A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Possetti/2005 1 TCC - Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Alberto Possetti Fesp - Fundação de Estudos Sociais do Paraná

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Possetti/2005 1 TCC - Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Alberto Possetti Fesp - Fundação de Estudos Sociais do Paraná"— Transcrição da apresentação:

1 Possetti/ TCC - Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Alberto Possetti Fesp - Fundação de Estudos Sociais do Paraná

2 Possetti/ Metodologia Científica Nada mais é do que a disciplina que estuda os caminhos do saber, se entendermos que método quer dizer caminho, logia quer dizer estudo e ciência quer dizer saber. (BELLO, 2000)

3 3 Possetti/2005 Do Medo à Ciência A evolução humana corresponde ao desenvolvimento de sua inteligência. Sendo assim,podemos definir três níveis de desenvolvimento desde o surgimento dos primeiros hominídeos: 1- O medo: os seres humanos pré-históricos não conseguiam entender os fenômenos da natureza – tinham medo; 2- O misticismo: tentativa de explicação dos fenômenos através das crenças, dos pensamentos mágicos e das superstições; 3- a ciência: busca de respostas através de caminhos que pudessem ser comprovados.

4 4 Possetti/2005 A Evolução da Ciência Nós os seres humanos somos os únicos capazes de criar e transformar o conhecimento, de aplicar o que aprendemos por diversos meios, numa situação de mudança do conhecimento. Somos os únicos capazes de criar símbolos, como a linguagem, e com eles registrar nossas próprias experiências e passar para outros seres humanos. O Método Científico surgiu como uma tentativa de organizar o pensamento para se chegar ao meio mais adequado de conhecer e controlar a natureza, por exemplo.

5 5 Possetti/2005 Como Construímos o Conhecimento? A pesquisa é um processo de construção do conhecimento que tem como metas principais gerar novo conhecimento e/ou confirmar, validar ou refutar, reprovar algum conhecimento pré- existente. É basicamente um processo de aprendizagem tanto do indivíduo que a realiza quanto da sociedade na qual esta se desenvolve. (CLARK, Castro, 2003)

6 6 Possetti/2005 Idéia Brilhante O início da pesquisa surge com uma idéia brilhante, é quando procuramos saber o porque das coisas. A formulação da pergunta é uma etapa fundamental da pesquisa, pois define e delimita o problema a ser estudado, fornecendo ao pesquisador o elemento principal para estabelecer o objetivo da pesquisa. (CLARK, Castro 2003)

7 7 Possetti/2005 Planejar não é fazer previsões O planejamento sempre é uma atividade que antecede o fato. A previsão, por outro lado, é, na melhor das hipóteses, uma atividade concomitante ao fato. A organização e o profissional do futuro estão pautados na premissa da flexibilidade. Eles se comprometem a avançar, adaptar-se e mudar de acordo com as exigências das mudanças em seu ambiente.

8 8 Possetti/2005 Planejamento O processo de planejar envolve portanto, um modo de pensar; e um salutar modo de pensar envolve indagações; e indagações envolvem questionamentos sobre o que será feito, como, quando, quanto, para quem, por que, por quem e onde será feito. O planejamento deverá resultar de decisões presentes – atuais, tomadas a partir do exame de seus impactos no futuro, o que lhe proporciona uma dimensão temporal de alto significado.

9 9 Possetti/2005 Planejar Estrategicamente.... É criar condições para que você decida rapidamente diante de oportunidades e ameaças, otimizando as vantagens competitivas em relação ao ambiente de concorrência em que atua. Planejar estrategicamente é estabelecer um conjunto de providências que irão, no futuro, dar condições e meios de agir sobre as variáveis e fatores que possam exercer influência nas ações programadas para sua vida pessoal ou para sua empresa. Processo gerencial que possibilita estabelecer o rumo a ser seguido por você ou sua empresa, visando obter um nível de otimização na relação desta com o seu ambiente.

10 10 Possetti/2005 Dimensões e Fases do Planejamento Estratégico 1- Elaboração, 2- Implementação / Execução 3- Avaliação Fases: 1- Diagnóstico- Levantamento de todas expectativas, especulações, análises dos concorrentes, ameaças, oportunidades, fatores chave de sucesso, pontos fortes e pontos fracos, tendo como referencial o mercado de trabalho, os estudos, a família, a sociedade, enfim, todas as pessoas, órgãos e instituições que fazem parte do seu mundo pessoal e/ou profissional.

11 11 Possetti/2005 Fases do Planejamento Estratégico 2- Missão representa um horizonte no qual a pessoa ou a empresa decide atuar e vai realmente entrar em cada um dos negócios que aparecem neste horizonte. A Missão deve ser entendida como uma identificação a ser seguida, mas nunca algo específico a ser alcançado.

12 12 Possetti/2005 Fases do Planejamento Estratégico Missão- * Qual a razão da sua existência? * O que você tem feito, ou pretende fazer de importante, de relevante, na sua vida, na sua existência? * Qual o sentido de estarmos nesta aventura? * Qual a dimensão da sua participação na história? Missão é a resposta ao porquê da existência no presente momento.

13 13 Possetti/2005 Fases do Planejamento Estratégico Visão- ao sabermos o porque da nossa existência, com esse referencial fazemos uma projeção positiva de futuro. Exemplo: se minha missão é preservar a qualidade de vida das pessoas, possa me imaginar (visão) o maior referencial brasileiro em qualidade de vida.

14 14 Possetti/2005 Fases do Planejamento Estratégico 3- Instrumentos prescritivos (que definem de antemão o que vou fazer, com que, como, quando, com quanto..) Princípios Objetivos Metas Estratégias Ações

15 15 Possetti/2005 Fases do Planejamento Estratégico 4- Controle e Avaliação * que ferramentas / processos pretendo utilizar para controlar o andamento do que planejei? * como pretendo avaliar se os acontecimentos foram de acordo com o que planejei?

16 16 Possetti/2005 Estudo de Viabilidade O que é? É um estudo prévio que avalia as vantagens ou desvantagens de se abrir um negócio (empresa).

17 17 Possetti/2005 Estudo de Viabilidade Para que serve? - Antecipar dificuldades que só seriam vistas na prática. - Diminuir riscos e aumentar as possibilidades de sucesso. - Permitir maior conhecimento do negócio. - Reunir e ordenar as idéias e providências sobre o negócio. - Permitir várias simulações sem prejuízos financeiros. - Demonstrar organização, perseverança e seriedade no negócio. - Atrair possíveis sócios, fornecedores, parcerias e ajuda na negociação de recursos financeiros.

18 18 Possetti/2005 Estudo de Viabilidade Que perguntas poderão ser respondidas? - Quanto tenho que investir? - Quanto terei de lucro? - Que recursos serão necessários? - Quem serão meus consumidores, fornecedores e concorrentes? - Quais serão os impostos e demais encargos? - Vale a pena?

19 19 Possetti/2005 Principais Itens 1 - Mercado consumidor São as pessoas e as empresas que consomem o produto ou serviço. Dicas: Quem são os clientes? Quantos são? Onde estão localizados? Qual é o preço que pagam atualmente por esse produto ou serviço similar?

20 20 Possetti/2005 Mercado Consumidor Dicas: Qual a quantidade que o cliente consome hoje e com que periodicidade? Qual a quantidade possível de ser vendida neste mercado? Qual o nível de qualidade exigido por esse mercado? Por que comprariam o meu produto? O local escolhido para instalar a empresa é adequado?

21 21 Possetti/ Mercado Fornecedor São as pessoas e as empresas que fornecem matéria-prima e equipamentos que serão utilizados para fabricação ou revenda do produto ou serviço. Dicas: Quem são os fornecedores e onde estão localizados? Que matérias-primas, insumos e mercadorias são necessários?

22 22 Possetti/ Mercado Fornecedor Dicas: Que preços e condições de pagamento os fornecedores oferecem? Quais são os problemas de abastecimento que ocorrem ou podem ocorrer? Há sazonalidade ou problemas no abastecimento? Os fornecedores estarão preparados para atender? Qual a qualidade e quantidade mínima oferecidas? Sempre que possível evite intermediários.

23 23 Possetti/ Mercado Concorrente São as pessoas e as empresas que competem pela preferência dos consumidores de um produto ou serviço. Dicas: A concorrência é sadia e também serve como parâmetro de comparação e como parceria? Quais são os concorrentes e onde estão localizados?

24 24 Possetti/ Mercado Concorrente Dicas: Qual a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos por eles? Que preços e prazos praticam? Quais são os seus pontos fortes (preço, qualidade, prazo, exclusividade, atendimento, localização)? Quais são os seus pontos fracos (preço, qualidade, prazo, exclusividade, atendimento, localização)?

25 25 Possetti/ – Previsão de Vendas e Custos a) Descrever todos os produtos/grupos ou serviços que compõem a atividade da empresa. b) Em função do porte, equipamentos e mão- de-obra, estimar a quantidade prevista para cada produto ou serviço a ser produzido / vendido durante o mês. c) Calcular ou pesquisar os preços de venda que se pretende praticar na comercialização de cada produto ou serviço. d) Considerar o custo de aquisição dos materiais e mercadorias dos produtos ou serviços a serem comercializados pela empresa.

26 26 Possetti/ Previsão de Vendas e Custos Dicas: Pesquise os preços de mercado/custos consultando os concorrentes e fornecedores. Evite chutes. Estime as quantidades sem exageros, seja realista. Nos negócios que envolvam grande número de produtos diferenciados, separe por grupos de produtos.

27 27 Possetti/ – Custos do Material Aplicado São os valores referentes ao custo de todos os componentes usados diretamente na fabricação do produto ou serviço, realização do serviço ou aquisição de mercadorias. a) Relacionar todos os componentes de custo. b) Relacionar todas as quantidades com suas unidades (quilo, litro, metro, etc...) c) Calcular e relacionar os valores respectivos a cada quantidade.

28 28 Possetti/ Custos do Material Aplicado Dicas: Procure fazer ficha de controle de custos para cada produto / serviço. Verifique se em seu caso é possível o crédito de imposto. Em caso de dúvidas, procure informações com o seu contador ou com órgãos como o Sebrae.

29 29 Possetti/ – Pesquisa de Preços de Venda dos Concorrentes Para formar o preço de venda, torna-se necessária a obtenção dos preços médios de mercado. Dicas: Identifique seus concorrentes e verifique seus preços em relação aos produtos que serão comercializados por sua empresa. Procure tomar como base os produtos com a maior similaridade possível com os que sua empresa irá trabalhar.

30 30 Possetti/ Pesquisa de Preços de Venda dos Concorrentes Dicas: Após feita a pesquisa, calcule a média do preço para cada produto ou serviço ou grupo de produtos ou de serviços. Observe outros fatores como: qualidade, serviço, garantia, prazos de pagamento e outros aspectos que possam influenciar no preço e na aceitação do produto ou serviço.

31 31 Possetti/ – Prazo de Vendas / Compras / Estoques São alguns dados necessários para cálculo do capital de giro, que é a necessidade de caixa ($) para manter a empresa até o recebimento das vendas. a) É a média dos prazos de financiamento aos clientes, ou seja, do prazo dado ao cliente para efetuar o pagamento de suas compras. b) Idem ao anterior, porém em relação ao prazo médio dado pelos fornecedores para o pagamento dos produtos ou serviços. c) É o número de dias necessários para a reposição do estoque pelo fornecedor, ou seja, o tempo entre a solicitação e o recebimento de um pedido feito.

32 32 Possetti/ Prazo de Vendas / Compras / Estoques Dicas: Esses itens são facilmente obtidos por meio de pesquisa entre os concorrentes e fornecedores. Lembre-se de que nas vendas, financiamos nossos clientes por meio dos prazos dados para pagamento. Porém, também, somos financiados por nossos fornecedores por meio dos prazos dados para pagamento, como também para os salários, água, luz, telefone, Internet.

33 33 Possetti/ – Investimento Fixo É o montante de recursos necessários à implantação de toda infraestrutura física do projeto. Deve ser programado para atender às necessidades da empresa. Dicas: A finalidade do negócio é produzir / comercializar / prestar serviços e não imobilizar recursos. Evite imobilizações desnecessárias. Quando possível, alugue em vez de construir ou comprar. Terceirize o que puder, em vez de adquirir máquinas e equipamentos.

34 34 Possetti/ Investimento Fixo Dicas: Faça o investimento consciente de que os recursos financeiros que você está empregando são suficientes e necessários. Pesquise diferentes opções de aquisição (leilões, classificados, lojas de usados). Cuidado com o estado de conservação e a garantia.

35 35 Possetti/ – Mão-de-Obra Estabelece toda a necessidade de profissionais por cargo / função, quantidade e valor de salário a ser pago. a) Relacionar a função / cargo a ser ocupado. b) Registrar a quantidade necessária de acordo com a função. c) Registrar o salário a ser pago, sem os encargos sociais, somente o salário em carteira.

36 36 Possetti/ Mão-de-Obra Dicas: Recrute os profissionais por empresas especializadas, entidades geradoras de mão-de-obra, sindicatos, etc. Verifique o currículo / histórico do candidato. Lembre-se de consultar os sindicatos de classe (legislação, acordos, piso salarial, horário, etc). Cuidado com as contrações informais.

37 37 Possetti/ – Custos Fixos Operacionais São todos os custos que ocorrem independentemente da quantidade de vendas / produção da empresa. Dicas: A retirada dos sócios é o salário do sócio que trabalha na empresa. Responda: quanto alguém ganharia pra fazer este trabalho? Todos os valores devem ser de base mensal e, nesta fase do estudo, estimados. Cuidado com valores como: publicidade e seguros, pois devem ser proporcionais ao mês, exemplo: seguro tem cobertura anual, então deve-se dividir o valor total por doze meses e lançar o valor referente a um mês. Os valores devem ser médios e estimados, porém deve- se usar o bom senso evitando exageros para cima ou para baixo.

38 38 Possetti/ – Proprietários / Sócios São todas aquelas pessoas que assumem todas responsabilidades pela empresa. Dicas: Antes de fechar com o seu sócio ou parceiro, para abertura da empresa, consulte o seu contador ou advogado. Levante a situação de todos junto aos bancos, Seproc, Receita, Cartórios, INSS, e outros órgãos. Verifique se as declarações, certidões e outros documentos não tem algum tipo de empecilho. Verifique a disponibilidade dos sócios no dia-a-dia da empresa. Verifique outros impedimentos junto à justiça (espólio, ações trabalhistas), problemas juntos a imobiliárias. Busque referências quanto à idoneidade, junto aos vizinhos, parentes, amigos e outros.

39 39 Possetti/2005 Alguns Conselhos Assuma riscos calculados, isso é bem diferente de ser imprudente. Empreender sem planejar é uma aventura que pode dar certo, mas é sempre um vôo cego. É necessário saber conviver com frustrações quando uma idéia aparentemente excelente se mostra inviável. Ninguém deve conhecer tudo, mas deve ter humildade e disposição para buscar ajuda em assuntos que não domine.

40 40 Possetti/2005 Referência bibliográfica CADERNO CONHECENDO O SEU NEGÓCIO – Sebrae Paraná, 2005.


Carregar ppt "Possetti/2005 1 TCC - Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Alberto Possetti Fesp - Fundação de Estudos Sociais do Paraná"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google