A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

André Quintão de Almeida Orientador: Alexandre Rosa dos Santos INFLUÊNCIA DO DESMATAMENTO NA DISPONIBIDADE HÍDRICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO DO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "André Quintão de Almeida Orientador: Alexandre Rosa dos Santos INFLUÊNCIA DO DESMATAMENTO NA DISPONIBIDADE HÍDRICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO DO."— Transcrição da apresentação:

1 André Quintão de Almeida Orientador: Alexandre Rosa dos Santos INFLUÊNCIA DO DESMATAMENTO NA DISPONIBIDADE HÍDRICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO DO GALO, ES, DOMINGOS MARTINS Julho/2007

2 Processos ambientais Tridimensionais Comportamentos não lineares Componentes estocásticos Dinâmicos Múltiplas escalas de tempo e espaço

3 Dinâmica hidrológica de um rio chuva

4 Como representar estes processos? > >

5 Bacia Hidrográfica Unidade hidrológica delimitada pelos divisores de água Supõe-se um único ponto de saída

6 Ciclo Hidrológico zona de aeração ou zona não saturada rocha de origem lençol freático infiltração escoamento superficial precipitação evaporação (interceptação)transpiração evaporação percolação fluxo ascendente escoamento sub-superficial zona saturada

7 Papel da floresta no ciclo hidrológico Como o manejo da vegetação interfere na dinâmica hidrológica de um rio?? infiltração escoamento superficial precipitação evaporação (interceptação)transpiração

8 Estudos relacionados Cheng, 1989; Wright et al., 1990; Cornish, 1993; Gustard e Wesselink, 1993; Hornbeck et al., 1993.

9 Hipótese investigada Investigação da hipótese segundo a qual há uma relação modelável entre a quantidade de cobertura vegetal e a dinâmica hidrológica de uma bacia hidrográfica Como estabelecer essa relação?

10 Estudo de caso: bacia hidrográfica do córrego do galo

11 Localização: bacia hidrográfica do córrego do galo Área: 973 Km² Perímetro: 204,17 Km

12 Estabelecendo a relação Análise espaço-temporal do manejo da vegetação e da dinâmica hidrológica da bacia Análise espacial contexto da bacia hidrográfica do córrego do Galo Análise temporal período de 31 anos (1975 a 2005)

13 Estabelecendo a relação ANOS VOLUMEH20VOLUMEH20

14 Estabelecendo a relação Uso de Sistemas de Informações Geográficas - SIG Uso de sensoriamento remoto Análise estatística de séries temporais

15 SIG Superfícies + + Modelos de localização Distancias

16 Função do SIG: Delimitação da bacia Cartas planialtimétricas do IBGE Escala 1:50000 NomeFolha Araguaia SF-24-V-A-III-3 Conceição do Castelo SF-24-V-A-II-4 Domingos Martins SF-24-V-A-III-4 Garrafão SF-24-V-A-III-1 Matilde SF-24-V-A-VI-1 Santa Leopoldina SF-24-V-A-III-2 Hipsometria e Hidrografia

17 sensoriamento remoto Bacia do Córrego do Galo

18 Função do sensoriamento remoto: mapeamento dos remanescentes florestais Imagens LANDSAT Bacia do Córrego do Galo

19 Mapeamento da cobertura florestal Classificação manual via tela do computador

20

21 Informações hidrológicas Estações hidrológicas da Agência Nacional das Águas (ANA) EstaçãoCódigoRegistro Altitude (m) Periodicidade Intervalo de tempo (anos) Córrego do Galo Vazão580Mensal São Rafael Precipitação818Mensal Perobinha Precipitação640Mensal

22 Espacialização: INFORMAÇÕES HIDROLÓGICAS

23 Resposta hidrológica R = Vazão Chuva

24 Função da análise estatística Identificar tendências nas informações hidrológicas

25 Resultados: hidrografia Área da bacia: 973Km²

26 Resultados: classes de altitude

27 Resultados: vegetação

28 Resultados: evolução do desmatamento

29

30 Resultados: dados hidrológicos - precipitação -

31

32 Resultados: dados hidrológicos - vazão máxima -

33

34 Resultados: dados hidrológicos - vazão mínima -

35

36 Resultados: dados hidrológicos - resposta hidrológica -

37 Resultados: dados hidrológicos - dinâmica hidrológica -

38

39 Conclusões A bacia hidrográfica do córrego do Galo apresentou: 1º um crescente processo de desmatamento entre os anos de 1975 a 1995; 2º No período entre 1995 e 2005 houve uma redução no processo de desmatamento. A variáveis hidrológicas (precipitação, vazão e resposta hidrológica) mostraram-se: constantes ao longo dos 31 anos analisados

40 Conclusões A metodologia empregada, baseado em técnicas de sensoriamento remoto e análise estatística de séries temporais, não foram pujantes o suficiente para encontrar uma relação entre remoção ou incremento de floresta e a dinâmica hidrológica da bacia hidrográfica do córrego do Galo. Porém, vale ressaltar que a bacia em análise apresenta uma área significativa dificultando o controle de todos os agentes (geologia, uso do solo, relevo, etc.) que interferem na sua dinâmica hidrológica. Além disso, os registros de desmatamento não foram em número suficiente para fazer uma correlação direta com os registros hidrológicos.


Carregar ppt "André Quintão de Almeida Orientador: Alexandre Rosa dos Santos INFLUÊNCIA DO DESMATAMENTO NA DISPONIBIDADE HÍDRICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO DO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google