A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A CULTURA ESCOLAR NA SOCIEDADE NEOLIBETAL A.I. PEREZ GOMES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A CULTURA ESCOLAR NA SOCIEDADE NEOLIBETAL A.I. PEREZ GOMES."— Transcrição da apresentação:

1 A CULTURA ESCOLAR NA SOCIEDADE NEOLIBETAL A.I. PEREZ GOMES

2 A CULTURA ESCOLAR NA SOCIEDADE NEOLIBERAL I.CULTURA CRÍTICA II.CULTURA SOCIAL III.CULTURA INSTITUCIONAL IV.CULTURA EXPERIENCIAL V.CULTURA ACADÊMICA

3 A CULTURA CRÍTICA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES A INSTITUIÇÃO COMO ORGANIZAÇÃO

4 Cultura Crítica Auto cultura ou cultura intelectual A Cultura crítica evolui e se transforma ao longo do tempo e é diferente para os diferentes grupos. Conjunto de conhecimentos teóricos e práticos transmitidos ao longo do tempo. INTRODUÇÃO

5 CONCEITOS Cultura: informação, conjunto de conhecimentos teóricos e práticos que se aprende e transmite aos contemporâneos e aos vindouros. Universalidade: caráter de uma proposição universal, totalidade, qualidade que abrange todos os conhecimentos. Relativismo: teoria filosófica segundo a qual o conhecimento humano não é um conhecimento absoluto, mas sim um conhecimento relativo à constituição do espírito. Historicismo: valorização excessiva da história Iluminismo: conjunto de crenças preconizadas no séc. XVIII. Também chamado séc. das luzes. Período em que predominou o pensamento em torno da razão. Etnocentrismo: Crença na superioridade do povo a que se pertença.

6 EVOLUÇÃO DA CULTURA CRÍTICA Etnocentrismo Relativismo Universalidade Modernidade ( ) Pós- Modernidade ( )

7 MODERNIDADE ( ) No início a fé é o centro das idéias e emoções; Transformação das idéias, racionalização; Consolidada com a revolução Industrial; Período de grandes descobertas; 1 ª idéia de globalização.

8 PÓS-MODERNIDADE ( ) Compreende todo o período contemporâneo até hoje; Também denominado pós- industrial; Pluralidade de idéias; não há certo nem errado; Período de grande transição ; Carência de uma idéia central; Crescente predomínio da razão sobre a fé (iluminismo); Ressurgimento do romantismo. O velho, não acaba de morrer e o novo não acaba de nascer. (Gramsci).

9 CARACTERÍSTICAS DA PÓS- MODERNIDADE PERDA DE FUNDAMENTO DA RACIONALIDADE PERDA DA FÉ NO PROGRESSO PRAGMATISMO COMO FORMA DE VIDA E DE PENSAMENTO DESENCANTO E INDIFERENÇA AUTONOMIA, DIVERSIDADE, DESCENTRALIZAÇÃO PRIMAZIA DA ESTÉTICA SOBRE A ÉTICA CRÍTICA AO ETNOCENTRISMO E À UNIVERSALIDADE MULTICULTURALISMO E ALDEIA GLOBAL

10 PERDA DE FUNDAMENTO DA RACIONALIDADE Não existe mais credibilidade; Perda de fundamento na ciência e na moral; A verdade e a razão dominadas por grupos de poder; Realidade interpretada sob várias perspectivas; Pensamento débil; Relativismo.

11 PERDA DA FÉ NO PROGRESSO As pessoas tem dúvida sobre o futuro; Desorientação; Sensação de que a história não tem linearidade, seqüência; Sociedade desorientada, confusa.

12 PRAGMATISMO COMO FORMA DE VIDA E DE PENSAMENTO Pensamento lógico, pragmático; Só valem pensamentos que produzem efeito; Preocupação em satisfazer o presente; Despreocupação com fundamento e conseqüência; Ética pessoal como política de vida.

13 DESENCANTO E INDIFERENÇA Ausência de ideologia Falta de sentido Desmotivação Como é tudo muito pragmático, as pessoas acabam não se envolvendo emocionalmente.

14 AUTONOMIA, DIVERSIDADE E DESCENTRALIZAÇÃO Perda de fundamento na ciência e na moral; Descentralização das idéias ; Autonomia e diversidade de comportamento; Surgimento de diversos grupos; Influência na economia e na afetividade.

15 PRIMAZIA DA ESTÉTICA SOBRE A ÉTICA Ausência de fundamentação; Liberdade de linguagem; Desaparecimento do debate ético; Predomínio das aparências; A beleza predomina sobre a ética; O belo pode tudo.

16 CRÍTICA AO ETNOCENTRISMO E À UNIVERSALIDADE Crítica da valorização de uma cultura sobre a outra; Oposição ao menosprezo por outras culturas; Oposição à idéia de uma forma de ser comum a todos.

17 MULTICULTURALISMO E ALDEIA GLOBAL Respeito às diferenças Culturais e pessoais; A mídia acelera o intercâmbio entre as diferentes culturas.

18 RESSURGIMENTO DO FUNDAMENTALISMO, DO LOCALISMO E DO NACIONALISMO Imposição dos pensamentos e das idéias; Nazismo e Facismo; Brasil: Imperialismo.

19 HISTORICISMO, O FIM DA HISTÓRIA Ressurgimento do Etnocentrismo

20 A CULTURA CRÍTICA E SUA FUNÇÃO NA ESCOLA As escolas ignoram as diferenças do desenvolvimento individual; A escola não pode transmitir nem trabalhar dentro de um único marco cultural; A escola e os educadores devem estar cientes de que não existe um único modelo de pensar; Não existe uma única verdade.

21 O objetivo continua sendo o mesmo, destruir o preconceito,mas para consegui-lo, já não se trata de abrir os demais a razão, mas a gente mesmo se abrir a razão dos demais. Finkielkraut


Carregar ppt "A CULTURA ESCOLAR NA SOCIEDADE NEOLIBETAL A.I. PEREZ GOMES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google