A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPÍTULO 3 INOVAÇÃO E GESTÃO NA EMPRESA. 3.1. A EMPRESA COMO ESPAÇO DE PROCESSAMENTO DE SABERES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPÍTULO 3 INOVAÇÃO E GESTÃO NA EMPRESA. 3.1. A EMPRESA COMO ESPAÇO DE PROCESSAMENTO DE SABERES."— Transcrição da apresentação:

1 CAPÍTULO 3 INOVAÇÃO E GESTÃO NA EMPRESA

2

3

4

5

6 3.1. A EMPRESA COMO ESPAÇO DE PROCESSAMENTO DE SABERES

7

8 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DA ACTIVIDADE INOVADORA DAS EMPRESAS 1.COLABORAÇÃO E INTERACÇÃO ENTRE DIFERENTES GRUPOS FUNCIONAIS E PROFISSIONAIS 2.INCERTEZA 3.CARÁCTER CUMULATIVO 4.DIFERENCIAÇÃO DOS CAMPOS TECNOLÓGICOS Fonte: Pavitt (1989)

9 CARATERÍSTICAS DAS ACTIVIDADES INOVADORAS THE INTEGRAL NATURE OF INNOVATION WORK THE SITUATED NATURE OF INNOVATIVE PROBLEM SETTING AND SOLVING THE EMERGENT NATURE OF STANDARDS THAT GUIDE THE WORK Fonte: Dougherty (2001)

10

11 3.2. BASE TECNOLÓGICA E COMPETÊNCIAS

12

13 BASE TECNOLÓGICA (ADLER& SCHENHAR) ELEMENTOS TANGÍVEIS ELEMENTOS INTANGÍVEIS INDIVÍDUOS E EQUIPAS ACTIVOS TECNOLÓGICOS ACTIVOS ORGANIZACIONAIS ACTIVOS EXTERNOS PROJECTOS

14 Fonte: Leonard-Barton (1995)

15 Competências da Empresa Competências Relacionais Competências Organizacionais Cultura e Características da Gestão Cap. de Concepção e Desen. do Produto e de engenharia Certificação e Qualidade Capacidade de Produção Fonte: Simões (2002) Figura 6.1: Uma visão simplificada das competências da empresa

16

17 Fonte: Prahalad e Ramaswami (2003)

18 3.3. RELACIONAMENTOS EXTERNOS

19

20

21

22

23 Legenda: F - fornecedores; R - rivais (concorrentes); C - clientes; U - Universidades; L - licenciadores; TT - organismo de transferência de tecnologia; CT - centro tecnológico; IC - centro de investigação. As linhas cheias e tracejadas indicam a intensidade das relações Amplitude das Redes de Relacionamento Externo Fonte: Simões (1997)

24 3.4. FORMAS DE APROPRIAÇÃO DOS AVANÇOS TECNOLÓGICOS

25

26

27

28

29 Fonte: Teece (1986)

30 Fonte: Teece (1988)

31

32 VALORIZAÇÃO COMERCIAL PRODUTOS SERVIÇOS TECNOLOGIAS CRESCENTE SEPARAÇÃO ENTRE CONCEPÇÃO E FABRICO O PAPEL DOS D.P.I. ALIANÇAS E ESPECIALIZAÇÃO O DESENVOLVIMENTO DO MERCADO DA TECNOLOGIA

33 Fonte: Simões (2002)

34 3.5. PARADOXOS NA GESTÃO DA INOVAÇÃO

35 PARADOXOS NA GESTÃO DA INOVAÇÃO oEXPLOITING VERSUS EXPLORING oORTODOXIA VERSUS HETERODOXIA oESPECIALISTAS VERSUS GENERALISTAS oGERAÇÃO INTERNA VERSUS AQUISIÇÃO DE CONHECIMENTOS NO EXTERIOR

36 A CRIAÇÃO DE VALOR NA EMPRESA

37 Fonte: Sutton (2001)

38

39 3.6. ATITUDES E PERCEPÇÕES DA INOVAÇÃO NAS EMPRESAS PORTUGUESAS

40 ASPECTOS GENÉRICOS oCrescente reconhecimento da importância dos factores organizacionais oAs principais barreiras à inovação não decorrem tanto da falta de capacidade tecnológica, mas sobretudo de limitações nos planos da capacidade empresarial, da gestão comercial e da aprendizagem oA lógica da competência produtiva prevalece sobre a do conhecimento dos mercados oAs empresas aprendem sobretudo com outras empresas Fonte: Simões (1997)

41 CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA E ATITUDES FACE À INOVAÇÃO oAs características da gestão e os modelos de propriedade-gestão são mais relevantes que a dimensão, enquanto factores estimulantres de comportamentos inovadores; oO background, empenhamento e visão dos empresários são determinantes fundamentais das atitudes activas face à inovação oAs empresas criadas mais recentemente parecem manifestar uma propensão mais forte à inovação oA capacidade de articulação externa da empresa, em termos quer de capital quer de estabelecimento de parcerias com clientes exigentes, configura-se como um elemento relevante para induzir atitudes inovadoras oA orientação exportadora não determina, por si só, um posicionamento mais activo face à inovação oA passagem de estruturas de gestão centralizadas no proprietário a estruturas funcionais facilita o desenvolvimento de atitudes mais propícias à inovação Fonte: Simões (1997)

42 Quadro 3.1. – Atitude Face à Inovação e Articulação Externa das Empresas

43 Fonte: Simões (1997)

44


Carregar ppt "CAPÍTULO 3 INOVAÇÃO E GESTÃO NA EMPRESA. 3.1. A EMPRESA COMO ESPAÇO DE PROCESSAMENTO DE SABERES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google