A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Biodiversidade Marinha dos Açores – Ponto de encontro de várias faunas João Pedro Barreiros Comemorações do Dia Nacional do Mar Centro Multimédia da Escola.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Biodiversidade Marinha dos Açores – Ponto de encontro de várias faunas João Pedro Barreiros Comemorações do Dia Nacional do Mar Centro Multimédia da Escola."— Transcrição da apresentação:

1

2 Biodiversidade Marinha dos Açores – Ponto de encontro de várias faunas João Pedro Barreiros Comemorações do Dia Nacional do Mar Centro Multimédia da Escola Básica Integrada de S. Roque do Pico 16 de Novembro de 2007

3 Na ZEE dos Açores estão referidas 416 espécies de peixes ósseos e 46 de cartilagíneos (10%). Para além destas existem mais 40 espécies de peixes ósseos, 8 tubarões e 6 raias cuja presença nas nossas águas é duvidosa ou ocasional.

4 Anthipathes wollostoni

5 Pelagia noctiluca Physalia physalis

6 Telmatactis forskali

7 Argonauta argo

8 Sabella spallanzanii Hermodice carunculata

9 Panulirus elephas Scilarides latus Patella candei

10 Mola mola Bodianus scrofa Hippocampus ramulosus

11 Synodus saurus Thunnus albacares Chromis limbata em Arbacia lixula Mycteroperca fusca

12 Gymnothorax unicolor e Anthias anthias Himantholophus groenlandicus Mullus surmuletus e Sphoeroides marmoratus

13 Anthias anthias Sphyraena viridensis Bothus podas maderensis Coryphaena hippurus

14 Helicolenus dactylopterus dactylopterus Pontinus kuhlii Scorpaena scrofa Aphanopus carbo Pagellus bogaraveo Pagrus pagrus Phycis phycis

15 A pescaria de espadartes com long-line acarreta um bycatch de tintureiras correspondente a cerca de 80% Xiphias gladius Prionace glauca

16 Galeorhinus galeus Sphyrna zygaena

17 O atum vermelho (rabilo) é uma das espécies mais vulneráveis do Mundo. O efectivo reprodutor do Atlântico NE é inferior a indivíduos. Thunnus thynnus thynnus

18 Globicephala melas

19 Megaptera novaeangliae Balaenoptera musculus

20 Kogia breviceps Phocoena phocoena

21 Delphinus delphis

22 O peixe-relógio (Hoplostethus mediterraneus) tem uma longevidade superior a 130 anos. A idade da primeira maturação ronda os 30 anos.

23 Legislação desadequada, ineficaz e irresponsável. Proibida a captura apenas na caça submarina. Não prevê tamanhos mínimos. Não prevê época de defeso Legislação prevê época de defeso numa espécie com reprodução terminal Epinephelus marginatus Octopus vulgaris

24 Carcharodon carcharias Rhincodon typus Epinephelus itajara

25

26 Créditos Fotos: -J.P. Barreiros -imagDOP Ilustrações: -L. Galagher -J.P. Barreiros -www.horta.uac.pt/scubazoreswww.horta.uac.pt/scubazores -www.horta.uac.pt/specieswww.horta.uac.pt/species


Carregar ppt "Biodiversidade Marinha dos Açores – Ponto de encontro de várias faunas João Pedro Barreiros Comemorações do Dia Nacional do Mar Centro Multimédia da Escola."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google