A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SOCIO-ECONÔMICO E CULTURAL Social Econômico Cultural Tipo Atividade Econômico Serviços Turismo Extrativismo Ligados a atividade aquática Pesca Hotelaria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SOCIO-ECONÔMICO E CULTURAL Social Econômico Cultural Tipo Atividade Econômico Serviços Turismo Extrativismo Ligados a atividade aquática Pesca Hotelaria."— Transcrição da apresentação:

1 SOCIO-ECONÔMICO E CULTURAL Social Econômico Cultural Tipo Atividade Econômico Serviços Turismo Extrativismo Ligados a atividade aquática Pesca Hotelaria Balneário Pier Rampas para barcos Subsistência Exploração comercial Pesca Mineral (areia) Recursos Natural Pesca Aspectos Históricos Sítios Arqueológicos Patrimônio histórico Folclore Festa regionais Características da comunidade em relação a moradia Urbana Rural Instrumentos Público Posto de Saúde Saneamento básico Acessos Transporte publico

2 Ter atualização dos MAS com maior freqüência monitorar dinâmica ambiental Descrever o meio ambiente com informações mais precisas Para um melhor detalhamento das característica ambientais Para otimizar a coleta de informações difundir novas tecnologias Para melhor qualificação profissional Para uma melhor agilidade na ação emergêncial Para maior agilidade e veracidade na tomada de decisão

3 RECURSOS NATURAIS Tipo de biota Habitats Espécies Detritívos Carnívoros Freqüência Estanque Estuário Marisma Manquesais Comunidade humana Área resiliência Área resiliência Área resiliência Área resiliência Área resiliência

4 FATORES FÍSICOS Plataforma continental Interna Percentual de areia Sedimentos Argila Cascalho Silte Tamanho Médio Profundidade Inclinaçào Geomorfologia Tipos de Modelados Planície Marinhas Fluvio Lacustre Colúvio Aluvonares Geologia Planície costeira Praia InclinaçãoLargura Testemunhos Geológicos

5 SISTEMA DE APOIO MULTICRITÉRIOS PARA APERFEIÇOAMENTO DE MAPAS DE SENSIBILIDADE AMBIENTAL AO DERRAME DE PETRÓLEO EM REGIÃO AO DERRAME DE PETRÓLEO EM REGIÃO COSTEIRA DO ESTADO DE SANTA CATARINA recursosnaturais Fatoresfísicos Aspectoshumanos Geomorfologia Geologia Tipo de biota Habitats Social Econômico Cultural Objetivo estratégico Áreas de interesse Candidato a pontos de vista fundamentais

6 PVE Saneamento Aspectoshumanos PVF-1.1Comunidade PVE Tipo de conunicade PVE distância em relação a linha da costa PVE Distância euclidiana dos de possíveis derrames PVE Malha Urbana (linha X coluna) PVE Numero de Acesso viários PVE Características da região frontal a costa PVE Saúde PVF-1Social PVF-2Econômico PVF-2.2Serviços PVF-2.1Extrativismo PVE-2.2.1Hotelaria PVE Pescado por mês PVE Potencial de extração mineral AREIA PVE Recursos Natural MADEIRA PVE Pescado por mês PVE Classificação qualitativa de atividade aquática PVF-2.1.2Subsistência PVF-2.1.1Exploraçãocomercial PVF- 3 Cultural PVF- 3.2 AspectosHistóricos PVE SítiosArqueológicos PVE Patrimôniohistórico PVF- 3.1 Folclore PVE- 3.1 Festa regionais Ponto de vista fundamental Ponto de vista elementares PVE Transporte Público PVF-1.2InstrumentosPúblico

7 PVF-1.1Comunidade PVE Tipo de conunicade PVE distância em relação a linha da costa PVE Distância euclidiana dos de possíveis derrames PVE Malha Urbana (linha X coluna) PVE Numero de Acesso viários PVE Características da região frontal a costa PVF-1Social Ponto de vista fundamental Ponto de vista elementaresAspectoshumanos PVE Saneamento PVE Saúde PVE Transporte Público PVF-1.2InstrumentosPúblico

8 PVF-1.1Comunidade PVE Tipo de conunicade PVE distância em relação a linha da costa PVE Distância euclidiana dos de possíveis derrames PVE Malha Urbana (linha X coluna) PVE Numero de Acesso viários PVE Características da região frontal a costa Comunidade PVE Extensão (testada geral) PVE Aglomeraçãoresidencial PVE Altura das residências

9 Tipo de comunidade N1 N2 N3 Urbana Rural Mista (Urbana Rural) PVE N4 Proteção Ambiental N5Nenhum (mata)

10 Distância Linha da costa Distância da linha da costa N6 N5 N4 N3 N1 N2 < 30 m m m m m > 500 m Comunidade PVE-1.1.2

11 Distância euclidiana dos de possíveis derrames N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m m > m Comunidade Oleoduto Refinaria Cais PVE-1.1.3

12 Malha viária Comunidade Linha da costa Malha Urbana (linha X coluna) N5 N4 N3 N2 1 x 1 2 x2 3 x 3 > 4 x 4 PVE N1 Não existente

13 Acesso viários Comunidade Numero de Acesso viários N5 N4 N3 N > 10 PVE N1 Não existente

14 Aglomeração e testada Nº de pavimentos Características da região frontal a costa PVE alta baixa N3 N2 N1 alta extensão média extensão baixa extensão Extensão (testada geral) N3 N2 N1 alta aglomeração média aglomeração Aglomeraçãoresidencial Altura das residências PVE PVE PVE baixa aglomeração N3 N2 N1 média

15 Saúde N5 N3 N4 Ótimo Bom Neutro Ruim Péssimo N2 N1 PVE PVE Saneamento PVE Saúde PVE Transporte Público PVF-1.2InstrumentosPúblico N5 N3 N4 Ótimo Bom Neutro Ruim Péssimo N2 N1 N5 N3 N4 Ótimo Bom Neutro Ruim Péssimo N2 N1 Transporte Público PVE Saneamento PVE-1.2.3

16 Aspectos humanos PVF-2Econômico TipoAtividadeEconômico PVF-2.2Serviços PVF-2.1Extrativismo PVE-2.2.1Hotelaria PVE Pescado por mês PVE Potencial de extração mineral mineralAREIA PVE Recursos Natural MADEIRA PVE Pescado por mês PVE Classificação qualitativa de atividade aquática Ponto de vista elementares PVF-2.1.2Subsistência PVF-2.1.1Exploraçãocomercial Ponto de vista fundamental

17 PVF-2.1Extrativismo PVE Pescado por mês PVE Potencial de extração mineral mineralAREIA PVE Recursos Natural MADEIRA PVE Pescado por mês PVF-2.1.2Subsistência PVF-2.1.1Exploraçãocomercial PVF Extrativismo

18 Potencial de extração mineral AREIA N4 N3 N2 N1 0 < 100 m m 3 > 300 m 3 PVE

19 Recursos Natural MADEIRA N4 N3 N2 N1 0 < 10 m m 3 > 50 m 3 PVE

20 Pescado por mês N5 N4 N3 N2 N1 0 < 1t t t > 5 t PVE

21 Pescado por mês para subsistência N5 N4 N3 N2 N1 Reserva extrativista < 100 kg 100 a 200 kg 200 a 500 kg > 500 kg PVE-2.1.2

22 N6 N5 N4 N3 N1 N2 0 < >100 Hotelaria (numero de leitos por comunidade) PVE-2.2.1

23 Classificação qualitativa de atividade aquática N8 N7 N6 N5 N3 N4 Balneário, pesca nenhum N2 N1 Balneário Balneário, pesca, trapiche Balneário, pesca, rampa para barco, trapiche pesca, trapiche rampa para barco, trapiche trapiche PVE-2.2.2

24 PVF- 3 Cultural PVF- 3.2 AspectosHistóricos PVE SítiosArqueológicos PVE Patrimôniohistórico PVF- 3.1 Folclore PVE- 3.1 Festa regionais Ponto de vista fundamentalPonto de vista elementares Aspectos humanos

25 Uma por estação no ano >1 no verão e outra em outras estações Uma por ano N4 N3 N2 Festa regionais PVE- 3.1 N1Não existe

26 Patrimônio histórico N5 N4 N3 N2 Propriedade Rua Quadra Bairro/comunidade PVE N1 Não existe

27 Sítios Arqueológicos (sambaqui) N5 N4 N3 N2 N1 Com presença, profundidade >3 metros Com presença, profundidade 2 metros Com presença, profundidade 1 metros Com presença, profundidade <1 metros Não há presença PVE

28 Fatoresfísicos PVF - 4 Geologia Fatores físicos PVF- 4.1 PlataformacontinentalInterna PVF- 4.2 Planície costeira PVF- 4.3 Praia PVE Testemunhos Geológicos PVE Inclinação PVE Largura PVE Percentual de areia PVE Percentual de argila PVE Percentual de cascalho PVE Percentual matéria organica PVE Silte PVE Ttamanho médio PVF - 5 Geomorfologia Tipo de litoral PVE Tipos de litoral PVE Área de influência Sub - Ponto de vista elementares Ponto de vista fundamental

29 Fatores físicos PVF- 4 Geologia PVF- 4.1 PlataformacontinentalInterna PVF- 4.2 Planície costeira PVF- 4.3 Praia PVE Testemunhos Geológicos PVE Inclinação PVE Largura Ponto de vista fundamental Sub - Ponto de vista elementares PVE Tipo de Substrato (composição) PVE Mobilidade do Substrato PVE Percolação o óleo PVE Acesso pelo substrato

30 Fatores físicos PVF- 4.1 Substrato da Plataforma continentalInterna PVE Tipo de Substrato (composição) PVE Mobilidade do Substrato PVE Percolação o óleo PVE Acesso pelo substrato

31 Tipo de Substrato (composição) Rochoso Cascalho Areia grossa Areia média Areia fina Areia muito fina Silte grosso Argila Matéria orgânica Elemento do Substrato M/C/R M/C/A/SG M/C/AG/SG M/A/AF/SG M/C/AG/SG M/C C N7 N6 N5 N4 N2 N3 N1 Fatores físicos PVE

32 Mobilidade do Substrato Fixa em condições meteorológica normais Baixa em condições meteorológica normais Alta em condições meteorológica normais N6 N5 N4 N3 N1 N2 Fatores físicos PVE Fixa em condições meteorológica anormais Baixa em condições meteorológica anormais Alta em condições meteorológica anormais

33 Percolação do Óleo Altamente Permeável Permeável Semi-permeável impermeável N4 N3 N2 N1 PVE

34 Acesso pelo substrato Não é possível Possível com muito dificuldade Possível com média dificuldade Possível N4 N3 N2 N1 PVE

35 PVF- 4.2 Planície costeira PVE Testemunhos Geológicos Fatores físicos Sambaqui Areia sílica argilosa Areia N3 N2 N1 Testemunhos Geológicos PVE- 4.2

36 PVF- 4.3 Praia PVE Inclinação PVE Largura Fatores físicos > 17% % % % < 2% N5 N4 N3 N2 N1 Inclinação PVE

37 < – – – – 90 > 100 N6 N5 N4 N3 N1 N2 Largura em metros PVE

38 Fatores físicos PVF - 5 Geomorfologia PVE Tipos de Modelados PVE -5.1 Tipos de Planície

39 Fatores físicos PVF - 5 Geomorfologia Tipo de litoral PVE Tipos de litoral PVE Área de influência PVE Praias PVE Costões PVE Planícies PVE Outro tipos

40 PVE Tipos de litoral PVE Praias PVE Costões PVE Planícies PVE Outro tipos

41 Praia PVE Areia fina Areia média Areia grossa Areia mista Com cascalho N5 N4 N3 N2 N1

42 Costão PVE Costão rochoso Costão rochoso protegido Plataforma rochosas erodidas por ondas N3 N2 N1

43 Planícies PVE De maré exposta De maré protegida Lagoas de água doce Estuário Manguezais N5 N4 N3 N2 N1

44 Outros tipos PVE Matacões Estruturas artificiais exposta Estruturas artificiais protegidas N3 N2 N1

45

46 Área de influência N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m m 2 > m 2 PVE- 5.2

47 Recursos naturais PVF - 6 Tipo de biota biota PVF - 7 Habitats PVE Praias PVE Estuário PVE Manquesais PVE Presença de espécies de interesse comercial PVE Presença de espécies de interesse ecológico

48 Recursos naturais Presença de espécies de interesse comercial PVE- 6.1 N4 N3 N2 Presença em 1 período do ano N1 Não há PVE- 6.2 PVF - 6 Tipo de biota PVE Presença de espécies de interesse comercial PVE Presença de espécies de interesse ecológico Presença em 2 períodos do ano Presença em 3 períodos do ano Presença em 4 períodos do ano N5 Presença de espécies de interesse ecológico N4 N3 N2 Presença em 1 período do ano N1 Não há Presença em 2 períodos do ano Presença em 3 períodos do ano Presença em 4 períodos do ano N5

49 PVF - 7 Habitats PVE Praias PVE Estuário PVE Manquesais Recursos naturais PVE Área do Estuário PVE Distância euclidiana de possíveis derrames PVE Área do Manguezais PVE Distância euclidiana de possíveis derrames PVE Área da Praia PVE Distância euclidiana de possíveis derrames

50 Descritores Estuário Descritores Estuário PVE- 7.1 N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m m 2 > m 2 Área do estuário PVE Distância euclidiana de possíveis derrames N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m > m m PVE

51 Descritor dos Manguezais Descritor dos Manguezais PVE- 7.2 PVE PVE N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m m 2 > m 2 Área do Mangue Distância euclidiana de possíveis derrames N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m > m m

52 Descritor do Ecossistemas Praias Descritor do Ecossistemas Praias PVE- 7.3 PVE PVE N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m m 2 > m 2 Área da praia Distância euclidiana de possíveis derrames N6 N5 N4 N3 N1 N2 < m m m m > m m

53 Perfil de impacto de cada cenário em relação aos pontos de vistas PVE N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N5 N1 N2 N3 N4 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N1 N2 N3 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N4 N1 N2 N3 N1 N2 N3 N4 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N9 N10 N11 N12 N13 N14 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N1 N2 N3 N4 N6 N5 PVE-1.1.2PVE-1.1.3PVE-1.1.4PVE-1.1.5PVE-1.1.6PVE-1.2PVE PVE PVE PVE-2.1.2PVE-2.2.1PVE-2.2.2PVE-3.1PVE-3.2.1PVE-3.2.2PVE-4.1.1PVE-4.1.2PVE-4.1.3PVE-4.1.4PVE-4.2.1PVE-4.3.1PVE-4.3.2PVE-5.1PVE-5.2PVE-6.1PVE-7.1PVE-7..2PVE-7.3 PVF-1 - Social PVF-2 - Econômico PVF- 3 - Cultural PVF Geologia PVF Geomorfologia PVF Tipo de biota PVF Habitats N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N9 N10 N11 N12 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N9 N10 N11 N12 N1 N2 N3 N4 N6 N5 N7 N8 N9 N10 N11 N12 N6 N4 N5

54

55 energia vento energia marés energia sol Produtor fitoplâncton depósito nutrientes depósito redemoinhos zooplâncton Pequenos peixes atum interação sumidouro Águas profundas ressurgência sistema

56 SOCIALAMBIENTAL ECONÔMICO Colete de informação Auditoria ambiental Definições de normas Definição de medidas corretivas e preventivas Propor ações adequadas e medidas preventivas para o gerenciamento ambiental impróprio Etapas para um gerenciamento adequado

57 SócioHistóricoCultural Ambiental Econômica Inovaçãotecnológica Pesquisa Histórica Histórica Pesquisa de ação de ação Pesquisa Institucional Institucional Módulos de Pesquisas

58 FísicoFísicoBiológicoBiológico AntrópicoAntrópico Interações

59 Preamar média Baixamar média Bolacha do mar (Melitta) Camarão escavador (Ogyris) ascídias (Thyone) molusco (Cardium) oliva (Oliva) copépodes da praia (terráqueos) Tatuí (Emerita) bequaba (Donax) Camarão fantasma (Callianassa) isópodes escabadores (Chiridotea) ánfipodes escavadores (Haustorius) poliquetos Maria-farinha (Ocypode) anfipodes da praia (Talorchestia Orchestia) besouro-tigre e outros insetos terrestres INFRALITORAL ZONA INTERTIDAL SUPRALITORAL Bactérias---diatomáceas---algas unicelulares Praia Arenosa

60 Preamar média Baixamar média Algas vermelhas ou algas pardas (lminárias e fucóides) onidários (Aiptasia) ouriço (Arbacia) corais (Leptogorgia e Oculina) Mexilhões (Mytilus) diversas algas Ostras (Ostrea) algas verdes (Enteromorpha e Ulva) Cracas Caramujos (Littorina) liquens pretos incrustados (Mixofíceas) Isópodes (Ligia) INFRALITORAL (zona de algas) ZONA INTERTIDAL (zona de cracas) SUPRALITORAL (zona de caramujos) Praia Rochosa Cracas (Chthamatlus, Balanus ou Tetraclita)

61 Validação do Sistema MCDA Estruturação Avaliação Recomendação Informações projeto PETROBRAS Imagens de satélite fotografias aéreas e fotos horizontais Matriz de juízo de valores Processamento digital de imagens Modulo tomada de decisão Mapa de sensibilidade gerado pelo Projeto PRETOBRAS Mapa de Sensibilidade ambiental Ações mais precisas e diferenciadas Metodologia geral

62 Processo de tomada de decisão Intervenientes Atores Decisores FacilitadorDemandeur AÇÃO Deside (poder e responsabilidade) Comando o processo Representa Agidos Exercem pressão Tomada de decisão Conseqüências Apoio a tomada de decisão (MCDA) Aprendizado, readaptação orientar

63 Imagem bruta Pré processamento - Realce - Composição Corte da área de estudo Correção Geométrica Digitalização das feições da linha da costa Conversão para imagem raster Uso de imagem LANDSAT-TM 6 BANDAS Para não ter interferência de outras feições radiométricas Posicionar dentro do espaço Geográfico Delimitação dos cenários em relação a feição independentemente Identificação de fatores Distância Euclidiana Padronização escala de valores Recalculo dos valoes dos pixels Modulo tomada de decisão

64 Classificação não supervisionada com 10 classes Composição colorida RGB 345 Composição colorida RGB 247 A Delimitação dos cenários B Digitalização dos limites de cada cenário C Banda 1Banda 2Banda 3Banda 4Banda 7Banda 5 Imagem de satélite LANDSAT-TM

65 Composição do cenários com imagens Cenário composto Imagem de satélite LANDSAT-TM Fotografias Aéreas INFRA VERMELHO Fotografias convencionais Classificação do cenário com MCDA

66 nenhumamuito fracafraca moderada fortemuito forteextrema 0

67 14 a a 38 1 a 13 e 39 Área de estudo Complexo fechado do continente Complexo fechado da ilha Complexo aberto da ilha zonascenários ambiente Aglutinação dos cenários

68 Imagem bruta Pré processamento - Realce - Composição Corte da área de estudo Correção Geométrica Digitalização das feições da linha da costa Conversão para imagem raster Uso de imagem LANDSAT-TM 6 BANDAS Para não ter interferência de outras feições radiométricas Posicionar dentro do espaço Geográfico Delimitação dos cenários em relação a feição independentemente Identificação de fatores Recalculo dos valoes dos pixels Modulo tomada de decisão Mapa com detalhamento da escala de sensibilidade ambiental


Carregar ppt "SOCIO-ECONÔMICO E CULTURAL Social Econômico Cultural Tipo Atividade Econômico Serviços Turismo Extrativismo Ligados a atividade aquática Pesca Hotelaria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google