A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cálcio Levimar Rocha Araújo. Paratireóide Apresenta-se sob a forma de quatro nódulos originários do 3º e 4º arcos branquiais: 2 situados no ápice dos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cálcio Levimar Rocha Araújo. Paratireóide Apresenta-se sob a forma de quatro nódulos originários do 3º e 4º arcos branquiais: 2 situados no ápice dos."— Transcrição da apresentação:

1 Cálcio Levimar Rocha Araújo

2 Paratireóide Apresenta-se sob a forma de quatro nódulos originários do 3º e 4º arcos branquiais: 2 situados no ápice dos lobos direito e esquerdo da tireóide e 2 nos pólos inferiores Apresenta-se sob a forma de quatro nódulos originários do 3º e 4º arcos branquiais: 2 situados no ápice dos lobos direito e esquerdo da tireóide e 2 nos pólos inferiores Cada glândula tem crescimento progressivo até a 3ª década de vida Cada glândula tem crescimento progressivo até a 3ª década de vida

3 Paratireóide Peso médio: 0,45g sexo masculino e 0,5g no feminino Peso médio: 0,45g sexo masculino e 0,5g no feminino Microscopicamente são constituídas por células principais, células claras e células oxífilas Microscopicamente são constituídas por células principais, células claras e células oxífilas

4 Paratireóide Células principais: arredondadas, produtoras de paratormônio Células principais: arredondadas, produtoras de paratormônio Quando a secreção é menor ou as células estão em estágio de repouso, acumulam-se grânulos citoplasmáticos de lipídios e glicogênio células claras Quando a secreção é menor ou as células estão em estágio de repouso, acumulam-se grânulos citoplasmáticos de lipídios e glicogênio células claras

5 Paratireóide Células oxífilas: maiores; maiores; aparecem na puberdade; aparecem na puberdade; aumentam progressivamente em número com o avançar da idade; aumentam progressivamente em número com o avançar da idade; não secretam paratormônio; não secretam paratormônio; têm função ainda obscura têm função ainda obscura

6 Paratormônio É uma proteína com 8.500kd de peso molecular É uma proteína com 8.500kd de peso molecular Constituída por cadeia simples de polipeptídeos com 84 aa Constituída por cadeia simples de polipeptídeos com 84 aa Antagônico da calcitonina Antagônico da calcitonina

7 Paratormônio Age diretamente nas células dos túbulos renais: inibe reabsorção de fosfatos, regulando a fosfatúria Age diretamente nas células dos túbulos renais: inibe reabsorção de fosfatos, regulando a fosfatúria Nos ossos, age nos osteoclastos: reabsorvem a matriz e solubilizam o Ca Nos ossos, age nos osteoclastos: reabsorvem a matriz e solubilizam o Ca

8 Paratormônio Tem função primordial no turnover ósseo: equilíbrio entre aposição e reabsorção, manutenção do Ca sérico (8,9 a 10mg/%) e absorção do Ca no intestino Tem função primordial no turnover ósseo: equilíbrio entre aposição e reabsorção, manutenção do Ca sérico (8,9 a 10mg/%) e absorção do Ca no intestino

9 Doenças metabólicas dos ossos São as alterações da falta ou do excesso de cada um dos fatores que agem na aposição e reabsorção óssea São as alterações da falta ou do excesso de cada um dos fatores que agem na aposição e reabsorção óssea Osteoporose, raquitismo na infância e osteomalácia no adulto e hiperparatireoidismo Osteoporose, raquitismo na infância e osteomalácia no adulto e hiperparatireoidismo

10 Cálcio Mineral mais abundante no organismo Mineral mais abundante no organismo Constitui cerca de 1,5 a 2% do peso corpóreo Constitui cerca de 1,5 a 2% do peso corpóreo Aproximadamente 99% está nos ossos e dentes Aproximadamente 99% está nos ossos e dentes 1% restante está no sangue e fluidos extracelulares e dentro das células de todos os tecidos 1% restante está no sangue e fluidos extracelulares e dentro das células de todos os tecidos

11 Cálcio - Metabolismo A regulação do metabolismo engloba: absorção intestinal, [ ]s de Ca sanguíneo e fosfato, osso, rins (produzem a forma hormonal da vit D) e glândulas paratireóides (secretam o hormônio paratireóideo) A regulação do metabolismo engloba: absorção intestinal, [ ]s de Ca sanguíneo e fosfato, osso, rins (produzem a forma hormonal da vit D) e glândulas paratireóides (secretam o hormônio paratireóideo)

12 Cálcio - Metabolismo

13 Cálcio - Absorção O Ca é absorvido por todas as partes do ID absorção mais rápida no duodeno (pH <7) O Ca é absorvido por todas as partes do ID absorção mais rápida no duodeno (pH <7) Apenas 30% do Ca ingerido é absorvido pelos adultos Apenas 30% do Ca ingerido é absorvido pelos adultos

14 Cálcio - Absorção Dois mecanismos de absorção: Transporte ativo: baixas [ ]s de íons de Ca; é saturável; controlado pela vit D ( captura de Ca na borda em escova da célula da mucosa intestinal) Transporte ativo: baixas [ ]s de íons de Ca; é saturável; controlado pela vit D ( captura de Ca na borda em escova da célula da mucosa intestinal) Transferência passiva: altas [ ]s de íons de Ca; não saturável; independente de vit D; ocorre em todo ID Transferência passiva: altas [ ]s de íons de Ca; não saturável; independente de vit D; ocorre em todo ID

15 Cálcio - Absorção Só é absorvido se estiver em uma forma iônica! Só é absorvido se estiver em uma forma iônica! Biodisponibilidade: em geral, quanto > a necessidade e a necessidade e < o fornecimento dietético, mais eficiente será a absorção

16 Cálcio – Excreção Renal Um pouco acima de 50% do Ca ingerido é excretado na urina por dia, mas uma qtde quase equivalente é secretada no intestino (e se une ao Ca não absorvido nas fezes) Um pouco acima de 50% do Ca ingerido é excretado na urina por dia, mas uma qtde quase equivalente é secretada no intestino (e se une ao Ca não absorvido nas fezes) A reabsorção nos túbulos renais ocorre por mecanismos similares aos do ID A reabsorção nos túbulos renais ocorre por mecanismos similares aos do ID

17 Cálcio Sérico Três frações distintas: Ca livre ou ionizado (47,6%) Ca livre ou ionizado (47,6%) Complexos entre Ca e ânions, tais como fosfato, citrato ou outros ânions orgânicos (6,4%) Complexos entre Ca e ânions, tais como fosfato, citrato ou outros ânions orgânicos (6,4%) Ca que está ligado à proteína, primariamente com albumina (46%) Ca que está ligado à proteína, primariamente com albumina (46%)

18 Cálcio Sérico O Ca ionizado (Ca ++ ) se equilibra rapidamente com o Ca ligado à proteína no sangue O Ca ionizado (Ca ++ ) se equilibra rapidamente com o Ca ligado à proteína no sangue A [ ] de Ca sérico ionizado é controlada primariamente pelo PTH, apesar de outros hormônios possuirem papéis menores na regulação (calcitonina, vit D, estrógenos e outros) A [ ] de Ca sérico ionizado é controlada primariamente pelo PTH, apesar de outros hormônios possuirem papéis menores na regulação (calcitonina, vit D, estrógenos e outros)

19 Cálcio Sérico A regulação rigorosa do Ca ingerido o torna uma ferramenta útil: na avaliação da função da paratireóide na avaliação da função da paratireóide na monitoração da doença renal na monitoração da doença renal nos neonatos doentes para os quais a hipocalcemia pode ser um risco para a vida nos neonatos doentes para os quais a hipocalcemia pode ser um risco para a vida

20 Regulação do Cálcio Sérico Quando a [ ] sanguínea de Ca cai abaixo do nível normal, o PTH estimula a transferência de Ca permutável a partir do osso no sangue Quando a [ ] sanguínea de Ca cai abaixo do nível normal, o PTH estimula a transferência de Ca permutável a partir do osso no sangue Ao mesmo tempo, o PTH promove a reabsorção tubular renal de Ca e estimula indiretamente a absorção intestinal deste através da forma hormonal de vit D Ao mesmo tempo, o PTH promove a reabsorção tubular renal de Ca e estimula indiretamente a absorção intestinal deste através da forma hormonal de vit D

21 Cálcio – Fontes Alimentares ALIMENTOCÁLCIO QUEIJO PARMESÃO1140 QUEIJO PRATO840 QUEIJO MINAS685 SARDINHA402 COUVE330 AMÊNDOA282 AVELÃ209 CASTANHA-DO-PARÁ198 LEITE DESNATADO124 IOGURTE120 AGRIÃO117 BRÓCOLIS114 LEITE INTEGRAL114 AVEIA30 *Quantidade de cálcio em 100 gramas do alimento

22 Cálcio - Ingestões GRUPOCa (mg/d) Lactentes 0 - 6m210 Lactentes m270 Crianças 1 - 3a500 Crianças 4 - 8a800 Adolescentes M a1300 Adolescentes F a1300 Adultos M a1000 Adultos M a partir de 51a1200 Adultos F a1000 Adultos F a partir de 51a1200 Gestação < 18a1300 Gestação > 19a1000 Lactação < 18a1300 Lactação > 19a1000

23 Cálcio - Funções A ingestão adequada é necessária para permitir ganhos ótimos na massa e densidade óssea nos anos pré-puberais e da adolescência A ingestão adequada é necessária para permitir ganhos ótimos na massa e densidade óssea nos anos pré-puberais e da adolescência Possui uma série de papéis metabólicos nas células de todos os outros tecidos Possui uma série de papéis metabólicos nas células de todos os outros tecidos Influencia as funções de transporte das membranas celulares Influencia as funções de transporte das membranas celulares

24 Cálcio - Funções Influencia a transmissão dos íons através das membranas de organelas celulares Influencia a transmissão dos íons através das membranas de organelas celulares Liberação de neurotransmissores nas junções sinápticas Liberação de neurotransmissores nas junções sinápticas Função dos hormônios proteicos Função dos hormônios proteicos Liberação ou ativação de enzimas intracelulares e extracelulares Liberação ou ativação de enzimas intracelulares e extracelulares

25 Cálcio - Deficiência A qualquer momento durante o ciclo da vida, quando a ingestão de Ca estiver abaixo da qtde recomendada, as [ ]s de PTH no sangue aumentam uma elevação persistente pode diminuir a massa óssea A qualquer momento durante o ciclo da vida, quando a ingestão de Ca estiver abaixo da qtde recomendada, as [ ]s de PTH no sangue aumentam uma elevação persistente pode diminuir a massa óssea Juntamente com uma qtde de vit D inadequada, contribui para osteomalacia Juntamente com uma qtde de vit D inadequada, contribui para osteomalacia

26 Cálcio - Toxicidade Ingestão acima de 2000mg/dia, especialmente na presença de um alto nível de vit D, é uma causa potencial de hipercalcemia Ingestão acima de 2000mg/dia, especialmente na presença de um alto nível de vit D, é uma causa potencial de hipercalcemia Tal toxicidade pode levar à calcificação excessiva em tecidos moles, especialmente os rins Tal toxicidade pode levar à calcificação excessiva em tecidos moles, especialmente os rins

27 Cálcio - Toxicidade Pode interferir na absorção de outros cátions divalentes, como ferro, zinco e manganês Pode interferir na absorção de outros cátions divalentes, como ferro, zinco e manganês Apesar de não terem efeitos tóxicos em si, outros efeitos potenciais adversos incluem a constipação e a formação de cálculos renais Apesar de não terem efeitos tóxicos em si, outros efeitos potenciais adversos incluem a constipação e a formação de cálculos renais


Carregar ppt "Cálcio Levimar Rocha Araújo. Paratireóide Apresenta-se sob a forma de quatro nódulos originários do 3º e 4º arcos branquiais: 2 situados no ápice dos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google