A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programação Orientada a Objetos Profa. Angélica Félix de Castro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programação Orientada a Objetos Profa. Angélica Félix de Castro."— Transcrição da apresentação:

1 Programação Orientada a Objetos Profa. Angélica Félix de Castro

2 Um pouco de história...

3 Como tudo começou... O que é Computação? Ação ou efeito de computar, cômputos, cálculos Processo de dados usando o computador O que é INFORMÁTICA? INFORMação automÁTICA

4 O que é Sistema? C onjunto de partes coordenadas que concorrem para a realização de um determinado objetivo Exemplos: Sistemas de Transportes, Circulatório do Corpo Humano, Econômico do País, etc. O que é Sistema de Computação? C onjunto de partes coordenadas que concorrem para a realização de um objetivo: computar. Conceitos Básicos

5 Componentes de um Sistema de Computação Peopleware Software Hardware

6 Histórico da Computação Há cerca de quatro mil anos (2000 a.C.), povos primitivos desenvolveram sistemas de cálculo e numeração mais poderosos do que os até então existentes, mas sem usar nenhum "aparelho" para isso. Por volta de quinhentos anos mais tarde, surgia o primeiro instrumento capaz de calcular com precisão e rapidez. Assim, surgiu o Ábaco.

7 Histórico da Computação

8 O Ábaco

9 Histórico da Computação 1622 – Régua de Cálculo

10 Considerada a 1ª calculadora Consistia de uma caixa contendo rodas e engrenagens que conforme se encaixavam, produziam os cálculos visados O operador girava as rodas dentadas de modo que os números eram mostrados no visor Só fazia soma e subtração 1642 – Máquina de Pascal - Pascalina

11

12 A Pascalina não realizava multiplicação e divisão Gotfried Leibniz se empenhou em aprimorar a Máquina de Pascal Essa nova máquina realizava as quatro operações e raiz quadrada 1672 – Máquina de Leibniz

13

14 Joseph Marie Jacquard construiu um tear programável com entrada de dados através de cartões perfurados para controlar a confecção de tecidos e seus desenhos Primeira Máquina Mecânica Programada 1801 – O Tear Programável

15

16 Charles Babbage projetou uma máquina que se empenhava em calcular funções sem o auxílio do operador Esse modelo ficou conhecido como Máquina das Diferenças Babbage não conseguiu construir a máquina que ambicionava 1822 – Máquina das Diferenças

17 entrar com um número no armazém entrar com um número no moinho mover um número do moinho para o armazém mover um número do armazém para o moinho comandar o moinho para executar uma operação sair com um resultado MOINHO (máquina) ENTRADASAÍDA (cartões perfurados) (impressora) ARMAZÉM (memória) 1834 – Máquina Analítica

18 Babbage é considerado o Pai da Informática !!!

19 1835 – Primeiro Programa – Ada Augusta Byron Realizou testes na Máquina Analítica de Babbage Ada criou o programa conjunto ordenado de instruções que determina do dispositivo o que, como, onde e quando fazer Considerada a 1ª programadora do Mundo

20 1847 – Teoria de Boole Inventor da Lógica Matemática Boole propôs que qualquer coisa (número, letras, objetos) poderia ser representado por símbolos e regras Também introduziu o conceito de códigos binários, duas entidades: 0 e 1, V e F, Ligado e Desligado, True ou False

21 1890 – Máquina de Hollerith Aperfeiçoou o tear programável para ser usado no censo dos Estados Unidos O sistema trabalhou de forma que os resultados do censo saíram em 1/3 do tempo gasto nos modelos antigos

22 1890 – Máquina de Hollerith

23 1946 – Máquina de Von Neumann O matemático John Von Neumann é apontado como o criador dos computadores eletrônicos no EUA Estabeleceu muitos conceitos que seriam utilizados nos computadores, como CPU, memória principal, unidade de armazenamento, entrada e saída de dados Ele deu a receita de como construir um computador.

24 1946 – Máquina de Von Neumann Até hoje se usam as expressões Arquitetura de Von Neumann e Máquina de Von Neumann. Memórias Controle Aritmética I / O Barramento

25

26 1ª Geração 1943 – Mark I Totalmente eletromecânica: 17 m de comprimento, 2,5m de altura. Pesava 5 toneladas partes unidas por aproximadamente 80 km de fios.

27 1ª Geração 1945 – Colossus – Máquina Britânica

28 1ª Geração 1945 – ENIAC– Máquina Americana A 2ª Guerra exigia computadores cada vez mais rápido O modelo utilizava válvulas eletrônicas e os números eram manipulados de forma decimal Era difícil mudar as instruções do computador, pois a programação era feita pelos fios e válvulas e troca de posição entre eles

29 1ª Geração 1945 – ENIAC– Máquina Americana

30

31 1ª Geração 1951 – UNIVAC Era bem menor que seus predecessores. Tinha "apenas" vinte metros quadrados e um massa de cerca de cinco toneladas. O computador recebia as instruções de cartões magnéticos e não mais de cartões perfurados. Foi o primeiro computador comercial da história

32 1ª Geração 1951 – UNIVAC

33 1ª Geração: 1954 – IBM 650 Media 1,5 m X 0,9 m X 1,8 m e tinha uma massa de 892 Kg. O IBM 650 era indicado para resolver problemas comerciais e científicos. A empresa projetou a venda de 50 exemplares do computador (mais do que todos os computadores do mundo juntos) - o que foi considerado um exagero. Apesar do pessimismo, em 1958, duas mil unidades do IBM 650 estavam espalhadas pelo mundo. O IBM 650 era capaz de fazer em um segundo somas e 100 multiplicações de números de dez dígitos

34 1ª Geração 1954 – IBM 650

35 1ª Geração - Uso de Válvulas (1940 – 1955) aquecimento demasiado provocando queima constante elevado consumo de energia eram relativamente lentas

36 2ª Geração - Uso de Transistores (1955 – 1965) Surgimento do transistor aquecimento mínimo pequeno consumo de energia Maior poder de cálculo mais confiável e mais veloz do que as válvulas Cálculos passaram a ser medidos de segundos para microssegundos Início do uso das linguagens de programação: Fortran, Cobol, Algol...

37 2ª Geração - Uso de Transistores (1955 – 1965)

38 2ª Geração TRADIC

39 3ª Geração – Circuitos Integrados (1965 – 1980) Introdução dos circuitos integrados: transistores, resistores, diodos, entre outros, montados num único chip O custo de produção começou a cair, sendo utilizado por empresas de médio porte, centros de pesquisa e universidades menores

40 3ª Geração – Circuitos Integrados (1965 – 1980) Burroughs – Primeiro computador com circuito integrado

41 3ª Geração – Circuitos Integrados Placa de Circuitos da Apple I

42 3ª Geração – Circuitos Integrados No ano de 1977, surge no mercado de produção em série, três microcomputadores: Apple II, o TRS-80 da Radio Shack e o PET da Commodore.

43 Mais avançados do que os circuitos integrados, eram os circuitos de larga escala (mil transistores por chip) e larguíssima escala (cem mil transistores por chip). A idéia foi aumentar cada vez mais o número de componentes no mesmo circuito integrado O uso desses circuitos representou um salto na história dos computadores 4ª Geração – Circuitos de Larga Escala (1980 – 1990)

44 Linguagens mais utilizadas: Prolog, Unix e início da linguagem C – Nasce o – 386. Aqui já é possível executar o Windows – 486. Esses computadores marcam o início do PC – Personal Computer Início da utilização do disquete Início das redes de transmissão 4ª Geração – Circuitos de Larga Escala (1980 – 1990)

45 IBM-PC MMX - Micro Doméstico

46 4ª Geração – Circuitos de Larga Escala PC - XT 286

47 4ª Geração – Circuitos de Larga Escala

48 São os computadores modernos Ampliou-se a capacidade de processamento de dados, armazenamento e taxas de transferências Diminuição do tamanho e aumento da velocidade dos PC´s Existência de processamento paralelo e execução de muitas operações simultâneas pelas máquinas 5ª Geração – Circuitos em Ultra Larga Escala ( ?)

49 Surgimento do Pentium II, Pentium III e Pentium IV. Atualmente as máquinas tem mais memórias, mais velocidade. HD´s cada vez mais rápido e com maior capacidade. Início dos estudos na área de Inteligência Artificial (I.A.) 5ª Geração – Circuitos em Ultra Larga Escala ( ?)

50 Microprocessador F-100

51 5ª Geração – Circuitos em Ultra Larga Escala

52

53

54

55 Computação Quântica: –Novo tipo de processamento das informações usando Mecânica Quântica. –Usa a idéia de superposição coerente de espaços distintos atualmente, na lógica digital, um bit pode ser 0 ou 1. –Um bit quântico pode ser 0 ou 1 ao mesmo tempos (Qubits) –Hoje os computadores são baseados na física clássica 6ª Geração - Mecânica Quântica e Nanotecnologia (? - ?)

56 Nanocomputador: Computador com partes construídas em escala molecular; Nanoeletrônica: Eletrônico em escala nanométrica, incluindo eletrônica molecular e dispositivos em nanoescala. 6ª Geração - Mecânica Quântica e Nanotecnologia (? - ?)

57 6ª Geração Mecânica Quântica... Nanotecnologia...


Carregar ppt "Programação Orientada a Objetos Profa. Angélica Félix de Castro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google