A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Secretaria Municipal de Educação de São Paulo Diretoria de Educação de Pirituba CEU EMEI Parque Anhanguera.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Secretaria Municipal de Educação de São Paulo Diretoria de Educação de Pirituba CEU EMEI Parque Anhanguera."— Transcrição da apresentação:

1 Secretaria Municipal de Educação de São Paulo Diretoria de Educação de Pirituba CEU EMEI Parque Anhanguera

2 1.Projeto Pedagógico O ESPAÇO DO LÚDICO - Brincando e aprendendo nos diferentes espaços do CEU O ESPAÇO DO LÚDICO - Brincando e aprendendo nos diferentes espaços do CEU

3 2. Nosso Projeto está dentro dos princípios: do Cuidar e do Educar do Cuidar e do Educar das Práticas Pedagógicas das Práticas Pedagógicas do Trabalho Coletivo do Trabalho Coletivo do Desenvolvimento Lúdico da Criança do Desenvolvimento Lúdico da Criança

4 3. Está permeando : Sentimentos e afetos Sentimentos e afetos Saberes e valores Saberes e valores Seriedade e brincadeiras Seriedade e brincadeiras Cidadania Cidadania

5 4. Nossos objetivos: Trabalhar a brincadeira e o brinquedo nos diferentes espaços ludo-pedagógicos do CEU como processo de desenvolvimento e aprendizagem da criança criativa e autonôma; Trabalhar a brincadeira e o brinquedo nos diferentes espaços ludo-pedagógicos do CEU como processo de desenvolvimento e aprendizagem da criança criativa e autonôma;

6 Assegurar às crianças a vivência de experiências significativas e variadas, utilizando múltiplas linguagens nas diferentes áreas do conhecimento, como: oralidade, escrita, artes plásticas, natureza e sociedade, musical, movimento (dança, expressão e uso do corpo), raciocínio lógico-matemático, o imaginário etc; Assegurar às crianças a vivência de experiências significativas e variadas, utilizando múltiplas linguagens nas diferentes áreas do conhecimento, como: oralidade, escrita, artes plásticas, natureza e sociedade, musical, movimento (dança, expressão e uso do corpo), raciocínio lógico-matemático, o imaginário etc;

7 Guiar nossas crianças por caminhos que ampliem o seu repertório e que contribuam para o seu desenvolvimento intelectual, facilitando posteriormente o acesso ao mundo da leitura e da escrita; Guiar nossas crianças por caminhos que ampliem o seu repertório e que contribuam para o seu desenvolvimento intelectual, facilitando posteriormente o acesso ao mundo da leitura e da escrita;

8 Explorar imaginação das crianças por espaços repletos de ludicidade e absolutamente infinitos de descobertas e compreensão do mundo; Explorar imaginação das crianças por espaços repletos de ludicidade e absolutamente infinitos de descobertas e compreensão do mundo;

9 Possibilitar às crianças um mundo permeável e colorido para que, em cada espaço lúdico do CEU, possam ser recebidas como pessoas em desenvolvimento, como protagonistas de uma história criada, repartida, vivenciada e indiscutivelmente oportunizada. Possibilitar às crianças um mundo permeável e colorido para que, em cada espaço lúdico do CEU, possam ser recebidas como pessoas em desenvolvimento, como protagonistas de uma história criada, repartida, vivenciada e indiscutivelmente oportunizada.

10 5. Diagnóstico/Justificativa O desenvolvimento do aspecto lúdico facilita a aprendizagem, o desenvolvimento pessoal, social e cultural, prepara a criança para ver o mundo com outros olhares dentro da sua realidade.

11 6. Procedimentos Metodológicos As atividades serão planejadas e desenvolvidas dentro das várias áreas do conhecimento e sempre integradas num processo de coletiva. As atividades serão planejadas e desenvolvidas dentro das várias áreas do conhecimento e sempre integradas num processo de construção coletiva.

12 Brincar é a linguagem natural da criança, a mais importante delas. E esse momento acontece em todos os espaços.

13 Hora da arte – o trabalho visa ampliar o repertório de imagens da criança e estimula sua capacidade de apreciação artística e desenvolvimento da criticidade; Hora da arte – o trabalho visa ampliar o repertório de imagens da criança e estimula sua capacidade de apreciação artística e desenvolvimento da criticidade;

14 Hora da História – é o momento que as crianças desenvolvem a escuta atenta, a fala e o respeito mútuo dentro do imaginário, ampliando, assim, seu universo; Hora da História – é o momento que as crianças desenvolvem a escuta atenta, a fala e o respeito mútuo dentro do imaginário, ampliando, assim, seu universo;

15 Roda de Conversa - é o momento de se ouvir a criança. Esse momento deve ser aproveitado para trabalhar a sua identidade. Garantir que todas as crianças possam falar;

16 Brinquedoteca – repleta de brinquedos e fantasias – visa propiciar a importância do brincar num ambiente lúdico onde há o convite à exploração e à descoberta;

17 Ouvir música – desenvolver a audição, preferências e ampliação do repertório musical;

18 Dançar - distrair, relaxar, conhecer e desenvolver o esquema corporal, o ritmo, a organização e o respeito mútuo;

19 Jogos – momento para promover a interação, o uso e a construção de regras, a concentração e o desenvolvimento do raciocínio lógico;

20 Hora do Parque – cada gesto ou movimento das crianças nesse espaço representa descoberta, construção, autonomia, sociabilidade, cooperação, organização de forma alegre, livre e criativa; Hora do Parque – cada gesto ou movimento das crianças nesse espaço representa descoberta, construção, autonomia, sociabilidade, cooperação, organização de forma alegre, livre e criativa;

21 Espaços Externos – possibilita a descontração, desenvolve a coordenação, a noção de espaço e a autonomia;

22 Hora da Refeição – o projeto Self-Service possibilita às crianças autonomia para escolher os alimentos e a quantidade que querem comer. Aprendem que é importante alimentar-se bem;

23 Higiene –A higiene tem um papel fundamental na qualidade de vida, contribuindo para o bem-estar;

24 Biblioteca - incentivar o hábito da leitura e da pesquisa com possibilidades de novas aprendizagens; Biblioteca - incentivar o hábito da leitura e da pesquisa com possibilidades de novas aprendizagens;

25 Cinema / Teatro Cinema / Teatro O CEU é um espaço privilegiado de possibilidades para ampliar o repertório cultural da criança. É nesse momento que a criança começa a despertar o gosto pela cultura. Aguça seu imaginário dentro desse universo cultural repleto de arte e poesia.

26 7. Os temas a serem trabalhados/Currículo: Currículo na Educação Infantil; Letramento na Infância; Habilidades e Competências; Inclusão ; Meio Ambiente; Educação Especial, O papel do brincar; Jogos, Brinquedos e Brincadeiras; Rotina Escolar Infantil; Textos diversos relacionados com a Educação Infantil.

27 8. RESULTADOS ESPERADOS E METAS Aprofundamento e eficácia do processo pedagógico de cada linguagem sem perder o lúdico na infância; Aprofundamento e eficácia do processo pedagógico de cada linguagem sem perder o lúdico na infância;

28 Construção de Projetos para todos os estágios nas diferentes linguagens, respeitando as diferenças e os Construção de Projetos para todos os estágios nas diferentes linguagens, respeitando as diferenças e os interesses de cada turma; interesses de cada turma;

29 Atendimento e inclusão das crianças com necessidades especiais educacionais;

30 Práticas pedagógicas que possibilitem a inserção da criança no mundo letrado relacionado com suas fantasias, idéias e conceitos, ampliando seu universo imaginário, sua criatividade, autonomia e oralidade;

31 Integração dos trabalhos pedagógicos da EMEI com as outras unidades educacionais do CEU Parque Anhanguera;

32 Crianças felizes, criativas, autônomas, críticas e solidárias;

33 O professor como mediador da criança em sua aprendizagem;

34 A construção de parcerias com as famílias.

35 Tudo o que eu preciso saber sobre a vida, o que fazer e como ser, eu aprendi no Jardim de Infância. A sabedoria não estava no topo da montanha de conhecimento que é a faculdade, mas sim, no alto do monte de areia do Jardim de Infância... (extraído do texto de Robert Fulghum )

36 9. Bibliografia Bondioli, Anna (Org.) – O Tempo no Cotidiano Infantil. Ed. Cortez. Horn, Maria da Graça Souza – Sabores, Cores, Sons, Aromas. Ed. Artmed. Orientações Curriculares: expectativas de aprendizagens e orientações didáticas para Educação Infantil SME / DOT, 2007

37 10. Quem somos nós? Equipe Gestora/Técnica Supervisora: Cristiane da C. Cornetti Diretora: Selma A. Cordeiro Ass. de Diretor: Andrea F. Esteves Coord. Pedag.: Maria do Socorro N. Santos

38 Professoras Camila Viola, Cristina Ramos, Elaine Braga, Elaine Nogueira, Idamaris Almeida, Imaculada Conceição, Jenice Martins, Juliana Cavalheiro, Lilian Aparecida, Lourdes Gonzaga, Lucilene de Carvalho, Margareth Assoni, Maria Cristina Bertolini, Maria Estela Zorzete, Maria Izabel Saraiva, Maria Luiza Lopes, Maria Rosângela Nogueira, Mary Angélica Lima, Milena Aparecida, Milena Priscila Vivela, Ozelma Campos, Patrícia Alencar, Patrícia Aquino, Priscila Passos, Renata da Costa, Salete Boso, Sandra Aparecida

39 Equipe de Apoio Eleta Guimarães, Elisabete A. Cardoso, Josivaldo A. Silva, Márcio Henrique Figueiredo, Maria Aparecida Araújo, Marinalva S. Vieira, Rosana Betania de Almeida Equipes Terceirizadas COAN – Andréia, Márcia e Sônia Interativa - Rafaela, Priscila, Luiza, Raimunda, Eva, Aldenora, Maria Delmar, Gracilene, Ivanir e Raquel

40

41

42

43

44

45

46

47

48 A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. Paulo Freire


Carregar ppt "Secretaria Municipal de Educação de São Paulo Diretoria de Educação de Pirituba CEU EMEI Parque Anhanguera."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google