A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

JUSTIFICANDO ALGUMAS ESCOLHAS Os principais autores e suas obras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "JUSTIFICANDO ALGUMAS ESCOLHAS Os principais autores e suas obras."— Transcrição da apresentação:

1 JUSTIFICANDO ALGUMAS ESCOLHAS Os principais autores e suas obras

2 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara2 OBJETIVOS DE HOJE Apresentar alguns dos principais autores da historiografia econômica no Brasil Apresentar uma visão panorâmica do conjunto da contribuição destes autores Justificar a escolha das obras básicas para a disciplina.

3 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara3 O início da historiografia econômica no Brasil Situada entre os anos de 1929 e 1959 Marcos fundadores desta disciplina: Épocas de Portugal Econômico (1928) de João Lúcio de Azevedo História Econômica do Brasil (1937) de Roberto Simonsen A formação do Brasil Contemporâneo: Colônia (1942) de Caio Prado Júnior A formação Econômica do Brasil (1959) de Celso Furtado O comércio Português no Rio da Prata: de Alice Canabrava (1944)

4 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara4 Roberto Cochrane Simonsen ( ) 1928 – Fundador do Centro das Indústrias de São Paulo 1933 – Fundador da Escola Livre de Sociologia e Política de São Paulo Engenheiro, conhecido e lembrado como industrial nacionalista, progressista, favorável à intervenção do Estado na economia, anti-socialista e ferrenho opositor dos comunistas

5 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara5 História econômica do Brasil de Simonsen (1) Obra inacabada, com 15 capítulos que correspondiam aos primeiros sete pontos do programa da disciplina homônima na Escola de Sociologia. Seu plano geral, segundo Canabrava, foi inspirado na obra de João Lúcio de Azevedo que, com base na teoria dos ciclos econômicos, influenciou também outros estudos posteriores.

6 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara6 História econômica do Brasil de Simonsen (2) Primeiros 10 capítulos correspondem as aulas ministradas por Simonsem (1936) e outros redigidos depois sobre a pecuária, a ocupação da região amazônica, o comércio colonial e as mudanças da transferência da corte portuguesa Capítulo quarto critica as interpretações feudalísticas da instituição das Capitanias hereditárias (crítica retomada por Prado Jr, Furtado e Canabrava)

7 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara7 História econômica do Brasil de Simonsen (3) teve uma acolhida muito favorável, chegando a fazer sucesso. E isso não se deveu apenas ao fato de ter sido a primeira obra do gênero no Brasil, dotada de tamanha envergadura e abrangência, mas também – e talvez principalmente – pelos dados estatísticos que reuniu, mediante os quais acabou inspirando outros autores a seguir seus passos, ou estimulando-os a se contrapor a ela SZMRECSÁNYI, 2004, p. 17

8 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara8 Outros trabalhos de Simonsen As crises no Brasil (1930) Aspectos da História Econômica do Café (1938) A evolução Industrial do Brasil (1939) As conseqüências econômicas da abolição (1938) Recursos econômicos e movimentos das populações (1940) Depois de 1940, dedicou-se a estudos econômicos e a análises de política empresarial

9 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara9 Caio Prado Jr ( ) Referência constante e vigorosa da historiografia econômica, tanto pela originalidade quanto pela fecundidade de suas proposições, teórica e metodologicamente rigorosas. Pioneiro na aplicação do marxismo à análise da realidade nacional Autodidata, formado em Direito, ativista político, foi deputado pelo Partido Comunista do Brasil (PCB) nos anos 40

10 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara10 A estréia Estréia no campo dos estudos históricos com o ensaio Evolução Política do Brasil (1933), obra que embora sendo mais de História Social e Política, coteja os temas econômicos ao buscar ir além do nível dos acontecimentos históricos, para chegar não apenas aos processos constituídos pelo encadeamento desses acontecimentos, mas principalmente às raízes materiais da sua ocorrência Szmrecsányi, 2004, p.20

11 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara11 Caráter geral da Colonização Brasileira (1) Primeiros seis capítulos de Evolução são de particular interesse para a historiografia econômica e buscam traços do caráter geral da colonização Referem-se à economia e à sociedade coloniais, ao estatuto político de Colônia e as novas condições econômicas, sociais e políticas que passaram a vigorar no Brasil na segunda metade do século XVII. Szmrecsányi, 2004, p.20

12 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara12 Caráter geral da Colonização Brasileira (2) Prado Jr destaca: – o caráter essencialmente mercantil dos descobrimentos marítimos e da colonização – a preponderância da grande propriedade e do trabalho escravo, sem aceitar as interpretações feudalísticas da economia e da sociedade colonial – que a independência política do país não teve contrapartida no domínio socioeconômico Szmrecsányi, 2004, p.20

13 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara13 Formação do Brasil Contemporâneo – Colônia (1942) Considerada obra mais importante Inicia a análise da situação vigente no Brasil no início do século XIX, quando o sistema colonial já havia alcançado seu apogeu Retoma e aprofunda as reflexões sobre o caráter geral da colonização, identificando o sentido geral da colonização Nesta obra, diferencia as colônias de povoamento das colônias de exploração

14 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara14 História econômica do Brasil (1945) Mais conhecido trabalho, escrito em linguagem acessível e de amplo uso didático Obra de síntese de seus escritos anteriores assim como de estudos de outros Contém 27 capítulos divididos em 8 partes, sendo a sexta e a sétima novas em relação às obras anteriores

15 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara15 Alice Piffer Canabrava ( ) Diferencia-se dos autores citados anteriormente pelo seu caráter estritamente acadêmico e profissional Formada na primeira turma de História e Geografia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP A partir de 1946 transferiu-se para o Instituto de Administração da USP e logo depois, para a Faculdade de Ciências econômicas onde regia a cátedra de História Econômica Geral e Formação Econômica do Brasil

16 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara16 Algumas das suas obras, consideradas fundadoras da historiografia econômica do Brasil O comércio português no Rio da Prata ( ) de 1942 A indústria do Açúcar nas Ilhas Inglesas e Francesas do Mar das Antilhas ( ) de 1946 O desenvolvimento da Cultura de Algodão na Província de São Paulo ( ) de 1951

17 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara17 Suas contribuições (1) A compreensão do processo de expansão comercial luso-brasileira nos territórios coloniais espanhóis no período da União Ibérica (1942) Apesar da uniformidade do sistema colonial praticado pelas metrópoles exportadoras de açúcar, destacou as diferenças na formação social dos empresários antilhanos e portugueses (1946)

18 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara18 Celso Monteiro Furtado ( ) Considerado por Francisco de Oliveira, intelectual e homem de ação Para Antônio Cândido, um dos demiurgos do Brasil Exerceu profunda influência sobre gerações de economistas e cientistas sociais

19 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara19 Celso Monteiro Furtado ( ) Sua produção intelectual associa-se à produção da CEPAL, que inaugura a reflexão sobre as economias que começaram a se chamar subdesenvolvidas Ao lado de Raul Prebisch, um dos mais expressivos representantes do pensamento estruturalista da Cepal no Brasil

20 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara20 Celso Monteiro Furtado O homem público Idealizador e primeiro superintendente da SUDENE Ministro do Planejamento do governo de João Goulart ( ) e responsável pelo plano Trienal (1963) Diretor do BNDE (1953) Ministro da Cultura do Governo Sarney ( )

21 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara21 Algumas das suas inúmeras contribuições (1) Construção teórica do subdesenvolvimento, rompendo com as acepções que encaravam o subdesenvolvimento como uma etapa do desenvolvimento

22 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara22 Algumas das suas inúmeras contribuições (2) Para Furtado, o subdesenvolvimento é uma produção histórica do processo capitalista de desenvolvimento, e não apenas como mero atraso tecnológico ou insuficiência de divisas.

23 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara23 Algumas das suas inúmeras contribuições (3) Em Formação Econômica do Brasil, mais que um livro de pesquisa histórica, forneceu uma interpretação do Brasil. Segundo Oliveira (2003), esta obra é o único clássico do pensamento social brasileiro que colocou a questão da Federação no centro de suas preocupações teórico-práticas, propondo a refundação do pacto federativo

24 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara24 Formação Econômica do Brasil (1959) Pressupostos são os da teoria keynesiana, vinculados aos ideários da CEPAL São as mudanças nos marcos teóricos e o acréscimo da Terceira Parte em diante que distinguem a obra de 1959 da sua tese defendida em 1948

25 Aula 2 FEB 1 Mônica Yukie Kuwahara25 Formação de Furtado Abarca toda a formação nacional, sua economia, sua sociedade, suas regiões, suas diversas formas de Estado, de governo e de regimes políticos (OLIVEIRA, 2003, P. 86)

26 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara26 Referências (1) SZMRECSÁNYI, Tamás. Retomando a questão do início da historiografia econômica no Brasil. Nova Economia. Belo Horizonte. Vol 14(1). Janeiro- abril Disponível em /v14n1/szmrecsanyi.pdf

27 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara27 Referências (2) OLIVEIRA, Francisco. A navegação venturosa: ensaios sobre Celso Furtado. São Paulo: Boitempo, 2003.

28 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara28 LEITURAS RECOMENDADAS (1) O artigo de Francisco de Oliveira Formação Econômica do Brasil: gênese, importância e influências teóricas Este mesmo artigo foi publicado em duas coletâneas. Uma organizada pelo próprio autor e denominada Navegação Venturosa (vide referência no slide anterior). Foi publicada também na coletânea organizada por Lourenço Dantas Mota Introdução ao Brasil: um banquete no trópico, editado pela Ed. Senac em 1999.

29 Aula 2 FEB 1Mônica Yukie Kuwahara29 LEITURAS RECOMENDADAS (2) Entrevista com Celso Furtado publicada na Revista de Economia Mackenzie - Ano 2 número 2 Falando sobre: a atual situação econômica mundial, da América do Sul e do Brasil Disponível em /revistas/economia/eco2n2.htm


Carregar ppt "JUSTIFICANDO ALGUMAS ESCOLHAS Os principais autores e suas obras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google