A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA Profa. Daniela Carrogi Vianna.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA Profa. Daniela Carrogi Vianna."— Transcrição da apresentação:

1 MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA Profa. Daniela Carrogi Vianna

2 MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA SISTEMA PIRAMIDAL LOCALIZAÇÃO: Área 4 do córtex. Giro Pré-Central entre o Sulco Pré- Central e o Sulco Central. FUNÇÃO: Realizar a Motricidade Voluntária elaborada; Movimento voluntário se inicia no 1 ano de vida; Utiliza-se do neurônio motor periférico.

3

4

5

6 1a. TRACTO CÓRTICO-ESPINHAL ANTERIOR - As fibras partem do córtex e vão até o nível medular torácico e não decussam nas pirâmides. S I S T E M A P I R A M I D A L

7 Tracto Córtico Espinhal Anterior

8 1b. TRACTO CÓRTICO-ESPINHAL LATERAL - As fibras partem do córtex e vão até a medula espinhal contralateral influenciando os neurônios motores inferiores espinhais (é o tracto córtico- espinhal mais importante). ***lesão do sistema piramidal causa fraqueza muscular contralateral a área lesada (Hemiparesia) S I S T E M A P I R A M I D A L

9 Tracto Córtico Espinhal Lateral

10 S I S T E M A P I R A M I D A L 2. TRACTO CÓRTICO-BULBAR - As fibras partem do córtex e vão até o bulbo influenciando os neurônios motores inferiores do tronco cerebral para os músculos da cabeça.

11 Tracto Córtico Bulbar

12

13 MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA VIA PIRAMIDAL: constituída por 2 neurônios. 1º Neurônio - Trato Córtico Espinal Direito e Esquerdovai da Área 4 até à Medula. 2º Neurônio - Neurônio Alfavai da Medula até o Músculo.

14 MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA

15 VIA PIRAMIDAL Estímulo entra por via sensitiva até a substância cinzenta da Medula. Faz sinapse. Feixe nervoso sobe até a Área 4. Faz sinapse. Feixe desce até se reunir na Cápsula Interna - Trato Córtico Espinal Direito e Esquerdo.

16 VIA PIRAMIDAL Passa pela Ponte e no Bulbo os feixes se cruzam (Decussação das Pirâmides) - 80%. Vai para a Medula onde faz sinapse. Feixes cruzam novamente - 20% restantes. Estímulo sai como Neurônio Alfa – 2° Neurônio.

17 VIA PIRAMIDAL

18 PATOLOGIAS Quando ocorrem patologias nos Tractos Córticos-Espinhais (1 neurônio) geralmente ocorrem os sinais: Paralisia – ausência de Movimento; Paresia – ausência parcial de Movimento; Hipertonia - rigidez (aumento do tônus); Hiper-reflexia – aumento de Reflexo; Hipocinesia – diminuição de movimento.

19 PATOLOGIAS LESÃO DO PRIMEIRO NEURÔNIO: Região da lesão: Tracto Piramidal Doença: Acidente Vascular Encefálico Causas - Embolia - Artéria forma Coágulo – Trombose - Artéria com parede do vaso flácida - rompe - Aneurisma

20 AVE Tipos de AVE: 1.AVE Hemorrágico Há extravasamento de sangue, da artéria para o tecido cerebral. É o tipo mais grave, pois, pode haver a morte do paciente

21 AVE Tipos de AVE: 2. AVE Isquêmico Há ausência de sangue nas artérias e isso causa a não oxigenação do tecido nervoso, deixando inúmeras seqüelas no paciente.

22 AVE Exemplo de AVE no Trato Córtico Espinal Esquerdo SINAIS: Hemiplegia do Lado Direito; Hiperreflexia do Lado Direito; Hipotonia do Lado Direito (1 momento); Hipertonia do Lado Direito (2 momento); Padrão Flexor do MSD (Membro Superior Direito);

23 AVE SINAIS: Paralisia Espástica Elástica do lado Direito; Andar Ceifante do lado Direito; Movimentação fina prejudicada dos MMSS; Reflexo de Babinski Teste: Estimula a pele da região plantar e a resposta é o reflexo patológico de flexão dorsal do hálux (dedão do pé).

24

25 PATOLOGIAS Quando ocorrem patologias no 2° neurônio geralmente ocorrem os sinais: Paralisia – ausência de Movimento; Paresia – ausência parcial de Movimento; Hipotonia – flacidez (diminuição do tônus); Hipocinesia – diminuição de movimento.

26 PATOLOGIAS LESÃO DO SEGUNDO NEURÔNIO Região da lesão: Parte anterior da Medula Doença: Paralisia Causas: - Paralisia do Membro por secção do 2 o Neurônio por arma branca - Por destruição da raiz do 2 o Neurônio pela Poliomielite.

27 PARALISIA Exemplo: Poliomielite Arreflexia Hipotonia SINAIS Atrofia Muscular Paralisia Flácida

28


Carregar ppt "MOTRICIDADE VOLUNTÁRIA Profa. Daniela Carrogi Vianna."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google