A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Marketing de Relacionamento PROFESSORA -VERA LUCIA AMORIM 1Prof.Vera Lucia de Amorim.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Marketing de Relacionamento PROFESSORA -VERA LUCIA AMORIM 1Prof.Vera Lucia de Amorim."— Transcrição da apresentação:

1 Marketing de Relacionamento PROFESSORA -VERA LUCIA AMORIM 1Prof.Vera Lucia de Amorim

2 Conceito de Marketing Relacionamento O marketing de relacionamento total (TRM-Total Relationship Marketing) e o marketing baseado em relacionamentos, redes e interações, reconhecendo que marketing está envolvido no gerenciamento global de redes da organização de vendas, mercado e sociedade. Está direcionado para relacionamentos ganhar-ganhar com clientes individuais e o valor é criado conjuntamente pelas partes envolvidas, transcende os limites entre disciplinas e funções especialistas. Evert Gummerson (1999). 2Prof.Vera Lucia de Amorim

3 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Customer Relationship Management (CRM) é uma expressão em inglês que pode ser traduzida para a língua portuguesa como Gestão de Relacionamento com o Cliente. Foi criada para definir toda uma classe de ferramentas que automatizam as funções de contato com o cliente, essas ferramentas compreendem sistemas informatizados e fundamentalmente uma mudança de atitude corporativa, que objetiva ajudar as empresas a criar e manter um bom relacionamento com seus clientes armazenando e inter- relacionando de forma inteligente, informações sobre suas atividades e interações com a empresa.inglês 3Prof.Vera Lucia de Amorim

4 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Os processos de gestão que assentam em CRMs estão, sem dúvida, na linha da frente em termos estratégicos não apenas em termos de marketing, mas também, a médio prazo, ao nível económico- financeiro. Com efeito, empresas que conhecem profundamente os seus clientes, o que precisam, em que o perfil de consumidor se enquadra, conseguem criar respostas personalizadas, antecipando as suas vontades e respondendo de forma precisa aos seus desejos atuais.marketing Prof.Vera Lucia de Amorim4

5 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM As plataformas de CRM baseam-se em processos centrados no cliente, disseminados por toda a organização, criando valor para o cliente. Antes de implementar, importa perceber qual o modelo de relacionamento com o cliente que a empresa pretende adoptar, sendo necessário, várias vezes, redesenhar os processos de atendimento. Aqui importa perceber dimensões como: Prof.Vera Lucia de Amorim5

6 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 1. Como será feita a abordagem ao cliente? 2. Que procedimentos ou eventos devem ser gerados? 3. Qual o plano de comunicação a adotar? Prof.Vera Lucia de Amorim6

7 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Nível da implementação do sistema, os passos passam por configurar o modelo de relacionamento na tecnologia adquirida e implementar um conjunto de ferramentas estratégicas de relacionamento com o cliente, como telemarketing, telemarketing canais virtuais de relacionamento, terminais de ponto de venda. Importa nesta altura ter em conta os aspectos que contribuem para o sucesso desta fase: Prof.Vera Lucia de Amorim7

8 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM FASES 1. Foco nos processos para alcançar os objetivos; 2. Envolvimento, comprometimento e acompanhamento da gestão de topo; 3. Selecção da tecnologia de acordo com o negócio; 4. A Tecnologia deve preencher necessidades específicas do negócio; Prof.Vera Lucia de Amorim8

9 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 5. Perceber como as funcionalidades são realizadas e compreender a arquitetura global do sistema; 6. Apoio e formação aos utilizadores; 7. Competência multidisciplinar da equipa de projeto; 8. Estabelecimento de etapas e prioridades; 9. Consistência da integração do sistema Prof.Vera Lucia de Amorim9

10 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Processos indicados no auxilio as empresas a angariar e fidelizar clientes atuais na busca de atingir a sua satisfação total, através do melhor entendimento das suas necessidades e expectativas e formação de uma visão global dos ambientes de marketing. Prof.Vera Lucia de Amorim10

11 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Processos: 1. Planejamento - Verifica-se um plano de atividades rigoroso, com identificação de todos os pontos críticos de relacionamento e a estrutura do fluxo de trabalho; há um levantamento de pontos de automação. Prof.Vera Lucia de Amorim11

12 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 2. Marketing relacional - Identificar, segmentar, interagir, configurar através de programas de fidelização, com identificação clara e construção de perfis do consumidor. Prof.Vera Lucia de Amorim12

13 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 3. Produtos e serviços de extrema qualidade que a concorrência a nível global obriga. Com efeito, a tolerância ao erro, à falta de qualidade e à ineficiência é cada vez menor, verificando-se uma ênfase na gestão do conhecimento. Prof.Vera Lucia de Amorim13

14 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 4. Solução de CRM, onde são automatizadas tarefas rotineiras, estruturação do relacionamento com o cliente, processamento da informação transaccional, entre outras. Prof.Vera Lucia de Amorim14

15 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 5. Portal de e-commerce atrativo, bem estruturado e eficiente promove a divulgação dos produtos e serviços e a obtenção e partilha de informação. É um excelente meio para a realização de sondagens e estatísticas – sondagens de consumo e estudos de mercado. Prof.Vera Lucia de Amorim15

16 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 6. Acrescentar valor ao relacionamento - conhecimento obtido deve orientar o relacionamento. Assim quem compra deve receber exatamente o que deseja comprar e a informação que realmente lhe interessa. Prof.Vera Lucia de Amorim16

17 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 7. Integração de outros canais de comunicação - telefone, fax, contato pessoal, , carta, etc. Prof.Vera Lucia de Amorim17

18 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM 8. Detecção de Oportunidades de Negócio - através da análise dos dados levando assim ao reconhecimento de padrões de comportamento económico e de relacionamento, o que por sua vez poderá sugerir eventuais formas de criar novos negócios Prof.Vera Lucia de Amorim18

19 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM O CRM abrange, na generalidade, três grandes áreas: Automatização da gestão de marketing Automatização da gestão comercial, dos canais e da força de vendas Gestão dos serviços ao cliente Prof.Vera Lucia de Amorim19

20 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Os processos e sistemas de gestão de marketing relacionamento com o cliente permitem que se tenha controle e conhecimento das informações sobre os clientes de maneira integrada, principalmente através do acompanhamento e registro de todas as interações com o cliente, que podem ser consultadas e comunicadas a diversas partes da empresa que necessitem desta informação para guiar as tomadas de decisões Prof.Vera Lucia de Amorim20

21 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM Uma das atividades da Gestão do marketing de Relacionamento com o cliente implica registrar os contactos por si realizados, de forma centralizada. Os registros não dependem do canal de comunicação que o cliente utilizou (voz, fax, , chat, SMS, MMS etc) e servem para que se tenham informações úteis e catalogáveis sobre os clientes.fax chatSMS MMS Prof.Vera Lucia de Amorim21

22 MARKETING DE RELACIONAMENTO - Gestão de Relacionamento com o Cliente - CRM CRM Operacional: visa à criação de canais de relacionamento com o cliente. CRM Analítico: visa a obter uma visão consistente do cliente, usando os dados recolhidos pelo CRM operacional para obter conhecimento que permita otimizar e gerar negócios. CRM Colaborativo: foca na obtenção do valor do cliente através de colaboração inteligente, baseada em conhecimento. Prof.Vera Lucia de Amorim22

23 O serviço pós-venda como diferencial A qualidade, o bom atendimento e o cumprimento de prazos deixaram de ser os diferenciais de concorrência. A redução da diferenciação entre os produtos fez com que as empresas procurassem uma nova forma de apresentar sua marca,produto e serviços. Portanto, como fazer para se manter competitivo? Prof.Vera Lucia de Amorim23

24 O serviço pós-venda como diferencial Uma das ações de diferenciação fortes do mercado é o pós-venda, que deve ser visto com seriedade, visto que, cada vez mais, o serviço é um elemento de fidelização dos clientes e certamente os impede de comparar seu serviço ao de outra empresa. Prof.Vera Lucia de Amorim24

25 O serviço pós-venda como diferencial Manter um bom relacionamento com os clientes é um fundamento elementar no mundo dos negócios. É por meio atualização e manutenção de uma carteira de clientes fiéis que uma empresa pode minimizar a dependência de tentar conquistar continuamente novos clientes, numa frenética luta com um número gigantesco de concorrentes, cada vez mais capacitados Prof.Vera Lucia de Amorim25

26 O serviço pós-venda como diferencial Como realizar o pós-venda? Diversas formas de pós-venda podem ser adotadas dependendo da necessidade de seu cliente e do produto/serviço oferecido pela sua empresa. Grandes empresas que comercializam seus produtos em nível nacional utilizam-se de diversas formas de atendimento ao cliente, mas a principal ferramenta é a terceirização de centrais de telemarketing. Prof.Vera Lucia de Amorim26

27 O serviço pós-venda como diferencial Neste serviço, o cliente entra em contato através de um número de discagem gratuita (0800) e o atendimento presta as informações solicitadas. Portais de auto-atendimento no próprio site da empresa na internet também são boas ferramentas de relacionamento com o cliente e não está restrita às empresas de grande ou pequeno porte. A vantagem é o baixo custo e a eficácia. Prof.Vera Lucia de Amorim27

28 O serviço pós-venda como diferencial Quando a venda é realizada através de representantes o contato pessoal é fundamental, nesse caso o pós-venda pode ser realizada a cada nova visita, ou mesmo com o envio de material promocional e mala-direta, o que sempre enaltece o cliente Prof.Vera Lucia de Amorim28

29 O serviço pós-venda como diferencial Sugestões de ações pós-venda para encantar seu cliente. Para se diferenciar de seus concorrentes, a empresa pode fazer uma série de ações para melhorar o relacionamento com seu cliente. Em alguns casos, para empresas de grande porte, sugere-se a criação de um departamento exclusivo para acompanhamento de clientes no período pós-venda. Prof.Vera Lucia de Amorim29

30 O serviço pós-venda como diferencial Ofereça a maior vantagem possível em relação a custo x benefício. Os clientes, cada vez mais, querem fazer valer o dinheiro que empregaram. Criar valor para o cliente significa garantir sua satisfação, e garantir a satisfação do cliente é o mesmo que evitar problemas e conquistar um cliente fiel. Prof.Vera Lucia de Amorim30

31 O serviço pós-venda como diferencial A disponibilização de profissionais para o pós-venda é essencial. Realize treinamentos constantes tanto com a equipe de vendas quanto com o atendimento aos clientes. Prof.Vera Lucia de Amorim31

32 O serviço pós-venda como diferencial Ofereça sempre o melhor apoio pós-venda para seus clientes. Isso impede que eles comparem o serviço prestado pela sua empresa com o da concorrência. Em muitos casos, uma má assistência pós-venda frente a uma boa propaganda da concorrência acaba fazendo o cliente optar por trocar de fornecedor; Prof.Vera Lucia de Amorim32

33 O serviço pós-venda como diferencial Mantenha o cadastro de clientes sempre atualizado. Quando a empresa toma a iniciativa de entrar em contato com o cliente, ele se sente especial e aumenta o nível de satisfação com a empresa e o serviço. Costuma-se enviar catálogos de ofertas e malas-diretas neste caso Prof.Vera Lucia de Amorim33

34 DISSONÂNCIA COGNITIVA O termo dissonância cognitiva é o resultado de estudos de Festinger (1957), desde que levantou essa discussão, enquadrada em marketing pelos administradores. Isso porque a área relaciona as atividades organizacionais às atividades individuais dos clientes, além de suas discussões sociológicas e filosóficas Prof.Vera Lucia de Amorim34

35 DISSONÂNCIA COGNITIVA Já Zambom (2006) afirma que a dissonância cognitiva é um tipo de revés das relações cliente-empresa, já que o indivíduo passa a transferir suas frustrações com um produto ou serviço para a empresa na qual realizou a compra. Prof.Vera Lucia de Amorim35

36 DISSONÂNCIA COGNITIVA Sua existência após uma compra gera predisposição para o surgimento de julgamentos negativos em relação ao produto ou serviço - o que interfere na etapa anterior à compra. Para as empresas, isso é interpretado como um risco, pois pode evitar que o cliente repita a compra. O cliente se sente como se pudesse ter aproveitado seu dinheiro para a compra de outro produto e até para a aplicação dele. Prof.Vera Lucia de Amorim36

37 DISSONÂNCIA COGNITIVA A Dissonância Cognitiva é algo que dificulta o cliente a fechar o processo de compra. Sim, pode inclusive evitar o fechamento. Para superar essa barreira e facilitar o processo de compra, sugeri-se algumas atitudes para evitar situações desagradáveis para a empresa e seus clientes. Prof.Vera Lucia de Amorim37

38 DISSONÂNCIA COGNITIVA 1. Conheça seu produto como ninguém. Seu cliente terá muitas dúvidas e fará muitas perguntas. É bom estar preparado para responder todas elas. Tudo que um cliente quer em um momento como esse é se sentir seguro. Prof.Vera Lucia de Amorim38

39 DISSONÂNCIA COGNITIVA 2. Tenha uma equipe de vendas bem treinada. Vendedores bem treinados, simpáticos, que sabem ressaltar as qualidades do produto e conhecem a concorrência. Prof.Vera Lucia de Amorim39

40 DISSONÂNCIA COGNITIVA 3. Conduza a negociação de acordo com o perfil do cliente. Analise o perfil de seu cliente: ele é conservador? gosta de correr riscos? Apegado à família? Se ele tiver um perfil conservador, não adianta tentar pressioná-lo a fechar a compra alegando promoção por tempo limitado, pois a tendência é que ele não realize a compra. Como também, utilizar argumentos que sugiram benefícios à família é uma boa para o segundo o perfil citado. Prof.Vera Lucia de Amorim40

41 DISSONÂNCIA COGNITIVA 4. Encoraje seu cliente! Mas não o engane. Como sabemos seu cliente precisa de um empurrãozinho para fechar a compra. Ele está indeciso e precisa criar coragem para fechar o negócio. No entanto, NUNCA minta para o cliente com o intuito de fechar a compra. Se ele tomar uma decisão baseado em mentiras, certamente ficará insatisfeito e nesse caso quem paga é o vendedor, o produto, a marca, todos ! Prof.Vera Lucia de Amorim41

42 DISSONÂNCIA COGNITIVA 5. Faça Telemarketing, acompanhe o seu cliente. Dificilmente seu cliente fechará a compra em sua primeira visita. Conheça seu cliente, pegue seus contatos, ligue pessoalmente para ele, converse com ele. Assim você saberá em que concorrentes ele tem andado e poderá formular uma proposta mais atraente para ele, sempre com cuidado para não se tornar o vendedor chato. Prof.Vera Lucia de Amorim42

43 DISSONÂNCIA COGNITIVA 6. Faça Pós-venda. Ótimo! você fechou a venda! Mas não acabou ainda. Seu cliente ainda pode estar sofrendo de Dissonância Cognitiva. Um Pós-venda agora ajudará bastante: ligue pra o cliente, pergunte se ele está satisfeito, se tem alguma dúvida, oriente-o sobre o uso do produto, esteja sempre à disposição. O cliente se sentirá bem ao saber que a sua satisfação é mais importante que a venda em si Prof.Vera Lucia de Amorim43

44 DISSONÂNCIA COGNITIVA 7. Agregue valor ao produto através de serviços e enfatize-os para o cliente. Agregar valor ao produto ajuda o cliente a sentir-se mais seguro. Por exemplo, se eu tenho receio de comprar um carro e tiver dificuldade em achar assistência técnica especializada, ficarei tranqüilo ao saber que o meu carro possui mais de 600 postos de assistência técnica especializada em todo o Brasil e que terei garantia total do veículo nos 3 primeiros anos e do motor no 1 ano. Identifique durante o processo decisório o melhor momento para enfatizar os serviços agregados: não se limite apenas a ditar a tudo no início do processo de compra. Prof.Vera Lucia de Amorim44

45 contato Professora: Vera Lucia de Amorim – Cel – OBRIGADA! Prof.Vera Lucia de Amorim45


Carregar ppt "Marketing de Relacionamento PROFESSORA -VERA LUCIA AMORIM 1Prof.Vera Lucia de Amorim."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google