A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rochas. As rochas são, basicamente, associações naturais de dois ou mais minerais agregados e, normalmente, cobrindo vastas áreas da crosta terrestre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rochas. As rochas são, basicamente, associações naturais de dois ou mais minerais agregados e, normalmente, cobrindo vastas áreas da crosta terrestre."— Transcrição da apresentação:

1 Rochas

2 As rochas são, basicamente, associações naturais de dois ou mais minerais agregados e, normalmente, cobrindo vastas áreas da crosta terrestre. Por vezes, embora raras, são constituídas por um só mineral.

3 rocha (segundo Maria Heloisa) é definida como um corpo sólido natural, resultante de um processo geológico determinado, formado por aglomerações de um ou mais minerais, arranjados segundo as condições de temperatura e pressão existentes durante sua formação. As rochas são agrupadas, de acordo com a sua formação, em três grandes classes: magmáticas ou ígneas (ignis=fogo), sedimentares e metamórficas.

4 Mineral Elementos ou compostos químicos; Composição definida; Cristalinos; Inorgânicos; Formados por processos naturais.

5 Elementos nativos Ocorrem no estado elementar (Prata, ouro, enxofre, cobre,.....) ou como ligas naturais; Ocorrem no estado elementar (Prata, ouro, enxofre, cobre,.....) ou como ligas naturais; Metais, semi-metais (As), não-metais (C,S) Metais, semi-metais (As), não-metais (C,S)

6 Sulfetos combinação de um elemento metálico ou semi-metálico com S combinação de um elemento metálico ou semi-metálico com S Esfarelita (ZnS) Calcopirita (CuFeS 2 ) Galena (PbS) Pirita (FeS 2 ) Molibdenita (MoS 2 )

7 Óxidos e hidróxidos Combinação de oxigênio com um ou mais elementos metálicos Cassiterita (SnO 2 ) Espinélio (MgAl 2 O 4 ) G ibsita Al(OH) 3 Hematita (Fe 2 O 3 ) Magnetita (Fe 3 O 4 ) Combinação com (OH - ) Goethita (FeO(OH) Cassiterita

8 Magnetita (Fe 3 O 4 ) É um mineral comum que ocorre nas rochas ígneas, metamórficas de contato, em depósitos hidrotermais e em areias de rios. Freqüentemente transforma-se em hematita e limonita. Apresenta forte magnetismo. Do ponto de vista agronômico, aparece freqüentemente como constituinte mineralógico da fração arenosa do solo.

9 Hematita (Fe 2 O 3 ) Abundante nas rochas sedimentares e metamórficas. Nas rochas ígneas é acessório. É freqüente sua associação com a magnetita e limonita. Forma-se em solos tropicais com temperatura alta e pH baixo. Ocorre como pigmento vermelho comum nos sedimentos, solos, etc. É o principal minério de ferro.

10 Halita (NaCl) O corre em depósitos sedimentares precipitados por evaporação de água salgada (evaporitos), em associação com outros sais e componentes de depósitos de areias e argilas. Os principais usos são como sal de cozinha e como fonte de cloro e sódio para a indústria química.

11 Carbonatos Combinação de cátions bivalentes com: o complexo aniônico (CO 3 ) 2- Cerussita (PbCO 3 ) Magnesita (MgCO 3 ) Smithsonita (ZnCO 3 ) Siderita (FeCO 3 ) Calcita (CaCO 3 ) Dolomita (CaMg(CO 3 ) 2 )

12 Uma rocha representativa do grupo dos minério calcita Calcários: Usos: Indústria agrícola (como corretivo de solo Indústria do cimento, indústria química, pedras ornamentais (mármores), instrumentos óticos. Calcita (CaCO 3 ) É um dos minerais mais comuns, sendo o principal constituinte mineralógico dos calcários e mármores puros. Ocorre, também em arenitos, preenchendo cavidades nas rochas ígneas e como depósitos de fontes termais.

13 Dolomita (CaMg(CO 3 ) 2 ) É um carbonato comum. Freqüêntemente associa-se a calcita. Pode originar-se a partir da calcita pela influência de soluções magnesianas. É o principal componente mineralógico dos calcários e mármores magnesianos. Em depósitos hidrotermais, é comum sua associação com sulfetos.

14 Como diferenciar a Calcita (CaCO 3 ) da Dolomita (CaMg(CO 3 ) 2 Uso do HCl concentrado A calcita reage com HCl a frio havendo o despreendimento de CO 2, conforme a reação abaixo: CaCO 3 + HCl CaCl 2 + H2O + CO 2

15 GIPSITA: CaSO4.2H2O É um mineral comum, encontrado principalmente em camadas sedimentares, geralmente estratificadas com calcários e folhelhos. É um sulfato de cálcio hidratado. Do ponto de vista agronômico é fonte de Ca e S para as plantas Usado principalmente para a produção de gesso e na produção de cimentos.

16 Minerais – Silicatos Grupo da SerpentinaSerpentina AntigoritaAntigorita e CrisótiloCrisótilo Minerais do grupo das argilasargilas CaulinitaCaulinita,Esmectita, Montmorillonita, Ilita, Talco, PirofilitaEsmectitaMontmorillonitaIlitaTalcoPirofilita Grupo das micasmicas MoscovitaMoscovita, Flogopita, Biotita, Lepidolita, MargaritaFlogopitaBiotitaLepidolitaMargarita Grupo da cloritaclorita ApofilitaApofilita, PrehnitaPrehnita

17 17 Principais minerais A tabela a seguir mostra os principais constituintes mineral ó gicos das rochas que integram a crosta: Feldspato 59,5% Quartzo 12,0% Piroxênios e anfib ó lios 16,8% Micas 3,8% Outros 7,0%

18 As rochas são agrupadas, de acordo com a sua formação, em três grandes classes: Magmáticas ou ígneas (ignis=fogo); Metamórficas; Sedimentares.

19 Magmáticas ou ígneas (ignis=fogo); Metamórficas; Sedimentares.

20 Ciclo das rochas

21 As rochas magmáticas Formam-se quando o magma em fusão arrefece e solidifica. Se arrefece rapidamente, os minerais não têm tempo de se desenvolverem originando rochas vulcânicas. Se, pelo contrário, o magma arrefece lentamente, permite a cristalização e crescimento de todos os minerais, formando-se rochas plutonicas.

22 O Basalto A região de terra vermelha do norte do Paraná, e´região de derrame vulcânico. O basalto também é encontrado em pequenas porções em outra parte do território do estado como por exemplo na região de Rio Branco Exemplo de Rochas vulcânicas : É uma rocha dura e escura e com pequenos minerais cristalizados.

23 Granito Exemplo de Rochas plutónicas: É uma rocha dura, heterogénea, com minerais cristalizados visíveis à vista desarmada, com cores e tamanhos diferentes de quartzo, feldspato e, por vezes micas.

24 Rochas Sedimentares As rochas sedimentares resultam da cimentação dos depósitos de detritos oriundos da desagregação das rochas pré-existentes que sofreram alteração física ou química, por ação de agentes de erosão (chuva, vento, calor, frio, gelo, seres vivos, etc.). Existem 3 tipos de rochas sedimentares: Detríticas ( argila, areia, arenito,…) Químicas ( calcário, gesso, sal-gema,…) Biogénicas (carvão, petróleo,…) :

25 Rochas Sedimentares Rochas Sedimentares Detríticas: são formadas a partir de restos de outras rochas, após sofrerem erosão. Ex: areia, arenito, argilito, conglomerado. Rochas Sedimentares Químicas: são formadas a partir da precipitação de substâncias dissolvidas na água. Ex: calcário, gesso, sal-gema. Rochas Sedimentares Biogénicas: são formadas a partir de restos de seres vivos (fósseis). Ex: calcário conquífero, carvão, petróleo.

26 Fases de Formação das Rochas Sedimentares 1.ALTERAÇÃO da rocha de origem 2.EROSÃO desfragmentarão da rocha de origem 3.TRANSPORTE dos resíduos 4.SEDIMENTAÇÃO dos resíduos 5.DIAGÉNESE: – Compactação: as rochas são apertadas – Desidratação: as rochas perdem água – Cimentação: as rochas são coladas por um cimento natural

27 Rochas Sedimentares – formadas por deposição de materiais em ambientes continentais ou marinhos; A água e o vento são os principais agentes de transporte de sedimentos. Quando estes agentes perdem a capacidade de transportar, devido a uma diminuição da velocidade, ocorre a sedimentação.

28 As rochas sedimentares são caracterizados pela presença de estratificação - que resulta da formação de camadas paralelas e horizontais, pela deposição contínua de partículas no fundo de um oceano, de um lago, de um rio ou numa superfície continental.

29 Calcário - a coloração passa do branco ao preto, podendo ser cinza claro ou cinza escuro. Muitos calcários apresentam tons de vermelho, amarelo, azul ou verde dependendo do tipo e quantidade de impurezas que apresentam. É utilizado na construção civil na pavimentação de passeios, produção do cimento e cal, estátuas, etc…

30 Rochas Metamórficas As rochas metamórficas são o produto da transformação de qualquer tipo de rocha levada a um ambiente onde as condições físicas (pressão, temperatura) são muito distintas daquelas onde a rocha se formou. Nestes ambientes, os minerais tornam-se instáveis e reagem formando outros minerais.

31 Rochas Metamórficas Há medida que novas camadas de rochas sedimentares vão sendo depositadas umas sobre as outras, as mais antigas são sujeitas à ação de temperaturas e pressões crescentes.

32 Mármore É utilizado no revestimento de paredes, escadas, esculturas…

33 MAGMA Rochas Magmáticas Vulcânicas Rochas Magmáticas Plutónicas Sedimentos Seres Vivos Rochas Metamórficas … que sofrem fusão e voltam a ser: Rochas Sedimentares O magma (rocha derretida) sobe do interior da terra Dá-se a ascensão do magma que sobe até à superfície, dando origem a: Outro magma, mais viscoso, fica aprisionado no interior da Terra, formando : …como as rochas vulcânicas, sofrem erosão, transformando-se em: Por erosão superficial, estas rochas afloram e… Estes fazem trocas com a Biosfera ( vide fósseis)... Por ação do calor e pressão passam a:

34 Propriedades das Rochas Caracterização PetrográficaNBR /92 Densidade, Porosidade e Absorção d` ÁguaNBR 12766/92 CompressãoNBR 12666/92 Módulo de RupturaNBR12763/92 FlexãoASTM C 880/98 Dilatação Térmica LinearNBR 12765/92 ImpactoNBR 12764/92 Desgaste AbrasivoNBR 12042/92 DurezaEN 14205/03 Propagação de Ondas Ultrassonicas LongitudinaisEN 14579/05 CapilaridadeEN 1925/99 Resistência ao EscorregamentoEN 14231/03 Resistência nos pontos de ancoragemEN 13364/01


Carregar ppt "Rochas. As rochas são, basicamente, associações naturais de dois ou mais minerais agregados e, normalmente, cobrindo vastas áreas da crosta terrestre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google