A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

- Neologismos, estrangeirismos e arcaísmos - Siglas e acrónimos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "- Neologismos, estrangeirismos e arcaísmos - Siglas e acrónimos."— Transcrição da apresentação:

1 - Neologismos, estrangeirismos e arcaísmos - Siglas e acrónimos

2 Neologismos O neologismo identifica-se com uma palavra ou termo novo admitido pelo léxico de uma língua. Existem vários tipos de neologismos: a) Neologismo morfológico: palavra nova formada por derivação ou por composição (desnuclearização, ibericidade) b) Neologismo semântico: atribuição de uma nova significação a uma palavra já existente, como a palavra rato, que passou a designar um dos componentes periféricos do computador.

3 Neologismos c) Neologismos terminológicos: palavras novas que fazem parte de vocabulários de especialidade (vocabulários técnicos e/ou científicos, como a economia, a medicina, etc) e que surgem da necessidade de denominar novos objectos, novas técnicas e novas teorias (biogenética, cartão-inteligente) d) Neologismos literários: são utilizados para conferir ênfase ao que se pretende transmitir e, na maior parte dos casos, ocorrem apenas uma vez (Sou um homem obeditoso aos mandos. Resumo-me: sou um obeditado. – Mia Couto, 1991, Cronicando)

4 Estrangeirismos Adopção de uma nova palavra, frase ou expressão de uma língua estrangeira. Nesta acepção, empréstimo e estrangeirismo podem ser coincidentes. Exemplos: Dossier, Marketing, Breafing

5 Arcaísmos Designam-se por arcaísmos as palavras e locuções que já não são usadas ou que o são raramente( aguçoso = diligente; asinha = depressa) Arcaísmos e Estrangeirismos opõem-se à vernaculidade ou pureza da linguagem, que consiste em empregar exclusivamente construções e vocábulos próprios da nossa língua.

6 Siglas e Acrónimos Sigla: conjunto formado pelas letras iniciais de várias palavras (ex: PME = Pequenas e Médias Empresas), usado como uma única palavra, pela soletração das letras que o compõem. Como tal, pode também corresponder ao plural de uma ou mais dessas palavras, sem que as iniciais se alterem (ex: EUA é a sigla que corresponde a um plural = os Estados Unidos da América, sem que seja necessária uma marca dessa flexão). Por este motivo, não haverá razão lógica para acrescentar um –s à sigla PME (as Pequenas e Médias Empresas = as PME)

7 Siglas e Acrónimos Exemplos: FMI CGTP RTP (lêem-se letra a letra) Definições: - Sigla – «1. Processo morfológico consistindo na redução de uma palavra ou de um grupo de palavras às suas iniciais para designar organismos, partidos políticos, associações, clubes desportivos, etc.

8 Siglas e Acrónimos 2. Letra inicial ou grupo de letras iniciais que entram na composição da abreviação de certas palavras. Exemplos: SMAS – Serviços Municipalizados de Água e Saneamento; APET – Associação Portuguesa de Empresas de Tradução; PSD – Partido Social- Democrata; SCP – Sporting Clube de Portugal.» CD Terminologia Linguística para os Ensinos Básico e Secundário, da responsabilidade do Ministério da Educação (Março de 2005),

9 Siglas e Acrónimos Acrónimo: é um conjunto formado por uma ou mais sílabas de várias palavras (ex: EPAL), usado como uma única palavra e pronunciado não pela soletração de cada uma das letras, como as siglas, mas de forma contínua, como um nome comum. Assim, pelo mesmo motivo apontado para as siglas, deverá escrever-se os PALOP (os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) e as TIC (as Tecnologias de Informação e Comunicação)

10 Siglas e Acrónimos Acontece, por vezes, que alguns acrónimos se transformam em nomes comuns (Ex: CD = compact disk), obedecendo às regras gerais de ortografia e assumindo então as regras gerais de flexão (Ex: Comprei 3 CDs)

11 Siglas e Acrónimos Definições: - Acronímia – «Conjunto de processos morfológicos que levam à formação de acrónimos, cuja particularidade é a de serem pronunciados como uma palavra corrente; apresentam-se sob a forma de siglas, amálgamas ou de novas unidades lexicais.

12 Siglas e Acrónimos A acronímia é um fenómeno neológico muito produtivo em língua, com grande dinâmica, por exemplo, na atribuição de nomes próprios para designar novos objectos, instituições ou organismos. Exemplo: FENPROF – FEderação Nacional de PROFessores.» CD Terminologia Linguística para os Ensinos Básico e Secundário, da responsabilidade do Ministério da Educação (Março de 2005),

13 Siglas e Acrónimos Nota importante: o recurso à sigla é uma maneira de escrever curto, mas que só se deve usar quando o receptor conhece bem o código usado. De contrário, não há compreensão da mensagem. Por isso é que, nos meios de comunicação social, se deve evitar o emprego das siglas.


Carregar ppt "- Neologismos, estrangeirismos e arcaísmos - Siglas e acrónimos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google