto eram as suas favoritas e simbolizavam virgindade e puresa.Adornava-se com joias tipo colares e braceletes decorados com diamantes, rubis, safiras alem de perolas. Como uma mulher aristocratica,vestia chemise, corset costurados com algodão ou metais, golas, meias, luvas e babados extremamente elaborados.

28 Para completar sua aparencia, a Rainha vestia acessorios como leques, cosmeticos para encobrir pequenos defeitos, brincos,colares de diamante e perolas, broches e relogios.. Robert Dudley deu-lhe um relogio engastado num bracelete,sendo o primerio relogio de pulso da Inglaterra.Como outras mulheres,usava um pequeno livro de orações atado ao seu cinto. Para as cerimonias externas, a Rainha usava ricos mantos de veludo, luvas e, se o tempo estava quente, chapeus para proteger sua branca pele do sol.Para a equitação e caça,vestia roupas especiais que permitiam sua movimentação, incluindo botas.Na juventude, 1562,apresentou catapora que lhe deixou pequena cicatriz na face esquerda e, devia estar sempre maquiada.Ela pintava sua face com um creme branco e vinagre, colocava rouge nos labios e pintava as bochechas com pó vermelho.Este make-up era muito deleterio para sua saude que a foi envenenando gradativo.Elisabeth tentou cuidas dos seus dentes porem não existia dentifricios e escovas e em consequencia, teve muitos de seus dentes removidos.Estava na moda usar perucas e a Rainha assim o fez.

29 A defesa da Armada espanhola foi um dos mais famosos eventos da Historia da Inglaterra.Elisabeth comportou-se primorosamente.Por anos foi aclamada como salvadora do povo ingles Ela era agora Bellona a deusa da guerra e em seu triunfo, levou seu povo para a gloria defendendo-se da mais poderosa armada do século 16. A Espanha, o mais poderoso país daquela época,e, o rei Filipe II havia conquistado vastos territórios de terras no Novo Mundo,a Inglaterra era um pequeno pais, empobrecido, com poucos amigos e muitos inimigos.Se Elisabeth sentiu medo de enfrentar o maior poder daquele mundo, ela nunca deixou passar percebido e convicta na devoção de seu povo, acreditando neles e, eles nela, derrotaram a Esquadra armada. Apesar das relações entre os dois paises começarem amigavelmente com Filipe propondo casamento com a Rainha,nos 30 anos que se seguiram à ascensão da Rainha, estas relações deterioraram-se. E havia muitas razões para isso.Primeiro, a Inglaterra era um pais Protestante e a Espanha Catolica Romana. A Espanha não escondia sua hostilidade para com a Rainha que acreditava ilegítima e sem direito ao trono tendo muitas vezes estimulado complôs para destrona-la.

30 No inicio dos anos de 1585,Filipe iniciou o preparo de uma grande frota sob o nome de Santa Cruz, que deveria invadir a Inglaterra.O primeiro objetivo seria libertar a cativa,Rainha da Escocia,porem Mary foi executada por conspirar contra Elisabeth em 1587.Filipe planejou invadir a Inglaterra em nome de sua filha, a infanta Isabella. Filipe acreditava que ele poderia reinvidicar o trono ingles por ser descente de John de Gaunt, e como esposo da rainha Mary. O proposito da missão era desposar Elisabeth, colocar Mary/Isabella no trono, e tornar a Inglaterra Catolica Romana novamente. Houve porem um mal presagio inicial de que a Espanha enfrentaria problemas. Santa Cruz morreu e, seu sucessor, o Duque de Medina Sedonia,não estava preparado para o posto.Ele chegou a solicitar ao Rei Filipe para troca-lo mas o Rei recusou.O enpreendimento sofreu outro reves quando Francis Drake e seus homens navegaram pela costa da Espanha e destroiram muitos navios da frota espanhola em Cadiz. A Rainha Elisabeth havia ouvido rumores da intenção da Espanha invadir a Inglaterra. Porem estes nunca se concretizaram.Apesar dos gastos excessivos na campanha de Netherlands,ela se esforçou para obter fundos e assegurar que a Inglaterra estaria preparada quando a Espanha atacasse.

31 Apesar dos numerosos reveses que a Espanha apresentou, eles mantinham-se determinados a atacar a Inglaterra e, em maio de 1588 o ultimo grande ataque se deu.Os planos espanhois eram meticulosos, com mais de 100 navios navegando ao longo do canal ingles e encontrando com o Duque de Parma, sobrinho de Filipe, seguir até a Holanda. Juntos eles iriam navegar contra a Inglaterra.A Inglaterra seria conquistada e a Rainha herese capturada.Mas os ingleses estavam esperando. Nos penhascos ingleses, homens vigiavam o mar dia e noite, esperando pelo primeiro sinal da grande Armada.Quando finalmente os navios surgiram no horizonte,farois foram colocados nos pontos mais elevados enviando mensagens por todo o pais de que os espanhoies estavam chegando.E pela manhã Londres e a Rainha sabiam que o dia da batalha havia chegado e, assim que os navios tomaram rumo ao canal, a batalha começou..Enquanto soldados ingleses lutavam pela liberdade de seu pais,a Rainha se encaminhou para Tilbury para estar no front da batalha junto aos soldados.Como uma verdadeira guerreira, A Rainha Elisabeth, montada num cavalo branco, inspecionou seus soldados e fez o que foi provavelmente seu mais importante discurso para eles.

32 A confiança da Rainha em Deus e seus súditos foi recompensada.No canal ingles a Armada sofreu uma humilhante derrota. O clima estava terrivel com chuva e ventos contra eles e não conseguiram superar os navios de qualidade superior com canhões bem posicionados associado a taticas de guerras dos ingleses melhores.eles entraram em panico com os tiros dos navios ingleses e,o único caminho de volta para a espanha era através da costa da Escocia e muitos naufragaram ser retornar à Espanha.A batalha havia sido ganha pela Inglaterra e a Rainha e seu povo estavam jubilantes. T. Apesar do sucesso a rainha estava sentida pela morte de Earl of Leicester, que ela sem dúvidas amava e que a acompanhou desde a infância.Apesar de entristecida, a Rainha participou das comemorações na catadral de St. Pauls. Apesar do Rei Filipe enviar outros navios contra a Inglaterra, nos anos de 1590, nenhum teve sucesso ou repercussão contra a Inglaterra.

33 " It is not my desire to live or to reign longer than my life and my reign shall be for your good." Elizabeth I para seu Parlamento em A Rainha Elisabeth foi vista por muitos como imortal porem nos últimos anos já se encontrava cansada física e emocionalmente.Ela disse um dia: To be a king and wear a crown, is a thing more glorious to them that see it, than it is pleasant to them that bear it Ela sempre soube que sua popularidade era uma situação instavel e, sem disser nada ela sabia que aqueles ao seu redor estavam se preparando para um reino sem ela.Ela estava velha, e a ilusão de que isso não era verdade estavam se dissipando rapidamente.Ela agora mal conseguia andar e suportar o peso de seu manto.Elisabeth sabia que uma Rainha idosa não podia comandar os corações dos jovens.Ainda,nos últimos anos a Rainha vinha sofrendo de uma instabilidade mental apesar de que a distancia isso não era possivel de ser observado. Ela não era mais a charmosa, graciosa e determinada mulher da juventude.A solidão pelos amigos que se iam. Ela não tinha dúvidas sobre a justiça da execução de um de seus favoritos,Robert Devereux, mas sentiu profundamente a morte do homem que ela amou desde a juventude. Algumas vezes ela sentava-se em salas escuras esperando seu fim..

34 No inverno de 1602/3 Elisabeth sentia-se mal.Ele pegou um resfriado depois de caminhar no ar frio do inverno e adoeceu. Ela estava cansada, velha e sozinha. Sua condição física piorou. Estava pronta para deixar este mundo e aqueles que amou. A medida que sua condição deteriorava, o Arcebispo de Canterbury, Whitgift permanecia do seu lado conversando e reconfortando-a. Existia um problema não resolvido desde que a jovem Elisabeth tinha ouvido que agora ela era a Rainha de toda a Inglaterra; a sucessão do trono.Existia um consenso geral de que o rei da Escocia deveria sucedê-la e esta questão foi colocada para a Rainha e, ela concordou que James VI da Escocia a sucederia.

35 Mulheres não podiam votar, não herdavam a herança de seu pai. Todos os títulos eram passados para os filhos homens. A única exceção era a coroa, que poderia ser passada de filha para filha. Isso permitiu que Mary, e depois Elisabeth reinasse.Em alguns casos mulheres podiam herdar as propriedades se fossem filhas de algum nobre de grande influencia. A primeira esposa de Robert Dudley Amy Robsart,foi filha única de Sir Joehn Robsart e herdou dois estados em Norfolk. A leia de herança tornava os pais ansiosos para terem um filho homem, mas isso não significava que não amavam suas filhas.a atitude de Henrique VIII para com suas filhas não foi usual e foi provavelmente resultado de sua obssesão de prover o pais com um filho para sucedê-lo. O homem era considerado o chefe da familia e tinha o direito de castigar sua esposa.Não existia divorcio. Se um casal desejava separar-se eles deveriam solicitar a anulação do casamento.. A Renascença trouxe uma nova maneira de pensar.Pensavasse que homem ou mulher poderiam fazer qualquer coisa que se considerasse capaz.Assim, mulheres passaram a receber uma educação esmerada.Elisabeth enquanto no trono incentivavas os nobres a educar suas filhas. As mulheres que mais sofreram neste período foram aquelas como a Rainha que não desejavam o casamento.

36 Mulheres não podiam votar, não herdavam a herança de seu pai. Todos os títulos eram passados para os filhos homens. A única exceção era a coroa, que poderia ser passada de filha para filha. Isso permitiu que Mary, e depois Elisabeth reinasse.Em alguns casos mulheres podiam herdar as propriedades se fossem filhas de algum nobre de grande influencia. A primeira esposa de Robert Dudley Amy Robsart,foi filha única de Sir Joehn Robsart e herdou dois estados em Norfolk. As lei de herança tornava os pais ansiosos para terem um filho homem, mas isso não significava que não amavam suas filhas.a atitude de Henrique VIII para com suas filhas não foi usual e foi provavelmente resultado de sua obssesão de prover o pais com um filho para sucedê-lo

37 Estava ficando tarde e a vigilancia ao redor do leito da Rainha foi deixada aos cuidados de suas damas.A rainha caiu numsono profundo e, morreu nas primeiras horas do dia 24 de março de 1603.Era quarta feira, o mesmo dia da morte se seu pai e irmã. O calendario Elisabetano que era um pouco diferente do nosso,foi trocado pelo calendario Juliano.O ano novo começando em 25 de março.Assim,o ultimo dia do ano de 1602 viu ainda as ultimas horas da monarquia Tudor.O novo ano traria um novo rei, James I (James VI of Scotland),uma nova dinastia (os Stuarts), e uma nova era na historia Britanica. Foi com tristeza que a morte de Elisabeth foi anunciada nas ruas de Londres e a manhã seguiu silenciosa e cheia de sua população.Por mais de 45 anos eles haviam seguidos as regras de Elisabeth e não conheciam outro meio de viver. Como a Rainha queria não houve velorio e seu corpo foi embalsamado.Poucos dias depois a Rainha iniciou sua ultima jornada. Em 28 de abril de 1603, a Rainha recebeu um magnifico funeral, seu caixão envolto em veludo violeta e carregado por quatro cavalos em preto.Uma efige da grande Rainha vestida com seus mantos e coroa na cabeça.

38 Mesmo que existisse uma mulher solteira no trono ingles,o papel delas na sociedade era muito limitado. Os elisabetanos tinha uma espectativa muito clara dos homens e mulheres.Em geral as mulheres eram donas de casa ou viuvas e tinham um filho a cada dois anos, mas muitas crianças morriam cedo e, por isso as familias não eram muito numerosas.As crianças eram consideradas bençãos de Deus e as mulheres Tudor eram muito orgulhosas de seus filhos. A sociedade Elisabetana era patriarcal, as mulheres eram consideradas sexo fragil, não só fisicamente mas também emocionalmente. Eles acreditavam que uma mulher necessitava de um homem para cuidar dela. Se casasse, seu marido, senão seu pai ou irmão; Muitas mulheres deste período foram educadas em alto nível como a Rainha. Porem elas não eram aceitas nas escolas ou universidades e deveriam ser educadas em casa por tutores particulares. Muleres não podiam exercer algumas profissões como medicina, politica, juridicas. Mas podiam trabalhar em serviços domesticos e, uma pintora feminina, Levina Teerlinc, foi empregada por was Henrique VIII e depois por Mary e Elisabeth.Mulheres podiam ainda escrever trabalhos de literatura e de tradução.Nas peças de Shakespeare os papeis femininos eram sempre representados por meninos jovens.

39 Rainha Maria e Elizabeth entrando em Londres em 1553

40 Rei Henrique VIII jovem

41

42

43 Henrique VIII Ana Bolena Jane Seymour Edward VIMaria I Rainha Elizabeth I Catarina de Aragão

44 Mãe da Rainha Elizabeth I, Ana Bolena Pai da Rainha Elizabeth I,Rei Henrique VIII Elizabeth I foi a única criança sobrevivente do Rei Henrique VIII da Inglaterra e sua segunda Esposa, Ana Bolena. Ela nasceu no Palácio de Placentia, em Greenwich, dia 17 de setembro de

45 Após a Rainha Ana Bolena ter fracassado em produzir um herdeiro homem para o Rei Henrique VIII, o próprio rei mandou executá-la, sob acusação de danos ao tesouro, incesto com seu irmão mais velho e bruxaria.

46 Principe Edward VI meio irmão de Elizabeth I

47 EDWARD VI,Rei da Inglaterra e Irlanda ( ) nascido no Palácio de Hampton Court, em Londres, que assumiu o trono na Inglaterra no ano seguinte a morte de Lutero e demonstrou forte tendência calvinista, considerado o primeiro monarca Protestante de Inglaterra e foi no seu reinado que se conformou a independência da Igreja Anglicana do Vaticano. Único filho legítimo do rei de Inglaterra Henrque VIII e da terceira esposa do rei, Jane Seymour, que não se recuperou do parto e morreu 12 dias depois do nascimento do filho. Duque da Cornualha como primogênito do rei, foi uma criança frágil, doente.Provavelmente sofria de sífilis congênita, adquirida de seu pai. Porém sua saúde não impediu a sua educação e revelou-se um excelente aluno. Aos sete anos era fluente em Latim e mais tarde aprendeu francês e grego, que traduzia com facilidade aos treze anos. Com a morte do pai (1547), subiu ao trono assistido por um conselho de regência chefiado por seu tio Eduardo Seymour, Duque de Somerset, que se tornou no verdadeiro senhor de Inglaterra.

48 Porém uma revolta popular (1549) pela impopularidade do Duque de Somerset e a declaração de guerra da França, depôs o Duque de Somerset, que foi substituído por John Dudley, Conde de Warwick, depois Duque de Northumberland. Foi editada uma edição da Bíblia com anotações anti-católicas, os bispos fiéis a Roma foram substituídos por reformistas e começaram as perseguições e as execuções na fogueira. Lançou um livro de pregações que pretendia forçar a uniformidade religiosa em torno da fé reformada na Inglaterra (1549). Aos 16 anos a saúde do rei começou a piorar e morreu em Londres (1553), provavelmente de tuberculose e foi sepultado na Abadia de Westminster. Após sua morte, sua irmã mais velha, Maria I ( ), tentou o retorno do catolicismo à Inglaterra.

49 Rainha da Inglaterra e da Irlanda ( ) nascida em Greenwich, a primeira rainha que governou de fato a Inglaterra ( ) e com direito adquirido e que ficou conhecida por sua perseguição aos protestantes na tentativa frustrada de restabelecer Catolicismo Romano como religião oficial na Inglaterra. Filha de Henrique VIII e de Catarina de Aragão, era a meia-irmã mais velha do rei Edward VI da Inglaterra, que não tinha filhos, e assim sendo, a opção mais direta para sucedê-lo. Foi proclamada princesa de Gales (1525) e foi educada como católica pela mãe Catarina e, por causa dessa formação, era radicalmente contra a aplicação anglicanismo ou quaisquer outras religiões como oficiais. Maria I

50 Foi proclamada princesa de Gales (1525) e foi educada como católica pela mãe Catarina e, por causa dessa formação, era radicalmente contra a aplicação anglicanismo ou quaisquer outras religiões como oficiais. Com o casamento do pai com Ana Bolena, foi declarada bastarda e privada do título de princesa, porém ela jamais admitiu sua ilegitimidade dinástica e não acatou a recomendação de entrar para um convento. Após o repúdio do pai a Ana Bolena, ofereceu-lhe o perdão, com a condição de que ela o reconhecesse como chefe da igreja da Inglaterra.

51 Presos na Torre de Londres, Jane e o marido foram condenados e decapitados no ano seguinte (1554) depois de sufocar com violência uma revolta contra a rainha, organizada por Sir Thomas Wyatt. O seu governo caracterizou-se desgraçadamente por sua vã tentativa de fazer voltar o catolicismo romano como religião do país, inclusive com o emprego da violência. Perseguiu cruelmente os protestantes e por causa da religião casou-se com o sobrinho, o rei católico Filipe II da Espanha, o que provocou o ódio no povo inglês. Na guerra contra a França, a Inglaterra perdeu Calais, seu último baluarte no continente. Envelhecida, enferma e frustrada por falsas esperanças de maternidade, morreu em Londres no mesmo ano em que morria Carlos V da Espanha. Foi sucedida por sua meia-irmã Elizabeth ( ), filha de Henrique VIII com Bolena, que procurou restaurar o anglicanismo criado por seu pai.

52 Acatando a exigência obteve o direito de sucessão depois dos filhos varões do pai. Mesmo assim, temendo este retrocesso, o rei agonizante foi convencido por alguns conselheiros nomear outro herdeiro, no caso a protestante Joana Grey. Quando Eduardo VI sucedeu ao pai (1547) introduziu novas reformas na liturgia eclesiástica, como a substituição do latim pelo inglês, o que ela não aceitou e sofreu novas perseguições. Com a morte de Eduardo VI (1553). De uma descendência muito popular as princesas deserdadas não concordaram com a coroação e dominou a rebelião dos nobres ingleses. Então, com o apoio da população, a princesa mais velha destronou a rainha Jane, nove dias depois da coroação e foi proclamada a nova rainha no dia 10 de julho.

53 Rainha elizabeth foi coroada aos 25 anos e reinou por 44 anos. Sobreviveu a mais de 20 tentativas de assassinato

54 Rainha Mary Stuart da Escócia

55 Famosa rainha da Inglaterra e da Escócia ( ) nascida em Greenwich, em cujo reinado a Inglaterra conheceu o auge econômico e tornou-se a maior potência política, comercial e cultural da Europa. Filha de Henrique VIII e Ana Bolena, na infância estudou línguas, música e dança. Em sua juventude, viu-se envolvida por intrigas palacianas e foi acusada de participar da conspiração de Lord Seymour, durante o reinado de seu meio-irmão Edward VI, e da de Sir Thomas Wyat, no reinado de sua meia-irmã católica Maria Tudor. Subiu ao trono (1558), com a morte de Maria e devidamente reconhecida como herdeira, cercada de bons conselheiros, entre os quais William Cecil, mais tarde Lord Burghley.

56 Combateu Felipe II da Espanha, que representava impedimento à expansão inglesa. Com os Estatutos de Supremacia e Uniformidade (1559) restaurou oficialmente o anglicanismo e liberou definitivamente o protestantismo na Inglaterra, porém nos anos 70 desenvolveu perseguições contra os católicos e protestantes calvinistas. Após uma longa luta pelo poder ( ), aprisionou e mandou decapitar Mary Stuart, rainha católica da Escócia, sua prima e rival (1587). Desenvolveu o comércio e a indústria, propiciando um renascimento das artes e um relaxamento dos costumes. No seu reinado surgiram muitos poetas e dramaturgos, como William Shakespeare, Christopher Marlowe e Edmund Spencer. Apesar de suas notórias ligações com vários nobres, entre eles Robert Dudley, conde de Leicester, a rainha nunca casou.

57 Nessa época, a Inglaterra passou a ser conhecida como merry old England, ou seja, alegre e velha Inglaterra. O final de seu reinado caracterizou-se por intranqüilidade política e crescente descontentamento em relação à autoridade monárquica. Além disso, a difusão do calvinismo punha em perigo a unidade político-religiosa conseguida até então pela rainha. Embora a situação do povo continuasse ruim, não faltando tentativas de rebelião e atentados à vida da rainha, conseguiu controlar a ordem social a força. Pouco antes de morrer, no dia 24 de março, no Richmond Palace, Surrey, reconheceu o filho de Maria Stuart, Jaime VI da Escócia, como herdeiro do trono inglês.

58 Alimentação Na epoca da rainha Elizabeth as pessoas pobres tinham dieta grosseira e pouco variadas, consistindo principalmente de pão, peixe, queijo e cerveja.Mas os ricos no reinado de Elizabeth comiam muito bem, servindo-se de todos os tipos de carne como cordeiro, carne de boi, porco, bacon, veado, coelho, cisne, pavão e pombos.Eles também comiam peixes de água doce e salgada. A carne era frequentemente defumado, afim de preservá-la, mas sal pimenta, e açúcar ajudavam a disfarçar o sabor da comida deteriorada. Vegetais como cenouras, cebolas, alho, radichio, nabo rabanetes, alho poró, e frutas como maçâs pêras, ameixas, cerejas, morangos selvagens.

59 No período da dinastia Tudor mais e mais alimentos foram introduzidos na sociedade, a medida que eles descobriram o novo mundo, como os tomates (ou maçãs do amor como eles eram conhecidos) do Mexico, Turquia e America Central, feijao do Peru, e a famosa batata trazida por Sir Walter Raleigh nos últimos anos do reinado de Elizabeth.Entretanto os ingleses desta época não sabiam exatamente como prepará-los de maneira adequada.Assim como boas refeições os Tudor apreciavam sobremesas.Gostavam de tortas, bolos, sorvetes, manjares, frutas cristalizadas e com calda.Eles apreciavam especialmente marzipan e em ocasioes especiais como banquetes, todo tipo de esculturas eram feitas com açucar e marzipam como animais, passaros, frutas e cestos. Algumas vezes as taças de vinho, travessas, cartas de baralho e bandejas eram feitas de açucar cristalizado

60 Tao logo o meio irmão de Maria I, Rei Edward VI tornou-se Rei, sua posição na linha de sucessão permaneceu segura. Entretanto, Eduardo VII contrapoz-se ao ato da Sucessão, excluindo Elizabeth e sua meia irmã Maria I da linha de sucessão, e declarou Lady Jane Grey para ser sua herdeira. Lady Jane ascendeu ao trono, mas foi deposta 2 semanas mais tarde.Maria I, com apoio popular tornou-se a nova Rainha. Rainha Maria I

61 Thomas More

62

63 Rainha Elizabeth I

64 Robert Devereaux,ouvidor de Essex

65 Rei Henrique VIII

66

67 Já estou unida a um marido, que é o reino da Inglaterra... Estendendo a mão, ela mostrou-lhe o anel. Primeiro discurso da Rainha Elizabeth I perante o parlamento, 10 de fevereiro de 1559

68 Ano de grandes transferências de poder. Tempo de inexorável cisma religioso, quando o catolicismo monopolista universal foi permanentemente suplantado pela religião do Estado, o protestantismo

69 Todos os textos biblicos e clássicos que se incutiam na mente culta do século XVI enfatizavam a ordem natural do domínio masculino sobre o feminino.Uma monarca mulher era um fenomeno raro e artificial, que só poderia ser regularizado pela união com um príncipe que a governasse em privado e a orientasse em seu papel de rainha publica, concedido por Deus.Só restaurando-se o necessário dominio masculino se poderia manter o equilíbrio certo do mundo.

70

71

72

73 Elizabeth I foi Rainha da Inglaterra e Rainha da Irlanda de 17 de novembro de 1558 até sua morte em Ela era sempre citada com a Rainha Virgem já que nunca se casou ou teve fihos.Elizabeth I foi a monarca final da Dinastia Tudor, tendo sucedido sua meia irma Mary I.Ela reinou durante período de turbulência religiosa na História Inglesa.

74 Durante seu reinado o Renascentismo Inglês criou raízes e floresceu, despontando grandes talentos como Sidney, Gascoigne, Spenser, Kyd, Marlowe, além de Grandes poetas como Raleigh, Dyer,Chettle, Nashe, Logde e Shakespeare

75

76 Rainha Elizabeth I, A princesa Pirata

77

78 Sir William Shakespeare

79 Almirante Francis Drake

80 William Shakespeare ( ), Edmund Spenser (1552/ ) Francis Bacon ( ) Christopher Marlowe (?-1593),

81 Conselheiros de Elizabeth I Francis Walsingham Robert Cecil William Cecil, Lorde Burghley Nicholas Bacon

82 Numa fala ao Parlamento, Elizabeth disse: Vocês podem ter tido e poderão ter de novo muitos príncipes mais poderosos e mais sábios neste trono, mas vocês jamais tiveram ou terão alguém mais cuidadoso e mais amado. Ao contrário da prodigalidade dos antecessores e sucessores na concessão de honrarias, ela distribuiu apenas oito títulos de nobreza: um de conde e sete de barão. Diminuiu também o número de conselheiros, de 39 para 19, e mais tarde para 14. O Estado de Virgínia, nos Estados Unidos, tem este nome em sua homenagem.

83 Robert Dudley, Earl of Leicester Robert Devereux, Earl of Essex Edward de Vere, Earl of Oxford Sir Walter Ralegh Os Favoritos da Rainha Elizabeth I

84 Robert Dudley foi a amor da sua vida e não há provas materiais se o amor foi consumado ou não.Na cabeça da Rainha ela era virgem, casada com o Pais, e pretendia manter a Inglaterra independente de principes estrangeiros

85

86

87 No caldeirão entre católitos e protestantes, cortejadores e aventureiros, Espanha e o papado, Irlanda e Escócia, holandeses e Lordes superiores Elizabeth permaneceu constante, imperiosa e imperativa

88

89

90

91

92

93

94 Duque de MedinaRei Felipe II da Espanha O arquiteto da Invasão armada à Inglaterra Alexander Farnese, Duque de Parma Marquês de Santa Cruz Rainha Mary Scot

95 Sir Francis Drake, um dos comandantes do Lorde Howard contra a Armada e o capitão da Revanche

96 Rainha Elizabeth I cumprimentando as tropas em Tilbury

97 Lorde Howard de Effingham, Lorde, Alto almirante da Inglaterra e comandante da frota Inglesa contra a Armada

98 Isabel Clara Eugenia, filha do Rei Felipe II da Espanha, futura Rainha da Inglaterra

99 A rota da Armada Espanhola em 1588 em direçao ao mar do norte, acima do canal da mancha. Dos 120 navios da Armada metade naufragaram e muitos desapareceram.

100 Locais de enfrentamento entre a Armada espanhola e a frota Inglesa em Eddystone, Portland, Ilha de Wight, Calais e Gravelines. Da Armada Espanhola de soldados e marinheiros, foram perdidos.

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115 Ela tinha o raciocínio rapido da mãe, Ana Bolena, o atrevimento do pai, Rei Henrique VIII e o mau genio de ambos.Era altamente vaidosa e corajosa, Teve como principais conselheiros William Cecil e Lord Burghley.

116

117

118

119

120

121

122 MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA "Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança; aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

123 Aprende que falar pode aliviar dores emocionais, e descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida; aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida, e que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que eles mudam; percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos

124 Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influências sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve compará-los com os outros, mas com o melhor que podem ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde se está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que ou você controla seus atos, ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a, pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se;aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou; aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha; aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens; poucas coisas são tão humilhantes... e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso..

125 Aprende que quando se está com raiva se tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém; algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás, portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores, e você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. Descobre que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar." William Shakespeare

126


Carregar ppt "1457- Nasce Henrique VII 1485- Nasce Catarina de Aragão 1486- Nasce Arthur,Principe de Gales 1491- Nasce Henrique VIII 1501- Catarina de Aragão(15 anos)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google