A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento e organização no Treinamento Desportivo. Conceito: organizações, segundo Etzioni (1964 apud Tubino e Moreira 2003), são unidades sociais (grupos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento e organização no Treinamento Desportivo. Conceito: organizações, segundo Etzioni (1964 apud Tubino e Moreira 2003), são unidades sociais (grupos."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento e organização no Treinamento Desportivo. Conceito: organizações, segundo Etzioni (1964 apud Tubino e Moreira 2003), são unidades sociais (grupos humanos) intencionalmente construídos para atingir objetivos específicos. O planejamento do treinamento permite orientar a preparação do desportista de acordo com uma estratégia de construção progressiva em relação ao tempo, objetivando atingir o maior desenvolvimento possível da forma desportiva (Granell e Cervera 2003). Síntese de um sistema organizacional (Tubino 2003)

2 De acordo com as idéias de Tubino e Dantas fazemos as seguintes divisões da organização de um projeto de treinamento desportivo: 1 - Fase de anteprojeto: 2 – Fase de diagnóstico: 3 – Fase de Planejamento propriamente dita:

3 FASE DE ANTEPROJETO: A - Familiarização com o desporto. (conhecimento ou atualização). - Aspectos físicos. - Aspectos técnicos.-táticos. B – Reunião das informações necessárias e decisões preliminares. - Competições - Rol de atletas. - Insumos de treinamento.

4 - Decisões preliminares. Quais as competições em que se irá participar. Qual o grau de importância entre elas (competição alvo, de segundo, de terceiro grau). Quais atletas serão convocados ou contratados. Quantas horas por dia e quantos dias por semana se treinará. Quais serão os horários de treinamento. C – Identificação das qualidades físicas intervenientes. D – Seleção dos procedimentos de avaliação. E – Avaliação da preparação física.

5 FASE DE DIAGNÓSTICO: A – Estabelecimento do objetivo de treinamento. B – Montagem da estrutura básica da periodização. C – Estabelecimento das linhas de ação. E - Seleção das capacidades físicas que serão treinadas em cada mesociclo. F – Verificação da quantidade de horas destinadas a cada preparação em cada período.

6 ATIVIDADES REALIZADAS NA FASE DE PLANEJAMENTO: A – Montagem do plano de treinamento: Período Pré-preparatório. Período preparatório – período preparatório básico e período preparatório específico. Período de competição Período de transição. B – Seleção dos métodos e processos de treinamento. C – Quantificação da carga inicial de trabalho. D – Cronograma de trabalho e quadro de periodização.

7 Macrociclo: Somatória de vários mesociclos, representa a temporada toda. E é Tradicionalmente dividido em: Período Pre-Preparatório, período preparatório, Período competitivo e transição. São normalmente de 4,6 ou 12 meses. Mesociclo: terá aproximadamente de 21 a 35 dias: Tipos Incorporação, Básico, Estabilizador, controle, Pré-competitivo, competitivo, recuperativo. Microciclo: Tem + ou – sete dias. Tipos: Incorporação, ordinário, de choque, de Recuperação, pré-competitivo e competitivo. Sessão de treino: cada sesão de treino, varia normalmente entre 3 e 7 semanais. CICLOS DE TREINAMENTO

8 Distribuição dos períodos de treinamento no macrociclo

9 MICLOCICLOS Microciclo de incorporação: tem a finalidade de fazer a passagem de um período de descanso (transição) ou inatividade para fase ativa, ou seja o início de um treinamento. Tem como característica apresentar estímulos moderados. Microcíclo Ordinário: é o mais comumente encontrado no treinamento. Visa provocar as adaptações orgânicas desejadas. Tem como características estímulos que provoquem novas adaptações. Microcíclo de choque: caracteriza o pico de aplicação de carga de um mesociclo. Este pico pode ser de volume ou de intensidade dependendo da fase.

10 Microciclo pré-competitivo: tem por objetivo fazer a transferência, em situação ideal das valências treinadas para a performance na competição. Procura adaptar os indivíduos às situações climáticas e geográficas. Microciclo competitivo: Não possui estrutura definida depende das características da competição. Microcíclo de recuperação: é o microciclo no qual ocorre a restauração ampliada da homeostase e quando ele acumula reservas para fazer frente as futuras exigências do treinamento. Caracteriza-se por apresentar estímulos reduzidos e mais dias de repouso.

11 Proposição de organização dos ciclos de treinamento Dantas 2003


Carregar ppt "Planejamento e organização no Treinamento Desportivo. Conceito: organizações, segundo Etzioni (1964 apud Tubino e Moreira 2003), são unidades sociais (grupos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google