A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Terremoto no Haiti (12/01/10). Situação anterior desconhecimento, cobertura esporádica chamava atenção por: – presença militar do Brasil (efetivo, custos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Terremoto no Haiti (12/01/10). Situação anterior desconhecimento, cobertura esporádica chamava atenção por: – presença militar do Brasil (efetivo, custos."— Transcrição da apresentação:

1 Terremoto no Haiti (12/01/10)

2 Situação anterior desconhecimento, cobertura esporádica chamava atenção por: – presença militar do Brasil (efetivo, custos etc.) – altos índices de pobreza – causa célebre anti-imperialista – ser rota de furacões

3 Exemplos de abordagem pré-tremor (matérias da Folha de S. Paulo) 31/10/09, crise política, primeira-ministra destituída 14/10/09, renovação da missão da ONU 10/10/09, artigos debatem: Brasil deve se manter lá? 1/6/09, 5º aniversário da Minustah, matéria chama atenção para os custos para o Brasil (R$ 577 milhões) 17/5/09, matéria sobre a pacificação do país, ressurgimento do comércio e treinamento da polícia 10/5/09, matéria fala que vencida a violência, desafio é a pobreza

4 Terremoto e dias seguintes

5 Primeira fase (1º a 5º dia) espaço: seis a nove páginas diárias Foco principal: real dimensão da tragédia: quantos mortos? qual o prejuízo? Busca de relatos dramáticos (destaque para Zilda Arns) Outros focos: – impacto nas tropas e instalações brasileiras – preocupação com o futuro do país: ex-enviado da ONU, brasileiro Ricardo Seitenfus, fala em retrocesso de 10 a 15 anos no processo de estabilização política – resposta do Brasil e de outros países

6 Segunda fase (6º a 9º dia) espaço: quatro a cinco páginas diárias foco principal: segurança outros focos: – aspecto geopolítico: preocupação do Brasil com a chegada dos EUA (que controlaram o aeroporto) – futuro da Minustah. Mudança no mandato? Quanto tempo fica?

7 Terceira fase (após 10º dia) espaço: uma a três páginas por dia – dia 22/01, 1ª vez em que Haiti não foi manchete, após nove dias – dia 27/01, 1ª vez em que Haiti some da primeira página, após 14 dias – dia 2/2, 1ª vez em que Haiti deixa de ser abre de página, após 20 dias foco principal: reconstrução outros focos – problemas na distribuição de comida – reabertura do aeroporto – refugiados/êxodo

8 Comentários e desafios da cobertura desinformação sobre o que era o país cobertura inicial sob impacto emocional uso de conceitos previamente estabelecidos; violência, caos, desordem como regra e não como conseqüência de situação específica dificuldades logísticas, principalmente comunicação e transporte

9 Comentários e desafios da cobertura (cont.) situação imperfeita de ser hóspede de alguém que deve ser avaliado imparcialmente (Exército) estresse emocional; envolvimento pessoal com vítimas convivência próxima (fisicamente) com a concorrência necessidade de trazer uma história nova por dia, o que se torna difícil após certo tempo

10 distribuição de comida patrocinada pelo Brasil

11 navio-hospital dos EUA

12 órfãos do terremoto

13 vítima tratada pelos EUA

14 Barbeiro improvisado em acampamento de desabrigados

15 Lan House em acampamento de refugiados

16 Igreja a céu aberto (culto de domingo)

17 Reabertura dos bancos

18 Palácio Presidencial em ruínas

19 País tenta recomeçar (vendedor de cana)


Carregar ppt "Terremoto no Haiti (12/01/10). Situação anterior desconhecimento, cobertura esporádica chamava atenção por: – presença militar do Brasil (efetivo, custos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google