A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Funcionalismo Americano UFRGS - Instituto de Psicologia História da Psicologia 2007/2 Aula 10.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Funcionalismo Americano UFRGS - Instituto de Psicologia História da Psicologia 2007/2 Aula 10."— Transcrição da apresentação:

1 Funcionalismo Americano UFRGS - Instituto de Psicologia História da Psicologia 2007/2 Aula 10

2 Movimento da Psicologia Funcional Sistema de psicologia genuinamente americano; Precursor: William James Representantes: Dewey, Angell e Baldwin * Matrizes do Pensamento Psicológico de Figueiredo.

3 A psicologia é o estudo da atividade mental, que é o termo genérico para o comportamento adaptativo. Implica três fases essenciais: –(1) um estímulo motivador, –(2) uma situação sensorial e –(3) uma resposta que altera a situação para satisfazer as condições motivadoras.

4 Primeiros Psicólogos Norte-americanos Parte I Titchener - Universidade de Cornell Batismo da psicologia funcionalista em oposição à estruturalista. Estruturalista (e não, Funcionalista!!)

5 Titchener (e não Wundt!) Wundt buscou confirmar experimentalmente a hipótese de que a vida mental consciente pode se dividir em elementos fundamentais. Quais são os elementos mentais? Como eles se estruturam? Como eles se associam? Decomposição em seus elementos: Abordagem estrutural (~anatomia) X Processos e efeitos adaptativos: Abordagem funcional (~fisiologia) Para Wundt, a análise e decomposição em elementos fundamentais da consciência era apenas o meio para se descobrirem as leis universais da vida em todas as suas manifestações.

6 Primeiros Psicólogos Norte-americanos Parte II Stanley Hall –Primeiro aluno americano de Wundt –Primeiro doutor em Psicologia dos EUA, 1878 –APA –Trazer a peste para a América James Mark Baldwin –Princeton James McKeen Cattell –Leipzig... Columbia

7 William James (Harward) e John Dewey (Michigan e Chicago) Primeiras sistematizações da psicologia sem a bênção alemã Primeiros Psicólogos Norte-americanos Parte III

8 William James ( ) Princípios de Psicologia Temas: hábitos, atenção, fluxo de pensamento e self. Self e fluidez: não é uma estrutura com organização psíquica, ele passa a existir em função de suas ações no ambiente. Função x estrutura: Foco sobre as funções e suas interações e não suas propriedades de um organismo dotado de psiquismo.

9 Pragmatismo Primeiramente um método, e, em segundo lugar, uma teoria genética do que se entende por verdade A verdade é feita, do mesmo modo que a saúde, a riqueza e a força são feitas no curso dos acontecimentos - São construidas na ação do organismo. O pragmatismo seria o funcionalismo filosófico, e o funcionalismo é o pragmatismo psicológico (segundo Angell)

10 John Dewey (1859 – 1952) A escola de Chicago (junto a Angell e Carr) Posição organísmica: o comportamento é uma coordenação total que adapta o organismo a uma situação. Comportamento: –considerado tal como funciona e –uso de unidades molares para análise

11 A psicologia interessa-se por todos os processos diretamente implicados na adaptação do organismo ao seu meio, enquanto que a fisiologia dedica-se a estudar atividades vitais como a circulação, a digestão e o metabolismo, envolvidas primordialmente na manutenção da integridade estrutural do organismo. Definição de psicologia

12 O conceito de consciência assemelha-se a outros conceitos abstratos como a inteligência, a força de vontade e a mente coletiva; Nenhum destes conceitos existe independentemente dos atos que lhes conferem significado e nenhum deles pode servir diretamente como objeto de investigação empírica.

13 Operação seletiva e auto-reguladora de táticas comportamentais. Identifica interesses Resultados adaptativos Consciência

14 Edward Lee Thorndike (1874 – 1949) A Escola de Columbia Psicologia comparativa Conexionismo - Sistema associacionista puro aplicado aos problemas psicológicos; Definição de Psicologia: Estudo das conexões e vínculos estímulo-reação Animal Intelligence Determinista, ambientalista, passivo em sua concepção de organismo

15 Thorndike e a Lei do Efeito Tentativa e erro Poder do exercício (êxito) Todo e qualquer ato que, numa dada situação, produz satisfação, associa-se a essa situação, de modo que, quando a situação se reproduz, a probabilidade de uma repetição do ato é maior que antes. Inversamente, todo e qualquer ato que, numa dada situação, produz desagrado, dissocia-se da situação, de modo que, quando a situação reparece, a probabilidade de repetição do ato é menor que antes.

16 Mecanicismo Associacionista e Funcionalismo em Thorndike A aprendizagem é um processo de eliminação do erro Modelo dominante: Funcionalismo (modelo de um processo auto-regulado sob o controle seletivo das consquências do comportamento) (Skinner) A estrutura orgânica é um mecanismo de adaptação, embora seu funcionamento seja em parte concebido na forma de um mecanismo físico.

17 Behaviorismos I John Broadus Watson (1878 – 1958) Behaviorismo metodológico ou empírico: Psicologia completamente objetiva. Behaviorismo metafísico ou radical: nega, por implicação, a existência da mente.

18 Definição de Psicologia Aquela divisão da ciência natural que toma o comportamento humano – as ações e as verbalizações, tanto aprendidas como não- aprendidas, das pessoas como seu objeto de estudo (1929) Dizer é fazer – isto é, comportar-se. Falar abertamente ou para nós próprios (pensar) é um tipo de comportamento tão objetivo quanto o beisebol.

19 O comportamento compõe-se de elementos de resposta e pode ser cuidadosamente analisado por métodos científicos, naturais e objetivos; O comportamento compõe-se inteiramente de secreções glandulares e movimentos musculares; portanto, é redutível a processos físico- químicos;

20 Há uma resposta imediata, de alguma espécie, a todo e qualquer estímulo eficaz; toda a resposta tem alguma espécie de estímulo. Assim, existe no comportamento um rigoroso determinismo de causa-e-efeito; Os processos conscientes, se é que existem, não podem ser cientificamente estudados; as alegações sobre a consciência representam tendências sobrenaturais e como remanescentes das fases teológicas e pré-científicas da psicologia devem ser ignoradas.

21 Behaviorismos II Edwin Guthrie (1886 – 1959) Teoria da contigüidade: princípio da aprendizagem (associacionismo) Aprendizagem por um ensaio: oposição às teorias do reforço no campo E-R. O reforço opera apenas para manter conexões E- R formadas através de contigüidade per se.

22 Behaviorismos III Clark L. Hull ( ) Combinação da lei do efeito de Thorndike o paradigma do condicionamento de Pavlov Sistema hipotético-dedutivo formalizado Behaviorista mais metodológico do que metafísico

23 Apogeu do behaviorismo I Edward Tolman (1886 – 1959) Interpretação molar do comportamento como intencional; Sistema apresenta combinação aparentemente paradoxal de elementos do behaviorismo e da Gestalt; Invenção do paradigma da variável interveniente (a qual Hull complementará) ; Distinção efetiva entre aprendizagem e desempenho.

24 Apogeu do behaviorismo II B. F. Skinner Insistência na abordagem descritiva e ateórica da pesquisa sobre o comportamento; (não formalcomo Hull) Desenvolvimento indutivo da teoria (determinada pelos dados); concepção ateórica do reforço;

25


Carregar ppt "Funcionalismo Americano UFRGS - Instituto de Psicologia História da Psicologia 2007/2 Aula 10."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google