A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alentejo Região Vasta área rural de planícies com ocasionais montes baixos; Grandes propriedades; Tradição na produção de cereais, cortiça e azeitona ClimaQuente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alentejo Região Vasta área rural de planícies com ocasionais montes baixos; Grandes propriedades; Tradição na produção de cereais, cortiça e azeitona ClimaQuente."— Transcrição da apresentação:

1 Alentejo Região Vasta área rural de planícies com ocasionais montes baixos; Grandes propriedades; Tradição na produção de cereais, cortiça e azeitona ClimaQuente e seco SoloSolo rico em argila, com granito, xisto, e mármore. Castas Roupeiro, Aragonês, Trincadeira. VinhosTintos têm cor rubi e são macios e com aroma de fruta vermelha madura Podem ser servidos quando jovens devido aos seus taninos macios

2 Para guardar.... O Alentejo Tinto é límpido, de cor granada, aroma fino e complexo e, à boca, encorpado e de um aveludado em harmonia com tanino. Não é verdadeiro que os vinhos alentejanos devam ser consumidos ainda jovens. Alguns, com boa estrutura, têm bom potencial para envelhecer. Porém, de modo geral, atingem a maturidade com sete anos e depois tendem a perder qualidade. O Alentejo Branco é um vinho límpido, de cor citrina, aroma intenso e perfumado e, na boca, de uma suavidade excepcional.

3 Madeira/DOC Madeira RegiãoTerrenos saibrosos; cerca de 400 hectares Clima Verões são quentes e húmidos e os Invernos amenos, conferem ao vinho características únicas e singulares. Solo Origem vulcânica, na sua maioria basálticos Castas Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Tinta Negra Vinhos Secos, meio-secos, meio-doces e doces

4 MalvasiaBoal Verdelho SercialTinta Negra

5 Para guardar... Madeira Era adorado pela realeza: Francisco I (1708/1765) o considerava o mais rico e delicioso de todos os vinhos da Europa. Dois séculos antes, o duque de Clarence, irmão do rei inglês Eduardo IV, ao ser sentenciado à morte por atentar contra a vida do irmão, pediu para ser afogado em um barril dessa bebida. Fato histórico a relatar é que, na cerimônia da assinatura da Declaração de Independência dos Estados Unidos, em 4 de julho de 1776, as pessoas beberam vinho da Madeira, e não champanhe..

6 Para guardar... Madeira Pertence à categoria dos fortificados, tipo de vinho que permanecia estável durante as longas viagens marítimas daqueles tempos. O que o diferencia de seu maior rival, o vinho do Porto, é o processo de estufagem, método tradicional de produção que consiste em aquecer a bebida e mantê-la em temperatura constante (50 graus, em recipientes fechados, ao abrigo do ar, pelo período máximo de 90 dias.). Durante as viagens marítimas para mercados distantes, o vinho ia dentro dos porões quentes dos navios. Quando regressava à Ilha, mostrava um envelhecimento especial muito apreciado. Essa característica diferenciada de aromatização (pelo envelhecimento precoce) fez com que fossem instaladas estufas na ilha, e os portugueses passaram a chamá-lo de vinho da roda do mundo ou vinho de roda.

7 Para guardar... Madeira O Vinho Madeira feito com as castas nobres é produzido pelo sistema de canteiro (sistema tradicional de envelhecimento): coloca-se o vinho logo após a fermentação e passado a limpo, em cascos de madeira de carvalho por um longo tempo (anos) em sótãos junto aos telhados, portanto mais quentes, e terminado essa fase tradicional de envelhecimento, o vinho é colocado em zonas mais frias para continuar sua evolução (também anos).

8 Para guardar... Madeira De acordo com as castas nobres temos como vinho seco o Sercial, meio seco o Verdelho, meio doce o Boal e o doce o Malvasia. Embora existam mais de 30 castas diferentes, as brancas mais nobres são a malvasia, boal (ou Malvasia Fina), verdelho (ou gouveio), sercial (ou esgana-cão), e terrantez (ou folgazão). Entre as tintas, o destaque é a negra mole (cruzamento de pinot noir e grenache), mais pelo fato de ser a vinífera mais plantada na região.

9 Para guardar... Madeira Clima temperado, solos de origem vulcânica, vinhedos cultivados em socalcos (poios), sistema de condução em latada (parreiral), ideal para o clima local, e o controle do Instituto do Vinho da Madeira fazem com que esse vinho generoso tenha, em todo o mundo, um número muito grande de apaixonados. Destaque para as firmas de renome, como Henriques & Henriques, Arthur Barros e Souza, Cossart Gordon e Blandy..

10 Para guardar... Harmonização Excelente aperitivo como o Sercial (seco), que bebido gelado compete com o jerez fino ou manzanilla, ou o Verdelho (meio seco), que pode acompanhar refeições, principalmente sopas. O Boal (meio doce), por ser encorpado, acompanha bem queijos azuis ou sobremesas, ou pode ser servido entre o assado e a sobremesa. Boa companhia de frutos secos, o Terrantez, com características intermediárias entre o Verdelho e o Boal, infelizmente não é fácil de ser encontrado. Aceitando muito bem a companhia de doces, inclusive do temperamental chocolate, o Malvasia (Malmsey, em inglês), vermelho-acastanhado e de perfume intenso, muitas vezes é imbatível, superando os excelentes Portos..

11 Açores Região Arquipélago Graciosa, Biscoitos (na ilha Terceira) e Pico Clima Subtropical marítimo altamente húmido, Solo Origem vulcânica, pouco espessos, constituídos por rochas basálticas, traquites, andesites e formações argilosas sua maioria basálticos Castas Verdelho, Arinto, Terrantez, Malvasia Fina e Fernão Pires Vinhos Licoroso branco, "sui generis,brancos de grande qualidade, leves, frescos, secos e bastante frutados

12 Para guardar... Ilha do Pico O IPR "Pico" é um vinho licoroso branco, produzido na Ilha com o mesmo nome, a partir de uvas cultivadas em terrenos pedregosos, localizados junto à costa poente, sendo a área de vinha muito reduzida e as parcelas cercadas de pedra solta a que dão o nome de "currais" e cuja finalidade é de proteger as plantas da ação dos ventos.

13 Para guardar... Ilha Graciosa Produz-se o IPR "Graciosa", vinho branco resultante de videiras cultivadas também em "currais", tal como no Pico.

14 Algarve Região Denominações de Origem: Lagos, Lagoa, Portimão e Tavira. Clima Ameno quente, seco Solo Litólicos, de arenitos(Raso), grés de Silves(rocha sedimentar) regossolos psamfticos (Minerai arenoso solto +- ácido muito com pequena acumulação de máteria orgânica). Castas Castelão, Negra Mole, Arinto, Síria e Syrah Vinhos Vinhos, tintos ou brancos, rosado e licorosos.

15 Para guardar... Na região do Algarves, existem quatro Denominações de Origem Controlada para os vinhos de qualidade Lagos Produção de vinho de alta qualidade devido ao clima mediterrânico temperado por forte influência marítima Portimão Mesmas condições climáticas Tavira é a última D.O.C. que compõe Algarve. Entre praias e serras, há plantações de vinhas espalhadas por todos os lados Lagoa Produz vinhos cujas características se devem ao clima extremamente seco, típico do mediterrâneo, à natureza dos solos e às castas tradicionais.

16 Vinho do Porto Região Região do Douro Vinhas plantadas em terraços, com «muros», de pedra As raízes das plantas mergulham na ardósia e, através de suas fissuras, vão buscar água e nutrientes a mais de 20 metros de profundidade. Clima Subtropical marítimo altamente húmido, Solo Origem vulcânica, pouco espessos, constituídos por rochas basálticas, traquites, andesites e formações argilosas sua maioria basálticos Cepas touriga nacional - a melhor casta, tinta roriz, tinta barroca, tinta cão e touriga francesa. Vinhos Licoroso, alta qualidade e amadurecimento, goza do privilégio de ser denominado generoso.

17 Para guardar... Vinho do Porto Tudo começou quando um comerciante inglês mandou seus dois filhos a Portugal para aprenderem sobre vinhos, e eles tiveram a idéia de juntar um pouco de aguardente vínica portuguesa ao vinho de mesa comum, fortificando-o, para que o vinho agüentasse a longa viagem marítima. Dessa forma, em 1675, pela primeira vez, apareceu a designação "Vinho do Porto", nome que ficou consagrado, mesmo sabendo que o vinho era originário do Douro.

18 Para guardar... Vinho do Porto Sem data de colheita- em ordem crescente de qualidade seriam o Ruby, o Vintage Character (ou Super-Ruby ou Ruby Reserva), o Tawny (ou Aloirado) e os com indicação de idade (Tawnies de 10, 20, 30 e mais de 40 anos), resultantes de lotes de vinhos de diferentes colheitas, envelhecidos em madeira, cuja idade média é assim indicada nos rótulos. Com data de colheita- temos o Colheita, com estágio mínimo de sete anos em madeira e de uma só colheita, o Late Bottled Vintage (LBV) - significando que é engarrafado mais tarde que o Vintage, porém não tão complexo como ele, a jóia da Coroa.

19 Vinho do Porto


Carregar ppt "Alentejo Região Vasta área rural de planícies com ocasionais montes baixos; Grandes propriedades; Tradição na produção de cereais, cortiça e azeitona ClimaQuente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google