A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IPT 2008/09 João Rosa Lopes1 INVESTIMENTOS INTRODUÇÃO INVESTIMENTO SIGNIFICA SACRIFICAR ALGO HOJE PARA OBTER BENEFÍCIOS NO FUTURO. PREVIAMENTE À DECISÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IPT 2008/09 João Rosa Lopes1 INVESTIMENTOS INTRODUÇÃO INVESTIMENTO SIGNIFICA SACRIFICAR ALGO HOJE PARA OBTER BENEFÍCIOS NO FUTURO. PREVIAMENTE À DECISÃO."— Transcrição da apresentação:

1 IPT 2008/09 João Rosa Lopes1 INVESTIMENTOS INTRODUÇÃO INVESTIMENTO SIGNIFICA SACRIFICAR ALGO HOJE PARA OBTER BENEFÍCIOS NO FUTURO. PREVIAMENTE À DECISÃO DO INVESTIDOR DE QUAL O CONJUNTO DE ACTIVOS QUE DESEJA DETER, É FUNDAMENTAL: - Conhecer as características dos vários produtos financeiros; - Conhecer os mercados onde são transaccionados. MERCADO FINANCEIROS - FUNÇÕES; Permitem ajustar o consumo de forma a maximizar a utilidade Permitem uma melhor partilha de risco Permitem a separação entre a gestão e a propriedade

2 IPT 2008/09 João Rosa Lopes2 INVESTIMENTOS MERCADO FINANCEIROS - INTERVENIENTES PROCURA: Particulares/Famílias Choques de rendimento Tributação Atitude face ao risco OFERTA: Empresas e Estado Financiamento de projectos de investimento - Capital próprio - Capital alheio INTERMEDIÁRIOS: Instituições financeiras ENTIDADES REGULADORAS

3 IPT 2008/09 João Rosa Lopes3 INVESTIMENTOS MERCADO FINANCEIROS Como podem os mercados financeiros satisfazer os vários intervenientes? - INTERMEDIAÇÃO: Instituições financeiras Bancos/seguradoras/Fundos de Investimento Recolhem poupanças individuais que reunidas permitem oferecer fundos para financiamento das empresas Emitem activos financeiros que permitem diversificação de aplicações financeiras Emitem activos financeiros que vão ao encontro da necessidade das empresas

4 IPT 2008/09 João Rosa Lopes4 INVESTIMENTOS MERCADO FINANCEIROS Como podem os mercados financeiros satisfazer os vários intervenientes? Banca de Investimentos Consultadoria, aconselhamento, certificação - INOVAÇÃO de instrumentos plain vanilla a instrumentos exóticos securitização Instrumentos Derivados - Dando resposta à Regulamentação/tributação - Stripped securities

5 IPT 2008/09 João Rosa Lopes5 INVESTIMENTOS MERCADO FINANCEIROS TENDÊNCIAS Globalização Mercados Internacionais Gestão de activos em moeda estrangeira Diversificação alargada Novos instrumentos ADRS Securitização Desintermediação Mais oportunidades para investidores e emissores Financial Engineering

6 IPT 2008/09 João Rosa Lopes6 INVESTIMENTOS MERCADO FINANCEIROS Mercados Monetários - Mercados Capitais - Mercado de Obrigações - Mercado de Acções - Mercados de Derivados -Certificados -Opções -Futuros

7 IPT 2008/09 João Rosa Lopes7 INVESTIMENTOS MERCADO MONETÁRIO Activos Financeiros de Curto Prazo, Negociáveis, Com Baixo risco Bilhetes do Tesouro Emitente: Estado Certificados de Depósito Emitente: instituições de crédito Papel Comercial Emitente: grandes empresas

8 IPT 2008/09 João Rosa Lopes8 INVESTIMENTOS MERCADO DE CAPITAIS Mercado de Obrigações Obrigações de Divida Pública/do Tesouro Obrigações de Empresas Clássicas Convertíveis/com Warrants Com Opção de Reembolso Antecipado ou Resgate /Call/Put) Subordinadas Taxa Fixa/ Taxa Indexada Cupão Zero ---

9 IPT 2008/09 João Rosa Lopes9 INVESTIMENTOS MERCADO DE CAPITAIS Mercado de Acções Ordinárias Preferenciais - Direitos Direitos de subscrição/direitos de incorporação warrants

10 IPT 2008/09 João Rosa Lopes10 INVESTIMENTOS Emissão de Valores Mobiliários Mercado primário Oferta Pública Acções IPOS/Ofertas Públicas de Venda Subscrição Pública Oferta Privada Accionistas Investidores Institucionais

11 IPT 2008/09 João Rosa Lopes11 INVESTIMENTOS Emissão de Valores Mobiliários Mercado primário Oferta Pública Oferta Directa/Indirecta Intermediários Financeiros Serviços de assistência e colocação - Tomada Firme/Garantia de Colocação - Consórcio ou Sindicato de Assistência Ou Colocação

12 IPT 2008/09 João Rosa Lopes12 INVESTIMENTOS Transacção de Valores Mobiliários Mercado secundário Mercados regulamentados Mercados de Bolsa Ex: Portugal - Euronext Ex: EUA - NYSE - NASDAQ

13 IPT 2008/09 João Rosa Lopes13 INVESTIMENTOS Transacção de Valores Mobiliários Mercado secundário Outros Mercados Não Regulamentados Mercados sem cotações Mercado Especial de Operações Por Grosso PEX Fora de Bolsa ECN (Electronic Communication Networks) ATS (Alternative Trading Systems): plataformas electrónicas para Intermediários Financeiros

14 IPT 2008/09 João Rosa Lopes14 INVESTIMENTOS Transacção de Valores Mobiliários Mercado secundário Mercados de Leilão Ex. Euronext Mercados com Especialistas Ex. Bolsa de NY Mercados com Dealers Market Makers - ex: Bolsa de Londres/NASDAQ/EURONEXT

15 IPT 2008/09 João Rosa Lopes15 INVESTIMENTOS Transacção de Valores Mobiliários Mercado secundário Ordens de Bolsa Ex: Euronext O comprador (vendedor) transmite ao intermediário instruções (cmp/vnd; valor, mobiliário, qt, preço, validade) que por sua vez encaminha a ordem para o seu membro na Bolsa, que por sua vez, introduz a ordem no sistema O comprador pode dar a ordem directamente ao membro a negociar em Bolsa O intermediário pode introduzir directamente a ordem no sistema

16 IPT 2008/09 João Rosa Lopes16 INVESTIMENTOS Transacção de Valores Mobiliários Mercado secundário Ordens de Bolsa market Orders Limit Orders Stop Orders Fill or Kill Ordens com mínimos Ordens casadas

17 IPT 2008/09 João Rosa Lopes17 INVESTIMENTOS Transacção de Valores Mobiliários Mercado secundário Operações Com Conta Corrente (Cash) On Margin (com Conta Margem) Empréstimo de dinheiro Margens iniciais maintenance margin margin call Short Selling (Venda a descoberto) Empréstimo de valores mobiliários

18 IPT 2008/09 João Rosa Lopes18 INVESTIMENTOS Regulação CMVM Banco Portugal

19 IPT 2008/09 João Rosa Lopes19 INVESTIMENTOS Fundos de Investimento Fundos de Investimento Mobiliário Decreto-Lei n.º 486/99 de 13 de Novembro Código de Valores Mobiliários Decreto-Lei n.º 252/2003 de 17 de Outubro Regulamento da CMVM n.º 15/2003 Regime Jurídico dos Organismos de Investimento Colectivo Fundos de Investimento Imobiliário Decreto-Lei n.º 13/2005 de 7 de Janeiro Decreto-Lei n.º 252/2003 de 20 de Março Regime Jurídico dos Fundos de Investimento Imobiliário Regulamento da CMVM n.º 1/2005 Regulamento da CMVM n.º 8/2002 Fundos de Investimento imobiliário

20 IPT 2008/09 João Rosa Lopes20 INVESTIMENTOS Fundos de Investimento TIPOLOGIA Fundos Mobiliários Do Mercado Monetário/ de Tesouraria/ de Obrigações De Acções / Mistos De Fundos De Capital Garantido Flexíveis Índice Especiais de investimento Fundos Imobiliários Fundos de Titularização de Créditos Outros

21 IPT 2008/09 João Rosa Lopes21 INVESTIMENTOS Fundos de Investimento Fundos Abertos Fundos Fechados Tipos de Fundos Políticas: Crescimento/Valor/Rendimento/Maximização de Capital/Fundos de Fundos

22 IPT 2008/09 João Rosa Lopes22 INVESTIMENTOS Fundos de Investimento Custos Comissão de Subscrição Comissão de resgate Comissões nas Transacções Outras Despesas

23 IPT 2008/09 João Rosa Lopes23 INVESTIMENTOS Fundos de Investimento Exchange-traded Funds Fundos abertos indexados a índices de transacções Hedge Funds Fundos privados e fechados Objectivo: Rendibilidade Absoluta Subscrição: elevado investimento inicial Restrições ao resgate Menos restrições legais Divulgação restrita das carteiras Alavancagem

24 IPT 2008/09 João Rosa Lopes24 INVESTIMENTOS PRODUTOS DERIVADOS FUTUROS E FORWARDS OPÇÕES E WARRANTS SWAPS


Carregar ppt "IPT 2008/09 João Rosa Lopes1 INVESTIMENTOS INTRODUÇÃO INVESTIMENTO SIGNIFICA SACRIFICAR ALGO HOJE PARA OBTER BENEFÍCIOS NO FUTURO. PREVIAMENTE À DECISÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google