A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Recrutamento e Seleção Prof.ª Rosângela Maria de Oliveira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Recrutamento e Seleção Prof.ª Rosângela Maria de Oliveira."— Transcrição da apresentação:

1 Recrutamento e Seleção Prof.ª Rosângela Maria de Oliveira

2 Curriculum Graduação: Administração - FACH – GO; Pós:Admin. Hospitalar – UBAERP- SP; Pós:Admin.e Planejamento para Docentes ULBRA – RS; MBA: Gestão de Pessoas - FGV – RJ; MBA: Gestão Empresarial - FGV – RJ; Mestranda:Gestão do Conhecimento e tecnologia da Informação – UCB – DF.

3 Normas de Conduta: Ser respeitado em sua individualidade; Não sofrer quaisquer tipos de discriminações ou preconceitos (bullying/assédio moral) – sexual, racial, étnico-cultural, religião, idade, escolha profissional, vestimentas, entre outras; Assistir as aulas num ambiente silencioso; Fazer perguntas e retirar dúvidas, independente da forma que serão feitas; aguardando o momento propício e sem exagerar no excesso e brincadeiras das mesmas; Ser útil (solidário) e participar de grupos; Ter seu lugar respeitado na sala; Ter um ambiente agradável que proporcione uma aprendizagem adequada; Ter o seu nome inserido na Lista de Chamada.

4 Normas de Conduta: 1 - O CALENDÁRIO ACADÊMICO deverá ser observado atentamente para que você programe suas atividades durante o ano letivo, sem prejuízo para o seu desempenho e aproveitamento. O calendário é disposto no Portal desde o início do semestre. 2 – Deverá ser observado o horário de início e término das aulas, pois a PARTICIPAÇÃO do aluno nas atividades de sala de aula é ESSENCIAL para que haja aproveitamento do conteúdo trabalhado. O acadêmico que ficar apenas para a chamada e sair OU chegar minutos antes do término da aula, será considerado ausente.

5 A FREQUÊNCIA está condicionada à PERMANÊNCIA na sala de aula. A chamada será feita, a qualquer momento, após 15 min. do início da aula. Para a aprovação, além da média 7,0 (sete), é necessária a frequência mínima de 75 % (setenta e cinco por cento) das aulas dadas. Não haverá abono de faltas, a não ser para os casos especiais definidos e amparados por lei, mediante documentos comprobatórios e deferimento da Direção do curso. Isto não é de competência do professor, exceto os casos previsto pela secretaria.

6 LISTA DE CHAMADA (Presença/Ausência) Seu nome não está na lista? É RESPONSABILIDADE do aluno observar se ele está inserido corretamente na lista de presença. E se não constar? Deve se encaminhar ao Serviço de Atendimento ao Aluno (SAA) para verificar o que está ocorrendo. Em turmas integradas, o aluno deve observar em qual sala deverá estar e o respectivo professor. OBSERVAÇÃO: Se o aluno não fizer este procedimento poderá lhe causar alguns prejuízos em suas frequências e na inserção das notas bimestrais.

7 Não são Permitidos: Atitudes e comportamentos que prejudiquem a participação do aluno e de seus colegas nas atividades de ensino e aprendizagem não devem ser admitidos.

8 Ilustram-se como atitudes e comportamentos inadequados no recinto da sala de aula: Manter o telefone celular ligado em sala de aula, utilizando-o para conversações, envio de mensagens, jogos ou quaisquer outros recursos do aparelho; na impossibilidade de desligar, mantê-lo no modo silencioso. Usar o celular ou outros aparelhos para: gravar, tirar fotos ou filmar as aulas (Direitos Autorais – Lei Nº 9.610); Fazer uso de aparelhos: MP3 e seus variáveis, palm-top, notebook, netbook, iPad, Tablet e quaisquer outros; salvo se o professor autorizar a utilização.

9 Entrada e saída excessiva de acadêmicos no recinto durante o andamento da aula, exceto quando extremamente necessário; Leitura de qualquer publicação ou a redação de qualquer texto que não sejam as atividades previstas para a aula em andamento; Conversas paralelas entre alunos em assuntos que não estejam diretamente relacionados ao assunto em foco na aula; Comer e/ou beber em sala de aula, exceto água; Uso da sala de aula como local para descanso e/ou namoro.

10 5 – Caso o professor não obtenha sucesso solicitando o aluno a participar, competirá ao mesmo, em última instância, solicitar ao aluno que se retire da sala de aula de forma a não prejudicar aqueles interessados no bom andamento das atividades. Em caso de reincidências, o fato será encaminhado ao Colegiado do Curso que tomará as providências cabíveis. 6 – É de responsabilidade do aluno que faltar à aula a atualização do conteúdo trabalhado na aula perdida. O acompanhamento do Portal Universitário é fundamental para o desenvolvimento eficaz das atividades propostas.

11 Se você faltar às aulas: Ficará com falta. Perderá o conteúdo. Se acontecer uma avaliação parcial, perderá esta pontuação. Perderá informações que, eventualmente, poderão ser passadas em sala de aula. Lembrar que: os colegas, e tão pouco o líder de sala, não têm obrigação de passar a matéria que você perdeu: você deverá correr atrás dos possíveis prejuízos decorrentes de sua falta.

12 CONTEÚDOS DAS AULAS NO PORTAL MOTIVOS para estar conectado ao Portal: Conhecimentos das novas palavras (expressões); Informações prévias do conteúdo; Facilidade no entendimento do assunto/tema em aula; Dialogar com o professor e tirar dúvidas; Fundamentar seus questionamentos sob bases científicas; Não entrar zerado de conhecimentos na sala de aula; Promover um processo mais dinâmico, no qual o acadêmico se torna responsável pelo seu próprio aprendizado com a intermediação do professor.

13 ATENÇÃO: Só poderá participar das avaliações PARCIAIS/OFICIAIS e AULAS/ATIVIDADES PRÁTICAS o aluno devidamente MATRICULADO na disciplina.

14 Avaliação Parcial Trabalhos em sala (nota apenas para o acadêmico presente no dia); trabalhos extraclasse, individual e em grupo (as normas específicas serão discutidas previamente com a classe). Trabalhos escritos que forem copiados da internet e/ou livros, artigos, revistas, em mais de 30% serão desconsiderados e o aluno, ou grupo, ficará com nota ZERO; Da mesma forma, trabalhos de diferentes alunos e/ou grupos que sejam iguais em mais de 30% aos de outros alunos e/ou grupos, ficarão com nota ZERO.

15 Avaliação Oficial Bimestral e cumulativa (Res. CONSADE 16/2011), conforme Calendário divulgado pela Instituição. Prova com questões objetivas e discursivas. - Ao acadêmico, no dia da avaliação, será tolerado um atraso máximo de 20 (vinte) minutos. Caso compareça para realizar a prova com um atraso maior e/ou já tenha saído algum aluno, não será autorizada a realização da mesma, naquele dia, devendo realizar a prova de segunda chamada. - No dia da Avaliação o acadêmico deverá apresentar a Carteira da Biblioteca ou um documento com foto atualizada. - O uso de meios, ações ou recursos fraudulentos na realização de provas, como, por exemplo, a cola, ensejará ao Professor a retirada da prova do aluno, ou dos alunos envolvidos, atribuindo a nota ZERO.

16 2ª Chamada 1 Esta Avaliação substitui apenas 1 dos bimestres: Se faltou à prova do 1º - o aluno tem direito somente a esta Se faltou à prova do 2º - o aluno tem direito somente a esta OBSERVAÇÃO: conteúdo também cumulativo (1º e 2º bimestres) Avaliação Parcial (1 e 2) 2ª Chamada Exame Final

17 Qualquer ocorrência não prevista e que não possa ser adequadamente administrada e solucionada pelo diálogo franco e amistoso, será levada ao Colegiado do Curso. Leia, atentamente, o MANUAL DO ACADÊMICO que está disponível no Portal Universitário.

18 Não podemos deixar de ter como foco em nosso trabalho o SER HUMANO. Precisamos valorizar as pessoas. Estamos envolvidos com pessoas em nosso dia a dia: alunos, professores, pais, funcionários, coordenadores, orientadores e diretores e, por isso, precisamos aprender a trabalhar em equipe para obter uma instituição forte, competente e coesa. A qualidade é obtida através do esforço de todos os seus integrantes, onde cada profissional é importante e cada aluno também. Você pode sonhar, criar, desenhar e construir o lugar mais maravilhoso do mundo... Mas é necessário TER PESSOAS para transformar seu sonho em realidade. Walt Disney A escola/Faculdade é uma organização humana em que as pessoas somam esforços para um propósito educativo comum.

19 EMENTA Estudo da Gestão de Pessoas num ambiente dinâmico e competitivo; Conceitos da Evolução da Administração Pessoal; Conhecimento dos Desafios da Gestão de Pessoas; Noções de Mudanças nas Pessoas e nas Organizações, Conhecimento e entendimento do Processo Global da Gestão de Pessoas; Estudo e aplicação dos sub-processos Agregar e Aplicar. Identificar as transformações ocorridas no ambiente da Gestão de Pessoas, revendo paradigmas e melhorando a compreensão e a interpretação de conhecimentos nas organizações; conhecer o processo Global de RH; compreender os processos de Agregar e Aplicar pessoas e sua aplicação prática nas organizações.

20 Competências e Habilidades Identificar as transformações ocorridas no ambiente da Gestão de Pessoas, revendo paradigmas e melhorando a compreensão e a interpretação de conhecimentos nas organizações; conhecer o processo Global de RH; compreender os processos de Agregar e Aplicar pessoas e sua aplicação prática nas organizações.

21 Justificativas O mundo vem passando por mudanças aceleradas, cada vez mais significativas, que interferem nas organizações. Em busca da competitividade e/ou sobrevivência, as organizações perceberam a necessidade de rever seus processos de trabalho, seus relacionamentos com clientes, fornecedores, colaboradores, governo, sociedade, o que requer empregados competentes e motivados. As organizações não existem por elas mesmas, são as pessoas que dão vida às organizações. Os futuros administradores necessitam entender a importância de atrair, reter e desenvolver os talentos humanos para que os objetivos organizacionais sejam alcançados. Daí a importância desta disciplina.

22 Objetivos da Disciplina Proporcionar ao acadêmico o entendimento da importância da gestão de pessoas para o alcance dos objetivos pessoais e organizacionais.

23 Objetivos por Unidades UNIDADE I – AGREGANDO PESSOAS Mercado de trabalho; Fatores condicionantes do mercado de trabalho; O novo perfil do emprego; Mercado de RH; Conceito de recrutamento; Recrutamento interno e externo; Técnicas de recrutamento externo; Avaliação dos resultados de recrutamento.

24 Objetivos por Unidades UNIDADE II – SELEÇÃO DE PESSOAS Conceito de seleção de pessoas; Seleção como um processo de comparação; Seleção como um processo de decisão e escolha; Modelo de colocação,seleção e classificação de candidatos; As bases para a seleção de pessoas; Técnicas de seleção; Entrevista de seleção; Provas de conhecimento ou de capacidades; O processo de seleção de pessoas. Avaliação de resultados da seleção de pessoas.

25 Metodologia Aulas expositivas; Dinâmica de grupos; Estudos de casos; Leitura e discussão de assuntos relacionados à Administração de Recursos Humanos publicados em jornais, revistas e periódicos; Apresentação de vídeos abordando temas ligados a Recursos Humanos; Trabalhos individuais e em grupo.

26 Atividades Práticas Será realizada uma atividade simulada, na qual os acadêmicos representarão executivos de uma empresa em busca de estudantes de Administração para serem contratados, desenvolvendo todas as etapas do recrutamento e seleção.

27 Atividades Práticas Será realizada uma atividade simulada, na qual os acadêmicos representarão executivos de uma empresa em busca de estudantes de Administração para serem contratados, desenvolvendo todas as etapas do recrutamento e seleção.

28 VALENDO NOTA PARCIAL PROJETO DE EXTENSÃO TEMA LOCAL DATA

29 Para mudar nossos hábitos, primeiro temos que assumir o compromisso profundo de pagar o preço que for necessário. William James

30 SEJAM MUITO BEM VINDOS! ÓTIMO SEMESTRE PARA TODOS!


Carregar ppt "Recrutamento e Seleção Prof.ª Rosângela Maria de Oliveira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google