A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REFLEXOS QUÂNTICOS NA ARTE NA CULTURA NA TECNOLOGIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REFLEXOS QUÂNTICOS NA ARTE NA CULTURA NA TECNOLOGIA."— Transcrição da apresentação:

1 REFLEXOS QUÂNTICOS NA ARTE NA CULTURA NA TECNOLOGIA

2 CHARLATANISMOQUÂNTICO

3 Quais os significados de quântica? No google: Quantum mechanics Quantum psichology QuantumTherapy Quantum Econonomy Quantum sex QUANTUM TANTRA

4 The Character of Physical Law Houve um tempo quando os jornais diziam que apenas 12 homens entendiam a teoria da Relatividade. Eu não acredito que jamais houve este tempo. Deve ter havido um tempo onde apenas um homem entendeu, isto porque ele a captou, antes de escrever o artigo. Mas depois que as pessoas leram o artigo, muitos compreenderam a teoria da relatividade de uma forma ou de outra, certamente mais do que 12 (formas). Por outro lado, eu penso que posso seguramente dizer que ninguém compreendeu a mecânica quântica. Richard P. Feynman

5 When it comes to atoms, language can be used only as in poetry. The poet, too, is not nearly so concerned with describing facts as with creating images (Niels Bohr, ) Quando se chega aos átomos, a linguagem pode ser usada apenas como na poesia. O poeta, também, nem sempre está interessado em descrever fatos mas sim criar imagens. Niels Bohr

6 QUANTA- Gilberto Gil Quanta do latim Plural de quantum Quando quase não há Quantidade que se medir Qualidade que se expressar Fragmento infinitésimo Quase que apenas mental Quantum granulado no mel Quantum ondulado no sal Mel de urânio, sal de rádio Qualquer coisa quase ideal Cântico dos cânticos Quântico dos quânticos Sei que a arte é irmã da ciência Ambas filhas de um Deus fugaz Que faz num momento E no mesmo momento desfaz Esse vago Deus por trás do mundo Por detrás do detrás Cântico dos cânticos Quântico dos quânticos

7 Meu sorriso dual Quando lá está Lá não mais estava Como Monalisa, Eu era uma obra de arte. Mas, estranhos homens Cabelos hirsutos Certezas indizíveis Bigodes insensíveis (Talvez por isso) Me condenaram. Congelar a mim E a meu sorriso quiseram Agora, preso numa caixa Pouco sorrio Quão pouco Apenas um pequeno quantum Entre a vida e a morte me encontro As 14 vidas do gato de Alice

8 A ARTE QUÂNTICA DE ERICK HELLER

9 Elétrons fluindo no interior de semi- condutores.

10 NANO ARTE MAS NÃO ARTE NANICA

11 Afinal o que é a mecânica quântica? Segundo 10 homens que não a entenderam!!!!!!

12

13 Niels Bohr O modelo ( ou a imagem) mais popular do átomo.

14 No meio do caminho tinha uma pedra tinha uma pedra no meio do caminho tinha uma pedra no meio do caminho tinha uma pedra. Ein stein no meio do caminho No meio do caminho Ein stein Nunca me esquecerei deste acontecimento Na vida de minhas retinas fatigadas Nunca me esquecerei que no meio do caminho Einstein RelativamenteDrummond

15 Planck, 19 de outubro de1900: Emissão de radiação é feita por pacotes (quanta), com energia proporcional à freqüência (cor). Constante de Planck Luz comporta-se como se fosse constituída de corpúsculos: fótons Einstein, 1905

16

17 Para a matéria assim como para a radiação, em particular a luz, devemos introduzir ao mesmo tempo o conceito de corpúsculo e de onda.... Em outras palavras em ambos os casos devemos assumir a existência de corpúsculos acompanhados por ondas (Louis de Broglie) Se isto se mostrar verdadeiro, eu abandono a física. (Max Von Laue, Nobel Laureate Physics 1914)

18 Ah!! mamãe, eu sou um surfista !!!!!! Mas... por outro lado, onde estou eu ?!!

19 ONDAS e QUANTONS

20 ONDAS ESTRANHAS

21 ORBITAIS DO H

22 Onde diabos está o elétron?

23 O polaróide e o fóton!!!!!!!!

24 Estou tão dividido.

25 ORBITAIS E PROBABILIDADE

26

27 A resposta à questão: são as ondas alguma coisa real ou um apenas uma função para descrever e prever fenômenos de uma forma conveniente?, é uma questão de gosto. Eu pessoalmente gosto de pensar a onda de probabilidade, mesmo num espaço 3N dimensional, como uma coisa real, isto é, certamente como mais do que uma ferramenta para cálculos matemáticos.... De forma geral, como poderíamos dar crédito a predições probabilísticas se por esta noção nós não nos referirmos a alguma coisa real e objetiva? (Max Born, Dover publ., 1964, 'Natural Philosophy of Cause and Chance', p. 107)

28 I don't like it, and I'm sorry I ever had anything to do with it. (Erwin Schrodinger talking about Born's Probability Wave Interpretation of Quantum Mechanics.) Eu não gosto disto, desculpem, eu nunca tive nada com isto. (Erwin Schrödinger falando sobre a interpretação probabilística da Mecância Quântica de Max Born)

29 Aqueles que não ficaram chocados quando se depararam com a mecânica quântica pela primeira vez não podem de nenhuma forma tê-la entendido. (Niels Bohr ) (Niels Bohr )

30 Mas talvez o erro seja nosso: talvez não exista posição e velocidade de uma partícula, mas apenas ondas. Apenas porque queremos ajustar as ondas às nossas idéias preconcebidas de posição e velocidade, o desencontro que daí resulta causa a aparente imprevisibilidade. (Hawking, 1988) SOBRE A DUALIDADE quais as implicações de ser governado por uma onda?

31 DIFRAÇÃOINTERFERÊNCIA COMPORTAMENTOS TÍPICOS DAS ONDAS

32 IMPLICAÇÕES PARA UM QUANTON Estranhas trajetórias Efeitos dependentes da fenda e do comprimento de onda Efeitos não locais

33 Luz: Comportamento ondulatório Experimento de Young (1800): Luz emitida por uma fonte passa por um anteparo com duas fendas, e produz em outro anteparo franjas claras e escuras: coerência Luz+luz=sombra!Luz+luz=sombra!

34 O experimento com Elétrons Feynman: Quintessência da estranheza quântica

35 MACROMOLÉCULAS TAMBÉM SÃO QUANTONS

36 CONDENSADOS FORMADOS POR MILHARES DE ÁTOMOS FORMAM UMA ONDA DE MATÉRIA

37

38 Ondas atravessam paredes: tunelamento

39

40 PROB. interferencia. Não-localidade. Medida.

41 God does not play dice with the cosmos. (Albert Einstein) Einstein, don't tell God what to do. (Niels Bohr in response to Einstein) Those who are not shocked when they first come across quantum mechanics cannot possibly have understood it. (Niels Bohr on Physics)

42 UMA EPISTEMOLOGIA REFINADA Shut up and calculate Para de frescura chê e calcula

43 Microscópio eletrônico de tunelamento

44 O Futuro é dos pequenos? Sensores Medicina Nanomateriais

45 OS LIMITES DA COMPUTAÇÃO CLÁSSICA Aprox. 2015: um átomo por bit! Pentium IV: 42 milhões de transistores

46 Atol de coral de elétrons Átomos de Ferro sobre uma superfície de cobre prendem elétrons dentro de um curral ou de um atol de coral Fotografia feita com microscópio de tunelamento (IBM)

47 Microscópio de Força Atômica

48 NANOLITOGRAFIA

49 Quantum dots (pontos quânticos) átomos artificiais contruídos em materiais semi-condutores. Contém um número controlável de elétrons (de um a centenas) Sua manipulação permite estudos fundamentais e possíveis aplicações que alguns acreditam gerarão uma nova revolução tecnológica.

50 Quantum Dot Ponto Quântico

51 NANOTUBOS

52 Aplicações Protetores de pele e cosméticos- partículas nanométricas de dioxido de titânio e oxido de zinco absorvem o UV Argila Películas de revestimento em superfícies.Podem aumentar a dureza e resistência. Baterias células,catalisadores, lubrificantes, Implantes médicos (proteses), Purificação da água(nanomembranas) Chips de computadores Computação quântica Sensores –(sensor de microondas) Imagens do interior de células Biomimética- inspiração nos processos biológicos para construir máquinas nanoscópicas- por exemplo fotossíntese. Novos pesticidas biodegradáveis. Instrumentos optoeletrônicos

53 Implicações Novas tecnologias e suas consequências inesperadas- Auto-replicação –nano-robots. Impactos no ambiente. Impactos nas relações sociais de trabalho Impactos na educação. Impactos no mundo globalizado.

54 Novas tecnologias As tecnologias do século XXI – genética, nanotecnologia, e robótica – são extremamente poderosas e podem gerar toda uma nova classe de acidentes e abusos. E mais perigosamente, pela primeira vez, estes acidentes e abusos estão largamente ao alcance de indivíduos ou pequenos grupos. Eles não requerem grandes fábricas ou matéria prima rara. O conhecimento apenas pode habilitar pessoas a usá-los. Bill Joy, co-founder and chief scientist at Sun Microsystems

55 The Future Needs Us! New York Times A idéia da nanotecnologia é construir máquinas numa escala extremamente pequena, que sejam tão capazes quanto células humanas, mas feitas de materiais diferentes, de tal forma que são mais duradouras e mais versáteis. Um tipo de nanomáquina é o assembler, que como uma fábrica minúscula pode construir outras máquinas, incluindo réplicas dela mesma. Drexler compreende, desde o começo que uma tal máquina pode gerar um imenso poder para o mal ou para o bem. Felizmente ou infelizmente, a nanotecnologia tem se desenvolvido num passo mais lento do que Drexler esperava. Nada remotamente parecido com um assembler foi criado. O produto mais útil até hoje criado foram os chips e estes não possuem o poder de se replicar. Freeman Dyson

56 Quebra de paradigmas Indeterminismo e probabilidade. Comportamentos estranhos devido a interferência e difração. Tunelamento. Não-localidade. Papel do observador na medida. Temas e metáforas na discussão cultural Fim das certezas e da causalidade) Fim da intuição Parapsicologia paranormalidade Holismo Fim da objetividade. O mundo é uma construção do sujeito e a ciência é uma ficção literária.

57 Para se ter um paralelo sobre a lição que a teoria atômica nos dá sobre a limitada aplicabilidade, das idealizações costumeiras, nós devemos de fato, recorrer a outros ramos da ciência, tais como psicologia, ou mesmo ao tipo de problemas epistemológicos que pensadores como Buda e Lao Tse confrontaram, quando tentaram harmonizar nossa posição de espectador e ator no grande drama da existência. (Niels Bohr, Speech: Celebrazione del Secondo Centenario della Nascita di Luigi Galvani - Bologna Ottobre 1937)

58 CHARLATANISMOQUÂNTICO

59 : medicina quântica Cargas parasitárias n São potenciais elétricos gerados pelo próprio organismo ou oriundos de fontes naturais como raios e tempestades, como também emissões telúricas ou de outra origem qualquer como atrito dos pés em tapetes de nylon. n Os potenciais elétricos que o próprio organismo gera estão relacionados aos batimentos cardíacos, pulsos arteriais, movimentos musculares ou fluxo de outros líquidos do organismo. n Toda carga que não pode ser absorvida pelo organismo, convertida em calor ou eliminada é considerada carga parasitária. n Cada organismo tem uma certa tolerância às cargas parasitárias que, quando ultrapassam este limite, interferem nas células orgânicas abaixando de intensidade o biocampo, trazendo prejuízos à saúde devido às alterações físico-qúimicas. O biocampo reveste e incorpora o organismo humano para manter o seu funcionamento de forma satisfatória, regenerando-o e protegendo- o contra agentes agressores. O biocampo é composto de neutrinos que são partículas que eliminam os efeitos negativos dos fótons quando estes invadem o organismo humano (os fótons são partículas geradas por campos eletromagnéticos ). O biocampo é composto de neutrinos que são partículas que eliminam os efeitos negativos dos fótons quando estes invadem o organismo humano (os fótons são partículas geradas por campos eletromagnéticos ).

60 : Os fótons de alta energia são oriundos do espaço ou fontes radiativas. Contra estes fótons nada podemos fazer quando eles invadem as barreiras de proteção. Os fótons de alta energia são oriundos do espaço ou fontes radiativas. Contra estes fótons nada podemos fazer quando eles invadem as barreiras de proteção. n Os fótons de baixa energia são gerados por motores, transformadores de linha, microondas, luz elétrica, computadores, emissoras e receptores de televisão e rádio, telefone celular etc. É contra estes fótons que os neutrinos colidem para neutralizar os efeitos negativos. Estes efeitos são as alterações do equilíbrio bioquímico das células, causando a liberação de radicais livres no sangue. n Os neutrinos não tem carga elétrica e nem massa; são mais parecidos com nada. n As cargas parasitárias podem ser decorrentes de campos magnéticos anômalos (doentes) e também parasitários. Na verdade, as cargas parasitárias acima de um certo nível favorecem a atuação de campos eletromagnéticos sobre as células orgânicas abaixando a intensidade do campo de neutrinos (biocampo). Na verdade, as cargas parasitárias acima de um certo nível favorecem a atuação de campos eletromagnéticos sobre as células orgânicas abaixando a intensidade do campo de neutrinos (biocampo).

61 : Os campos parasitários criam uma superposição mecânico-quântica nos spins isotópicos, influenciando- os a uma simetria local. Os campos parasitários criam uma superposição mecânico-quântica nos spins isotópicos, influenciando- os a uma simetria local. n A simetria local dos spins faz com que o corpo perca o contato com as conexões não-locais, ou seja, cria uma desarmonia com o universo (teoria Yang –Mills ). n O equilíbrio energético é a manutenção das conexões não-locais através da sintonia vibracional com o cosmo. n O biocampo possui isometria de "Spin" isotópico global, ou seja, ele se identifica com o universo e troca elétrons com as estrelas. n As partículas de neutrino que compõem o biocampo são geradas pela compressão das membranas iônicas as quais são ricas em potássio estelar.

62 : A presença de uma "nuvem neutrínica" que envolve o corpo proporciona a cura e a regeneração do organismo. A presença de uma "nuvem neutrínica" que envolve o corpo proporciona a cura e a regeneração do organismo. n Até agora vimos que toda doença surge pela interferência de cargas e campos magnéticos externos que alteram o biocampo. Veremos como interferências internas provenientes de pensamentos e sentimentos negativos podem alterar o campo de neutrinos que, por sua vez, alteram as reações físico-químicas do corpo. n Quando temos consciência de que a nossa natureza é espiritual, estamos nos identificando com o universo e assim sendo mantemos o biocampo de neutrinos com alta intensidade.

63 : Quando nos identificamos mais com o ego acreditando que ele é o centro do nosso ser e não o Eu espiritual, criamos uma conexão local abaixando a intensidade do biocampo. Quando nos identificamos mais com o ego acreditando que ele é o centro do nosso ser e não o Eu espiritual, criamos uma conexão local abaixando a intensidade do biocampo. n Os pensamentos e os sentimentos negativos provem de identificação com o ego e não com o Eu. Por isso, para afastarmos estas energias, precisamos reforçar a nossa consciência de que somos seres espirituais. n O medo, a ansiedade e o desespero são identificações com o ego; a confiança, a esperança e a fé refletem a identificação com o Eu espiritual.

64 : A percepção do ego é muito limitada devido às conexões locais; ele não consegue perceber o que está além dos acontecimentos e todos os fatos passam por um julgamento pessoal baseado em experiências passadas. A percepção do ego é muito limitada devido às conexões locais; ele não consegue perceber o que está além dos acontecimentos e todos os fatos passam por um julgamento pessoal baseado em experiências passadas. n O Eu espiritual é criativo e ilimitado; ele espera sempre o melhor, pois as suas conexões são não-locais. Os recursos de que dispõe são de infinitas possibilidades. n O amor está relacionado ao Eu e o ódio ao ego, assim como os sentimentos de paz e raiva estão associados também. n Quando estamos pensando utilizamos uma conexão local. Quando estamos meditando realizamos uma conexão não-local. Por isso, a necessidade de reduzir os pensamento para aumentar a intensidade do biocampo. n O cérebro humano funciona por não-ação. Em outras palavras: Quando pensamos ou sentimos a atividade bioelétrica do cérebro para de funcionar em alguma parte.

65 : O estado meditativo reduz a freqüência cerebral para 8 a l2 Hz (estado alfa) proporcionando o aumento da atividade bioelétrica favorecendo uma conexão não-local. O estado meditativo reduz a freqüência cerebral para 8 a l2 Hz (estado alfa) proporcionando o aumento da atividade bioelétrica favorecendo uma conexão não-local. n Quando estamos pensando, a freqüência do cérebro é de l5 a 30 Hz (estado beta), mantendo uma conexão local, reduzindo a atividade bioelétrica do cérebro. n O princípio da não-ação está relacionado aos estudos do Professor D.M. Amorim, Neuro-Psicólogo da Universidade de Princenton, Diretor do Departamento de Pesquisas Médicas e autor de dezenas de obras científicas sobre o funcionamento do cérebro. n FORÇA CENTRÍFUGA O movimento corporal com paradas bruscas, mudanças de direção e giros tem um efeito curativo nas pessoas como tem demonstrado estudos realizados pela NASA (Agência Espacial Norte-Americana). O movimento corporal com paradas bruscas, mudanças de direção e giros tem um efeito curativo nas pessoas como tem demonstrado estudos realizados pela NASA (Agência Espacial Norte-Americana).

66 : Pesquisas recentes feitas pela NASA observaram que o núcleo do átomo ao parar de se mover numa direção de forma brusca, ou quando ele tem a sua direção invertida de forma inesperada com desaceleração, ele desloca-se em sentido contrário ao movimento reemitindo uma radiação "X" do tipo alfa ou não. Pesquisas recentes feitas pela NASA observaram que o núcleo do átomo ao parar de se mover numa direção de forma brusca, ou quando ele tem a sua direção invertida de forma inesperada com desaceleração, ele desloca-se em sentido contrário ao movimento reemitindo uma radiação "X" do tipo alfa ou não. n Esta radiação provoca um efeito higienizante no corpo, eliminando infecções e pequenos ferimentos. Este tipo de radiação melhora a saúde das pessoas, rompendo as ligações locais entre os átomos que compõem o corpo.

67 : Os átomos, ao romperem as ligações locais, ficam momentaneamente "livres" e tendem a dirigir-se para as estrelas atraídos pela conexão não-local. Os átomos, ao romperem as ligações locais, ficam momentaneamente "livres" e tendem a dirigir-se para as estrelas atraídos pela conexão não-local. n A FÍSICA QUÂNTICA APLICADA À EDUCAÇÃO FÍSICA n Os esportes que apresentam paradas bruscas com giros e mudanças de direção estão enquadrados neste tipo de efeito sobre a saúde geral dos praticantes.

68 : Exercícios em cama elástica também favorecem este tipo de reemissão da onda atômica "X". Exercícios em cama elástica também favorecem este tipo de reemissão da onda atômica "X". n Os neutrinos são produzidos com a distensão das membranas iônicas (parênquimas orgânicos, cápsulas articulares e peritônio).Todo exercício de alongamento favorece o aumento da intensidade do biocampo de neutrinos do corpo. n Obs: Quando diminuimos a atividade cerebral atingindo o estado alfa-dominante durante a prática de exercícios físicos, potencializamos os efeitos curativos e regeneradores do corpo mantendo a saúde em alto nível.

69 : O excesso de atividade física poderá aumentar demasiadamente as cargas parasitárias geradas pelo próprio corpo, causando prejuízos à saúde. O excesso de atividade física poderá aumentar demasiadamente as cargas parasitárias geradas pelo próprio corpo, causando prejuízos à saúde. n Maiores informações sobre a física quântica aplicada à saúde poderão ser encontradas no livro do Dr. Victor Mattos "Medicina Quântica", autor de centenas de trabalhos publicados em diversas revistas internacionais indexadas como Scientific American, Nature e Science et Vie. n O Professor Wagner da Rocha aplica estes conceitos à prática da atividade física voltada à qualidade de vida. Ministra cursos, workshop e treinamento em diversas empresas. n (A FÍSICA QUÂNTICA APLICADA À SAÚDE n m)

70 CONCLUSÃO O MUNDO NECESSITA DE EDUCAÇÃO CIENTÍFICA DE BOA QUALIDADE. O MUNDO NECESSITA DE EDUCAÇÃO CIENTÍFICA DE BOA QUALIDADE. O MUNDO NECESSITA DE EDUCAÇÃO ÉTICA O MUNDO NECESSITA DE EDUCAÇÃO ÉTICA

71 FIM

72 Mecânica Quântica e cultura -Quântica e seus mistérios. -Quântica e seus divulgadores Quântica como metáfora- Quântica e os charlatões-

73 PREY- O LIVRO Prey-.....A mensagem é que a biotecnologia no século XXI é tão perigosa quanto o foi a tecnologia nuclear no século XX. Os perigos não residem na criação de nanorobots ou agentes autônomos. Os perigos surgem do conhecimento, isto é,do inexorável crescimento do nosso entendimento dos processos fundamentais da vida. A mensagem é que os conhecimentos biológicos irresponsavelmente aplicados significam morte. E eu espero que o mundo escute. Freeman Dyson. Prey--Michael Crichton Michael Crichton

74 The Future Needs Us! New York Times A idéia da nanotecnologia é construir máquinas numa escala extremamente pequena, que sejam tão capazes quanto células humanas, mas feitas de materiais diferentes, de tal forma que são mais duradouras e mais versáteis. Um tipo de nanomáquina é o assembler, que como uma fábrica minúscula pode construir outras máquinas, incluindo réplicas dela mesma. Drexler compreende, desde o começo que uma tal máquina pode gerar um imenso poder para o mal ou para o bem. Felizmente ou infelizmente, a nanotecnologia tem se desenvolvido num passo mais lento do que Drexler esperava. Nada remotamente parecido com um assembler foi criado. O produto mais útil até hoje criado foram os chips e estes não possuem o poder de se replicar. Freeman Dyson

75 Drexler Extremamente onívoras, bactérias [sintéticas] podem superar competitivamente as bactérias reais: elas podem se espalhar como uma revoada de pólem, replicar rapidamente, e reduzir a biosfera a poeira em questão de dias. Perigosos replicadores podem ser muito fortes, pequenos e se espalhar com tamanha velocidade que não podemos pará-los – pelo menos se não nos prepararmos para tal. Nós já temos problemas demais controlando vírus e moscas de frutas... Não aguentaremos certos tipos de acidentes com assemblers replicantes. Eric Drexler- um dos profetas da nanotecnologia. Criador do Instituto Foresight para promoção do uso benigno das tecnologias

76 Novas tecnologias As tecnologias do século XXI – genética, nanotecnologia, e robótica – são extremamente poderosas e podem gerar toda uma nova classe de acidentes e abusos. E mais perigosamente, pela primeira vez, estes acidentes e abusos estão largamente ao alcance de indivíduos ou pequenos grupos. Eles não requerem grandes fábricas ou matéria prima rara. O conhecimento apenas pode habilitar pessoas a usá-los. Bill Joy, co-founder and chief scientist at Sun Microsystems

77 God does not play dice with the cosmos. (Albert Einstein) Einstein, don't tell God what to do. (Niels Bohr in response to Einstein) Those who are not shocked when they first come across quantum mechanics cannot possibly have understood it. (Niels Bohr on Physics) When it comes to atoms, language can be used only as in poetry. The poet, too, is not nearly so concerned with describing facts as with creating images. It is wrong to think that the task of physics is to find out how Nature is. Physics concerns what we say about Nature. (Niels Bohr, )

78 Thus the last and most successful creation of theoretical physics, namely quantum mechanics (QM), differs fundamentally from both Newton's mechanics, and Maxwell's e-m field. For the quantities which figure in QM's laws make no claim to describe physical reality itself, but only probabilities of the occurrence of a physical reality that we have in view. (Albert Einstein, 1931) I cannot but confess that I attach only a transitory importance to this interpretation. I still believe in the possibility of a model of reality - that is to say, of a theory which represents things themselves and not merely the probability of their occurrence. On the other hand, it seems to me certain that we must give up the idea of complete localization of the particle in a theoretical model. This seems to me the permanent upshot of Heisenberg's principle of uncertainty. (Albert Einstein, 1934)

79 This statistical interpretation is now universally accepted as the best possible interpretation for quantum mechanics, even though many people are unhappy with it. People had got used to the determinism of the last century, where the present determines the future completely, and they now have to get used to a different situation in which the present only gives one information of a statistical nature about the future. A good many people find this unpleasant; Einstein has always objected to it. The way he expressed it was: "The good God does not play with dice". Schroedinger also did not like the statistical interpretation and tried for many years to find an interpretation involving determinism for his waves. But it was not successful as a general method. I must say that I also do not like indeterminism. I have to accept it because it is certainly the best that we can do with our present knowledge. One can always hope that there will be future developments which will lead to a drastically different theory from the present quantum mechanics and for which there may be a partial return of determinism. However, so long as one keeps to the present formalism, one has to have this indeterminism. (P.A.M. Dirac, "The Development Of Quantum Mechanics" Conferenza Tenuta il 14 Aprile 1972, in Roma, Accademia Nazionale dei Lincei, 1974)

80 "A consciência é um mistério, a mecânica quântica é um mistério. Quando você tem dois mistérios, bem, talvez haja apenas um. Talvez eles sejam a mesma coisa." Filósofo da Washington University, David Chalmers

81 A sugestão de que o mundo estranho do quantum poderia conter uma resposta para a consciência é uma idéia com uma história longa. Pensamentos na possibilidade datam pelo menos tão cedo quanto um livro, Quantum Theory, escrito pelo físico David Bohm em Porém, em anos recentes a especulação se espalhou ao ponto onde se tornou quase uma crença popular. O que mais, perguntam vários pensadores, incluindo Roger Penrose -- o matemático de Oxford que ganhou fama com seu trabalho em mosaicos geométricos e buracos negros -- poderia explicar aspectos da mente como livre arbítrio, intuição, criatividade e a unidade subjetiva de experiência?

82 A careful analysis of the process of observation in atomic physics has shown that the subatomic particles have no meaning as isolated entities, but can only be understood as interconnections between the preparation of an experiment and the subsequent measurement. Quantum theory thus reveals a basic oneness of the universe. The mathematical framework of quantum theory has passed countless successful tests and is now universally accepted as a consistent and accurate description of all atomic phenomena. The verbal interpretation, on the other hand, i.e. the metaphysics of quantum theory, is on far less solid ground. In fact, in more than forty years physicists have not been able to provide a clear metaphysical model. (Fritjof Capra, 1975)

83 But maybe that is our mistake: maybe there are no particle positions and velocities, but only waves. It is just that we try to fit the waves to our preconceived ideas of positions and velocities. The resulting mismatch is the cause of the apparent unpredictability. (Hawking, 1988)

84 Nossas doenças freqüentemente são um reflexo simbólico de nossos próprios estados internos devido ao modo como lidamos com nossas emoções, aos bloqueios energéticos e as influencias referentes ao ambiente físico em que vivemos. Para pessoas que sentem dificuldade de serem tratadas através das técnicas da PNL, foi desenvolvido todo uma metodologia quântica para efetuar a mesma resignificação eliminando a origem do sentimento negativo através da processo energético.

85 Por outro lado, muitos dos comportamentos são decorrentes de mudanças energéticas no corpo, o que faz com que determinados procedimentos que funcionaram bem em uma pessoa não funcione com outra, para estes casos a Terapia Quântica tem como instrumento de trabalho o Laser Quântico, que é um aparelho composto de cristais especialmente combinados para efetuar uma limpeza profunda em todos os níveis auricos do ser. Esta limpeza inclui a eliminação de obsessores espirituais, miasmas, implantes negativos (Chips), desbloquear meridianos, desbloqueio da coluna vertebral, traumas energéticos, realinhamento dos chacras e de todos os corpos auricos etc..., podendo em alguns casos ser necessário um procedimento de limpeza na residência ou empresa da pessoa, para que tudo volte a normalidade.

86 The Character of Physical Law Houve um tempo quando os jornais diziam que apenas 12 homens entendiam a teoria da Relatividade. Eu não acredito que jamais houve este tempo. Deve ter havido um tempo onde apenas um homem entendeu, isto porque ele a captou, antes de escrever o artigo. Mas depois que as pessoas leram o artigo, muitos compreenderam a teoria da relatividade de uma forma ou de outra, certamente mais do que 12 (formas). Por outro lado, eu penso que posso seguramente dizer que ninguém compreendeu a mecânica quântica. Richard P. Feynman

87 tandard English English Prime1. The photon is a wave. 1. The photon behaves as a wave when constrained by certain instruments. 2. The photon is a particle. 2. The photon appears as a particle when constrained by other instruments. 3. John is unhappy and grouchy. 3. John appears unhappy and grouchy in the office. 4. John is bright and cheerful. 4. John appears bright and cheerful on holiday at the beach.5. The car involved in the hit-and-run accident was a blue Ford. 5. In memory, I think I recall the car involved in the hit-and-run accident as a blue Ford.6. That is a fascist idea. 6. That seems like a fascist idea to me.7. Beethoven is better than Mozart. 7. In my present mixed state of musical education and ignorance Beethoven seems better than Mozart to me.8. Lady Chatterly's lover is a pornographic novel. 8. Lady Chatterly's lover seems like a pornographic novel to me.9. Grass is green. 9. Grass registers as green to most human eyes.10. The first man stabbed the second man with a knife. 10. I think I saw the first man stab the second man with a knife. In the first exam In examples 7 and 8, Standard English again assumes indwelling spooks and continues to separate observer and observed; English Prime assumes no spooks and reminds us of QUIP (the QUantum Inseparability Principle, so named by Dr. Nick Herbert), namely, the impossibility of existentially separating observer and observed.

88 Physics of Tao Formal, critical and empirical investigation of mind-body interactions. Formulation of analytic realizations of wholism, irreducibility, symmetry, and "non-selecting measurement", as found in oriental martial arts. Identification of parallel roots in the development of Taoism in China, and in the origination of cybernetics and natural philosophy as postnarrative science by Anaximander in Ionia, Greece; and in their subsequent historic, societal, and scientific development. The empirical demonstration of Eddie Oshins' work on self-referential motion and the hunt for psychic torque. Quantum Psychology Project®

89 Quantum Psychology is a practical approach to becoming mindful of both the relationship between our automatic responses and what triggers them, as well as the mechanism, itself, of those automatic responses. It offers a means to enable you to stay in your adult experience of what is in your present moment, and maintain rather than lose access to inner resources which your automatic responses cut you off from. You are able to notice the mechanism of your automatic response "trance" and exercise control over it. You are then able to respond more effectively, free of the emotional charge of past experiences. In advanced work, Quantum Psychology delves experientially into the realm of emptiness, exploring and responding to the diverse ways we defend ourselves against it, paving the way to the spaciousness that comes from freely allowing emptiness to be experienced. On this level therapy is not about problem-solving whatsoever, but is used as a vehicle to practice locating yourself in the "never-changing background" from where the problems that flow through the "ever-changing foreground" can be seen from an expanded perspective. From here life takes on greater meaning and offers deeper joy.

90 The "unconscious" itself has a certain analogy with the "field" in physics, and both are brought into the realm of the irrepresentable and paradoxical through a problem of observation. This way of looking at things leads me to expect that the further development of the ideas of the unconscious will not take place within the narrow framework of their therapeutic applications, but will be determined by their assimilation to the main stream of natural science as applied to vital phenomena. --Wolfgang Pauli Quantum Consciousness: The Guide to Experiencing Quantum Psychology This adventure into far-reaching psychological thought provides more than eighty exercises -- designed to be done alone, in pairs, or in a group setting -- for exploring the underlying unity that is quantum consciousness and the quantum approach to problem resolution.

91 What is Quantum Medicine? All minerals, plants, animals including mankind are composed of various tissues, organs, cells, molecules, and atoms. An atom is composed of electron and nuclei which intern quantum and neutron. So far, with all scientific techniques together, normally we can see just this atom-level, and the rest is beyond human reach. But according to the modern elementary particle theory, elementary particle is considered to have immense size and types, and it has property as energy field which rotates and vibrates itself incessantly. The measurement technique, which tests the energy composed of magnetic energy produced by quantum and electron movement and elementary particle group which supports the above, is described as "Quantum measurement method", and its influence and application on medical field is Quantum Medicine. Even though, bio-technology enables to clone the sheep, we still have no idea how a certain cell body correspondingly developed to organs like eyes, ears and stomach. Professor of Yale, Harold Saxton Burr assumed the bio-energy which comes from the human body can carry bio-information of the body. Prof. Harold explains that cell body of egg contains "magnetism field" which carries bio-information of chicken. He called it "Life Field" that leads every cell body to form organs of chicken. The Novel prize nominee and US biochemist, Robert Becker also found that tail-cut lizard has subtle electronic wave on its wounded organ for recovery. This result explains electronic field contains a certain type of bio-information.

92 Quantum-Touch Therapy This healing touch therapy utilizes our innate body intelligence to direct healings. Advanced techniques used in this system include harmonic toning, spinning the chakras, structural alignment, and distant healing... If you dread those colourful anti-biotics, why not skip them and place your trust in those wild flowers from the mountains? It is worth it to meet Dr Aftab Ahmed, whose spiritual knowledge of the Quran and the Hadith, combined with his alternative therapies acts as the best form of treatment to any disorder that has been bothering you. The Quantum Therapy is one of the latest therapy from Russia adopted by Dr Aftab. This was planned and designed first for the treatment of cosmonauts. It is a combination of magnet and laser. QUANTUM THEORY OF ECONOMICS

93 QUANTUM TANTRA

94 V=0.41 c= km/s 1 metro em 1/ de s Emissão =10 eletrons/s

95 O experimento de Taylor com Elétrons Feynman: Quintessência da estranheza quântica

96 MACROMOLÉCULAS TAMBÉM SÃO QUANTONS

97 VIRUS PROTEINA DNA MITOCÔNDRIA

98 ONDAS ESTRANHAS


Carregar ppt "REFLEXOS QUÂNTICOS NA ARTE NA CULTURA NA TECNOLOGIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google