A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rococó. Arte Rococó Rococó vem do francês rocaille (concha) - um dos elementos decorativos mais característicos desse estilo, não somente da arquitetura,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rococó. Arte Rococó Rococó vem do francês rocaille (concha) - um dos elementos decorativos mais característicos desse estilo, não somente da arquitetura,"— Transcrição da apresentação:

1 Rococó

2 Arte Rococó Rococó vem do francês rocaille (concha) - um dos elementos decorativos mais característicos desse estilo, não somente da arquitetura, mas também de toda manifestação ornamental e de adereços.

3 Arte Rococó Surgiu na França como desdobramento do barroco; Desenvolveu-se a partir de 1715, após a morte de Luís XIV; De 1715 a 1730, durante a regência de Filipe de Orléans, teve grande desenvolvimento, ficando conhecido como estilo regência.

4 Arte Rococó Na França, o rococó é também chamado estilo Luís XV e Luís XVI; Desenvolveu-se na Europa do século XVIII ; Mais leve e intimista que o Barroco, foi usado inicialmente em decoração de interiores; Da arquitetura disseminou-se para todas as artes.

5 Arte Rococó Difundiu-se principalmente na parte católica da Alemanha, sul da Alemanha, Áustria e em Portugal; Vigorou até o advento da reação neoclássica, por volta de 1770.

6 Arte Rococó Demonstra alegria na decoração carregada, na teatralidade, na refinada artificialidade dos detalhes – tudo é mais leve; Não tem a dramaticidade pesada, nem a religiosidade do barroco; Tenta-se, pelo exagero, se comemorar a alegria de viver - um espírito que se reflete inclusive nas obras sacras, em que o amor de Deus pelo homem assume agora a forma de uma infinidade de anjinhos rechonchudos.

7 Arte Rococó Características gerais: Uso abundante de formas curvas e profusão de elementos decorativos, tais como conchas, laços e flores. Possui leveza, caráter intimista, elegância, alegria, frivolidade e exuberância.

8 Arquitetura Rococó É marcada pela sensibilidade, percebida na distribuição dos ambientes interiores, destinados a valorizar um modo de vida individual e caprichoso; Exagerada tendência para a decoração carregada, tanto nas fachadas quanto nos interiores;

9 Arquitetura Rococó As paredes ficam mais claras, com tons pasteis e o branco; Guarnições douradas de ramos e flores, povoadas de anjinhos, contornam janelas ovais, servindo para quebrar a rigidez das paredes; Para completar essa imagem dissimulada, surgiram no teto, imitando o céu, cenas bucólicas em tons pastel.

10 Arquitetura Rococó Cores vivas foram substituídas por tons pasteis, a luz difusa inundou os interiores por meio de numerosas janelas e o relevo abrupto das superfícies deu lugar a texturas suaves; A estrutura das construções ganhou leveza e o espaço interno foi unificado, com maior graça e intimidade. Principal arquiteto: Johann Michael Fischer, ( ).

11 Mobiliário Rococó Os móveis, importantíssimo complemento da arquitetura, ganham grande importância; Decorrente da exigência de determinados arranjos e da disponibilidade de variedade cromática, devido ao emprego de madeiras raras marchetadas; São ornadas de frisos dourados, e acompanhadas de grande requinte.

12 Escultura Rococó Devido ao grande desenvolvimento decorativo, a escultura ganha importância ; Os escultores do rococó abandonam totalmente as linhas do barroco; Esculturas de tamanho menor; Embora usem o mármore, preferem o gesso e a madeira, que aceitam cores suaves.

13 Escultura Rococó Os motivos são escolhidos em função da decoração; Representam cenas de gênero e narram, com linguagem espontânea e cores luminosas, episódios galantes, brincadeiras e jogos infantis. cenários carregados de anjos, folhas e flores, são a referência ideal para cenas religiosas.

14 Porcelana Nessa época surge com vigor inusitado a indústria da escultura de porcelana na Europa; Material trazido do Extremo Oriente, na esteira do exotismo tão em voga nessa época. Imediatamente surgiram oficinas magistrais nessa técnica, em cidades da Itália, França, Dinamarca e Alemanha.

15 Pintura Rococó No final do reinado de Luís XIV, em que se afirmou o predomínio político e cultural da França sobre o resto da Europa, apareceram as primeiras pinturas rococós sob influência da técnica de Rubens. Aproveita os recursos do barroco, liberando-os de sua pesada dramaticidade por meio da leveza do traço e da suavidade da cor.

16 Pintura Rococó Os afrescos dão lugar aos pequenos quadros, colocados ao lado das janelas ou entre as portas; Surgem os cabinets de pintura, lugar onde os entendedores se reúnem para apreciar as obras.

17 Pintura Rococó O homem do rococó é um cortesão, amante da boa vida e da natureza; Se faz retratar tanto luxuosamente trajado nos salões de espelhos e mármores quanto em meio a primorosas paisagens bucólicas, vestido de pastorzinho.

18 Pintura Rococó As cores preferidas são as claras; Desaparecem os intensos vermelhos e turquesa do barroco; A tela se enche de azuis, amarelos pálidos, verdes e rosa.

19 Pintura Rococó As pinceladas são rápidas e suaves, movediças; A elegância se sobrepõe ao realismo; As texturas se aperfeiçoam, bem como os brilhos; Existe uma obsessão muito particular pelas sedas e rendas que envolvem as figuras.

20 Arquitetura Rococó

21

22

23

24

25 Decoração Rococó

26 Decoração Rococó

27 Decoração Rococó

28 Mobiliário Rococó

29 Escultura Rococó

30 Pintura Rococó

31 Menina de Hare - Reynolds El Columpio - Fragonard

32 Pintura Rococó Banho de Diana - Boucher

33 Pintura Rococó O banquete de Cleópatra - Tiepolo

34 Pintura Rococó Afresco - Solimena


Carregar ppt "Rococó. Arte Rococó Rococó vem do francês rocaille (concha) - um dos elementos decorativos mais característicos desse estilo, não somente da arquitetura,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google