A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Andrezza Kharla Fagundes Antonio Queiróz Alisson Mauricio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Andrezza Kharla Fagundes Antonio Queiróz Alisson Mauricio."— Transcrição da apresentação:

1 1 Andrezza Kharla Fagundes Antonio Queiróz Alisson Mauricio

2 2 O MPS.BR é um programa coordenado pela SOFTEX - Associação para Excelência do Software Brasileiro, que visa aumentar a competitividade de pequenas e médias empresas brasileiras, através da melhoria de seus processos de desenvolvimento de software. O MPS.BR é um alternativa brasileira ao modelo norte- americano CMMI - Capability Maturity Model Integration do SEI - Software Engineering Institute. O que é o MPS.BR ?

3 3 Motivação para se criar um modelo MPS.BR Níveis de Maturidade; Custos da Avaliação(CMMI); Custos adequados a realidade brasileira(MPS.BR).

4 4 O programa MPS.BR está dividido em três (3) Modelos: 1.Modelo de Referência (MR-MPS), 2.Método de Avaliação (MA-MPS) 3.Modelo de Negócio (MN-MPS). Modelos MPS.BR

5 O MR.MPS define níveis de maturidade que são uma combinação entre processos e sua capacidade. Apresenta 7 níveis de maturidade, o que é um diferencial em relação aos outros padrões de processo, são eles: G - Parcialmente Gerenciado F - Gerenciado; E - Parcialmente Definido; D - Largamente Definido; C - Definido; B - Gerenciado Quantitativamente; A - Em Otimização; 5

6 6 Cada nível possui suas áreas de processo, onde são analisados os processos: Níveis e suas Áreas Processos Fundamentaisaquisição, gerência de requisitos, desenvolvimento de requisitos, solução técnica, integração do produto, instalação do produto, liberação do produto Processos Organizacionaisgerência de projeto, adaptação do processo para gerência de projeto, análise de decisão e resolução, gerência de riscos, avaliação e melhoria do processo organizacional, definição do processo organizacional, desempenho do processo organizacional, gerência quantitativa do projeto, análise e resolução de causas, inovação e implantação na organização Processos de apoiogarantia de qualidade, gerência de configuração, validação, medição, verificação, treinamento

7 7 São obtidos os resultados dos processos analisados, onde cada nível de maturação possui um número definido de capacidades a serem vistos. Níveis de Maturação AP 1.1O processo é executado; AP 2.1 O processo é gerenciado; AP 2.2Os produtos de trabalho do processo são gerenciados; AP 3.1O processo é definido; AP 3.2O processo está implementado; AP 4.1O processo é medido; AP 4.2O processo é controlado; AP 5.1O processo é objeto de inovações; AP 5.2O processo é otimizado continuamente.

8 8

9 9 Avaliação (3 a 8 pessoas, sendo:) Equipe de Avaliação1 avaliador líder 1 avaliador adjunto (no mínimo) 1 técnico da empresa (no mínimo) Duração2 a 4 dias Validade3 anos Estrutura de Avaliação Planejar e preparar avaliaçãoPlano de Avaliação / Descrição dos indicadores de processo; Conduzir Avaliação Resultado da avaliação; Relatar resultados Relatório da avaliação; Registrar e publicar resultados Banco de dados Softex Tem como objetivo orientar a realização e avaliação dos processos. Essa avaliação é feita de acordo com o registro ISO/IEC

10 10 Descreve as regras de negócio para a implementação do modelo MPS.BR nas empresas ou grupos de empresas. O documento deve ter todos os dados da empresa contratante desde o estado atual em que se encontra com: Ênfase na experiência em processos de software; Estratégia de implementação de modelo; Estratégia para seleção e treinamento para seleção de consultores para implementação do MPS.BR; Estratégia para seleção e treinamento de avaliadores; Lista de consultores de implementação treinados no modelo e aprovados em prova especifica; Lista de avaliadores treinados no modelo e aprovados em prova específica;

11 11 O MN-MPS descreve regras de negócio para: Implementação do Modelo de Referência MR-MPS pelas Instituições Implementadoras (II); Avaliação seguindo o Método de Avaliação MA-MPS pelas Instituições Avaliadoras (IA); Organização de grupos de empresas para implementação do MR-MPS e avaliação MA-MPS pelas Instituições Organizadoras de Grupos de Empresas (IOGE);

12 12 Cursos C1Curso de Introdução C2Curso de Implementação C3Curso de Avaliação C4Curso de Aquisição

13 13 Agentes SoftexCidade SOFTEXCampinas-SP ITSSão Paulo-SP FUMSOFTBelo Horizonte-MG RIOSOFTRio de Janeiro-RJ SOFTSULPorto Alegre-RS Entre outras

14 14 Implementar o MPS.BR para melhoria em empresas brasileiras; Disseminação em diversos locais do país; Capacitação no uso do modelo e credenciamento de instituições implementadoras e avaliadoras do modelo, especialmente, instituições de ensino e centros tecnológicos; O MPS.BR já é uma realidade, em alguns anos, existe um projeto de implantação em seis países da América Latina (Chile, Argentina, Costa Rica, Peru, Uruguai e Cuba).

15 15 NívelEmpresas ACPM BRAXIS/UNITECH – BA (válido até: 30.set.13) POLITEC – DF (válido até: 27.mai.12) STEFANINI – SP (válido até: 29.set.12) BNenhuma empresa nível B CDomínio – CE (válido até: 26.mai.14) E-Governe – PR (válido até: 13.set.14) FÓTON – DF (válido até: 18.mai.13) Informal – RJ (válido até: 16.nov.14) MONTREAL – RJ (validade até 14.dez.13) DIMA – SP (válido até: 12.mai.12) EFORMALIS – ES (validade até 14.dez.14) INFORMAL INFORMÁTICA – RJ (válido até: 19.mai.12) IVIA – CE (válido até: 19.nov.12) UNUN (INTEQ) – CE (válido até: 6.out.14) FPoligrah – SC (válido até: 14.jul.14) PROCENGE – PE (válido até: 05.fev.12) PROVIDER – PE (válido até: 26.mar.12) RCN – CE (válido até: 23.abr.12) GGESTEC – RN (validade até 03.out.13) NATALSOFT – RN (validade até 06.out.13) Nefrodata – MG (válido até: 9.ago.14) Neo-IT – SP (válido até: 12.set.14)

16 16


Carregar ppt "1 Andrezza Kharla Fagundes Antonio Queiróz Alisson Mauricio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google