A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

João 6, 41-51 19º domingo –B- 9 agosto 2009 Repartiremos a terra, a beleza, o amor, tudo isso tem sabor de pão, forma de pão, germinação de farinha, todo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "João 6, 41-51 19º domingo –B- 9 agosto 2009 Repartiremos a terra, a beleza, o amor, tudo isso tem sabor de pão, forma de pão, germinação de farinha, todo."— Transcrição da apresentação:

1

2 João 6, º domingo –B- 9 agosto 2009 Repartiremos a terra, a beleza, o amor, tudo isso tem sabor de pão, forma de pão, germinação de farinha, todo nasceu para ser partilhado, para ser dado, para se multiplicar. ODE AO PÃO. (Pablo Neruda).

3 Naquele tempo, os judeus murmuravam de Jesus, por Ele ter dito: «Eu sou o pão que desce do céu». E diziam: –Não é Ele Jesus, o filho de José? Não conhecemos o seu pai e a sua mãe? Como é que Ele diz agora: Eu desci do Céu? Começavam a ter força alguns dos movimentos gnósticos. O evangelista quer deixar firmemente assente a humanidade de Jesus frente a estes grupos que não a admitiam. É mais fácil e cómodo crer num Deus longínquo, de outro mundo, que em alguém encarnado na humanidade que nos questiona e nos compromete. Que os nossos olhos sejam capazes de descobrir no carpinteiro, filho de José e Maria, o único pão que pode alimentar o nosso espírito. Que a fé que professamos não nos impeça de conhecer Jesus.

4 Jesus respondeu-lhes: –Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a Mim, se o Pai, que Me enviou, não o trouxer; e Eu ressuscitá-lo-ei no último dia. Está escrito no livro dos Profetas: Serão todos instruídos por Deus. Todo aquele que ouve o Pai e recebe o seu ensino vem a Mim. Não porque alguém tenha visto o Pai; só Aquele que vem de junto de Deus viu o Pai. Temos facilidade em murmurar? Jesus continua a recomendar-nos: Não murmureis. É a fé que nos anima, que dá sentido à nossa vida cristã. A fé não consiste em conhecer conceitos ou verdades abstractas, mas em conhecer Jesus, tratar de ser e actuar como Ele. Não é questão de ideias, mas de relação pessoal.

5 Em verdade vos digo: quem acredita tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Nesta auto-apresentação, Jesus manifesta-Se como a resposta às esperanças e necessidades do ser humano. Seguir Jesus é ter "vida eterna, desde já. Dessa vida Jesus é o pão, O que a alimenta e a fortalece. A expresão vida eterna não significa só uma vida de duração ilimitada. Trata-se de uma vida vivida em profundidade e qualidade nova. Uma vida plena, que vai mais além de nós mesmos. Uma vida a qual nenhum mau acontecimento pode truncar. Nem a morte.

6 No deserto, os vossos pais comeram o maná e morreram. Mas este pão é o que desce do Céu para que não morra quem dele comer. Jesus acrescentou: –Eu sou o pão vivo que desceu do Céu. Creio que Jesus é vida. Creio que a humanidade de Jesus me leva a ter presente a fome e a sede das pessoas que as sofrem e a repartir o pão do céu: alimento, alegria, utopia, solidariedade, paz, vida...

7 Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que Eu hei-de dar é a minha carne, que Eu darei pela vida do mundo. O convite a comer não se refere aqui ao acto físico de levar um alimento à boca para o mastigar e digerir. Jesus vai mais além e pede aos que O escutam que se nutram interiormente dEle, que assimilem a sua palavra e a sua pessoa. Para poder ser, como Ele, alimento e vida para o mundo.

8 Eu sou o Pão de cada uma das vossas estações. Eu sou o pão das vossas primaveras, a realidade dos vossos sonhos; eu sou o pão dos vossos verões, o caminho da vossa humanidade; eu sou o pão dos vossos outonos, a vida de cada hora que passa; eu sou o pão dos vossos invernos, a ressurreição da vossa terra; eu faço de cada estação da vossa vida uma imensa mesa partilhada, uma Páscoa de liberdade, um caminho de eternidade.


Carregar ppt "João 6, 41-51 19º domingo –B- 9 agosto 2009 Repartiremos a terra, a beleza, o amor, tudo isso tem sabor de pão, forma de pão, germinação de farinha, todo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google