A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDIÇÃO DE ÁUDIO (fundamentos) Setembro - 2010. Nesta Aula: Edição de Áudio Conceitos básicos O ÁUDIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDIÇÃO DE ÁUDIO (fundamentos) Setembro - 2010. Nesta Aula: Edição de Áudio Conceitos básicos O ÁUDIO."— Transcrição da apresentação:

1 EDIÇÃO DE ÁUDIO (fundamentos) Setembro

2 Nesta Aula: Edição de Áudio Conceitos básicos O ÁUDIO

3 CONCEITOS

4 O QUE É O ÁUDIO? Embora seja usados muitas vezes como sinônimos, o Som e o Áudio são elementos diferenciados: O SOM é um fenômeno físico, associado à vibrações ondulatórias que se propagam num meio material; O ÁUDIO é um fenômeno psicológico definido pela percepção do som e, portanto, passível de composição.

5 O SOM É definido por parâmetros físicos (acústicos) tais como duração, intensidade, altura e timbre. Está relacionado a outros conceitos importantes, tais como Ruído – som indistinto ou desarticulado; Silêncio – ausência de sons perceptíveis; Música – linguagem artístico-expressiva construída a partir da organização sistêmica dos sons.

6 O ÁUDIO I É construído pela manipulação dos parâmetros sonoros do registro (gravação). Esta manipulação – que atende pelo nome de SONOPLASTIA – obedece a princípios audiológicos e psicoacústicos pré-estabelecidos – as convenções do áudio – ou seja, aquilo que o espectador espera ouvir.

7 TRABALHO COM O ÁUDIO: FASES Gravação – envolvendo a tarefa de captação do som, ao vivo, ou em condições acústica controlada (estúdio de gravação. Edição – que é qualquer alteração realizada no som captado, o que inclui amplificação, mixagem, equalização e adição de efeitos. Registro – fixação do áudio num suporte físico, tal como CD, HD, DVD-áudio. Difusão – veiculação do sinal por sistema de alto-falantes, rádio, TV ou Internet.

8 Alteração de parâmetros duração (+ longo X + curto), altura (grave X agudo), intensidade (forte x fraco), timbre (origem), andamento (+ ou – rápido). Construção de sentido: linguagem verbal, sonora ou musical. EDIÇÃO DE ÁUDIO: POSSIBILIDADES

9 Importação de arquivos de áudio em formatos comprimidos (MP3, WMA, OGG) e não-comprimidos (WAV, AIF, AU). Adição ou subtração de elementos, tais como fala, ruído, música, efeitos. A palavra-chave aqui é: mixagem.

10 EDIÇÃO DE ÁUDIO: TAREFAS Importação de arquivos de áudio em formatos comprimidos (MP3, WMA, OGG) e não-comprimidos (WAV, AIF, AU). Adição ou subtração de elementos, tais como fala, ruído, música, efeitos. A palavra-chave aqui é: mixagem.

11 EDIÇÃO DE ÁUDIO: TAREFAS Importação de arquivos de áudio em formatos comprimidos e não-comprimidos. Adição ou subtração de elementos fala, ruído, música, efeitos. Alteração de parâmetros duração, altura, intensidade, timbre, andamento. Construção de sentido: linguagem verbal, sonora ou musical.

12 Realização Secretaria Municipal de Educação da Cidade São Paulo Programa Nas Ondas do Rádio – DOT/SME Coordenação do Programa Nas Ondas do Rádio Carlos Alberto Mendes de Lima Equipe de Assessoria Carlos Eduardo Fernandez Eveline Araujo Izabel Leão Marciel Consani Silene Lourenço Mauro Cordeiro Salete Soares Paola Prandini Alda Ribeiro Carmen Gattás Programa Nas Ondas do Rádio


Carregar ppt "EDIÇÃO DE ÁUDIO (fundamentos) Setembro - 2010. Nesta Aula: Edição de Áudio Conceitos básicos O ÁUDIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google