A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ADMINISTRAR Conceito "É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar o uso de recursos organizacionais para alcancar determinados objetivos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ADMINISTRAR Conceito "É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar o uso de recursos organizacionais para alcancar determinados objetivos."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 ADMINISTRAR Conceito "É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar o uso de recursos organizacionais para alcancar determinados objetivos de maneira eficaz e eficiente. Chiavenato

4

5 Revolução Industrial: Substituição da tarefa artesanal pela atividade da máquina Trabalho coletivo Perda do controle do processo de produção pelos trabalhadores e a compra e venda da força de trabalho

6

7 TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO No início do século XX, dois engenheiros desenvolveram os primeiros trabalhos a respeito da administração: Frederick Taylor e Henry Fayol TEORIA CIENTIFICA(tempo e movimento) Taylor (americano): que desenvolveu a chamada Escola da Administração Científica, cujo foco principal estava em aumentar a eficiência da indústria por meio da racionalização do trabalho operário. As pessoas eram consideradas instrumentos de produção para se atingir a eficiência empresarial(aumentar a produtividade do trabalhador,motivar o trabalhador através do pagamento por peça produzida.

8 Princípios da administração científica -Planejamento: substituir os métodos empíricos por métodos científicos e testados -Seleção: seleciona trabalhadores para suas melhores aptidões e para isso são treinados e preparados para cada cargo -Controle: supervisão feita por um superior para verificar se o trabalho está sendo executado como foi estabelecido -Execução: para que haja uma organização do sistema as distribuições de responsabilidades devem existir para que o trabalho seja o mais disciplinado possível

9

10 Henry Ford Americano (nascido no Estado de Michigan) Era um empresário com visão prática que buscava a cristalização do conceito da eficiência, no mais amplo sentido, numa fábrica de automóveis. Princípios de Ford: Produtividade (tempo) = máxima de produção dentro de um período determinado; distribuição dos ganhos; redução de custos;redução de preços. Intensificação (tempo) = aumentar o capital de giro que seria obtido dos próprios consumidores. Economicidade = reduzir ao mínimo o volume de matéria-prima (estoque).

11 TEORIA CLASSICA Fayol (europeu): que desenvolveu a chamada teoria Clássica, cujo foco principal era o de aumentar a eficiência da empresa por meio de sua organização e da aplicação de princípios gerais da administração em bases científicas

12 Funções Universais da Administração: Previsão: Consiste na avaliação do futuro, tudo aquilo que poderá acontecer. Um bom plano de ação inclui unidade, continuidade, flexibilidade e precisão. Organização: preparar todas as coisas que sejam úteis ao funcionamento da empresa, desde a parte material, de pessoal e social. Comando: fazendo agir o pessoal, de forma a obter o máximo retomo em todos os aspectos, mas principalmente os globais. Coordenação: a harmonia de todas as atividades é o fundamental; os negócios e os trabalhos dependem desta harmonia para o sucesso; a perfeita sincronização de todas as coisas e ações leva-nos à harmonia. Controle: medir e dimensionar os atos, para verificar se estão ocorrendo de acordo com o plano traçado pois esta é a sua finalidade. Assim, localizar as falhas e erros é o seu principal objetivo, com a finalidade de corrigi-los.

13 TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO Abordagem Clássica da Administração Administração Científica (Taylor) Teoria Clássica (Fayol) Ênfase nas Tarefas Ênfase na Estrutura

14 Teoria das Relações Humanas (Elton Mayo) -Criou uma nova perspectiva para a administração, visto que buscavam conhecer as atividade e sentimentos dos trabalhadores e estudar a formação dos grupos -Necessidade de humanização e demo-cratização na administração de pessoal -Considera recompensas sociais como fator determinante do desempenho

15 Principais características da teoria das relações humanas: -O homem não pode ser reduzido a um ser cujo comportamento é simples e mecânico -O homem guiado pelo sistema social e pelas demandas de ordem biológicas -Necessidade de segurança, afeto, aprovação social, prestígio e auto-realização

16 Teoria Burocrática (Max Weber) -Não define modelo padrão para ser aplicado, apenas esquematizou as principais características da burocracia existente -Dominação ou autoridade -Valorização de normas e regras -O funcionário é uma máquina, esperando dele um comportamento de forma a cumprir com exatidão as tarefas e funções destinadas. -Divisão do trabalho que permite padronização dos procedimentos técnico

17

18 Teoria Comportamentalista -Preocupação com o processo e a dinâmica organizacional. -Ênfase mantida nas pessoas -Estudou o comportamento das pessoas e a motivação -Teoria da motivação de Maslow

19

20 Concebeu estilos de administradores baseado em dois tipos de comportamento humano: 1.Teoria x – homem como ser indolente, preguiçoso, irresponsável, dependente e resistente a mudança. Sendo o chefe: duro, autoritário, inflexível. 2. Teoria y - homem como um ser responsável, adepto ao trabalho, criativo e independente. Sendo o chefe: aberto, dinâmico, inovador e democrático

21

22 Filosofia do Serviço de Enfermagem Grego: filos = amigos, e sofia = sabedoria Busca da sabedoria Reflexão originada de questionamento Ser humano dotado de filosofia Atualmente....

23 Missão, Visão e Valores no Serviço da Enfermagem. Definições: - Missão: representa a razão da existência de uma organização. Deve abranger propósito básico da organização. -Visão: situação futura desejada a longo prazo, meta, onde a organização espera estar no futuro. -Valores: princípios e crenças que servem como critério para os comportamento atitudes e decisões que serão tomadas para que a Missão esteja na direção da Visão

24 A elaboração de Missões, Visões e Valores no serviço da enfermagem permite: -Conhecer e fundamentar as ações -Possibilita o planejamento de ações -Responsabilidade -Aprimoramento da prática da enfermagem

25 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL É a distribuição das pessoas entre posições sociais que influenciam os relacionamentos de papéis desempenhados pelas mesmas. Isto implica: –a divisão de trabalho (distribuição das tarefas entre as pessoas) –a hierarquia (distribuição das pessoas em posições). HALL (1984)

26 BENEFÍCIOS Identificação das tarefas necessárias; Organizações das funções e responsabilidades; Informações, recursos e feedback aos empregados; Medidas de desempenho compatíveis com os objetivos Condições motivadoras.

27 Tipos de estrutura Formal: deliberadamente planejada e, formalmente representada pelo organograma. Características: –Ênfase a posições em termos de autoridade e responsabilidade; –É estável; –Está sujeita a controle; –Está na estrutura; –Líder formal.

28 Informal: Surge da interações interpessoal. Características: –Representa relações que desenvolvem espontaneamente; –Usualmente não aparecem no organograma; –A autoridade flui muitas vezes na horizontal; –É instável; –Não está sujeita a controle; –Está sujeita aos sentimentos; –Líder informal; –Desenvolve sistemas e canais de comunicação

29 A estrutura informal será bem utilizada quando os interesses da organização forem idênticos aos dos indivíduos.

30 Sistema de autoridade. Direito de fazer, tomar decisões, dar ordens e dirigir.

31 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

32

33


Carregar ppt "ADMINISTRAR Conceito "É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar o uso de recursos organizacionais para alcancar determinados objetivos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google