A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

André Luiz Da obra No Mundo Maior Psicografia de Francisco Cândido Xavier...Será melhor a coroa de espinhos na fronte do que o monte de brasas na consciência....

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "André Luiz Da obra No Mundo Maior Psicografia de Francisco Cândido Xavier...Será melhor a coroa de espinhos na fronte do que o monte de brasas na consciência...."— Transcrição da apresentação:

1

2 André Luiz Da obra No Mundo Maior Psicografia de Francisco Cândido Xavier...Será melhor a coroa de espinhos na fronte do que o monte de brasas na consciência....

3 O que gera dores, sofrimento e decepções Crueldade Orgulho Irresponsabilidade Crítica Ilusão Medo Preocupação Vício Solidão Culpa Mágoa Egoísmo Baixa estima Rigidez Ansiedade Perda Insegurança Repressão Dependência Inveja Hammed Da obra As dores da Alma Psicografia de Francisco do Espírito Santo Neto

4 Definições Dor. Em sentido geral é a sensação desagradável e penosa, resultante de uma lesão, contusão, ferimento ou funcionamento anômalo de um órgão. Por extensão, o termo se aplica a sentimentos de tristeza, mágoa, aflição, pesar, que podem repercutir de maneira mais ou menos intensa sobre o organismo, causando mal-estar. Sofrimento. É a dor física ou moral. Quando enfrentado pelo indivíduo com coragem e resignação torna-se fator de aperfeiçoamento espiritual, capaz de conduzir ao heroísmo e à santidade. (Pequena Enciclopédia de Moral e Civismo)

5 Caráter Material e Espiritual

6 A razão do sofrimento...A razão da dor humana procede da proteção divina. Os povos são famílias de Deus que, à maneira de grandes rebanhos, são chamados ao Aprisco do Alto. A Terra é o caminho. A luta que ensina e edifica é a marcha. O sofrimento é sempre o aguilhão que desperta as ovelhas distraídas à margem da senda verdadeira... Neio Lúcio Da obra Jesus no Lar Capitulo 31 Psicografia de Francisco Candido Xavier

7 Sintomas

8 Estudo de caso Gisele Jeferson Agatha

9 O caso de Gisele

10 Quais os ensinamentos que podemos tirar do caso de Gisele Não há ninguém sem um fardo para carregar. O parente difícil, o filho-problema, o amigo inconstante, o cônjuge irresponsável... Se há quem nos seja um fardo, é possível que igualmente sejamos um fardo para alguém. Em todo grupo familiar há sempre alguém, ali colocado pelas Leis da Vida para a imprescindível permuta de experiências. Quem tem mais é chamado a dar a quem tem menos. A pessoa difícil com a qual convivemos é sempre um examinador às avessas, na aferição de nossos reais valores. Todo fardo carregado com amor pode se transformar em escora, impedindo a queda de quem o sustenta.

11 Quais os ensinamentos que podemos tirar do caso de Gisele Todo fardo carregado com amor pode se transformar em escora, impedindo a queda de quem o sustenta. Não maldigamos o fardo de nossas penosas obrigações cotidianas, convictos de que é justamente ele o instrumento de nosso aperfeiçoamento. Ninguém irá a parte alguma abandonando o seu fardo à margem da estrada. Todo débito, cuja quitação se adia, deverá, mais tarde, ser saldado com juros. Meditemos nestas palavras inseridas em O Evangelho Segundo o Espiritismo: Todos aqueles que carregam o seu fardo e assistem seus irmãos são os meus bem-amados. Irmão Jose Da obra Lições da Vida Psicografia Carlos A Baccelli

12 Quais os ensinamentos que podemos tirar do caso de Gisele Deveis, pois, sentir-vos felizes por reduzir Deus a vossa dívida, permitindo que a saldeis agora, o que vos garantirá a tranqüilidade no porvir. Allan Kardec Da obra O Evangrlho Segundo o Espiritismo Capitulo 5 – Bem-Aventurados os aflitos – Item 12

13 O caso de Jeferson

14 Quais ensinamentos podemos observar do caso de Jeferson

15 O caso de Jeferson Não basta sofrer simplesmente para ascender à glória espiritual. Indispensável é saber sofrer, extraindo as bênçãos de luz que a dor oferece ao coração sequioso de paz. Todas as criaturas sofrem no cadinho das experiências necessárias, mas bem poucos espíritos sabem padecer como cristãos, glorificando a Deus. Emmanuel Da Obra Vinha de Luz Psicografia de Francisco Candido Xavier

16 O caso de Agatha

17 Quais ensinamentos podemos observar do caso de Agatha

18 O caso de Agatha Mas nunca pretiras, não persigas, não atrapalhes, não desconsidereis, não menosprezes e nem prejudiques a ninguém, porque sofrer é muito diferente de fazer sofrer e a divida é sempre uma carga dolorosa para quem a contrai. Pretirar - Desprezar

19 Exames

20 Produtos da Dor

21 Diagnósticos (resultados)

22 Maturidade Allan Kardec Da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Capitulo 5 – Bem-Aventurados os aflitos – Item 13 O homem pode suavizar ou aumentar o amargor de suas provas, conforme o modo por que encare a vida terrena. Tanto mais sofre ele, quanto mais longa se lhe afigura a duração do sofrimento.

23 Espinheiros O cristão é um combatente ativo. Despertando no campo do Senhor, aturde-se-lhe a visão com a amplitude e complexidade do trabalho. Dificuldades, tropeços, cipoais, ervas daninhas... E o Evangelho, com propriedade de conceituação, elucida que não se pode vitimar nos espinheiros. Entretanto, teria Jesus assumido a Paternidade de semelhante afirmativa para que cruzemos os braços em falsa beatitude? Se o terreno permanece absorvido pelos abrolhos, o discípulo recebeu inúmeras ferramentas do Mestre dos mestres. Indispensável, pois, enfrentar o serviço. O Cristo encarou, face a face, o sacrifício pela humanidade inteira. Será a existência de alguns espinheiros a causa de nossos obstáculos insuperáveis? Não. Se hoje é impossível a vindima, ataquemos o chão duro. Lavremos o solo árido. Adubemos com suor e lágrimas. Haverá sempre chuvas fecundantes do Céu ou generosos mananciais da Terra, abençoando-nos o esforço. A Divina Providência reside em toda parte. Não olvidemos o imperativo do trabalho e, depois, em lugar dos abrolhos, colheremos o fruto suave e doce da videira. Emmanuel Da obra Caminho, Verdade e Vida Psicografia de Francisco Cândido Xavier

24 Receitas (Prescrição)

25 Apague da mente lembranças tristes a fim de libertar o dia de hoje da escravidão do ontem. São as idéias ligadas ao hoje as reais construtoras do amanhã. O ontem teve o seu momento, mas a vida chama para prosseguir, avançar, renovar, começar de novo, vencer imperfeições, dar o máximo de si. Livre-se do passado negro e use as suas capacidades, os recursos da inteligência, a força das oportunidades deste dia para realizar-se como pessoa, corrigir erros e compreender a vida. Não fique a lamuriar. A força do hoje quebra as algemas do ontem. Lourival Lopes Da obra Otimismo todo dia

26 Tratamento (controle) Hardy do desenho Lippy & Hardy Oh! vida, Oh! azar

27 Como encarar as dificuldades? Imunidade Pensamento positivo Comportamento Sistemas de Crença Forma que encaro a: Vida O outro

28 Que bom que você veio! Volte sempre e vá com Jesus de Nazaré!!! Temas do cotidiano Espiritismo À Luz do

29 Meditação Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo? - Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia, interrogava a minha consciência, passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo se não faltara a algum dever, se ninguém tivera motivo para de mim se queixar. Foi assim que cheguei a me conhecer e a ver o que em mim precisava de reforma. Aquele que, todas as noites, evocasse. Livro dos Espíritos Pergunta 919a – Conhecimento de Si Mesmo

30 Meditação Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo? Quando estiverdes indecisos sobre o valor de uma de vossas ações, inquiri como a qualificaríeis, se praticada por outra pessoa. Se a censurais noutrem, não na poderia ter por legítima quando fordes o seu autor, pois que Deus não usa de duas medidas na aplicação de Sua justiça.. Livro dos Espíritos Pergunta 919a – Conhecimento de Si Mesmo

31 Meditação Insiste depois dizendo: Formulai, pois, de vós para convosco, questões nítidas e precisas e não temais multiplicá-las. Livro dos Espíritos Pergunta 919a – Conhecimento de Si Mesmo


Carregar ppt "André Luiz Da obra No Mundo Maior Psicografia de Francisco Cândido Xavier...Será melhor a coroa de espinhos na fronte do que o monte de brasas na consciência...."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google