A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo I – Roteiro 3 A pedra angular EADE - Programa II - Religião à Luz do Espiritismo Ensinos e Parábolas de Jesus – Parte 2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo I – Roteiro 3 A pedra angular EADE - Programa II - Religião à Luz do Espiritismo Ensinos e Parábolas de Jesus – Parte 2."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo I – Roteiro 3 A pedra angular EADE - Programa II - Religião à Luz do Espiritismo Ensinos e Parábolas de Jesus – Parte 2

2 Havia um homem que plantou uma vinha, arrendou-a a uns lavradores e depois se ausentou do país. Ao tempo da colheita, mandou seus servos aos lavradores, para receber os frutos da vinha, mas os lavradores os feriram, mataram um e apedrejaram outro. Outros servos foram enviados; e eles fizeram-lhes o mesmo.

3 E, por último, enviou-lhes seu filho, dizendo:Terão respeito a meu filho. Mas os lavradores, vendo-o, para apoderarem-se de sua herança, o arrastaram para fora da vinha e o mataram. Quando, pois, vier o Senhor da vinha, que fará àqueles lavradores? Dizem-lhes eles: Dará afrontosa morte aos maus e arrendará a vinha a outros lavradores, que, a seu tempo, lhe dêem os frutos. Mateus, 21: 33-41

4 Diz-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra que os edificadores rejeitaram, essa foi posta por cabeça do ângulo; pelo Senhor foi feito isso e é maravilhoso aos nossos olhos? Mateus, 21: 42

5 Pedra angular Cada uma das pedras que forma o cunhal de um edifício. Cunhal é cada canto externo (ou quina) de uma edificação, formado por duas paredes. A pedra colocada como cabeça de ângulo é a mais importante porque sustenta e serve de base às demais.

6 Pedra angular A palavra pedra citada no texto evangélico traz o significado de verdade essencial que foi anunciada por meio de uma revelação. O Evangelho é a pedra angular, o sustentáculo para que se compreenda Deus e a criação divina.

7 Pedra angular A palavra de Jesus se tornou pedra angular, isto é, a pedra de consolidação do novo edifício da fé, erguido sobre as ruínas do antigo. A Gênese, cap. 17, item 28 Os judeus, os príncipes dos sacerdotes e os fariseus rejeitaram essa pedra. A Gênese, cap. 17, item 28

8 Nas obras básicas do Espiritismo a expressão é utilizada de forma metafórica: [...] o que Jesus colocou por pedra angular do seu edifício e como condição expressa da salvação: a caridade, a fraternidade e o amor do próximo [...] ESE, cap 23, item 15 Pedra angular

9 Nas obras básicas do Espiritismo a expressão é utilizada de forma metafórica: [...] sua doutrina [de Jesus] tem por base principal, por pedra angular, a lei de amor e de caridade. ESE, cap 14, item 6 Pedra angular

10 Nas obras básicas do Espiritismo a expressão é utilizada de forma metafórica: Nos dois textos, Kardec utiliza a expressão para deixar claro que a essência do ensino de Jesus é a caridade, o amor ao próximo, fundamento desrespeitado pelos que, dizendo-se cristãos, armam-se contra seus semelhantes. Pedra angular

11 Nas obras básicas do Espiritismo a expressão é utilizada de forma metafórica: A parte mais importante da revelação do Cristo, no sentido de fonte primária, de pedra angular de toda a sua doutrina é o ponto de vista inteiramente novo sob que considera ele a Divindade. A Gênese, cap. I, item 23 Pedra angular

12 Nas obras básicas do Espiritismo a expressão é utilizada de forma metafórica: O Codificador coloca por terra o conceito antigo de um Deus parcial, que abençoava um povo para que prevalecesse sobre o outro. Reformador, outubro 2006 Pedra angular

13 Portanto, eu vos digo que o Reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que dê os seus frutos. E quem cair sobre esta pedra despedaçar-se-á; e aquele sobre quem ela cair ficará reduzido a pó. Mateus, 21: E os príncipes dos sacerdotes e os fariseus, ouvindo essas palavras, entenderam que falava deles; e, pretendendo prendê-lo, recearam o povo, porquanto o tinham por profeta. Mateus, 21: 45-46

14 O Reino de Deus Os judeus não aceitaram Jesus como o Messias aguardado. Desprezaram-no, perseguiram-no e o crucificaram. Verificou-se o mesmo com a doutrina moral do Cristo, muitos cristãos, a exemplo dos antigos judeus, ainda valorizam as práticas exteriores em detrimento das morais. Essas considerações levam à compreensão do porquê da profecia do Cristo de que o Reino de Deus seria dado a uma nação que desse os seus frutos.

15 O Espírito Humberto de Campos (Irmão X) informa que é o Brasil: Jesus transplantou da Palestina para a região do Cruzeiro a árvore magnânima do seu Evangelho a fim de que os seus rebentos delicados florescessem de novo frutificando em obras de amor para todas as criaturas. Brasil, coração do mundo, pátria do evangelho. Que nação teria condições de fazer cumprir essa profecia de Jesus?

16 Entretanto: Brasileiros apresentam índole pacífica; Provas e expiações desde os tempos coloniais moldaram-lhes o caráter; Acentuada religiosidade, nem sempre encontrada nos demais povos; Intensa miscigenação racial e cultural favorecem integração; Povos imigrantes não são discriminados. As dificuldades vivenciadas pelos brasileiros, levantam algumas dúvidas a respeito de ser o Brasil a Pátria do Evangelho.

17 O Brasil não está somente destinado a suprir as necessidades materiais dos povos mais pobres do planeta, mas, também, a facultar ao mundo inteiro uma expressão consoladora de crença e de fé raciocinada e a ser o maior celeiro de claridades espirituais do orbe inteiro. Brasil, coração do mundo, pátria do evangelho. Emmanuel endossa as palavras de Humberto de Campos e acrescenta:

18 O Céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. Mateus, 24:35

19 Discípulos diretos A pedra angular, o marco estruturador da religião e da moralidade humana. As palavras de Jesus não passarão porque serão verdadeiras em todos os tempos. Os dois textos evangélicos nos informam sobre a perenidade da mensagem cristã:

20 AtividadeAtividade Grupo 1 Leitura do texto Pedra Angular, de autoria de Juvanir Borges de Souza. Grupo 2 Leitura do texto Pedra Angular, de autoria de Dalva Silva Souza. Grupo 3 Leitura do texto evangélico Mt 24:35, páginas 24 e 25 da apostila.

21 AtividadeAtividade Grupo 1 Destaque os pontos do texto que o grupo considerou importantes para serem transmitidos aos demais participantes. Na opinião do grupo, por que ainda não conseguimos vivenciar a mensagem cristã, a despeito de toda a ciência e tecnologia existentes na atualidade?

22 AtividadeAtividade Grupo 2 Destaque os pontos do texto que o grupo considerou importantes para serem transmitidos aos demais participantes. Para que a Humanidade se transforme para melhor é necessário iniciarmos por nós mesmos. O que o grupo identifica que já temos efetivamente feito para atingir esse objetivo, apesar dos desafios que a vida moderna nos impõem?

23 AtividadeAtividade Grupo 3 Qual o significado das palavras de Jesus: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar ? Destaque os pontos do texto que o grupo considerou importantes para serem transmitidos aos demais participantes.

24 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar Entenda-se que, para os espíritos a serem exilados em planos distantes do infinito, a Terra e o céu que se conhecem não mais serão vistos, porque o firmamento de outro planeta mostrará diferentes constelações, estranhas às que compõem o céu deste mundo. Por isto Jesus recorda que o céu e a Terra passariam, enquanto sua palavras permaneceriam.

25 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar No entanto, no curso de novos milênios e em situações adversas, no encalço da legítima felicidade, os espíritos que forem exilados em planetas distantes anotarão a necessidade de resgatar e vivenciar a palavra do Cristo que aqui menosprezaram.

26 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar Convém, pois, admitir o Evangelho por constituição universal, embora a atual geração o qualifique de ultrapassado. O desapreço do homem ao Evangelho definirá os acontecimentos que irão assinalar a nova era, o reinado de Jesus e a restauração do reino simbólico de Israel para os seres obedientes e bons, descrevendo, no entanto para os espíritos a serem exilados, nova saga do paraíso perdido e os símbolos de que trata o Gênesis, o primeiro livro do Pentateuco moisaico. Fonte:Notícias do reino, João Moutinho, cap. 30.

27 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.


Carregar ppt "Módulo I – Roteiro 3 A pedra angular EADE - Programa II - Religião à Luz do Espiritismo Ensinos e Parábolas de Jesus – Parte 2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google