A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso de Especialização em Assistência e Atenção Farmacêutica Profa. Msc. Edyane Cardoso Lopes Parte I Santa Maria, agosto de 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso de Especialização em Assistência e Atenção Farmacêutica Profa. Msc. Edyane Cardoso Lopes Parte I Santa Maria, agosto de 2008."— Transcrição da apresentação:

1 Curso de Especialização em Assistência e Atenção Farmacêutica Profa. Msc. Edyane Cardoso Lopes Parte I Santa Maria, agosto de 2008

2 Bases Para Implementação da Assistência e Atenção Farmacêutica Unidade II Conceitos de Atenção e Assistência Farmacêutica no Brasil. Áreas de atuação farmacêutica e a prática da Assistência e Atenção Farmacêutica Valorizar o conhecimento farmacêutico como fator de melhoria da saúde da população. Introdução à prática da Assistência Farmacêutica junto a equipe multiprofissional de Saúde

3 Objetivos da aula Refletir sobre as questões éticas do atendimento em saúde e nas questões farmacêuticas. Familiarizar o aluno com conceitos e abrangências da assistência e atenção farmacêutica

4 Roteiro de aula Marcos historicos da atuação do farmacêutico Modelos de pratica profissional O processo de construção da Atenção Farmacêutica no BR e no mundo Desafios da atenção farmacêutica

5 Modelos de ATENÇÃO em Saúde Forma como se concebem, organizam e concretizam as ações de saúde, segundo: um determinado contexto histórico, em determinado local e com determinado conceito de saúde.

6 Os Modelos de ATENçÃO Envolvem as concepções dos sujeitos, as praticas de saúde e as relações que se estabelecem neste processo, em particular as relações de poder entre os atores, a utilização de tecnologias e a gestão do sistema e do processo de trabalho.

7 MARCOS HISTORICOS: Saúde

8 Inicio do século XX Periodo pos guerra Final do século XX - Inicio do seculo XXI SAUDE

9 Inicio do século XX Modelo de Saude: sanitarismo campanhista época das grandes epidemias - Atuação do farmacêutico centrada na produção dos medicamentos em escala magistral - Contato mais proximo com os pacientes -Formulações a base de plantas e de baixa complexidade - Sociedade constituida por um pequeno numero de individuos - Acesso a médicos e farmacias restrito as classes mais favorecidas

10 Periodo pos guerra 2° Guerra ( ) Industrialização Preparação dos medicamentos pela industria Descaracterização das farmácias Farmacêutico sente-se limitado na sua área de atuação Farmacêutico busca outras áreas de atuação O Código de Ética da Associação Americana de Farmacêuticos impedia os farmacêuticos de comentar « os efeitos terapêuticos e a composição de uma prescrição com o paciente »

11 Saúde é entendida com ausência de uma manifestação física de desconforto, ou seja, ausência de doença. Neste contexto os medicamentos assumem um importante papel, havendo uma superestimação de seu valor em detrimento de medidas não farmacológicas.

12 Setor Farmacêutico Com o processo de industrialização em vários setores, que incluiu o de medicamentos, a produção assume características diferenciadas. Por conseqüência, as farmácias também assumem um novo papel.

13 PROFISSÃO EM CRISE

14 PRATICAS PROFISSIONAIS - Pulverização das atividades do Farmacêutico: - Analises clinicas - Industria de medicamentos - Industria de alimentos - Acupuntura - ….. - Farmacia Clinica - Assistência Farmacêutica - Atenção Farmacêutica

15 Final do século XX - Inicio do sec XXI Processo de redemocratização do pais, periodo de grandes conquistas no campo social Constituição Federal, 1988 Mudança na concepção do binômio saúde -doença

16 Final do século XX - Inicio do sec XXI A saúde passa a ser entendida não mais como ausência de doenças, mas como um estado de bem estar físico e mental, resultante da qualidade de vida dos cidadãos. A saúde passa a ser um direito de todos cidadãos e um dever do estado de assegurá-la, através de políticas publicas que garantam o acesso a educação saneamento emprego lazer habitação … Constituição Federal, 1988

17 Compromisso dos Cidadãos « O dever do Estado não exclui o das pessoas, das empresas e da sociedade. » Constituição Federal, 1988

18 O MERCADO FARMACÊUTICO Atual A população brasileira é a quarta maior consumidora de medicamentos do mundo, perde apenas para americanos, franceses e alemães; O comércio de produtos farmacêuticos movimenta no país cerca de 11 bilhões de dólares anuais; Há no país cerca de farmácias. Segundo OMS o número ideal seria de, no máximo, ; ANVISA, 2006

19 O MERCADO FARMACÊUTICO No Brasil de cada duas pessoas, uma é adepta da automedicação; Um cidadão sadio consome, nos países desenvolvidos, em média, três caixas de medicamento por ano. No Brasil onze caixas per capita Metade dos medicamentos prescritos é desnecessária. A maioria é contra a gripe. Há leis mas, não há fiscalização. De cada três medicamentos vendidos no país apenas um é receitado pelo médico; ANVISA, 2006

20 Para refletir

21 Pontos para REFLEXÃO Qual o contexto da pratica farmacêutica no BR? O que se entende por Assistência Farmacêutica? O que se entende por Atenção Farmacêutica? Qual o perfil do farmacêutico para atuar neste contexto? O que queremos com a Atenção Farmacêutica? OPAS, Atenção farmacêutica no Brasil: Trilhando Caminhos


Carregar ppt "Curso de Especialização em Assistência e Atenção Farmacêutica Profa. Msc. Edyane Cardoso Lopes Parte I Santa Maria, agosto de 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google