A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SENSOCOMUM.com usabilidade: formação on-line Filipe Miguel Tavares Sócio-fundador Director de Usabilidade e Factores Humanos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SENSOCOMUM.com usabilidade: formação on-line Filipe Miguel Tavares Sócio-fundador Director de Usabilidade e Factores Humanos."— Transcrição da apresentação:

1 SENSOCOMUM.com usabilidade: formação on-line Filipe Miguel Tavares Sócio-fundador Director de Usabilidade e Factores Humanos

2 BELEARNING Plataforma integrada de Formação e Gestão da Formação

3 Know-how técnico da SENSOCOMUM.com Know-how da Formação do Instituto IPFEL BELEARNING

4 Satisfazer a crescente exigência do mercado por soluções de formação simultaneamente inovadoras e credíveis, condutoras de uma experiência sem paralelo para o formando.

5 BELEARNING Suporta formação on-line, presencial e mista/blended Gestão integrada da formação Aprendizagem em ambiente de partilha de recursos Testada - com sucesso - através do ASP E-IPFEL.com Arquitectura modular, construída sobre standards Especial atenção à usabilidade e acessibilidade

6 BELEARNING Área de Formando Área de Formador Área de Gestão Área de Operação

7 BELEARNING Migração de conteúdos para a norma SCORM; Histórico integrado de formação (para antigos formandos); Sugestões ao formando baseadas no perfil e no histórico integrado; Sistema de messaging interno; Exportação de dados estatísticos (Excel, CSV ou XML); Imputação de custos; Gestão logística de equipamentos de formação; Emissão automática de certificados com verificação de estado e comunicação ao formando por e SMS; Afiliação com sistema de comissões financeiras.

8 BELEARNING Concordância do sistema com a formação presencial; Concordância do sistema com a formação presencial; Auto-controlo e liberdade; Auto-controlo e liberdade; Consistência e utilização de elementos comuns; Consistência e utilização de elementos comuns; Prevenção de erros e confusão; Prevenção de erros e confusão; Previlegiamos o reconhecimento de métodos e acções; Previlegiamos o reconhecimento de métodos e acções; Flexibilidade e eficiência; Flexibilidade e eficiência; Estética e design minimalista; Estética e design minimalista; Feedback do sistema ao utilizador, suporte; Feedback do sistema ao utilizador, suporte; Reconhecimento, diagnóstico e recuperação de erros; Reconhecimento, diagnóstico e recuperação de erros; Sistemas de ajuda e documentação; Sistemas de ajuda e documentação; Realização de testes de usabilidade. Realização de testes de usabilidade.

9 BELEARNING Experiência de utilização o utilizador deve ter consciência do site como um todo, Experiência de utilização o utilizador deve ter consciência do site como um todo, como se vivesse uma experiência global, com navegação como se vivesse uma experiência global, com navegação lógica e bem definida; lógica e bem definida; Simplicidade o principal erro da equipa de design é a assunção de que Simplicidade o principal erro da equipa de design é a assunção de que o utilizador pensa e conhece o site como ela; o utilizador pensa e conhece o site como ela; Flexibilidade Flexibilidade o design deve ser capaz de se adaptar a (possíveis) futuras o design deve ser capaz de se adaptar a (possíveis) futuras mudanças de forma e mudanças estratégicas de função; mudanças de forma e mudanças estratégicas de função; Clareza Clareza o site deve ser claro, sóbrio e legível o suficiente de modo o site deve ser claro, sóbrio e legível o suficiente de modo a realçar o conteúdo e a mensagem a passar; a realçar o conteúdo e a mensagem a passar;

10 E-IPFEL.com

11 Desenvolvimento contou com testes de usabilidade presenciais, em sala, e análise heurística; Diálogos em passos lógicos; Design não-obstrusivo; Boas mensagens de erro; Elementos curvos enfatizam conforto e segurança, elementos rectos enfatizam precisão, certeza; Atenção ao detalhe: o mais pequeno erro é majorado devido ao grande número de utilizadores envolvido; Boas barreiras: informais, por assunto e interesse, formais, por registo e dados; Honestidade: além de ser, tem que parecer, com processos claros; Personalização: o utilizadore deve sentir-se tratado como um indivíduo único; Regras claras: o utilizador deve ser informado das regras a cumprir;

12 E-IPFEL.com Ausência de padrão a nível internacional dificultou o desenvolvimento; Não tem ajuda contextual; Excesso de informação pode ser intimidante;

13 E-IPFEL.com Desde Janeiro de 2003 Total: Média por dia: 66 Tempo médio: 9m 39s

14 E-IPFEL.com Desde Janeiro de 2003 Num universo de cerca de 750 alunos em Formação, 35% de pré-inscrições on- line; 25% de alunos inscritos on-line.

15 E-IPFEL.com Desde Janeiro de membros 144 registos na mailing-list; 25 cursos; 53 acções abertas; Fóruns: 675 mensagens; Chats: 2550 mensagens; Operações: 1321 por 3 técnicos;

16 SENSOCOMUM.com obrigado! Filipe Miguel Tavares

17 SENSOCOMUM.com Even though there is a substancial amount of theory and principles that can be taught in the auditorium, the most important aspects of design and evaluation require a hands-on approach – Jacob Nielsen Filipe Miguel Tavares


Carregar ppt "SENSOCOMUM.com usabilidade: formação on-line Filipe Miguel Tavares Sócio-fundador Director de Usabilidade e Factores Humanos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google