A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INFLUÊNCIA DAS CRENÇAS E VALORES NA FORMATAÇAO DA PERSONALIDADE QUEM SOU EU ? QUEM È VOCÊ ?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INFLUÊNCIA DAS CRENÇAS E VALORES NA FORMATAÇAO DA PERSONALIDADE QUEM SOU EU ? QUEM È VOCÊ ?"— Transcrição da apresentação:

1 INFLUÊNCIA DAS CRENÇAS E VALORES NA FORMATAÇAO DA PERSONALIDADE QUEM SOU EU ? QUEM È VOCÊ ?

2 IDENTIDADE processo de produção do sujeito que lhe permite apresenta-se ao mundo reconhecer-se como único. Carlos C. Brandão antropólogo e educador diz que a identidadeIDENTIDADE processo de produção do sujeito que lhe permite apresenta-se ao mundo reconhecer-se como único. Carlos C. Brandão antropólogo e educador diz que a identidade Explica o sentimento pessoal e a consciência,da posse de um eu, de uma realidade individual que torna cada nós um ser único diante dos outros EUS, nós nos constituímos e nos reconhecemos,como sujeitos únicos.Explica o sentimento pessoal e a consciência,da posse de um eu, de uma realidade individual que torna cada nós um ser único diante dos outros EUS, nós nos constituímos e nos reconhecemos,como sujeitos únicos. Eu passo a ser alguém quando descubro o outro me comparando. Portanto a identidade depende de sua diferenciação em relação ao outro.Eu passo a ser alguém quando descubro o outro me comparando. Portanto a identidade depende de sua diferenciação em relação ao outro. O primeiro outro importante é a mãe de quem o bebê vai se diferenciando, aprendendo que não é uma extensão dela. É o olhar da mãe sobre o bebê que vai dando a ele o seu VALOR como pessoa. Por isso, as primeiras relações são importantes.O primeiro outro importante é a mãe de quem o bebê vai se diferenciando, aprendendo que não é uma extensão dela. É o olhar da mãe sobre o bebê que vai dando a ele o seu VALOR como pessoa. Por isso, as primeiras relações são importantes.

3 Nesse processo a criança começa a escolher outras pessoas como objeto de identitificação, pessoas significativas que funcionam como modelo em relação ao qual o sujeito vai se apropriando de algumas caracteristicas através do processo de identificação : o que sou e quero ser. O conjunto de experiências do longo da vida permite a cada um montar o seu proprio modelo do que pretende ser como homem ou mulher, como profissional, como cidadão. Usamos portanto varias referencias que são importantes para mim.Caracteristicas da mãe, da professora, da heroina de um romance da mãe de uma amiga. Com as experiencias que vou tendo com outras pessoas vou alterando este modelo. Continuamos mudando ao longo da vida, porém não deixamos de ser nós mesmos. Passamos de criança para adolescentes, para adultos, temos varias oportunidades sociais, acesso a bens culturais, possibilidade de estudar, viajar de ter outras experiencias.Nesse processo a criança começa a escolher outras pessoas como objeto de identitificação, pessoas significativas que funcionam como modelo em relação ao qual o sujeito vai se apropriando de algumas caracteristicas através do processo de identificação : o que sou e quero ser. O conjunto de experiências do longo da vida permite a cada um montar o seu proprio modelo do que pretende ser como homem ou mulher, como profissional, como cidadão. Usamos portanto varias referencias que são importantes para mim.Caracteristicas da mãe, da professora, da heroina de um romance da mãe de uma amiga. Com as experiencias que vou tendo com outras pessoas vou alterando este modelo. Continuamos mudando ao longo da vida, porém não deixamos de ser nós mesmos. Passamos de criança para adolescentes, para adultos, temos varias oportunidades sociais, acesso a bens culturais, possibilidade de estudar, viajar de ter outras experiencias.

4 João Cabral de Melo. Morte e Vida Severino tenta esclarecer este aspecto.João Cabral de Melo. Morte e Vida Severino tenta esclarecer este aspecto. O meu nome é Severino.O meu nome é Severino. Não tenho outro de pia.Não tenho outro de pia. Como há muitos SeverinosComo há muitos Severinos que é Santo de Romaria,que é Santo de Romaria, deram então de me chamar.deram então de me chamar. Severino de Maria.Severino de Maria. Como há muitos SeverinosComo há muitos Severinos com mães chamadas Mariacom mães chamadas Maria fiquei sendo o de Maridofiquei sendo o de Marido finado Zacarias...finado Zacarias... definição do retirante, quem ele é.definição do retirante, quem ele é. Fala de sua identidade, falando de sua realidade social ( condições de vida do Nordeste.Fala de sua identidade, falando de sua realidade social ( condições de vida do Nordeste.

5 Família fragilmente estruturada.Família fragilmente estruturada. A falta de sobrenome (nome de batismo)A falta de sobrenome (nome de batismo) Religiosidade do Nordeste (santo de romaria) que se pede e homenageia dando nome dos filhos.Religiosidade do Nordeste (santo de romaria) que se pede e homenageia dando nome dos filhos. Severino no contexto se percebe mais semelhante a outros, que não tem como se apresentar.Severino no contexto se percebe mais semelhante a outros, que não tem como se apresentar. A sua substantivação não é suficiente para definir a sua identidade. Ele só consegue expressar a sua particularidade quando no final do texto nos diz.A sua substantivação não é suficiente para definir a sua identidade. Ele só consegue expressar a sua particularidade quando no final do texto nos diz. Mas, para que me conheçamMas, para que me conheçam Melhor vossas senhorasMelhor vossas senhoras e melhor possam seguire melhor possam seguir A historia de minha vidaA historia de minha vida passo a ser o Severinopasso a ser o Severino Que em vossa presença emigraQue em vossa presença emigra

6 A ação, a predicação de Severino é que constitui a sua definição. È a atividade que construí a identidade. A Identidade é um processo de permanente movimento,eu me transformo.Portanto a identidade é um processo de construção permanente desde antes de nascer até a morte. O novo amarga ao velho - quem fui ontem quando era adolescente e criança. O antigo esta alguém novo no novo.A Identidade é um processo de permanente movimento,eu me transformo.Portanto a identidade é um processo de construção permanente desde antes de nascer até a morte. O novo amarga ao velho - quem fui ontem quando era adolescente e criança. O antigo esta alguém novo no novo. Crise de identidade, quando este processo ocorre de forma intensa, confusa dolorosa - é neste momento que temos que redefinir ou ratificar nossa identidade para nos e para os outros. Ex. Na adolescência grandes mudanças ocorrem em todos os níveis (bioquímico, intelectual - a capacidade de abstrair, de pensar no pensamento, os interesses as mudanças as ampliações do mundo (família, escola grupos de pertencimento e outras expectativas. Embora bastante turbulenta a adolescência também é um momento de transformação criadora. Tudo isso produz alguém novo que estará fazendo parte de sua biografia...Crise de identidade, quando este processo ocorre de forma intensa, confusa dolorosa - é neste momento que temos que redefinir ou ratificar nossa identidade para nos e para os outros. Ex. Na adolescência grandes mudanças ocorrem em todos os níveis (bioquímico, intelectual - a capacidade de abstrair, de pensar no pensamento, os interesses as mudanças as ampliações do mundo (família, escola grupos de pertencimento e outras expectativas. Embora bastante turbulenta a adolescência também é um momento de transformação criadora. Tudo isso produz alguém novo que estará fazendo parte de sua biografia...

7 Para estudar a identidade é necessário conhecer o ESTIGMA.Para estudar a identidade é necessário conhecer o ESTIGMA. O que é o ESTIGMA são as marcas,os atributos sociais que um individuo grupo ou povo carregam cujo VALOR poder ser positivo ou negativo, ou pejorativo.Ex: Um judeu na Alemanha Nazista.Um portador do vírus HIV.Um negro na África do Sul durante o Apartheid.O que é o ESTIGMA são as marcas,os atributos sociais que um individuo grupo ou povo carregam cujo VALOR poder ser positivo ou negativo, ou pejorativo.Ex: Um judeu na Alemanha Nazista.Um portador do vírus HIV.Um negro na África do Sul durante o Apartheid. O ESTIGMA revela que a sociedade tem dificuldade de lidar com diferente, esta dificuldade é perpetuada ao longo das gerações :O ESTIGMA revela que a sociedade tem dificuldade de lidar com diferente, esta dificuldade é perpetuada ao longo das gerações : *Pela educação familiar*Pela educação familiar *Pela escola*Pela escola *Pelos meios de comunicação de massa*Pelos meios de comunicação de massa *Por cada um de nós em nosso cotidiano, o que leva a construção de uma carreira moral para o individuo estigmatizado,ou seja, sua identidade vai incorporar este atributo ao qual corresponde um valor social negativo.*Por cada um de nós em nosso cotidiano, o que leva a construção de uma carreira moral para o individuo estigmatizado,ou seja, sua identidade vai incorporar este atributo ao qual corresponde um valor social negativo. Um aspecto negativo pode ser internalizado pelo individuo e constituir aspecto importante de sua auto imagem e auto-estima.Um aspecto negativo pode ser internalizado pelo individuo e constituir aspecto importante de sua auto imagem e auto-estima.

8 Exercício A História do Severino e da Severina ( São Paulo Brasiliense 1987 ) Utiliza o poema de João Cabral de Melo Neto. Morte e Vida Severina, como ponto de partida, é a historia verídica de uma migrante nordestina. È uma analise de construção de identidade. Fale da importância do outro na formação da identidade. 1. Quem são os outros ?1. Quem são os outros ? 2. Qual a diferença entre identidade e personalidade ?2. Qual a diferença entre identidade e personalidade ? 3. Como se caracteriza a diferença entre mudança e crise no processo de identidade ?3. Como se caracteriza a diferença entre mudança e crise no processo de identidade ? 4. O que é estigma ? Quais efeitos na trajetória de vida do individuo ou grupo estigmatizado. Dê 3 exemplos.4. O que é estigma ? Quais efeitos na trajetória de vida do individuo ou grupo estigmatizado. Dê 3 exemplos. 5. Discutam e caracterize a situação de crise de identidade (adolescência)5. Discutam e caracterize a situação de crise de identidade (adolescência) 6.Caracterizem o estagna em relação o menino de rua e possíveis conseqüência em sua trajetória de vida.6.Caracterizem o estagna em relação o menino de rua e possíveis conseqüência em sua trajetória de vida.

9 Identidade-Conjunto de características próprias e exclusivas de uma pessoa. ( nome, idade, estado, profissão, defeitos e sexo )Identidade-Conjunto de características próprias e exclusivas de uma pessoa. ( nome, idade, estado, profissão, defeitos e sexo ) Personalidade-Qualidade do que é pessoal caráter essencial e exclusivo de uma pessoa.Personalidade-Qualidade do que é pessoal caráter essencial e exclusivo de uma pessoa. Aquilo que o distingue de outra individualidade conscienteAquilo que o distingue de outra individualidade consciente DINÂMICA.DINÂMICA. Pré-ConceitoPré-Conceito


Carregar ppt "INFLUÊNCIA DAS CRENÇAS E VALORES NA FORMATAÇAO DA PERSONALIDADE QUEM SOU EU ? QUEM È VOCÊ ?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google