A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A missão de Faculdade de Economia do Porto é ser reconhecida como uma referência nacional e internacional no campo das ciências económicas e empresariais,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A missão de Faculdade de Economia do Porto é ser reconhecida como uma referência nacional e internacional no campo das ciências económicas e empresariais,"— Transcrição da apresentação:

1 A missão de Faculdade de Economia do Porto é ser reconhecida como uma referência nacional e internacional no campo das ciências económicas e empresariais, quer ao nível da educação quer ao nível da investigação científica. FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO PORTO

2 ÍNDICE CURSOS Licenciaturas Mestrados Doutoramento Pós-Graduações
CORPO DOCENTE POLÍTICA CIENTÍFICA INVESTIGAÇÃO ESTRUTURA ORGANIZACIONAL SERVIÇOS GRUPOS E ASSOCIAÇÕES NOTA: Prima qualquer tecla para ver a apresentação sequencialmente ou clique nos botões deste índice para ir directamente para um assunto que lhe interesse particularmente, podendo depois seguir a sequência ou regressar para ver os tópicos do índice. Gabinete de Marketing e Comunicação FEP’2001

3 CURSOS Economia LICENCIATURAS Gestão ALUNOS LICENCIADOS
Em funcionamento desde a criação da Faculdade em 1953, conta actualmente com cerca de 1800 alunos. O seu plano de curso estrutura-se em torno de um conjunto de disciplinas de Teoria Económica e Economia Aplicada, complementado com outras que fornecem o essencial suporte quantitativo. Em relação a outros cursos de Economia, merece destaque o forte leque de disciplinas de Gestão e Contabilidade. ALUNOS LICENCIADOS Gestão Criada em 1987, tem actualmente cerca de 700 alunos. O seu plano de estudos assenta numa base conceptual que assegura uma sólida formação em Teoria Económica, Métodos Quantitativos, Ciências Sociais e Direito. A partir do 3º ano assumem preponderância as disciplinas de Gestão nas quais se dá uma especial atenção à aplicabilidade das matérias ministradas através do recurso a case studies. Índice

4 Ciências Empresariais
CURSOS Economia MESTRADOS Em funcionamento há vários anos, o Mestrado em Economia tem como objectivos permitir um aprofundamento dos conhecimentos em várias especialidades da Economia, assegurar uma formação híbrida entre a Economia e a Gestão e incentivar a investigação científica no âmbito da Economia. ALUNOS INSCRITOS Ciências Empresariais Criado em 1995, tem por objectivos permitir o aprofundamento de conhecimentos e incentivar a investigação científica em diversos domínios das Ciências Empresariais, em especial nas três áreas de especialização oferecidas: Finanças, Marketing e Contabilidade. Análise de Dados e Sistemas de Apoio à Decisão Criado em 2000, este mestrado dirige-se quer a (potenciais) decisores (economistas ou gestores) que pretendam acrescentar valor às suas capacidades estratégicas tirando partido dos sistemas de apoio à decisão, quer a especialistas em sistemas de informação ou estatística que pretendam participar no desenvolvimento de ambientes computacionais de apoio à decisão. Índice

5 CURSOS DOUTORAMENTO Economia ALUNOS INSCRITOS
O Programa de Doutoramento, que funciona em ligação com o Mestrado em Economia, é constituído por uma parte escolar de dois anos a que se segue a elaboração de uma tese de doutoramento. O último semestre da parte escolar é constituído essencialmente por disciplinas de leituras orientadas devendo os alunos elaborar um projecto de tese. Índice

6 CURSOS PÓS-GRADUAÇÕES
Para além dos cursos conferentes de grau, a Faculdade de Economia do Porto tem vindo a apostar em cursos de pós-graduação com uma vertente mais profissionalizante. Neste domínio são de destacar: MBA em Finanças Pós-Graduação em Gestão Autárquica Pós-Graduação em Gestão Internacional Índice

7 REPARTIÇÃO POR CATEGORIAS
CORPO DOCENTE A Faculdade de Economia do Porto conta com cerca de 190 docentes repartidos por cinco áreas científicas: Economia, Gestão, Matemática e Informática, Ciências Sociais e Direito. REPARTIÇÃO POR CATEGORIAS REPARTIÇÃO POR ÁREAS CIENTÍFICAS Índice

8 POLÍTICA CIENTÍFICA Ciente da importância da definição das grandes opções numa instituição de ensino superior, a Faculdade de Economia do Porto aprovou em 1998 um Documento Orientador da Política Científica que consubstancia os principais objectivos e linhas de orientação estratégica para os próximos anos. Está dividido em sete partes: Desenvolvimento das licenciaturas Desenvolvimento dos programas de pós-graduação Desenvolvimento da investigação científica Divulgação e publicação Desenvolvimento da direcção científica Condições de progressão dos assistentes na carreira docente Condições de progressão dos professores na carreira docente O texto integral pode ser consultado no site da Faculdade (www.fep.up.pt) Índice

9 INVESTIGAÇÃO ISFEP CEDRES CETE
Instituto de Investigação e Serviços da Faculdade de Economia do Porto Criado em 1994, o ISFEP é uma associação científica e técnica sem fins lucrativos centrada na: - prestação de serviços de investigação e consultoria a organismos da Administração Central e Local; - desenvolvimento de programas de formação contínua, em particular na área da Gestão. CEDRES Centro de Economia e Desenvolvimento Regional, Estudos e Projectos Entre os objectivos deste centro, criado em 1989, contam-se: - desenvolvimento de programas de investigação nas áreas da Economia e Desenvolvimento Regional; - promoção de acções de cooperação entre a FEP e instituições universitárias ou outras de carácter público ou associativo. CETE Centro de Estudos de Economia Industrial, do Trabalho e da Empresa Constituído em 1991, é um centro de investigação com dois grandes objectivos: - promover a investigação científica de carácter académico; - servir como organismo de interface entre a FEP e o exterior em projectos de investigação aplicada. Índice

10 INVESTIGAÇÃO CEMPRE LIACC
Centro de Estudos de Macroeconómicos e de Previsão Criado em 1993, tem como principais objectivos: - promover a investigação fundamental e aplicada do crescimento e dos ciclos económicos e dos métodos quantitativos aplicados à Economia; - estudar e implementar métodos de análise e previsão aplicados à economia portuguesa e, em particular, à região norte; - constituir e manter bases de dados de apoio à análise e previsão económica nacional e regional; promover a realização de trabalhos que contribuam para a progressão académica dos investigadores envolvidos, em particular dos mais jovens. Este centro foi classificado como Muito Bom por um painel independente de avaliação. LIACC Laboratório de Inteligência Artificial e Ciência de Computadores Contando com a colaboração de cerca de 40 investigadores repartidos por três núcleos (um na Faculdade de Economia, outro na de Ciências e ainda um terceiro na de Engenharia), este centro tem por objectivos: desenvolver investigação nas áreas da inteligência artificial, análise de dados e sistemas de apoio à decisão; promover a realização de mestrados e estudos de doutoramento naquelas áreas. Este centro foi classificado como Excelente por um painel independente de avaliação. Índice

11 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
Na área científica e pedagógica, a Faculdade de Economia do Porto adopta uma estrutura matricial onde os responsáveis pelos diversos cursos actuam como gestores de produto, assegurando a coordenação entre as várias áreas científicas que constituem o respectivo curso. CONSELHO DIRECTIVO Doutor José Costa CONSELHO CIENTÍFICO Doutor António Almodôvar CONSELHO PEDAGÓGICO Doutor Álvaro Aguiar GRUPO DE ECONOMIA Doutor Manuel Mendes de Oliveira GRUPO DE GESTÃO Doutor Francisco Vitorino Martins GRUPO DE MAT. E INFORMÁTICA Doutora Paula Brito GRUPO DE CIÊNCIAS SOCIAIS Doutora Maria Cidália Queirós GRUPO DE DIREITO Doutor José Brandão Proença LIC. ECONOMIA Doutor Octávio Figueiredo LIC. GESTÃO Doutor João Proença MEST. ECONOMIA Doutor Manuel Luís Costa MEST. C. EMPRESARIAIS Doutor Rui Alves MEST. ANÁL. DADOS Doutor Alípio Jorge DOUT. ECONOMIA Doutor Manuel Mendes de Oliveira Índice

12 SERVIÇOS Biblioteca Serviço de Informática
Para além do apreciável conjunto de obras e periódicos, predominantemente de Economia e Gestão, a Biblioteca possui um significativo arquivo de teses, monografias, boletins internos e estatísticas nacionais e internacionais. No total o espólio ascende a cerca de 40 mil volumes. A pesquisa dos conteúdos (assim como a base de dados inter-bibliotecas) pode ser feita través do site Serviço de Informática O Serviço de Informática tem por missão proporcionar os meios informáticos necessários às actividades lectivas e de investigação da Faculdade, bem como a organizações de estudantes e organismos e departamentos da FEP, mantendo os equipamentos e suportes lógicos capazes de as satisfazer. Índice

13 TEMPO DECORRIDO ENTRE A CONCLUSÃO DO CURSO E O 1º EMPREGO
SERVIÇOS Gabinete de Apoio ao Aluno Tendo por objectivo melhorar as condições dos alunos do ponto de vista curricular e extra-curricular, o GAA desenvolve actividades no âmbito do acolhimento e integração dos novos alunos, realização cultural e intelectual dos discentes e preparação pós-licenciatura. TEMPO DECORRIDO ENTRE A CONCLUSÃO DO CURSO E O 1º EMPREGO Gabinete de Inserção Profissional O GIP tem dois grandes objectivos: a integração profissional dos licenciados da FEP no mercado de trabalho e a integração dos novos alunos na Faculdade e no meio universitário em geral. Gabinete de Marketing e Comunicação O GMC tem a seu cargo o marketing e a imagem interna e externa da Faculdade, bem como as relações exteriores e a dinamização de fluxos de comunicação interna. Índice

14 GRUPOS E ASSOCIAÇÕES AEFEP FEPJunior AIESEC Consulting
Associação de Estudantes da FEP Nascida em 1964, tem desenvolvido uma actividade interventiva no domínio das questões pedagógico-científicas, na prestação de serviços aos alunos e em iniciativas culturais e desportivas. (http://www.aefep.pt) FEPJunior Consulting AIESEC Associação Internacional de Estudantes de Ciências Económicas e Empresariais É a maior associação de alunos do género no mundo, com mais de 40 mil membros activos, distribuídos por faculdades de mais de 87 países (FEP incluída). A sua missão é fomentar a cooperação entre os povos e o desenvolvimento sustentado das nações. (http://www.aiesec.pt) Formada e gerida por estudantes, o core-business desta empresa - que procura estabelecer uma interligação entre a FEP e o tecido empresarial - são os estudos de mercado e a consultoria. (http://www.fep.up.pt/fjc) Índice

15 GRUPOS E ASSOCIAÇÕES TUNAS COROS AAAFEP
Tuna Académica (TAFEP) e Tuna Feminina (TFEP) Desempenham desde 1992 um papel importante na animação da vida académica da FEP. No seu curriculum contam já com inúmeras actuações dentro e fora do País e ainda CD editados. COROS AAAFEP O eCOROmia, criado por um grupo de alunos em 1996 e tendo já participado em diversos espectáculos, assim como o mais recente Grupo Coral da FEP (formado por funcionários docentes e não docentes) são exemplos da dinâmica lúdico-cultural da Faculdade. Associação dos Antigos Alunos da FEP Constituída em 1985, esta associação tem como grande objectivo promover e engrandecer o nome e prestígio da Faculdade de Economia do Porto através da intervenção organizada dos seus antigos alunos. Índice


Carregar ppt "A missão de Faculdade de Economia do Porto é ser reconhecida como uma referência nacional e internacional no campo das ciências económicas e empresariais,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google