A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A revolução da informação: da imprensa à Internet

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A revolução da informação: da imprensa à Internet"— Transcrição da apresentação:

1 A revolução da informação: da imprensa à Internet
Cleber Matos de Morais

2 Pré-imprensa Oralidade; Cuneiforme; Papiro; Copistas;

3 Acesso O suporte era caro (papiro); Poucas pessoas sabiam ler;
Restrito ao clérigo e aristocratas; Informação como herança, luxo; Pouca circulação.

4 Imprensa de Gutenberg Surgiu em 1450;
Confeccionada por Johann Gutenberg; Em 1500 estima- se mais de 13 milhões de livros circulando na Europa (a população estimada era de 100 milhões de habitantes);

5 Imprensa de Gutenberg Desloca o eixo da erudição dos mosteiro para as Academias; Começa a haver a negociação de conteúdo em grande escala (editoras, tiragens...). Conseqüência: O jornal.

6 Acesso Havia mais livros para ser lidos;
Ainda não existiam um grande contingente alfabetizado, mas o livro pôde expandir a leitura; Os interesses políticos de cada região influenciavam no alcance dos livros.

7 O Telégrafo Surge em 1832; Codificação da linguagem em binário (Morse); Surgimento de uma estrutura exclusiva para a comunicação; Velocidade; Alcance;

8 Acesso Restrito às pessoas que dominavam o código de transferência e podiam usar as linhas de transferências; As mensagens eram entregues para serem telegrafadas por funcionários.

9 O Telefone Surge em 1875 o telefone bidirecional;
Usava um microfone que convertia a voz em pulsos elétricos; Traz a dinâmica do sincronismo.

10 Acesso Não precisava de nenhum código especial para utilizar, somente retomar a fala; Inicia um sistema de comunicação em tempo real sem necessidade de uma codificação, maior capacidade de transmissão e contato.

11 O Rádio Sem fio; Aplicado primeiro ao telégrafo; depois surgiu o rádio como conhecemos (voz); Expande a comunicação para áreas que não têm poste/cabos (navios...).

12 Acesso O alcance das emissões aumentou, abrangendo grandes áreas, no entanto a emissão sempre foi controlada por órgãos governamentais que regem a radiodifusão e a estrutura era razoavelmente cara.

13 O Cinema Imagem em movimento; “Mudo”; Nova linguagem visual;
Uso de películas;

14 Acesso As pessoas continuaram sendo “passivas” diante do meio, que mostrava conteúdo; Os espectadores não tinham como produzir ou interagir com a produção de filmes.

15 A TV Imagem e som através de ondas; Acesso “testemunhal” à informação;
Grande desenvolvimento da mídia; Novos costumes, hábitos.

16 Acesso Maior alcance ainda, agora com suporte a imagem;
A produção se torna ainda mais cara; a abertura de um canal burocrática e elitista.

17 Os Computadores Máquinas de contar; Péssima interface;
Pouca capacidade de processamento; Difícil de ser programado.

18 Acesso Somente engenheiros dominavam a linguagem da máquina, que era específica para cada companhia.

19 Os PCs Desenvolvimento dos monitores CRT;
Maior capacidade de processamento; Melhor mídias de armazenamento; Surge o usuário que não é engenheiro.

20 Acesso Mais pessoas poderiam usar a “máquina de computar”;
Os computadores chegam a academia, onde são incorporados e rapidamente distribuídos; Ainda existe o problema do conhecimento técnico para utilização.

21 A Rede ARPANET: 1966; Primeira rede que interconectava computadores;
Estritamente militar; Baixa taxa de transferência.

22 O Modem MOdulado-DEModulador;
Transmite o sinal da rede pela linha de telefone convencional; Amplia a rede de computadores pela rede de telefone (entre-redes).

23 A Internet Surge como interconexão entre as redes, agora localizadas em universidades; Aumenta sua escala até chegar a uma extensão fora do território americano; Traz características de todos os meios anteriores re-apropriadas.

24 Acesso O custo de rede ainda é alto e depende de uma grande infra-estrutura para a conexão; Continua dependendo de conhecimento técnico; Depende de políticas públicas para desenvolvimento de estrutura.

25 Bibliografia ASA, Briggs; BURKE, Peter. Uma história social da mídia: de Gutenberg à Internet.Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004. RHEINGOLD, Howard. Smart Mobs: The next social revolution.Cambrigde, MA: Basic Books, 2002.


Carregar ppt "A revolução da informação: da imprensa à Internet"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google