A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Liberdade Trabalho realizado por: Ana Silva Nº3; Cláudia Nº6. Trabalho orientado por: José António.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Liberdade Trabalho realizado por: Ana Silva Nº3; Cláudia Nº6. Trabalho orientado por: José António."— Transcrição da apresentação:

1 A Liberdade Trabalho realizado por: Ana Silva Nº3; Cláudia Nº6. Trabalho orientado por: José António.

2 E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão2 Introdução Este trabalho elaborado na escola E.B 2/3 Do Couto Mineiro de Pejão e orientado pelo professor José António, no âmbito da disciplina de Educação Moral Religiosa e católica. A liberdade foi tema de muitos poemas, filmes, esculturas, pinturas e músicas; foi dada no dia 25 de Abril de Também vamos falar um pouco de liberdade e opção pelo bem, consciência Moral, manipulação da liberdade, felicidade, prazer e dependência, Páscoa festa da libertação e amor de Deus e libertação humana.

3 A Liberdade na Arte E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão Todo o ser humano tem direito à liberdade, uns mais que outros. A liberdade permite-nos saborear outros bens, esta também foi tema de muitas esculturas, poemas, pinturas e músicas.

4 Imagens de algumas estátuas do nosso país sobre a liberdade na arte Estátua de Nova Iorque tem como significado a estátua da liberdade de Nova Iorque. E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão

5 Continuação Esta estátua foi criada por António Soares Reis. Fê- la para exprimir a angústia do ser humano tinha antigamente por ter uma liberdade negada. E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão

6 Liberdade e opção pelo bem (responsabilidade) A liberdade é distinguir entre o bem e o mal tentar a aventura radical de ser livre. Há algumas opções fundadas na ausência de informação: - o individualismo que consiste em tomar decisões sem ter consideração as consequências da vida dos outros; - o anarquismo consiste em recusar todas as regras do individuo; - a ignorância faz tomar muitas vezes decisões que são erradas porque não se conhece a realidade que está implicada.

7 Gráfico da liberdade e opção pelo bem E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão Eu Situação concreta AcçãoDecisão Discernimento Critérios de decisão Consequências valores Consciência Bem Liberdade

8 Consciência moral A palavra consciência é empregue numa relação directa com o sujeito implicado, reforçando a ideia de que este decide e actua segundo um determinado grau de conhecimento. A consciência moral permite à pessoa julgar a situações e decidir, optando pelo que está bem e rejeitando o que está mal. Julgar, decidir e actuar implicam a liberdade, entendida como possibilidade de escolha. Consciência e liberdade estão intimamente relacionadas; sem consciência não há liberdade.

9 Manipulação da liberdade A manipulação consiste em privar alguém da sua liberdade, usando estratégias que escondem a verdade, a fim de conduzir a pessoa a assumir uma opinião ou adoptar um comportamento desejado pelo manipulador. Manipular é construir no outro uma imagem não verdadeira do real, com aparência de autenticidade. As acções manipulatórias são violentas porque privam de liberdade de quem lhes é submetido. Para que funcione, contudo, é necessário que as estratégias de manipulação estejam mascaradas, de forma a iludir os destinatários.

10 Continuação Não se deve fazer Deve-se fazer E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão

11 Felicidade, prazer e dependência Há jovens que, na ânsia de serem livres, se lançam numa desenfreada procura de toda a espécie de prazeres, porque, dizem, só assim se sentem felizes. Há jovens que pensam que a sua felicidade é andar alcoolizados e fumar. O tabaco faz com que diminua a capacidade de memorização e provoca o cancro dos pulmões e para quem sofra da asma pode dificultar muito a vida dessa pessoa. O álcool provoca causa níveis de atitudes, comportamentos, reflexos, atenção, capacidade de recolha de informação e velocidade no tratamento da mesma.

12 Páscoa, festa da libertação A palavra Páscoa significa Passagem. Para os judeus, a Páscoa é a festa que celebra a passagem da escravidão a que estavam sujeitos no Egipto à liberdade e autodeterminação conquistadas, através do poder de Deus e da actuação de Moisés. Para os cristãos é a celebração da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Do ponto de vista pessoal, é a passagem efectuada por cada crente (piedoso) em direcção a uma vida. A palavra implica sempre a noção de liberdade.

13 Algumas imagens E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão

14 Amor de Deus e libertação humana Rembrandt Van rijn é um dos mais notáveis pintores da história da arte Europeia. No quadro, que está patente no Museu Ermitage, em São Petersburgo (Rússia), o centro dramático, onde a luz incide, é o contacto entre o pai e o filho que acabou de chegar. A cabeça do filho encostada ao peito do pai e a sua posição de sujeição -perante a contenção das duas personagens- testemunhas, que aguardam, expectantes – manifestam com eloquência (expressividade) a atitude humilde do filho perdido no momento do retorno a casa. É de notar a figura do filho: andrajoso, meio descalço, abatido, humilhado, arrependido e surpreso pelo acolhimento paternal.

15 Continuação Mas é, sobretudo, de evidenciar o amor compassivo de Deus, expresso pormenor desta figura do pai. Cada pormenor desta figura - a expressão do rosto, a posição das mãos, a roupa- manifesta os traços essenciais da relação de Deus com a humanidade. É de salientar a forma diferenciada como estão representadas as suas mãos: a esquerda, forte e musculada, revela um Deus que acaricia, anima e reconforta. A mão feminina de Deus está em paralelo com o pé descalço, potenciando a última réstia de dignidade do filho e o seu desejo de progressão.

16 E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão Conclusão Nós neste trabalho concluímos que nem todos pensam da mesma maneira sobre a liberdade e felicidade. Concluímos também que a palavra Páscoa provém da palavra Passagem e liberdade.Nós neste trabalho concluímos que nem todos pensam da mesma maneira sobre a liberdade e felicidade. Concluímos também que a palavra Páscoa provém da palavra Passagem e liberdade. Nós mostramos muito empenho e dedicação e esperamos que o trabalho tenha sido ao agrado de todos.Nós mostramos muito empenho e dedicação e esperamos que o trabalho tenha sido ao agrado de todos.

17 E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão Bibliografia Manual da disciplina Educação Moral Religiosa e Católica.Manual da disciplina Educação Moral Religiosa e Católica. pt&biw=1348&bih=570&tbm=isch&sa=1&q=amor+e+liberta%C3%A7%C3%A3o+ humana&aq=f&aqi=&aql=&oq=www.google.pt/images?um=1&hl=pt- pt&biw=1348&bih=570&tbm=isch&sa=1&q=amor+e+liberta%C3%A7%C3%A3o+ humana&aq=f&aqi=&aql=&oq=www.google.pt/images?um=1&hl=pt- pt&biw=1348&bih=570&tbm=isch&sa=1&q=amor+e+liberta%C3%A7%C3%A3o+ humana&aq=f&aqi=&aql=&oqwww.google.pt/images?um=1&hl=pt- pt&biw=1348&bih=570&tbm=isch&sa=1&q=amor+e+liberta%C3%A7%C3%A3o+ humana&aq=f&aqi=&aql=&oq pt&q=pascoa%20festa%20da%20liberta%C3%A7ao&um=1&ie=UTF- 8&source=og&sa=N&tab=wi&biw=1348&bih=570http://www.google.pt/images?hl=pt- pt&q=pascoa%20festa%20da%20liberta%C3%A7ao&um=1&ie=UTF- 8&source=og&sa=N&tab=wi&biw=1348&bih=570

18 E.B 2/3 do Couto Mineiro de Pejão Trabalho realizado por: Ana Silva Nº3 8ºA;Ana Silva Nº3 8ºA;Cláudia Marisa Nº6 8ºA.


Carregar ppt "A Liberdade Trabalho realizado por: Ana Silva Nº3; Cláudia Nº6. Trabalho orientado por: José António."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google