A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SOLUÇÕES E SOLUBILIDADE (PARTE 02) COLÉGIO CEME Prof.: Edmilson Neto Turma: 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SOLUÇÕES E SOLUBILIDADE (PARTE 02) COLÉGIO CEME Prof.: Edmilson Neto Turma: 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1."— Transcrição da apresentação:

1 SOLUÇÕES E SOLUBILIDADE (PARTE 02) COLÉGIO CEME Prof.: Edmilson Neto Turma: 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1

2 CONTINUAÇÃO - EXEMPLOS: 1) Qual é a molalidade de uma solução que contém 34,2 g de sacarose, C 12 H 22 O 11, dissolvidos em 200 g de água? 2) Se dissolvermos 40 g de hidróxido de sódio em 162 g de água, a quente, a fração molar do soluto será QUAL? 3) A concentração de ácido acético (C 2 H 4 O 2 ) no vinagre é da ordem de 0,83 M. Aproximadamente, quantos gramas desse ácido há em 1 litro de vinagre? 4) Quantos gramas de Na 3 PO 4 (PM = 164) são necessárias para preparar 5,0 litros de uma solução 3 molar? 2

3 5) Determine a massa de BaCl 2 necessária para preparar 25 litros de solução 0,1M deste sal. 6) Uma gota de água ocupa um volume aproximado de 0,05mL Sabendo-se que a densidade da água é 1,00 g/cm 3. O número de moléculas por gota de água será: 7) A concentração de ácido acético (C 2 H 4 O 2 ) no vinagre é da ordem de 0,83 M. Aproximadamente, quantos gramas desse ácido há em 1 litro de vinagre? (0,5) Dados: C = 12; H = 1; O =16 a) 10 g b) 20 g c) 30 g d) 40 g e) 50 g 3

4 TITULO (T), PORCENTAGEM EM MASSA: É a relação entre a massa do soluto e a massa da solução estabelecida; Tal expressão é dada como: OU Visto que tanto no denominador, como no numerador, está se tratando da mesma unidade (a unidade de massa é o grama – g), o Título não possui nenhuma unidade e é menor que 1. 4

5 Observe a figura abaixo, em que é dada a porcentagem em massa do cloreto de sódio de uma solução de soro fisiológico: Porcentagem em Massa (T%) Nesse caso, significa que em cada 100 g ou 100 unidades dessa solução, há 0,9 g ou 0,9% de soluto, isto é, do cloreto de sódio (NaCl – sal de cozinha). 5

6 1)Calcule o título e a porcentagem em massa de uma solução feita a partir da dissolução de 368 g de glicerina, C 3 H 8 O 3, em 1600 g de água. 2)Qual a massa de água existente em 600 g de uma solução aquosa de brometo de potássio (KBrO 3(aq) ) com τ = 0,25? EXEMPLO: 6

7 CURVAS DE SOLUBILIDADE: As curvas de solubilidade são diagramas que indicam a variação dos coeficientes de solubilidade das substâncias em função da temperatura. As curvas de solubilidade são obtidas de forma experimental, quando descrevemos num gráfico a variação dos coeficientes de solubilidade como função da temperatura. A temperatura exerce influência direta sobre a solubilidade, portanto as curvas de solubilidade apresentam extrema importância no estudo das soluções de sólidos em líquidos. 7

8 EXEMPLOS DE CURVAS: 8

9 Considerando as curvas acima, temos: * a solubilidade do KNO 3 a 20°C é aproximadamente 33g/100g de H 2 O. * a solubilidade do KNO 3 a 70°C é aproximadamente 140g/100g de H 2 O. * o KNO 3 e o KCl a 20°C apresentam a mesma solubilidade. * considerando todos os sais apresentados, a 20°C o MgCl 2 apresenta menor solubilidade, e o AgNO 3 apresenta a maior solubilidade. * a solubilidade do NaCl apresenta baixa variação com a temperatura. * a solubilidade do KNO 3 apresenta alta variação com a temperatura. 9

10 10

11 EXERCÍCIOS: 01 – Uma solução composta por duas colheres de sopa de açúcar (34,2g) e uma colher de sopa de água (18,0 g) foi preparada. Podemos dize r que: 1) A água é o solvente, e o açúcar o soluto. 2) O açúcar é o solvente, uma vez que sua massa é maior que a da água. 3) À temperatura ambiente o açúcar não pode ser considerado solvente por ser um composto sólido. Está(ão) correta(s): a) 1 apenas b) 2 apenas c) 3 apenas d) 1 e 3 apenas e) 1, 2 e 3 11

12 Na figura acima, tem-se que a substância mais solúvel a 20º C é o AgNO3. a solubilidade do NaNO3 a 40ºC é 100g/100g de H2O. A solubilidade de um sal varia linearmente com a temperatura. A 30º C, 30g desse sal formam com água, 180g de uma solução saturada. Tal solução, quando aquecida a 70ºC, exige o acréscimo de mais 45g do sal para manter a saturação. Calcule o Cs do sal: a) a 30º C b) a 70ºC 12

13 Admita 100g como quantidade padrão de água. a) 30ºC Se há 30g de sal e 180g de solução, tem-se 150g de água. 150g de água—- 30g de sal 100g de agua —- x 150x = 3000 x = 20g de sal Cs do sal a 30ºC = 20g/100mL b) 70ºC 30g + 45g = 75g de sal e 150g de água 150g de agua —– 75g de sal 100g de agua —– x 150x = 7500 x = 50g de sal Cs do sal a 70ºC = 50g/100mL 13

14 Titulação e misturas de soluções não vão cair nesta prova... 14


Carregar ppt "SOLUÇÕES E SOLUBILIDADE (PARTE 02) COLÉGIO CEME Prof.: Edmilson Neto Turma: 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google