A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O consumidor como indivíduo Perspectiva econômica: Do grego: (óikos: casa + nomos: organização) – Cuidar bem da casa Economia: ciência da escolha em condições.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O consumidor como indivíduo Perspectiva econômica: Do grego: (óikos: casa + nomos: organização) – Cuidar bem da casa Economia: ciência da escolha em condições."— Transcrição da apresentação:

1 O consumidor como indivíduo Perspectiva econômica: Do grego: (óikos: casa + nomos: organização) – Cuidar bem da casa Economia: ciência da escolha em condições de escassez. Ser racional, que decide e age racionalmente, analisando o custo X benefício. Consumo baseado em preferências e na função de utilidade, visando maximizar a satisfação A teoria econômica do consumidor formulada pelos neoclássicos explica como os consumidores tomam decisão de compra influenciados pela variação do preço e renda.

2 O consumidor como indivíduo Ponto de Equilíbrio Perspectiva econômica - Lei da oferta e procura. Ex: lançamento do IPHONE 5.

3 O consumidor como indivíduo Perspectiva da psicologia: Do grego: (psyquê: alma/mente + logos: estudo) – estudo da mente/alma Escolas de pensamento: comportamentalismo ou behaviorismo; gestalt e psicanálise Escola Behaviorista: investigação pela observação e experimentação (estímulo X resposta) Escola Gestalt: o todo é mais do que a soma das partes. A percepção forma o comportamento. Relação figura X fundo. Escola Psicanalítica: foca nos fenômenos do inconsciente. Associações livres de idéias. Para a psicologia o comportamento do consumidor é influenciado por fatores psicológicos: motivação; envolvimento; percepção; aprendizado; atitudes e a personalidade.

4 O consumidor como indivíduo Perspectiva da psicologia: Escola Behaviorista: Reflexos condicionados (PAVLOV, 1903)

5 O consumidor como indivíduo Perspectiva da psicologia: Escola Gestalt: o todo é mais do que a soma das partes. A percepção forma o comportamento. Relação figura X fundo. Gestalt : o que é colocado diante dos olhos.

6 O consumidor como indivíduo Perspectiva da psicologia: Escola Psicanalítica: foca nos fenômenos do inconsciente. Associações livres de idéias. Para Freud, a personalidade é formada por 3 partes integradas: ID + EGO + SUPEREGO ID: Impulsos; prazer; libido EGO: o EU; consciência SUPEREGO: consciência moral (pais/valores/ideais) FREUD

7 Neuromarketing: uma tendência de pesquisa Neuromarketing: utilização de conhecimentos psicológico- cognitivos, baseados em técnicas da neurociência para entender de maneira mais completa o comportamento de consumo dos indivíduos (BORICEAN, 2009). O principal objetivo do neuromarketing seria decodificar os processos que ocorrem na mente dos consumidores para entendermos melhor seus desejos e anseios com o intuito de podermos lhes proporcionar exatamente aquilo que desejam. Aliar técnicas do marketing com técnicas de mapeamento cerebral tem possibilitado entender as decisões individuais, levando em consideração não apenas as escolhas racionais, mas também, aquelas com apelo emocional e mesmo instintivas. A FIG. apresenta um exemplo de projeção de ressonância magnética funcional, a partir de determinado estímulo

8 Zaltman (2003) argumenta que os métodos tradicionais de pesquisa mercadológica se baseiam em grande parte no que os consumidores dizem, ao invés de se fundamentarem em como os mesmos agem. Estudos utilizando principalmente técnicas de ressonância magnética como Functional Magnetic Resonance Imaging (FMRI), descobriu-se que algumas estruturas cerebrais, como a amígdala, estavam diretamente associadas com o processamento de informações emocionais (PHELPS, 2004; LABAR & CABEZA, 2006; KENSINGER, 2007). Além da amígdala, algumas outras áreas cerebrais também acionadas em processos emocionais são o núcleo accumbens e o córtex insular. Respectivamente, possuem papel de expressar e processar as emoções (Kirouac; Ganguly, 1995) e avaliar as propostas arriscadas que interferem no sentido emocional do indivíduo (NAQVI; SHIV; BECHARA, 2006). Neuromarketing: uma tendência de pesquisa

9 O cérebro é composto de dois sistemas de tomada de decisão. Um, o deliberativo ou cognitivo, onde a tomada de decisão ocorreria de forma racional. O segundo seria o afetivo ou intuitivo, onde algumas decisões são tomadas levando em conta nosso estado emocional (Damásio, 1995; Bechara; Damásio 2005), a intuição e também nossas experiências (EPSTEIN, 1990, 1994). Estudos já caminham na direção de se usar as técnicas oriundas da neurociência para avaliar, cognitivamente a resposta de formas, cores, cheiros, aspectos diversos, tudo com o intuito de se garantir a máxima satisfação dos consumidores (MOREIRA; PACHECO; BARBATO, 2011). Neuromarketing: uma tendência de pesquisa

10 O processo de um planejamento de marketing e sugestão de confecção de um plano PLANEJAMENTO DE MKT ESTRATÉGIA DE MKT PLANEJAMENTO DE MKT PLANO DE MKT

11 Fases do planejamento do Plano de MKT Análise externa Análise interna Situações favoráveis e desfavoráveis Pontos fortes e fracos Ameaças e oportunidades Fixação de objetivos Plano de 4 Ps com prazos, custos e responsabilidades Formas de controle Confecção do plano de MKT (CAMPOMAR; IKEDA, 2006)


Carregar ppt "O consumidor como indivíduo Perspectiva econômica: Do grego: (óikos: casa + nomos: organização) – Cuidar bem da casa Economia: ciência da escolha em condições."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google