A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

©2003 Southwestern Publishing Company 1 Estratégia Internacional Michael A. Hitt R. Duane Ireland Robert E. Hoskisson Capítulo 8.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "©2003 Southwestern Publishing Company 1 Estratégia Internacional Michael A. Hitt R. Duane Ireland Robert E. Hoskisson Capítulo 8."— Transcrição da apresentação:

1 ©2003 Southwestern Publishing Company 1 Estratégia Internacional Michael A. Hitt R. Duane Ireland Robert E. Hoskisson Capítulo 8

2 2 Strategy Implementation Chapter 11 Chapter 11 Organizational Structure and Structure and Controls Chapter 10 Chapter 10 Corporate Governance Chapter 12 Chapter 12 Strategic Leadership Fromulação Estratégica Strategic Competitiveness Above-Average Returns Desígnio e Desígnio e Missão Estratégica Missão Estratégica Capítulo 2 Capítulo 2 O Contexto O Contexto Externo Capítulo 3 Capítulo 3 O Contexto O Contexto Interno O Processo de Gestão Estratégica Feedback Inputs Estratégicos Acções Estratégicas Chapter 13 Chapter 13 Strategic Entrepreneurship Strategic Outcomes Capítulo 6 Capítulo 6 Estratégia Global Capítulo 5 Capítulo 5 Rivalidade e Rivalidade e Dinâmica Competitiva Capítulo 8 Capítulo 8 Estratégia Internacional Capítulo 4 Capítulo 4 Estratégia de Estratégia de Negócio Capítulo 7 Capítulo 7 Estratégias de Estratégias de Aquisição e Aquisição e Restruturação

3 3 ExportaçãoLicensing Alianças Estratégicas Aquisições Nova subsidiária Estratégia de negócio internacional Estratégia multidoméstica Estratégia global Estratégia transnacional Oportunidades e Resultados da Estratégia Internacional Maior dimensão do mercado Retorno do investimento Economias de escala e aprendizagem Vantagens na localização Identificar Oportunidades Internacionais Explorar Recursos e Capacidades Usar as Competências Nucleares Estratégias Internacionais Modos de entrada

4 4 Melhor desempenho Inovacão Oportunidades e Resultados da Estratégia Internacional: (cont.) ExportaçãoLicensing Alianças Estratégicas Aquisições Nova subsidiária Usar as Competências Nucleares Modos de entrada Gestão de problemas e do risco Gestão de problemas e do risco Resultados da Competitividade

5 5 Ciclo de Vida da Estratégia Internacional 5 A produção começa a ser padronizada e a empresa deslocaliza-se para países de custos mais baixos 2 Estimula a procura do produto e começa a exportar 1 A empresa introduz a inovação no mercado interno 3 Os concorrentes estrangeiros começam a produzir 4 A empresa inicia a produção no exterior Venda de produtos ou serviços fora do mercado doméstico

6 6 Motivações para a Expansão Internacional Maior Quota de Mercado Maior Quota de Mercado –O mercado doméstico pode não ter a dimensão necessária para suportar um nível de eficiência elevado, suportado em economias de escala Retorno do Investimento Retorno do Investimento –Os grandes projectos de investimento podem precisar de mercados mais alargados (globais) para se tornarem viáveis –Uma fraca protecção de patentes nalguns países pode fazer com que as empresas se expandam rapidamente para o exterior com o intuito de se anteciparem aos imitadores

7 7 Motivações para a Expansão Internacional (cont.) Economias de Escala ou de Aprendizagem Economias de Escala ou de Aprendizagem –Aumentar a dimensão ou os mercados-alvo favorece a obtenção de economias de escala - na produção, no marketing, na I&D ou na distribuição –Distribuir os custos por um maior volume de vendas –Melhorar o lucro por unidade vendida Vantagens da Deslocalização Vantagens da Deslocalização –Mercados de custos baixos podem favorecer o desenvolvimento de vantagens competitivas –Podem permitir um melhor acesso a: Matérias primasMatérias primas Menores custos de mão de obraMenores custos de mão de obra Bons clientesBons clientes Energia mais barataEnergia mais barata

8 8 Estratégia Internacional Corporate: Determinantes de Vantagem Nacional Factores de Produção Indústrias Relacionadas e de suporte Condições da Procura Estratégia, Estrutura e Rivalidadeempresarial

9 9 Estratégia Internacional Corporate: Determinantes de Vantagem Nacional Factores de produção: os inputs necessários para competir em qualquer indústria Factores de produção: os inputs necessários para competir em qualquer indústria –Mão de obra –Terra –Recursos naturais –Capital –Infra-estruturas –Recursos humanos –Factores avançados como comunicação digital e força de trabalho especializada

10 10 Estratégia Internacional Corporate: Determinantes de Vantagem Nacional Condições da procura: caracterizada pela natureza e expressão quantitativa da necessidade que os compradores têm dos bens/serviços da indústria: Condições da procura: caracterizada pela natureza e expressão quantitativa da necessidade que os compradores têm dos bens/serviços da indústria: –A dimensão dum segmento de mercado pode produzir a procura necessária para justificar a oferta numa escala eficiente –A eficiência pode levar ao dominio da indústria noutros países –A procura especializada pode criar oportunidades para além das fronteiras nacionais

11 11 Estratégia Internacional Corporate: Determinantes de Vantagem Nacional Indústrias relacionadas e de suporte: serviços de suporte, instalações, fornecedores… Indústrias relacionadas e de suporte: serviços de suporte, instalações, fornecedores… –Suporte no design –Suporte na distribuição –Indústrias relacionadas: fornecedoras e clientes

12 12 Estratégia Internacional Corporate: Determinantes de Vantagem Nacional Estratégia, estrutura e rivalidade empresarial: o padrão de estratégia, estrutura e rivalidade entre empresas varia consoante: Estratégia, estrutura e rivalidade empresarial: o padrão de estratégia, estrutura e rivalidade entre empresas varia consoante: –Formação técnica –Metodologias para a melhoria dos produtos e dos processos –Sistemas competitivos e cooperativos

13 13 Estratégia Internacional Corporate: Necessidade de resposta local Necessidade de integração global Baixa Alta BaixaAlta EstratégiaGlobal EstratégiaTransnacional EstratégiaMulti-doméstica

14 14 Estratégia Internacional Corporate: O tipo de estratégia global escolhida terá um impacto na selecção e implementação das estratégias de negócio O tipo de estratégia global escolhida terá um impacto na selecção e implementação das estratégias de negócio Algumas estratégias globais deixam alguma liberdade às suas subsidiárias nacionais para escolher as suas próprias estratégias Algumas estratégias globais deixam alguma liberdade às suas subsidiárias nacionais para escolher as suas próprias estratégias Outras estratégias globais determinam as estratégias de negócio das suas subsidiárias, coordenando e partilhando os recursos entre unidades de negócio Outras estratégias globais determinam as estratégias de negócio das suas subsidiárias, coordenando e partilhando os recursos entre unidades de negócio

15 15 EstratégiaMulti-doméstica Estratégia Internacional Corporate: Estratégia Multi-doméstica As decisões estratégicas e operacionais são descentralizadas para as unidades de negócios em cada um dos paísesAs decisões estratégicas e operacionais são descentralizadas para as unidades de negócios em cada um dos países Os produtos/serviços são adaptados aos mercados locaisOs produtos/serviços são adaptados aos mercados locais As unidades de negócio de cada um dos países são independentes entre siAs unidades de negócio de cada um dos países são independentes entre si Considera-se que os mercados são diferentes por países ou por regiõesConsidera-se que os mercados são diferentes por países ou por regiões A atenção concentra-se na concorrência em cada um dos mercados/paísesA atenção concentra-se na concorrência em cada um dos mercados/países

16 16 Estratégia Internacional Corporate: Estratégia Global EstratégiaGlobal Os produtos são padronizados nos vários mercados nacionaisOs produtos são padronizados nos vários mercados nacionais As decisões ao nível das estratégias de negócio são centralizadas na casa-mãeAs decisões ao nível das estratégias de negócio são centralizadas na casa-mãe As unidades estratégicas de negócio são assumidamente inter-dependentesAs unidades estratégicas de negócio são assumidamente inter-dependentes Enfatiza economias de escalaEnfatiza economias de escala Faltam por vezes respostas às necessidades dos mercados locaisFaltam por vezes respostas às necessidades dos mercados locais Exige uma partilha de recursos e a coordenação entre os vários países (o que torna ainda mais dificil a gestão)Exige uma partilha de recursos e a coordenação entre os vários países (o que torna ainda mais dificil a gestão)

17 17 EstratégiaTransnacional Estratégia Internacional Corporate: Estratégia Transnacional Procura obter tanto uma eficiência global como uma resposta ao mercado localProcura obter tanto uma eficiência global como uma resposta ao mercado local É difícil de atingir devido à simultaneidade das exigências de:É difícil de atingir devido à simultaneidade das exigências de: Forte controlo e coordenação centrais (para alcançar mais eficiência) Forte controlo e coordenação centrais (para alcançar mais eficiência) Descentralização para conseguir responder ao mercado local Descentralização para conseguir responder ao mercado local Deve procurar a aprendizagem organizacional para conseguir obter vantagem competitivaDeve procurar a aprendizagem organizacional para conseguir obter vantagem competitiva

18 18 Tipo de entrada Características Exportação Custo elevado, pouco controlo Licenciamento Baixo custo, baixo risco, baixo controlo, baixo retorno Alianças estratégicas Custos, recursos e riscos partilhados; problemas de integração Aquisição Rápido acesso a novos mercados, custo elevado, negociações complexas, problemas de fusão com operações domésticas Nova subsidiária Complexa, geralmente cara, consumidora de tempo, risco elevado, controlo máximo, retornos potenciais acima da média Entrada no Mercado Global: Escolha do modo de entrada

19 19 Resultados da Competição Internacional: Receitas Diversificação internacional e receitas : as empresas que expandem as vendas dos seus produtos/serviços para regiões e países de diferentes áreas geográficas e mercados: Diversificação internacional e receitas : as empresas que expandem as vendas dos seus produtos/serviços para regiões e países de diferentes áreas geográficas e mercados: –Vêem as receitas aumentadas –Obtêm habitualmente lucros mais elevados –Podem alcançar economias de escala e de experiência, vantagens de localização, maior dimensão de mercado e a oportunidade para estabilizar resultados financeiros

20 20 Resultados da Competição Internacional: Inovação Diversificação internacional e inovação: nas empresas que expandem as vendas dos seus produtos/serviços para regiões e países de diferentes áreas geográficas e mercados verifica- se que: Diversificação internacional e inovação: nas empresas que expandem as vendas dos seus produtos/serviços para regiões e países de diferentes áreas geográficas e mercados verifica- se que: –Os maiores retornos potenciais dos investimentos são fruto de inovações –Geram recursos adicionais para investir em inovação –As empresas ficam expostas a novos produtos e processos, permitindo a integração desse conhecimento nas suas relações e inovações

21 21 Riscos dum Ambiente Internacional Riscos Económicos Os riscos políticos podem ser de vária ordem: Instabilidade nos governos locais Instabilidade nos governos locais Guerra civil ou internacional Guerra civil ou internacional Terrorismo Terrorismo Possível nacionalização de empresas Possível nacionalização de empresas Riscos Políticos

22 22 Riscos dum Ambiente Internacional Riscos Económicos Os riscos económicos são interdependentes dos riscos políticos e podem ser diversos: Diferenças e flutuações no valor das diferentes moedasDiferenças e flutuações no valor das diferentes moedas Diferenças nos custos de mão de obraDiferenças nos custos de mão de obra Dificuldades em fazer valer os direitos de propriedadeDificuldades em fazer valer os direitos de propriedade DesempregoDesemprego Riscos Políticos

23 23 Limites à Expansão Internacional: Problemas de Gestão Custos de coordenação resultantes da dispersão geográfica das subsidiárias Custos de coordenação resultantes da dispersão geográfica das subsidiárias Barreiras culturais e Institucionais Barreiras culturais e Institucionais Percepção do desígnio estratégico dos concorrentes Percepção do desígnio estratégico dos concorrentes A complexidade competitiva geral A complexidade competitiva geral


Carregar ppt "©2003 Southwestern Publishing Company 1 Estratégia Internacional Michael A. Hitt R. Duane Ireland Robert E. Hoskisson Capítulo 8."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google