A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério da Educação Aplicação da CAF na Secretaria Geral Paula Ochôa Lisboa, Março 2004.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério da Educação Aplicação da CAF na Secretaria Geral Paula Ochôa Lisboa, Março 2004."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério da Educação Aplicação da CAF na Secretaria Geral Paula Ochôa Lisboa, Março 2004

2 Gestão da Qualidade2 Aplicação da CAF : O FOCO ESTRATÉGICO VISÃO Onde é que queremos estar? VALORES Como é que queremos fazer as coisas? MISSÃO Qual é a nossa área de actuação? Quem são os nossos clientes? FINS O que vamos fazer? Auto-Avaliação CAF OBJECTIVOS Para onde vamos? ESTRATÉGIAS Como é que o vamos fazer?

3 Gestão da Qualidade3 Aplicação da CAF : O FOCO ESTRATÉGICO VISÃO Onde é que queremos estar? VALORES Como é que queremos fazer as coisas? MISSÃO Quem são os nossos clientes ? FINS Porque é que estamos aqui? O que vamos fazer? 3 Momentos OBJECTIVOS Para onde vamos? ESTRATÉGIAS Como é que o vamos fazer? Centro de Documentação 2002 Secretaria Geral 2003 Secretaria Geral

4 Gestão da Qualidade4 Papel da Liderança zArticular a visão zLiderar fazendo, mais do que dizendo zEstimular a cooperação interna zCriar expectativas zEstimular o desenvolvimento da confiança e justiça na organização: reconhecimento intelectual e emocional

5 Gestão da Qualidade5 Áreas de actuação da liderança Gestão participativa Trabalho de equipa Gestão de projectos Benchmarking Auto- avaliação do desempenho Formação Desenvolvimento de competências Aprendizagem organizacional Partilha de conhecimento Cidadania organizacional Cultura organizacional Clima organizacional Informação / Comunicação Comportamento organizacional ESTIMULAR DESENVOLVER RENOVAR

6 Gestão da Qualidade6 A estratégia 1 objectivo: a melhoria contínua 3 princípios: ênfase no cidadão- cliente, melhoria dos processos e envolvimento 6 elementos de apoio: liderança, aprendizagem e formação, uma estrutura de apoio, comunicação interna, reconhecimento e medição do desempenho

7 Gestão da Qualidade7 A Auto-avaliação zVisa a melhoria do desempenho a qualquer nível da organização e a sua integração deve ser feita no planeamento e assumir destaque na fase de controlo e revisão zTrata-se de um exame, completo, sistemático e regular das actividades e dos resultados de uma organização, permitindo a identificação dos pontos fortes, das áreas a melhorar, das acções planificadas e das etapas de controlo.

8 Gestão da Qualidade8 O CICLO DE GESTÃO «PDCA» (E. Deming) PLANEAR: definir os fins/ objectivos e estabelecer um plano de acção para os alcançar EXECUTAR: executar as tarefas conforme o plano CONTROLAR: medir e comparar os resultados com os objectivos fixados e identificar e avaliar desvios AGIR/CORRIGIR: adoptar as acções adequadas p/ corrigir desvios/erros detectados ou p/ evitar problemas no futuro

9 Gestão da Qualidade9 MODELO DE GESTÃO DA QUALIDADE Liderança Gestão de Processos e da Mudança Resultados - Chave do Desempenho Política e Estratégia Parcerias externas e Recursos Resultados- Pessoas (Funcionários) Resultados Orientados Cliente/Cidadão Impacte na Sociedade MeiosResultados Gestão Rec. Humanos 1ª etapa - Informação

10 Gestão da Qualidade10 CAF: Metodologias de aplicação zSessões de trabalho temáticas zjornadas de informação zSessões abertas de auto-avaliação zCírculos de aprendizagem zSessões de benchmarking

11 Gestão da Qualidade11 MODELO DE GESTÃO DA QUALIDADE Liderança Gestão de Processos e da Mudança Resultados - Chave do Desempenho Política e Estratégia Parcerias externas e Recursos Resultados- Pessoas (Funcionários) Resultados Orientados Cliente/Cidadão Impacte na Sociedade MeiosResultados Gestão Rec. Humanos 2ª etapa - Sensibilização/envolvimento

12 Gestão da Qualidade12 Fases de desenvolvimento zConstituição da equipa da Qualidade zDivulgação Geral da CAF/Acções de Sensibilização zDiagnóstico da organização zDefinição de objectivos de melhoria zRevisão das estratégias de actuação

13 Gestão da Qualidade13 Uma experiência em marcha Secretaria-Geral SG Conhecimento Tácito Conhecimento Transformado Conhecimento Transmitido Conhecimento Explícito Na fase de planeamento Constituição da Equipa da Qualidade Seminário de Caparide (2/4//03) Jornadas de Informação e Envolvimento para dirigentes (6 e 7/05/03) para colaboradores-pivot (8 e 9/05/03) para colaboradores-interessados (22 e 23/05/03)

14 Gestão da Qualidade14 SG Conhecimento Tácito Conhecimento Transformado Conhecimento Transmitido Conhecimento Explícito Na fase de planeamento Modelos conceptuais Análise SWOT Análise TOWS Modelo EFQM (listas de auto- avaliação do SMA) CAF- Estrutura Comum de Avaliação Uma experiência em marcha Secretaria-Geral

15 Gestão da Qualidade15 Uma experiência em marcha Secretaria-Geral SG Conhecimento transformado Conhecimento Transmitido Conhecimento Explícito Na fase de implementação Análise,reflexão e diálogo 4 Jornadas de Informação e Envolvimento dinamizadas pelos Secretários-Gerais Adjuntos ( 145 colaboradores) Questionário de avaliação da satisfação dos colaboradores (29/05) Auto-avaliação com os gestores de topo (23 a 27/06) Questionário de avaliação da satisfação dos clientes internos e externos Conhecimento Tácito

16 Gestão da Qualidade16 SG Conhecimento Tácito Conhecimento Transformado Conhecimento Transmitido Conhecimento Explícito Nos cenários prospectivos Promover o desempenho de qualidade nos serviços do Ministério da Educação Desenvolver comunidades de práticas e interesses com outras organizações Uma experiência em marcha Secretaria-Geral

17 Gestão da Qualidade17 Fase de desenvolvmento Perguntas essenciais zPodemos mudar alguma coisa? zQuais são os alvos de mudança? zQuais os objectivos prioritários? zComo desenvolver as nossas competências? zQual o estado de espírito da nossa equipa? Que fazer para a melhorar?

18 Gestão da Qualidade18 zO que procuram os cidadãos/clientes? zQuais os seus critérios para um desempenho aceitável? zQuais os critérios para uma satisfação excepcional? Fase de desenvolvimento Perguntas essenciais

19 Gestão da Qualidade19 Itinerário de Aprendizagem da CAF SG Conhecimento Tácito Construtor do seu conhecimento Conhecimento Codificado Conhecimen- to Trans- formado Conhecimento Transmitido ReflexivoTreinador Catalisador Feedback Reflexão Apoio Auto-avaliação

20 Gestão da Qualidade20 O modelo de envolvimento progressivo com a CAF Leitura / Reflexão Acção / Discussão Argumentação / Defesa Apresentação / Ensino Ao vivo / Simulado

21 Gestão da Qualidade21 A curva da aprendizagem da CAF Desconhecimento Confusão Curiosidade Experimentação Descoberta e Interiorização Prática e feedback Competência

22 Gestão da Qualidade22 O que aprendemos zA utilizar um modelo de análise organizacional zA aplicar de forma contínua e sistemática exercícios de auto-avaliação z A desenvolver uma cultura de serviço público orientado para o cidadão zA desenvolver a gestão estratégica baseada na qualificação e responsabilização das pessoas

23 Gestão da Qualidade23 = Aplicação da CAF com sucesso LIDERANÇA VISÃO CLARA E PARTILHADA CAPACIDADE PARA A MUDANÇA PRIMEIROS PASSOS CONCRETIZÁVEIS + + +

24 Gestão da Qualidade24 Aplicação da CAF = cauda das prioridades VISÃO CLARA E PARTILHADA CAPACIDADE PARA A MUDANÇA PRIMEIROS PASSOS CONCRETIZÁVEIS

25 Gestão da Qualidade25 Aplicação da CAF = início rápido que fracassa LIDERANÇA CAPACIDADE PARA A MUDANÇA PRIMEIROS PASSOS CONCRETIZÁVEIS

26 Gestão da Qualidade26 APLICAÇÃO DA CAF = ansiedade e frustração LIDERANÇA VISÃO CLARA E PARTILHADA PRIMEIROS PASSOS CONCRETIZÁVEIS

27 Gestão da Qualidade27 Aplicação da CAF = esforços desordenados e partidas em falso LIDERANÇA VISÃO CLARA E PARTILHADA CAPACIDADE PARA A MUDANÇA

28 Gestão da Qualidade28 Rumo a uma cultura da qualidade O que se passa na nossa organização não é algo feito para nós, é algo feito por nós.

29 Gestão da Qualidade29 RUMO A UMA CULTURA DA QUALIDADE zÁreas funcionais / departamentos tratados como clientes internos zRotatividade de funções = experiência zReuniões frequentes zEstilo de decisões consensual zPartilha de informações / estratégias de resolução de problemas com outras organizações

30 Gestão da Qualidade30 O futuro SIAD Ministério da Educação EFQM CAF

31 Gestão da Qualidade31 O futuro Missão e estratégia de uma organização Conjunto de medidas de desempenho Sistema de medição e gestão estratégica

32 Gestão da Qualidade32 Sistema de Gestão Estratégica Clarificar e Traduzir a Visão & Estratégia Feedback e Aprendizagem Estratégica Planear e Estabelecer Alvos Comunicar e Associar Balanced Scorecard

33 Gestão da Qualidade33 A CAF como uma oportunidade de mudança zQualidade é o extremo prazer de estar sempre a aprender. zAlvin Tofler z Fazer o futuro é arriscado. É menos arriscado, no entanto, do que tentar não o fazer. z Peter Drucker


Carregar ppt "Ministério da Educação Aplicação da CAF na Secretaria Geral Paula Ochôa Lisboa, Março 2004."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google