A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O início 1969 - A ARPA criou uma rede experimental chamada ARPANET. Era simultaneamente um backbone e uma rede experimental, onde novas aplicações eram.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O início 1969 - A ARPA criou uma rede experimental chamada ARPANET. Era simultaneamente um backbone e uma rede experimental, onde novas aplicações eram."— Transcrição da apresentação:

1 O início A ARPA criou uma rede experimental chamada ARPANET. Era simultaneamente um backbone e uma rede experimental, onde novas aplicações eram testadas. Inicialmente a ARPANET ligou 4 universidades e permitiu aos cientistas partilhar remotamente informação e recursos. A ARPANET continuou a expandir-se durante as décadas de 70 e 80. Em 72 já ligava 37 nós e em 83, 562.

2 Redes locais Os investigadores da ARPA supuseram um futuro em que as organizações teriam os seus computadores ligados por uma ou mais LANs a Xerox acabava de oferecer a várias universidades um protótipo da sua LAN - chamava-se Ethernet e tornar-se-ia na principal tecnologia de redes locais as LANs são incompatíveis tecnologias diferentes optimizadas para velocidade, fiabilidade, facilidade de instalação, capacidade ou custo incompatibilidade eléctrica, de codificação, de computador distâncias curtas

3 Redes de grande área WAN - wide area network
vence as distâncias pelo uso de modems diferente de um conjunto de linhas de transmissão em cada sítio ligado há um computador dedicado a lidar com os detalhes da transmissão, mesmo quando os outros computadores locais estão desligados - a WAN funciona por si podem existir caminhos diferentes a ligar dois computadores semelhante a uma LAN mais mais lenta incompatível com as LANs, o que se resolve com o computador dedicado a evolução tecnológica e as diferenças de requisitos implicam computadores de múltiplos fabricantes são necessários sistemas de rede abertos sistema de protecção de patentes é prejudicial nesta área

4 Interligação O objectivo de interligar LANs e WANs ficou conhecido por Internet, que é abreviatura de internetwork, e aplica-se tanto ao projecto como à rede protótipo que foi criada. Havia um requisito básico de robustez, que devia permitir que caminhos alternativos fossem encontrados mesmo que parte da rede ficasse inoperacional (exemplo: caso de guerra nuclear) Em1983 decidiu usar-se a família de protocolos TCP/IP na ARPANET. Generalizou-se a partir daí o uso do termo "Internet" para a rede constituída pelas redes que usam os protocolos TCP/IP.

5 Rede de redes A Internet é constituída por:
Backbones: infraestruturas de interligação de redes, como o NSFNET, nos USA, e o EBONE na Europa, bem como backbones comerciais Redes regionais, ligando, por exemplo universidades e institutos de investigação; Redes comerciais, por exemplo, para uso interno ou para fornecimento de serviços a assinantes, com ligações à Internet. Redes locais, como a rede da FEUP

6 Rede aberta A Internet é um sistema de rede aberto uma vez que todas as suas especificações são públicas. A colocação dos RFCs (normas) num computador da ARPANET possibilitava que fossem disponibilizados a todos os investigadores com acesso a esta rede. A utilização da ARPANET foi um factor chave para o rápido desenvolvimento do próprio projecto da Internet.

7 Unix e Internet Na década de 80, o UNIX e o TCP/IP passam a ser amplamente utilizados pela comunidade científica, quer nas universidades, quer noutros centros de I&D. Unix tinha sido criado nos laboratórios Bell para garantir portabilidade e foi entregue a universidades onde investigadores e estudantes o desenvolveram ARPA e Universidade de Berkeley assinaram um contrato para distribuir TCP/IP no pacote Unix BSD, com a contrapartida de as aplicações de rede usarem o protocolo poucas universidades tinham Internet mas muitas tinham LANs; o TCP/IP apareceu como alternativa aberta para produzir software de rede (partilhar impressoras, etc.) a Internet generalizou-se, à custa das soluções privadas dos vários fabricantes

8 Marcos 1980 CSNET (Computer Science Net)
1983 MILNET (Military Network) 1986 NSFNET (National Science Foundation Network) 448Kbps 1990 ARPANET é integrada na NSFNET 1991 ANSNET (Advanced Networks and Services) 45Mbps 1995 vBNS (very high speed Backbone Network System) 622Mbps

9 Internet Society isoc@isoc.org http://www.isoc.org
A Internet Society (ISOC) é uma organização internacional, fundada em1992, dedicada à expansão, desenvolvimento e acessibilidade da Internet. Desenvolvimento e manutenção de padrões Evolução das tecnologias da Internet Educação e investigação no domínio da Internet Desenvolvimento de infraestruturas Internet

10 Organismos Internet Architecture Board (IAB) - controla o desenvolvimento de padrões e protocolos para a Internet e actua como interface entre a ISOC e outras entidades de desenvolvimento de padrões. Internet Engineering Task Force - desenvolvimento técnico Internet Engineering Steering Group (IESG) - actua como unidade de apoio à gestão do IETF. Internet Assigned Numbers Authority (IANA) - coordena a atribuição de identificadores únicos na Internet, como nomes de domínios e de endereços IP.

11 Internet Engineering Task Force
Internet Engineering Task Force (IETF) - procura soluções para problemas técnicos e operacionais da Internet e desenvolve padrões e protocolos. Applications IP: Next Generation Operational Requirements Security User Services Internet Network Management Routing Transport General

12 Internet Engineering Task Force
Os grupos de trabalho são constituídos unicamente por voluntários. O trabalho cooperativo desenvolvido pelos membros de um grupo de trabalho realiza-se em grande parte através de listas de distribuição. O IETF também realiza encontros, três vezes por ano. Estes encontros são abertos a todos os interessados.

13 Request For Comments Os resultados e recomendações de um grupo de trabalho apresentam-se usualmente à comunidade Internet sob a forma de RFCs. Como obter RFCs: para

14 Atribuição de endereços
A IANA delega noutras entidades a administração da atribuição de identificadores únicos na Internet: InterNIC (Internet Network Information Center) URL: Cada uma destas entidades é responsável por diversos tipos de registos. URL:

15 A Internet na Europa [Telecoms] Início das redes na Europa
ITU, X.25 IXI (International X.25 Interconnection) 1987, 64Kbps EuropaNET 2Mbps PTT holandesa TEN , 34Mbps British Telecom [Universidades] JANET (Joint European Academic Network) 1970 EARN (European Academic Research Network) 1983 EBONE (European Backbone) 1992, IP

16 A Internet em Portugal A Internet em Portugal RCCN
Anos 80 X.25 Nó EARN em Lisboa FCCN URL:http://www.fccn.pt RCCN RCTS

17 Características actuais
Crescimento e uso comercial da Internet Duplicação em ~10 meses Metade dos cibernautas ligaram-se no último ano! Metade dos nós têm carácter comercial AUPs (Acceptable Use Policy) ISP (Internet Service Provider)

18 Iniciativas de desenvolvimento
NII e GII (Global Information Infrastructure) The Information Super Highway G7 Live NREN (National Research and Education Network) USA, 3Gbps Missão para a Sociedade da Informação Livro Verde

19 Tecnologia actual High-Speed Networking Tecnologias e normas
Frame relay DQDB (Distributed Queue Dual Bus) ATM (Asynchronous Transfer Mode) Broadband-ISDN


Carregar ppt "O início 1969 - A ARPA criou uma rede experimental chamada ARPANET. Era simultaneamente um backbone e uma rede experimental, onde novas aplicações eram."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google